Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Não vou saudar um golpista, diz atleta venezuelana sobre Temer

Por Redação

02 de agosto de 2016 : 12h17

“Golpistas são antidemocráticos. Eu sou pela democracia e pela justiça”, afirma a esgrimista Alejandra Benitez, que já foi deputada e ministra do Esporte da Venezuela, e está no Brasil para os Jogos Rio 2016

na Rede Brasil Atual

Ex-ministra do Esporte no governo de Nicolás Maduro e ex-deputada pelo Partido Socialista Unido da Venezuela, a esgrimista Alejandra Benitez é um dos destaques da delegação venezuelana nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Além das cores do seu país, ela também promete defender seus ideais como “política, mulher e de esquerda” e disse que não vai acenar ao presidente interino Michel Temer, durante a cerimônia de abertura, em protesto contra o golpe.

“Lamento porque pensava que ia passar pelo estádio e iria saudar a Dilma, como presidente da república. Mas agora há um golpista”, afirmou a esgrimista, em entrevista àFolha de S.Paulo ontem (1º). “Eu não vou saudá-lo, por exemplo, porque é um golpista. Não sei se todos os venezuelanos vão, mas eu não vou. Passarei diretamente porque ele é um golpista, e os golpistas são antidemocráticos. Eu sou pela democracia e pela justiça.”

A atleta, admiradora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e do senador José Pepe Mujica, ex-presidente do Uruguai, lamentou que “não tenha havido um apoio mais contundente à companheira Dilma”. Ela também ressaltou o caráter machista do golpe.

“É terrível o que vemos. Um golpe de estado que estão legalizando. Eu, como mulher, acredito que também foi um ato machista, algo patriarcal, contra a mulher. Na política, o homem acredita que deve se impor ante a mulher, e que ela não tem méritos por estar lá”, disse.

Ela afirmou que o preconceito contra a mulher está presente tanto na política quanto no esporte, e comparou: “Me incomoda. Dói, afeta, sim. Porque sou política, sou mulher e sou de esquerda. Aconteceu comigo também. No mundo dos dirigentes esportivos eles creem que os homens devem ter domínio absoluto e as mulheres só servem para acompanhá-los. Eu sigo na política, trabalhando no meu trabalho social, no partido socialista”.

Com três medalhas de prata conquistadas em Jogos Pan-Americanos, Alejandra Benitez participa pela quarta vez dos Jogos Olímpicos. Ela elogiou a hospitalidade dos brasileiros: “Quando chegamos ao Brasil, para nós, é como estar em casa. As pessoas são amáveis, querem ajudar em tudo. É um trato especial”.

Ela também afirmou que o apoio ao esporte continua sendo prioridade na Venezuela, considerado como ferramenta de inclusão social.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

30 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luana Mineiro

06 de agosto de 2016 às 22h17

Quem é essa na fila do leite????!!! Tomara que ela não esqueça antes de voltar para Venezuela de passar na feira – ir no mercado comprar papel higiênico e etc….!!!!!! Isso com certeza mudará a história das Olimpíadas no mundo – TOLINHA!!!!!

Responder

Jáder Barroso Neto

03 de agosto de 2016 às 23h45

Atletas pensam. Lembrem-se da cara de velório dos nossos atletas olímpicos com o Presidente interino na “solenidade” em Brasília. Fora os coxinhas e os analfabetos políticos, ninguém suporta o “carisma” do MiShell, cujo 1º nome é Fora.
Isso afeta negativamente o desempenho. A Copa de 1966 foi 1 fiasco, na de 70 chamaram o comunista João Saldanha, que montou o time. Quanta saudade! O Zagallo herdou pronto, com adição do Dario, gente boa, que o Saldanha não queria por não encaixar no time, mas o General Médici queria.
O quadro de medalhas não deve manter a “média” de 13% a mais que o normal pro país-sede. A Rede Golpe vai se esticar toda prá camuflar o dado.

Responder

luiz cezar Pippi

03 de agosto de 2016 às 16h10

Aproveita a estadia e passa no super para levar papel higiênico e pasta de dente para a Venezuela! !

Responder

    Carlos Silva

    03 de agosto de 2016 às 16h21

    hehehe, boa!

    Responder

Pinheiro -

02 de agosto de 2016 às 18h12

Ta de sacanagem né? Ela sauda o Nicolaz Madura então? .. A DEMOCRACIA DA VENEZUELA É EXCELENTE ? … Vou te contar viu…cada uma…

Responder

    Jadir Rocha

    02 de agosto de 2016 às 22h27

    A abertura dos jogos Olímpicos no Brasil ficará na nossa história. Todos no estádio do maracanã gritando: Fora Temer e O Povo não é Bobo Abaixo a Rede Globo, sendo manchetes em todo o mundo.

    Responder

      Pinheiro -

      03 de agosto de 2016 às 08h28

      Aham , ta bom. Dai voce acordou né?

