Boulos com trabalhadores da saúde

Luciana Genro explica porque defende a Lava Jato

Por Miguel do Rosário

23 de abril de 2017 : 10h53

Publico o artigo abaixo e peço todo o respeito à Luciana Genro, ex-candidata presidencial pelo PSOL. Temos posições radicalmente diferentes sobre a Lava Jato, mas vamos fazer um embate de ideias produtivo.

Até porque eu não consigo acreditar que não seja por ingenuidade e desinformação que alguém de esquerda apoie a operação que serviu de núcleo para o golpe de Estado, destruindo setores inteiros da economia, entregando governo, estatais, recursos naturais, toda a nossa riqueza em mãos de bandidos profissionais da política.

É inacreditável também que ela não faça uma crítica sobre a associação criminosa entre o judiciário e a mídia, e não tenha visto a quantidade interminável de arbítrios, tantos que o Luigi Ferrajoli comparou a Lava Jato à Inquisição.

Em outro post, e provavelmente não hoje, mas amanhã ou depois, eu respondo a esse artigo ponto por ponto.

***

No Justificando

Sobre defender (ou não) a Lava Jato

Por Luciana Genro
Advogada e dirigente do PSOL Sábado, 22 de abril de 2017

Considerada a maior investigação contra a corrupção já ocorrida no mundo “democrático”, a operação Lava Jato desmascarou o conluio entre a casta política parasita e as grandes corporações capitalistas: o capitalismo de compadrio, o clientelismo e o patrimonialismo. Acima de tudo, colocou em xeque o sistema político que a esquerda – em sentido amplo – sempre disse rejeitar e combater. Um sistema cuja democracia é fraudada pelo poder econômico, no qual o processo político e eleitoral é um grande negócio. Votações compradas, legisladores vendidos, governantes em liquidação, capitalistas ávidos pelas melhores ofertas.

No momento em que ocorre este desmascaramento explícito do sistema, uma velha esquerda já havia deixado de combate-lo, já tinha aderido a ele em troca de algumas migalhas. No poder, esse segmento não usou a força de que dispunha para desmontar o sistema, e acabou por fortalecê-lo, pois aprofundou as relações promíscuas com empreiteiras, frigoríficos, bancos etc. Como resultado, essa velha esquerda, duramente atingida pela Lava Jato, sai agora em defesa do sistema na tentativa de salvar a própria pele.

Mesmo a esquerda que não é do PT, mas segue influenciada pelo partido, abraçou a defesa de Lula apesar das evidências de que ele estabeleceu relações no mínimo promíscuas com a Odebrecht. Lançou-se contra a investigação para salvar a cúpula petista que desmorona dia após dia diante das revelações dos delatores, e na prática age para salvar o sistema que um dia jurou combater.

Mas os argumentos dos que não estão dispostos a defender a Lava Jato não se sustentam. Vejamos alguns deles mais de perto:

“A Lava Jato é seletiva”

Essa ladainha caiu por terra. No início, o PT foi de fato o maior atingido, mas isso não surpreende, pois, como eu já afirmava à época, o partido governara o país durante 13 anos até então.

Mas e agora que as investigações desmontaram a cúpula do PMDB do Rio de Janeiro e colocaram o ex-governador do Estado atrás das grades? E chegaram ao queridinho da grande mídia corporativa, o senador Aécio Neves, do PSDB, que de candidato a Capriles brasileiro passou a ser um zero à esquerda na disputa presidencial de 2018?

Também não escaparam os tucanos Geraldo Alckmin, o poderoso gerente do Estado de SP e outro pré-candidato burguês à Presidência, e José Serra, que teve expostas suas contas no exterior, antes sempre negadas e tratadas pela mídia como algo inverossímil.

Seletividade não é, portanto, uma característica que se possa atribuir à Lava Jato, mas sim aos políticos, às corporações e suas mídias. Uma parte deles quer usar a investigação para criminalizar o PT, enquanto outra tenta inocentar os petistas. Ambos querem salvar a própria pele.

Seletivos são os que atacaram o PT e defenderam o PSDB, como fez a Globo, que usou a operação para promover o golpe parlamentar contra Dilma, destaca as notícias sobre o PT e alivia as denúncias contra os ministros de Temer. E são seletivos os que atacam a quadrilha de Temer, mas inocentam a cúpula do PT. A Lava Jato é usada na luta política ora por um, ora por outro. O que falta é um terceiro campo político que não aceite o mal menor entre os grupos siameses que defendem o mesmo sistema e têm os mesmos financiadores e aliados entre os capitalistas.

