Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Brasília - DF, 02/06/2016. Presidente Interino Michel Temer durante entrevista para o SBT. Foto: Beto Barata/PR

Temer inicia ofensiva midiática para melhorar sua imagem

Por Redação

03 de junho de 2016 : 20h30

Comentário do blog: O Cafezinho, para registro histórico, reproduz os textos publicados hoje no blog do Planalto pelo governo interino.

É um pouco assustador pensar que o bando que tomou de assalto o governo agora tem, além da grande mídia que o pôs lá, a estrutura pública do Executivo.

Por outro lado, é mais uma lição para a esquerda: quantas centenas, quiçá milhares de vezes este blog não alertou, quase desesperadamente, para a necessidade de incrementar a interação política do governo com a população?

Mais tarde, teremos oportunidade para fazer as críticas necessárias para entender como chegamos até aqui. O blog não é adepto de nenhuma teoria do silêncio: na política do século XXI, as coisas devem ser feitas às claras, inclusive as críticas, que são essenciais não apenas para compreendermos o passado, mas sobretudo para estabelecer, desde já, novas diretrizes para o futuro.

E para isso não adianta fazer críticas apenas aos capas pretas de partidos e sindicatos: todos precisam participar das críticas, para que elas sejam filtradas e debatidas democraticamente com a população.

Adiante-se que a entrevista de Michel Temer está prenhe de mentiras, porque se a estrutura do Estado foi violentamente desmantelada, é claro que haverá impacto profundo sobre a educação e a saúde.

As entrevistas de Temer visam iludir a opinião pública e ganhar mais tempo para que o golpe não sofra mais arranhões no Senado.

Nem o governo de oposição mais radical faria algo parecido ao que fez Michel Temer, eliminando bruscamente ministérios, secretarias, departamentos inteiros, promovendo demissões em massa. É claro que uma atitude assim resultará numa enorme instabilidade na relação do Estado com a população.

As políticas sociais do governo não são impostas, como faz Temer, e sim fruto de um longo diálogo com as forças sociais. O jeito melífluo com que, nas entrevistas, Temer esconde isso, faz jus à fama de membro de seita satânica.

Não é surpresa nenhuma também que nenhum repórter faz as perguntas mais difíceis ao novo presidente. O pacto em prol do golpe é absolutamente hegemônico na grande imprensa.

***

Temer reafirma manutenção de recursos para Saúde e Educação em entrevista ao SBT

no Blog do Planalto

Em entrevista concedida ao canal de televisão SBT na noite de quinta-feira (2), o presidente interino Michel Temer reafirmou que, na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que o governo está enviando ao Congresso Nacional para limitar os gastos públicos, as despesas com Saúde e educação continuarão nos atuais patamares.

“Acho importante porque Saúde e Educação são pontos fundamentais, são 31% das despesas. Você tem 69% que pode ser modificado, pode ser restringido. Mas Saúde e Educação são importantes para o País. E, com isso, também eu tiro um discurso que equivocadamente se fez de que, na verdade, a minha intenção era reduzir o tratamento da Saúde e da Educação”, declarou.

A PEC faz parte de um pacote de medidas do novo governo para retomar o crescimento econômico do País, que conta ainda com uma reforma da Previdência, incentivos a investimentos e melhoria na governança de fundos de pensão das estatais, entre outras. O esforço, diz Temer, é para, no final do seu governo, entregar um País equilibrado na política e na economia.

“Um País nos trilhos, em que as pessoas possam dizer ‘agora vai’. Eu quero significar que uma coisa que nós temos de fazer neste momento é ter esperança, fazer renascer a confiança”.

O presidente falou sobre outras medidas que o governo vai tomar para movimentar a economia. Citou a necessidade de se criar incentivo para os investimentos privados, atuando assim para a redução do desemprego. E exemplificou com a contribuição que o programa Minha Casa Minha Vida pode trazer. “Reabrir realmente a construção civil pode dar muitos empregos e isso movimenta a economia. São medidas pontuais, mas que têm uma boa repercussão e uma boa compreensão popular”.

Previdência
Para Temer, uma reforma na Previdência é fundamental para dar segurança aos trabalhadores e saúde financeira ao governo. “Eu concordo com a seguinte ideia: ou você reformula a Previdência no País ou, daqui a alguns anos, mesmo os pensionistas, aqueles que recebem da Previdência Social, terão dificuldades. Isso é em benefício do próprio cidadão que, no futuro, vai se aposentar”, explicou.

O presidente defende que seja estabelecida uma idade mínima, em equilíbrio com o tempo de contribuição, e que haja faixa de transição. “Nós não queremos prejudicar aqueles que já estão no mercado de trabalho. Eu vejo que o ministro [da Fazenda, Henrique] Meirelles fala muitas vezes em regras de transição. Se for necessário, nós estipularemos regras de transição”.

Reajuste aos servidores
Respondendo sobre a aprovação, na madrugada da quinta-feira (2) na Câmara, de um conjunto de projetos que tratam do reajuste aos servidores nos três poderes, Temer destacou que a medida, de um lado, pacifica a relação do governo com as várias categorias de servidores durante os próximos anos. “É um aumento desejado há muito tempo”, lembrou.