      Responder

      Binho Reiss

      03 de agosto de 2016 às 12h54

      O primeiro presidente de uma sede olímpica sendo vaiado dentro do estádio, fora dele, nas ruas, nos Live Sites espalhados por toda a cidade. Queria ver um atleta brasileiro ao receber uma medalha com a coragem que os Black Powers tiveram em 68 com um cartaz escrito FORA TEMER. Seria MÁGICO.

      Responder

Ben Alvez

02 de agosto de 2016 às 17h38

Esgrimista, ex-deputada, ex-ministra e… bonita!

Nossos votos de sucesso e que leve a medalha de ouro pra casa.

Responder

Luiz

02 de agosto de 2016 às 17h19

falando em democracia vinda da Venezuela. Tadinha.

Responder

    Simone Gauche

    02 de agosto de 2016 às 22h10

    Falando em democracia vindo do Brasil. Tadinho.

    Responder

      DãoDantty Silva

      03 de agosto de 2016 às 14h17

      Gostei Simone

      Responder

      Luiz

      03 de agosto de 2016 às 17h10

      Eu entendo sua dificuldade de conseguir diferenciar.

      Responder

        Simone Gauche

        04 de agosto de 2016 às 17h49

        E eu entendo a sua dificuldade de conseguir raciocinar.

        Responder

          Luiz

          05 de agosto de 2016 às 11h55

          Concordo com você. Nesse caso não consigo mesmo.

Willyan Beleze de Souza

02 de agosto de 2016 às 17h02

Volta pra Venezuela morrer de fome idolatrando seus ditadores, imbecil. Lá é que tá bom, né?

Responder

    mello

    02 de agosto de 2016 às 17h35

    Olá Beleza, ela não respeita golpistas. Tem integridade. Já ouviu falar nisso ?

    Responder

      Willyan Beleze de Souza

      02 de agosto de 2016 às 18h09

      Sim, vivo isso no meu dia a dia, cumpro as leis e respeito as pessoas. Não vendo a minha integridade, nem troco por artigos patrocinados com dinheiro sujo. Aliás, quem foi que votou mesmo no golpista?

      Responder

        mello

        02 de agosto de 2016 às 18h30

        Votei na chapa que tinha um programa de governo ao que o PMDB Aderiu, apoiou , é indicou o miSHELL temer para vice. A traição, atitude dos canalhas, viabilizou o golpe, que hás de ser revertido.

        Responder

        did

        04 de agosto de 2016 às 04h18

        Quem voce achou que ia entrar no lugar da Dilma quando voce foi para as ruas apoiar o golpe? Aécio? Bolsonaro? O papa. A Venezuela tem a sua politica e devemos respeitar como pais, a desestabilizaçao e demonizacao é por causa de petroleo. Ela nos deu um superavit de 5 bilhoes e seu governo temer em menos de 3 meses ja nosdeu umdeficit de 14 bilhoes quando vendeu parte do présal por 2.5 bi valendo 22 bilhoes…artigo 4 da constituicao, autodetrminacoes do povos, respeito. A dilma e o lula so fazem respeitar a constituicao, o que voce eseu bando nao fazem.

        Responder

      Willyan Beleze de Souza

      02 de agosto de 2016 às 18h40

      Vai sim, espera sentado….

      Responder

W SOARES

02 de agosto de 2016 às 16h17

A grande maioria dos brasileiros inteligentes agradecem à Alejandra Benitez pela atitude! Valeu!!!!

Responder

    Luiz Felipe

    02 de agosto de 2016 às 16h55

    Então quem pensa diferente da maioria dos brasileiros é burro né :p
    Tudo bem ela odiar Temer, mas ela veio aqui foi para participar e ganhar as Olimpíadas, e não para reverenciar o Presidente corrupto…

    Responder

      did

      04 de agosto de 2016 às 04h22

      Se a carapuca serviu…ela esta defendendo a democracia, como é na Venezuela, apesar da o seu jornal fazer lavagem cerebral em voce

      Responder

thiago

02 de agosto de 2016 às 13h21

Essa é uma idiota, assim como os que escrevem este blog sujo.

PS: Não adianta me censurar. Continuarei postando nem que eu tenha que fazer 3000 emails diferentes! Vocês não vão me calar! Seus inúteis

Responder

    Luciano

    02 de agosto de 2016 às 13h30

    Bobão

    Responder

    João Bosco

    02 de agosto de 2016 às 13h38

    Idiota porque tem opinião própria e ser mulher?

    Responder

    mello

    02 de agosto de 2016 às 17h38

    Pode zurrar à vontade, thiago, aqui não é lugar de animais como você, mas já que insiste…

    Responder

    Simone Gauche

    02 de agosto de 2016 às 22h09

    Com tanto tempo livre…. e aposto que ainda manda “vagabundos” trabalhar.

    Responder

    did

    04 de agosto de 2016 às 04h23

    Kim kardashian, e vc?kkkkkkkkkkkkkkkkk pra que tanto odio no coracaozinho?

    Responder

Deixe um comentário