“A criminalização da política”

Há quem se coloque em defesa do sistema, como se a ruína do modelo fosse necessariamente a ruína da política. Esta vinculação não se sustenta. É a política degradada pela ação de uma casta que se associou de forma legal e ilegal ao grande capital que está sendo criminalizada. E é bom que seja.

Esse método de fazer política, característico dos partidos burgueses, deve ser combatido. É natural que sob toda esta lama a população torne-se cética em relação aos políticos e tenha dificuldades em diferenciar o joio do trigo, principalmente porque a grande mídia trata de misturar tudo para impedir o nascimento de alternativas que ameacem seus interesses. E quando aqueles que poderiam se apresentar como uma nova opção pela esquerda ficam agarrados à defesa do sistema, quem cresce é a extrema direita e o apoliticismo.

“Sérgio Moro comete arbitrariedades”

Algumas decisões do juiz Sérgio Moro ao longo da Lava Jato, como a condução coercitiva de Lula, podem e devem ser questionadas. Eu nunca disse que o Moro era santo e minha vibração sempre foi com a investigação, não com o juiz da Vara Federal de Curitiba.

Mesmo assim, nada do que ocorreu se compara às arbitrariedades vividas pelos pobres que enfrentam o sistema penal todos os dias e que não contam com bancas de advogados pagas a peso de ouro. São presos sem julgamento por causa da cor da pele ou da condição social que apodrecem nas masmorras chamadas de presídios. Isso é o “normal” e poucos levantam a voz para reivindicar as garantias desses presos e mostrar que eles são a prova de que não há “Estado de direito” no Brasil.

De fato, não há Estado de direito para todos. Em Porto Alegre, presos já ficaram uma semana algemados em um corrimão, dentro de um pavilhão da Polícia Militar.[1] Já policiais que executaram supostos traficantes rendidos, à queima-roupa, tiveram a prisão preventiva revogada a pedido do Ministério Público.[2] Não é aceitável igualar o que sofrem os jovens pobres e negros das periferias às arbitrariedades vistas na Lava Jato até aqui. Já falei sobre isso em outro artigo.

“Delator não é confiável”

É verdade que apenas a palavra de um delator não prova nada. Os relatos devem estar acompanhados de outras provas, ou as delações não podem ser homologadas. Quem homologou as delações mais contundentes foi o ministro Edson Fachin, do STF, e não Sergio Moro. A não ser que alguém acredite que Moro, o procurador Deltan Dallagnol e Fachin (e antes dele, Teori Zavascki) façam parte de um grande conluio para acabar com a política e tomar o poder, é de se considerar que os fatos narrados pelos delatores têm consistência e devem ser investigados.

É possível que haja relatos inexatos e até mentiras. A delação de Leo Pinheiro, da OAS, por exemplo, não pode ser aceita como verdade sem outras provas. Ele até pode inventar ou aumentar fatos para ganhar a liberdade. Sobre Lula, o fato inconteste é que ele é um traidor da classe trabalhadora, que se tornou um agente dos interesses do capital, especialmente das empreiteiras. E não só delas, também dos bancos, com certeza. Quanto a isso as provas são fartas.

“Não confiamos na justiça burguesa”

Este argumento pode muito bem ser utilizado por um revolucionário sincero, que defende outro modelo de Justiça, popular e proletária, como por alguém envolvido em alguma irregularidade. Não confio cegamente em nenhuma instituição deste sistema podre e por isso sempre insisti na necessidade de que as investigações avancem, de que todos os sigilos sejam derrubados e todos os comprovadamente corruptos, punidos.

Os avanços da Constituição de 1988, com a criação do Ministério Público e a garantia de uma relativa autonomia à Polícia Federal, junto com a lei da delação premiada, abriram brechas que possibilitaram o desenvolvimento da operação Lava Jato. Mas neste ponto me chama a atenção a seletividade da confiança na justiça burguesa que alguns expressam sem constrangimento.

Contra o PMDB e o PSDB as delações são válidas, mas quando os alvos são Lula e Dilma, é tudo calúnia. É preciso um mínimo de coerência. Ou se reconhece a importância da Lava Jato e se exige a continuidade das investigações doa a quem doer, inclusive com a revelação das provas que embasam as delações, ou se propõe uma grande campanha em defesa dos “presos políticos” injustiçados por uma “operação do imperialismo”.