E por outro lado contribui para o ajuste fiscal, necessário para a retomada do crescimento econômico, visto que os percentuais de correção estão adequados à nova regra de limitação dos gastos públicos proposta pelo governo. “É um aumento discreto, que quase não cobre a inflação. Está previsto no Orçamento, não há imprevisão orçamentária. E não vai causar nenhum distúrbio nem neste ano, nem nos próximos anos”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

19 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Leonardo Santos

07 de junho de 2016 às 14h35

Vagabundo sem vergonha! Mentiroso!
Quer desvincular as verbas da saúde e da educação pra gastar a MESMA COISA? Então… pra quê, cargas d´água, esse cretino quer desvincular as receitas?
#foraTemer
#guilhotinaJá!

Responder

Eliane Barroso

04 de junho de 2016 às 15h34

Não tem jeito!!!! Impossível dar aval aos bandidos usurpadores de poder, a esse governo ilegítimo e no olho da corrupção!!!!

Responder

maria nadiê rodrigues

04 de junho de 2016 às 09h28

A próxima entrevista será com qual empresa de comunicação mesmo? Deixe-me pensar um pouco…

Responder

Daniel

04 de junho de 2016 às 03h56

Este jornalista do SBT, Mr. Alencar nao passa de um tucano enrustido.

Responder

Rachel

04 de junho de 2016 às 02h36

OS golpistas vão cair, vão cair, vão cair.
Dia 10/06 todos nas ruas, nas ruas, nas ruas. Faixas, cartazes, bandeiras. rostos com pinturas
indígenas de guerra, latas, panelas e tudo o mas que nossa fértil imaginação produzir.

Responder

Mairton Barros

04 de junho de 2016 às 02h35

O Silvião tinha “ordenado” que o SBT fosse tipo Pôncio Pilatos… Mas a Chantagem e s ameaças vieram rápido…
Ou entrevista o Zé Botox Tic Nervoso…ou sofrerá consequências nada agradáveis…

Responder

Luna Araujo

04 de junho de 2016 às 00h21

Quando vejo temer o instinto é de vômito. Nunca imaginei que um dia nosso país tivesse uma aberração desse tipo na presidência da Republica.

Responder

    Daniel

    04 de junho de 2016 às 04h06

    Uma mumia, um zumbi das trevas da idade media, a cara de nossa direita. Ele esta na ficha suja, condenado sem poder concorrer para cargos publicos. Se ele esta nesta condicao, porque a lei permite ele continuar na Presidencia?

    Responder

      Wilma Lopes Ruas

      04 de junho de 2016 às 13h19

      É o que me pergunto todos os dias, e a tal de ficha limpa? Não pode concorrer para cargos públicos, mas pode ser presidente do país.Só queria entender.

      Responder

Ben Alvez

04 de junho de 2016 às 00h19

Fora, Temer!

https://goo.gl/2Ktj1L

Responder

Fabiana

03 de junho de 2016 às 22h58

Quando este sujeito se olha no espelho, ele sabe que ele é uma farsa. Ele sabe que não é o verdadeiro presidente do Brasil. Ele sabe que não é reconhecido nem aceito, por isso não fez sequer uma aparição em público. Ele sabe que não tem decência, que não é digno. Ele sabe que não está a altura de usar a faixa presidencial do Brasil, ele sabe que é medíocre.

Todos sabem que ele é um fiasco.

Responder

    Daniel

    04 de junho de 2016 às 04h07

    Um dracula, parasita covarde e traidor da patria. Um vassalo da elite sordida e atrasada. Nao podemos aceita-lo uma semana a mais, Fora Temer, Nao ha o que temer de Temer, VazaFacista,

    Responder

Alexandre Moreira

03 de junho de 2016 às 22h25

Peço desculpas à redação de ocafezinho mas só consegui ler metade da reportagem. Nada que vem do Temer pode dispertar algum sentimento positivo, é pura armação e más intenções. Cheguei na metade da reportagem e não consegui prosseguir estava me fazendo realmente muito mal.

Responder

    Leonardo Santos

    07 de junho de 2016 às 14h37

    Coragem, amigo… precisaremos de estômago forte pra resistir aos próximos anos…

    Responder

      Alexandre Moreira

      07 de junho de 2016 às 14h43

      Você está certo Leonardo.

      “Hay Que Endurecer, Pero Sin Perder La Ternura Jamás”

      Responder

Maria Elisa Silva

03 de junho de 2016 às 21h41

Melhorar imagem? Nem que nasça novamente! Nem com Pitangui em ação, nem que passemos todos por hipnose, nem que contrate o melhor marketeiro do planeta,nem, nem, nem, nem, nem…

Responder

Odara

03 de junho de 2016 às 21h04

Mentiroso!

Responder

Marivane

03 de junho de 2016 às 20h50

UMA ENTREVISTA QUE CHEIRA A NOJO. CHEIA DE MIMI

Responder

    James Ferreira Gressler

    03 de junho de 2016 às 21h25

    Esse mimi da mama parece não ter noção do ridículo, tem a veleidade de pensar que alguém acredita numa só palavra sua.Aquele riso sardônico permanente, nem mais nem menos, congelado, dá nojo.Golpista covarde, escondeu-se no jaburu por 4 anos conspirando..Em movimentos vermiculares pelas sombras traiu,de decorativo passou a estafeta do cunha..Cão.

    Responder

Deixe um comentário