Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Escola sem partido. Parlamento sem moral. Governo sem vergonha

Por Redação

20 de julho de 2016 : 08h01

por Douglas Belchior, na Carta Capital

Escola Sem Igrejas, bíblia ou crucifixo na parede;

Escola Sem hino nacional às quartas-feiras;

Escola Sem festa junina com música country americana;

Escola Sem cartilha “pedagógica” do governo;

Escola Sem exaltação à meritocracia;

Escola Sem miséria, com direito à merenda e papel higiênico no banheiro dos estudantes;

Escola Sem ‘Festa das Nações’ com desfiles das crianças vestidas de colônia Italiana, portuguesa, espanhola, holandesa e até alemã… E só!!!! \o/;

Escola Sem excursão para o programa do Luciano Huck;

Escola Sem PM ou GCM tomando cafezinho na cozinha da merenda bem na hora do intervalo;

Escola Sem indicação política para os cargos de direção, vice e coordenação pedagógica;

Escola Sem “livro negro”;

Escola Sem grades e cadeados;

Escola Sem vidros quebrados, lousa aos pedaços, goteira na sala e uma boa e silenciosa descarga nas privadas;

Escola Sem Projeto Político Pedagógico racista, machista e homofóbico, que ignora relações raciais, gênero, diversidade e história da África e dos povos originários;

Escola Sem servidores desesperados com as contas do fim de mês, em pleno ano olímpico;

Escolas Sem ausência de plano de carreira, formação continuada e reconhecimento profissional;

Escola Sem professores tristes, desestimulados e humilhados pelos governos;

E se for assim, o “partido” não fará falta.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Matheus

22 de julho de 2016 às 13h13

Nunca vi PM ou GCM em escola. Se tiver, ficaria feliz.
Nunca vi problema em Hino e acho necessário para o desenvolvimento de um país e é contraditório isso estar posto na mesma lista que reclama de música americana em festa junina.
Não sei o que tem de errado com Festa das Nações.

Responder

Renato Alves Machado

21 de julho de 2016 às 20h16

Pois é , excelente artigo e arrazoado, mas faltou dizer: ABAIXO A CENSURA POLÍTICA E ABAIXO A DITADURA!

Responder

Comedor de coxinha

21 de julho de 2016 às 09h28

Na verdade esse projeto é Escola sem partido de esquerda, isto sim.

Responder

Marcvs Antonivs

20 de julho de 2016 às 11h24

Vi no facebook. Cabe bem aqui: VOCÊ PODE TROCAR UMA ESCOLA SEM PARTIDO POR UM CONGRESSO SEM RELIGIÃO, POR EXEMPLO.

Responder

Beth Andrade

20 de julho de 2016 às 09h04

Vc esqueceu da Escola sem leitura obrigatória da Revista Veja, fornecida pelo estado de São Paulo, que mantém 800 mil assinaturas nas escolas do estado e deptos, assessorias, consultórios diversos etc, gratuitamente. A escola como braço parceiro da Abril?!!

Responder

    Vivy Faria

    20 de julho de 2016 às 11h03

    Isso!

    Responder

    ricardo amorim

    24 de julho de 2016 às 03h45

    É o estado q mantém a revista Veja, senão ela já teria falido faz tempo!!

    Responder

Deixe um comentário