Liberdade para Cunha, José Dirceu, Cabral, Eike Batista? Ou somente para os petistas? Isso não significa condenar a todos antecipadamente, mas condenar o sistema e os partidos e políticos que o sustentam e valorizar o fato de que eles sejam desmascarados pela Lava Jato.

“Somos contra o punitivismo”

Esse é um argumento muito interessante, pois dialoga com um problema real. Estudiosos do direito e da criminologia questionam se o fato de comemorar a prisão de um corrupto não contraria os princípios da Criminologia Crítica. Quando Eduardo Cunha foi preso eu (e milhões de brasileiros) comemorei muito e ouvi, meio estarrecida, alguns dizerem que não se pode comemorar, sob a alegação de que eram contra o punitivismo. E para defender Cunha se apoiaram na Criminologia Abolicionista.

Primeiro é preciso dizer que os crimes de colarinho branco estão entre os mais nefastos. Além de roubarem dinheiro dos investimentos, fazem da democracia um grande simulacro. Merecem, portanto, uma persecução penal firme e uma punição exemplar. Hoje a pena possível para crimes graves é a privação de liberdade, mas quem sabe no futuro um corrupto possa ter os bens confiscados e ser obrigado a trabalhar oito horas por dia em troca de um salário mínimo por mês. A ideia me agrada.

É preciso dizer que a Criminologia Crítica tem várias vertentes[3]. O abolicionismo criminal é uma delas e defende a abolição total do sistema penal (conforme Louk Hulsman) ou da pena de prisão (segundo Thomas Mathiesen). É um debate legítimo, mas suspeito que a abolição total do sistema penal é inviável no atual estágio de evolução humana.

Sou mais simpática à Criminologia Radical (de Dario Melossi, Massimo Pavarini e Michel Foucault), mais próxima do marxismo. O maior expoente dessa linha no Brasil é Juarez Cirino, professor, jurista e advogado, pioneiro da Criminologia Crítica no país. De acordo com ele,

“A política criminal alternativa da Criminologia Radical, como meio de reduzir as desigualdades de classes no processo de criminalização e de limitar as consequências de marginalização social do processo de execução penal, distingue a criminalidade das classes dominantes, entendida como articulação funcional da estrutura econômica com as superestruturas jurídico-políticas da sociedade, de um lado, e a criminalidade das classes dominadas, definida como resposta individual inadequado de sujeitos em posição social desvantajosa, de outro lado, propondo o seguinte:

No processo de criminalização, (1) a penalização da criminalidade econômica e política das classes dominantes, com ampliação do sistema punitivo e (2) a despenalização da criminalidade típica das classes e categorias sociais subalternas, com contração do sistema punitivo e substituição de sanções estigmatizantes por não-estigmatizantes.”[4] (Grifos meus)
Vejam então que um dos mais importantes criminólogos críticos do Brasil defende a penalização dos crimes do andar de cima e a despenalização para o andar de baixo[5]. Então, por favor, não usem o “santo nome” da Criminologia Crítica para defender criminosos de colarinho branco.

Vale registrar que o ex-operário Lula há muito não vive mais no andar de baixo.

Luciana Genro é advogada, especialista em Direito Penal, mestre em Filosofia do Direito pela Faculdade de Direito da USP e dirigente nacional do PSOL.

[1] http://gaucha.clicrbs.com.br/rs/noticia-aberta/presos-estavam-algemados-ha-uma-semana-em-corrimao-dentro-de-pavilhao-da-bm-em-porto-alegre-189402.html

[2] http://www.conjur.com.br/2017-abr-20/juiz-revoga-prisao-policiais-suspeitos-executar-dois-homens

[3] http://analistacriminal.blogspot.com.br/2008/10/as-vertentes-da-criminologia-crtica-por.html?m=1

[4] Santos, Juarez Cirino dos. A criminologia radical. Curitiba: Lumen Juris, 2008. P. 131,132

[5] Cirino atuou recentemente na defesa de Lula e teve um embate memorável com Sergio Moro. Mas, em seguida, pediu para sair, sob a alegação de motivos pessoais.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

255 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos Pinto Basto

28 de abril de 2017 às 06h13

Luciana Genro abordou pormenores da atual situação política com propriedade de conhecimentos, mas em certas passagens de seu artigo, mostrou ingenuidade ou pretendeu demonstrar isso, ao enaltecer delações que mencionavam figurões do PSDB que de há muito são grandes corruptos e nada lhes acontece, pelo contrário, continuam intocáveis numa trajetória cheia de precalços sempre contornáveis.
Atacou Lula que apesar de todos os erros que cometeu, continua sendo o Presidente da República que mais olhou pelos pobres e investiu em educação, sem mencionar outros feitos muito positivos que lhe valerem vasto reconhecimento internacional.
Luciana ignorou a perseguição que Lula sofre na lava jato, nada mencionando sobre os vultuosos prejuízos que a economia vem sofrendo devido às ações desta operação que tem as impressões digitais ianques.

Responder

Àlvares de Souza

25 de abril de 2017 às 21h26

Que ódio essa filha deve sentir pelo pai!

Responder

Iurutaí Bernasconi Nunes Avenia Puertas

25 de abril de 2017 às 18h24

Incrível, mesmo, é esta senhora dizer que é de esquerda … e as pessoas continuarem acreditando.

Responder

João Lima

25 de abril de 2017 às 17h33

Há algo que não faz bem pra alma e em tempos sombrios como os de hoje que clamam por conciliação e convergência é incompatível: ressentimento.

Responder

Robertinho De Ilhéus

25 de abril de 2017 às 16h47

Não entendi essa criatura, o pai tão inteligente que deu o início a expansão do ensino superior, ela falando besteira, Luciana essa lava jato é um braço direito do capital internacional para destruir as grandes empresas brasileiras para dar lugar as americanas, lava jato é *Caça Lula Jato* esse objetivo dos envolvidos, é colocar o povo novamente na extrema pobreza, para mim é milhões de pessoas essa vaza jato é seletiva e destruindo a economia brasileira então vai se juntar ao MBL e Vem para as ruas e defender temer e sua trupe, sem judiciário não existe golpe

Responder

Expedito José Rafael

25 de abril de 2017 às 13h54

Votei em Luciana Genro pensando que ela representava a luta dos trabalhadores mas me enganei .A lava jato é uma farsa da direita brasileira para prender o candidato mais forte da esquerda, já que a direita nã tem ninguém e talvez a rede globo não consiga outro a tempo!!!!!!

Responder

GusVSZ

25 de abril de 2017 às 13h22

O pensamento do PSOL, bem como do PSTU, é este aqui: com a queda do PT, os votos migrarão para a esquerda radical. Todo mundo, exceto PSOL e PSTU, sabe que isso não vai acontecer. Mas é por causa disso que Luciana é a favor da Lava-Jato. Como jurista que sou, não posso jamais concordar com o método ilegal e inconstitucional da lava-jato. E isso se aplica a todo mundo, seja branco ou preto, rico ou pobre, creio que a luta pelo direito seja na direção da democratização das garantias, e não da barbárie. Luciana erra, propositalmente, ao dizer que a lava-jato não é seletiva. Tudo tem sido seletivo desde o mensalão. Falta humildade ao PSOL para reconhecer o espaço político que ocupa, em vez de invejar o PT para se tornar o partido hegemônico da esquerda. No dia em que o PSOL madurecer, reconhecerá o mérito do governo de lula, que, mesmo com toda a roubalheira, foi o melhor governo que tivemos desde 1500. E, no dia em que o PSOL virar adulto, vai aceitar participar do governo de Lula, pegar quiçá um Ministério, e poderá colocar em prática sua pauta ideológica, com a qual todos concordamos em algum momento. Luciana, os votos do PT não vão migrar para o PSOL. Luciana, tortura não é meio legítimo de obtenção de prova. Luciana, prisão antes do trânsito contraria a Constituição. Luciana, o Moro é amigo de Aécio e de Temer. Luciana, a lava-jato destruiu a economia brasileira. Luciana, a lava-jato produziu Temer no governo. Luciana, por favor, seja mais humilde, entenda que o PSOL é nanico mas, mesmo assim, tem sua importância no quadro partidário brasileiro. Aceite o PSOL como ele é e páre de sonhar com os votos do PT. Abraço.

Responder

    Robson

    26 de abril de 2017 às 15h44

    Concordo que Luciana Genro tem falado bobagens e não é de hoje. Porém só discordo do seguinte: me parece que o posicionamento dela não é do PSOL como um todo. Ela faz parte da tendência mais à esquerda do partido, o MES (Movimento da Esquerda Socialista), que é muito próxima do PSTU. Conheço pessoas dessa tendência e eles se isolaram do restante do partido no tocante à conjuntura pós golpe. O PSOL emitiu nota oficial contra o golpe, chamando-o pelo nome, porém o MES, por outro lado, não se colocou ao lado da luta contra o impeachment, de modo que até evitavam a palavra “golpe”. Falavam que o verdadeiro golpe quem deu foi a Dilma, e trouxeram como solução a antecipação das eleições.
    Há pessoas do PSOL que tem sido verdadeiros guerreiros nestes tempos sombrios, como os deputados Jean Wyllis e Glauber Braga, que apesar de críticos do PT, se colocaram do lado da legalidade.
    Um dia ainda veremos o MES sair do PSOL por considerá-lo traidor da luta dos trabalhadores. Espere e verá.

    Responder

JULIO CEZAR DE OLIVEIRA

25 de abril de 2017 às 12h18

lUCIANA GENRRO,VOCÊ CONSIDERA UMA DAS MAIORES INVESTIGAÇÕES FEITAS EM CIMA DE QUEM?ATÉ AGORA SÓ INVESTIGARAM O PT.

Responder

Cristiano Mendonça

25 de abril de 2017 às 10h24

O ressentimento é o sentimento que mais cega as pessoas. Essa cegueira presente em seus argumentos, a deixa com olhar tão enviesado, que fica difícil destinguir para onde olha esta senhora.

Responder

jossimar

25 de abril de 2017 às 09h58

Defende a lava rato porque é uma completa idiota.
Não consegue enxergar os estragos que esta maldita operação causou em todos os setores da economia, política e até vida pessoal de cada brasileiro. Veja o ódio que incutiu na população, a ruína na economia, o desemprego de milhões, o golpe que levou os maiores ladrões do país ao governo, o saque que está sendo perpetrado contra o país e os brasileiros mais pobres, etc etc
Esta mulher só pode estar completamente louca.

Responder

Jandui Tupinambás

25 de abril de 2017 às 08h12

Uma palavra resume esta triste personagem:

Oportunista

Responder

Giovanna Souza

25 de abril de 2017 às 02h29

Marcelo Botelho

Responder

Giovanna Souza

25 de abril de 2017 às 02h29

Marcelo Botelho

Responder

darcy cruz

24 de abril de 2017 às 22h05

Inacreditável tanta ingenuidade, partindo de quem pretente transformar o país. A Marina não faria um blablabá melhor.

Responder

Marcelo PeTista de Faria

24 de abril de 2017 às 20h27

Caro Miguel, a questão com essa ex-admirável ativista da democracia popular, não p´é de ingenuidade ou desconhecimento/desinformação. O partido para o qual ela purga seu anti-petismo ficou na linha cinzentas durante todo o massacre pré-golpe da presidentA Brasileira eleita democraticamente. O PSOL(j’acuse!) namorou descaradamente a remoção total do feito democrático doas eleições de 2014, flertando despudorada e manifestamente com a remoção de Dilma e. . . de Temer para a Marina comseguir, finalmente,um 2º turno no tapetão contra o PT.
https://www.ocafezinho.com/2017/04/23/luciana-genro-explica-porque-defende-lava-jato/

Responder

carlos

24 de abril de 2017 às 19h31

Eu tbm sou a favor da lava-jato, porém com esses juízes que na verdade, são um colírio para se locupletar em , agora se estamos falando de juiz vamos falar de Marcelo Bretas que é juiz de um comportamento exemplar, que consegui levar adiante no rio os culpados pra cadeia sem alarde e tudo em conformidade com a lei,. Parabéns pela sua atitude de um juiz que realmente tem credibilidade.

Responder

Soraya Araujo

24 de abril de 2017 às 21h17

Ela, simplesmente, se acha! Ela não transmite confiança nem sinceridade, não fecha com um perfil de esquerda que defende pobre, tem a cara da elite e parece ser somente uma pessoa arrogante. Defender a lava jato a faz, também, parecer muito burrinha.

Responder

francisco hermes santiago

24 de abril de 2017 às 17h49

E uma pena que essa cidada em tao pouco tempo jogou por terra toda a sua credibilidade construida a custa de muitas lutas e sacrificios; pois bem sabe ela como e dura a vida de um progressista. Nao sei o que o Lula fez a essa senhora, mas o fato e que o odio que ela irradia, nao so ofende ao Lula, mas a toda militancia de esquerda que atua nesse nosso amado pais. E bela dona, acho que a senhora nao tem mas voto nem pra se eleger a sindica: o odio mata e tera emprego.

Responder

    paulo

    24 de abril de 2017 às 18h08

    ela ta certa Lula traiu os trabalhadores, fez politica priorizando bancos e empresarios que o povo, mas é melhor ter ele do que os que estao ai governando o Brasil agora

    Responder

Carlos I Paetzel

24 de abril de 2017 às 14h49

PSOL é o típico partidinho esquerdinha coxinha chantilly formado por pequenos e médios burgueses e representam a esquerda mais burra que possa existir.

Responder

antonio carlos

24 de abril de 2017 às 14h09

Se tem uma coisa de que a luciana genro não pode ser acusada é de inocência.
Na sua idade e com sua militância não merece nenhum benefício da dúvida.
Ou seja, seu apoio à lj e a defesa que faz disso mostram que ela está sendo oportunista.
Como outras e outros que já militaram no PT e na esquerda agiram antes.

Responder

Márcio Martins

24 de abril de 2017 às 14h03

Não li e não gostei!

Responder

    Ruan Pablo

    24 de abril de 2017 às 15h57

    COMO VC É IGNORANTE.

    Responder

Giovani Botelho

24 de abril de 2017 às 16h37

Outra safada

Responder

Marcus Vinicius Machado Padilha

24 de abril de 2017 às 13h37

Respeita por que é uma idiota. Simples.

Responder

Jorge Nascimento

24 de abril de 2017 às 15h55

A única coisa bem clara sobre esse artigo da Dra Luciana, foi que ela esta de cima do muro a mijar para os dois lados, não gostei do artigo, que é muito político, e visa sim, apontar os holofotes para a virgindade do PSOL, é tempo de fazer política com a lama revolvida, ela também está usando a Lava Jato em benefício próprio.

Responder

gN

24 de abril de 2017 às 12h53

O PT humilhou e expulsou o pessoal do PSOL e agora q precisam desesperadamente de votos pedem união das esquerdas? Parece piada!!

Responder

    antonio carlos

    24 de abril de 2017 às 14h14

    Desculpe mas parece que você ou é da direita conservadora e golpista ou n ão está entendendo nada sobre o grave momento em que estamos vivendo.
    Não é o PT quem precisa de uma UNIÃO das esquerdas e sim o país.
    Estão destruindo a democracia, esfarelando direitos e conquistas, dilapidando o patrimônio do país (de novo…) e essa esquerda ensaboada do psol fica trabalhando para os inimigos do povo.
    Como não pode ser inocência, só pode ser oportunismo e safadeza políticos.

    Responder

gN

24 de abril de 2017 às 12h51

O PT humilhou e expulsou o pessoal do PSOL e agora q precisam desesperadamente de votos pedem união das esquerdas? Parece piada!

Responder

Carlos

24 de abril de 2017 às 12h20

Essa ANTA acha que a RBS vai aceita-la e inclui-la na CASAGRANDE kkkkkk

Responder

Carlos Lima

24 de abril de 2017 às 11h57

Essa senhora causa náusea, até em menino criança empurrando carrinho cor de rosa com uma boneca em cima para aprender desde criança sua obrigação, é algo tão bisonho se não fosse essa sei lá o que, eu pensava que era o Bolsonaro, tamanho a vileza, suas falas incensa o mundo de coisas ridículas e más.

Responder

Paulo Sergio Rais de Freitas

24 de abril de 2017 às 11h57

Dona Luciana,

E a sua ONG financiada pela Odebretch ? Vamos investigar ? Como conseguiu o patrocínio ? De quanto estamos falando ?

Responder

Mauro

24 de abril de 2017 às 11h42

Será que já beijou a mão também? Parabéns descobriste a receita do fracasso , o partidinho escroto…..

Responder

    Mauro

    24 de abril de 2017 às 11h45

    Em tempo, vendo a foto lembrou-me do mesmo sorriso idiota dos coxinhas antes do impeachment kkkkk….

    Responder

Replicante Seletivo

24 de abril de 2017 às 14h40

Somente uma visão ingênua da complexidade política de um país, aliada a interesses em ocupar espaços no vácuo das esquerdas, poderiam produzir um texto com tanta infantilidade.

Responder

Rogerio Bermudes

24 de abril de 2017 às 13h30

Ai o Cafezinho. Ela mais 200 milhões dos brasileiros. Somente isso. Querem impunidade para continuar mamando na teta do governo como vcs fizeram em 13 anos. Acabou meus amigo, vai trabalhar. #Meritocracia

Responder

    Miguel do Rosário

    24 de abril de 2017 às 12h20

    Rogerio, quem mamou na teta do governo durante esse tempo todo – inclusive nos 13 anos do PT – foram os grandes meios de comunicação. Me tira fora dessa!

    Responder

      Vitor

      24 de abril de 2017 às 16h06

      E tem gente que ainda acha que o Lula, se eleito em 2018, vai peitar a Globo dessa vez…

      Responder

João Ostral

24 de abril de 2017 às 10h26

A Luciana Genro faz o que políticos oportunistas costumam fazer, surfam a onda. E esta onda (lava jato) tem ainda uma popularidade alta. Defender a lava jato significa sintonia com isto. O psol derivado de uma disputa interna no PT por poder, sempre esteve nas sombras e sempre ficou com as sobras. Eis que surge uma oportunidade de se projetar como alternativa em terra arrasada, coisa que com o PT forte jamais se concretizaria. Entendo muito bem o posicionamento da luciana genro (minúsculo mesmo).

Responder

Cesar Saldanha

24 de abril de 2017 às 09h20

Nem li tudo, ela é completamente varrida. Afinal, vai fundar ou afundar um partido com a Marina. Está mais perdida do que cego em tiroteio.

Responder

Carlos Mauricio Silva

24 de abril de 2017 às 11h58

não tem esquerda ou direita todos lutam pelo poder e dinheiro

Responder

Rodrigo Marques

24 de abril de 2017 às 11h57

Essa mulher é doida.

Responder

Érica

24 de abril de 2017 às 08h37

Texto infantil, argumentos fracos, fora do contexto político real…credo… É um apunhado de justificativas que circulam pela internet e que deixa de fora pontos importantes… Imagina essa pessoa a frente do Brasil tento que resolver assuntos complexos como segurança pública, macroeconomia… Ou tendo que negociar a coalizão do presidencialismo com esse Congresso que temos… Sem chances…fraca demais, ou ingênua demais…

Responder

    Anisha

    06 de junho de 2017 às 21h31

    You’ve hit the ball out the park! Indbicerle!

    Responder

Angela

24 de abril de 2017 às 07h53

Desde que luciana genro foi ao instituto millenium pedir a bênção a fhc no contexto do processo do impeachment, ficou difícil ter respeito por essa pessoa. Ela disse que fhc era um grande democrata e que ele fora muito gentil em recebê-los. Não fico claro o que esse pessoal conversar com fhc no instituto millenium, um “think tank” do psdb.

Responder

Murio Cico

24 de abril de 2017 às 07h53

a gente percebe que está ficando velho quando tem que bater palmas para Kátia Abreu e vaiar Luciana Genro.

Quem podia pensar nisso em 2014?

Responder

Vera Silva

24 de abril de 2017 às 10h04

O problema Luciana é infringir a lei e a constituição para aplicar a lei pessoa l. Quando aquele que deve aplicar a lei escrita e legalmente instituída, a descumpre por não estar de acordo com a “lei” que considera mais agradável para si próprio, tem-se um grave problema.
Imagine se todos que não concordem com a lei escrita resolverem fazer suas próprias leis? Seria o caos.

Responder

Marcos Inacio Montes

24 de abril de 2017 às 08h25

Uma escrota

Responder

Maria Inez Lages Matos

24 de abril de 2017 às 05h23

Uma tonta

Responder

Leonardo Fonseca R. Pereira

24 de abril de 2017 às 05h12

esse “porque” está errado! por que é separado! é só substituir por “motivo pelo qual”.

Responder

Rejane Medeiros

24 de abril de 2017 às 04h42

Nojenta

Responder

Maria Do Socorro Mesquita

24 de abril de 2017 às 04h13

Alguém que defende a Lava Jato, todo este circo fascista em conluio com a globo pode ser chamada de esquerda? Ela sim quer crescer com o PSOL catando as migalhas do PT, por isso essa gana em destruí-lo. Imbecil, só está construindo a extrema direita, isto sim. Quem sabe sai de vice do Dória.

Responder

Gerson Pompeu

24 de abril de 2017 às 04h13

R-E-C-A-L-C-A-D-A !!!

Responder

Augusto Ribeiro

23 de abril de 2017 às 23h32

Texto muito infantil. E essa moça foi candidata a presidente?!?!?! Por isso é que o PSOL jamais será uma alternativa para a esquerda. É a esquerda que a direita gosta. Lamentável!

Responder

Zenir Gadelha

24 de abril de 2017 às 02h18

Luciana Genro, vc é uma idiota!

Responder

Beba Monteiro

24 de abril de 2017 às 01h52

Não precisa ser muito inteligente para descobrir, que a lavajato foi usada para derrubar a presidenta Dilma, e botar os investigados no poder, com as bençãos da justiça e apoio do PIG. E o golpe só se consolida com o Lula fora do caminho, sem qualquer chance de retornar ao poder pelo voto popular, em 2018. Isso porque a direita deu o golpe, e agora não sabe como se manter no poder sem voto. Portanto, o juiz tucano Sérgio Moro só está fazendo a sua parte, cumprindo a mesma tarefa desempenhada por Sérgio Paranhos Fleury para a ditadura, ou seja, o papel de capitão do mato da casa grande, melando as mãos para consolidar o golpe e preservar os golpistas no poder, com essa caçada alucinada e frenética ao Lula.

Responder

Grace Cordeiro

24 de abril de 2017 às 01h28

Talvez no inicio tenha tido objetivos nobres…mas os meios, sei nao. Se assim nao fosse o quejustifica a contratacao de uma agencia de oublicidade pela Republica de Cuririba?

Responder

Wagner

23 de abril de 2017 às 22h15

Enquanto Luciana apoiava o PT, ela servia.
Agora que fala a favor da Lava Jato, não serve.
Todos que deixam o PT ou deixam de apoiar o PT, são chamados de traidores.
Lamentável !

Responder

    Marcus Vinicius Machado Padilha

    24 de abril de 2017 às 13h47

    A palavra correta não é “traidores”. Eles foram covardes. Abandonaram o barco afundando ao invés de pegar um balde. Os que foram expulsos até merecem respeito. Os demais, não passam de ratazanas que frequentam o “grand monde”, tipo festinhas do noblat…

    Responder

Edna Magalhães Magalhães

24 de abril de 2017 às 01h12

Como o Lula e ex presidente da República quer vc queira ou não ele não mais o operário é o.lider popular

Responder

Antonio Passos

23 de abril de 2017 às 22h11

E você acha que eu vou ler isto ? Seria o mesmo que alguém me pedir para ler uma crônica de alguém “explicando” porque apóia o holocausto.
Se é ingenuidade, está no nível da debilidade mental, é caso para tratamento médico. Se é outra coisa então não vou dizer o que estou pensando, em respeito ao blog.

Responder

Rita Jesus

24 de abril de 2017 às 00h23

A eterna adolescente quer que aconteça no Brasil o que está acontecendo na França onde a direita vai conseguir comandar nos próximos anos.

Responder

Sérgio Pestana

23 de abril de 2017 às 21h22

Incrível! Que despropósito de opinião. Acompanho desde sempre: o PSOL é linha auxiliar da direita! Poucos ali se salvam . A rigor, é a nova UDN no país, com esse moralismo rasteiro, típico de como foi o lacerdismo nos anos 50/60, do século XX.

Responder

Ibsen Marques

24 de abril de 2017 às 00h09

O PSOL acaba de perder um eleitor.

Responder

Ibsen Marques

24 de abril de 2017 às 00h06

Acabou minha tendência em votar partido. Não acredito em ingenuidade, acho que é o pior dos oportunismos.

Responder

Mandarim

23 de abril de 2017 às 20h52

Luciana Genro fica melhor vestida de palhaca.
Chama-la de imbecil e um desrespeito aos imbecis.

Responder

ANA MARIA VIRGILIO DE OLIVEIRA

23 de abril de 2017 às 20h39

TODOS os brasileiros de bem defendem a Lava Jato, dona Luciana. O que todos os brasileiros bem intencionados abominam é a seletividade da tal operação, que sabemos bem a quem ela quer atingir, para que ela foi criada e a quem ela serve. Dizer que quer um político de esquerda (Lula) preso, é um desserviço para a esquerda, já tão pulverizada.

Responder

Mardete Sampaio

23 de abril de 2017 às 23h08

Li até o segundo parágrafo e desisti. Muita abobrinha, parece que a moça ainda está no 1° ano do Ensino Médio.

Responder

João Maurício Rocha

23 de abril de 2017 às 23h02

Kkkkklkkklkkk…kkkkkkkkkk…kkkk

Responder

Rene Bastos

23 de abril de 2017 às 19h44

Mulher de visão estreita, nada estratégica. Limitada, política de bairro na cabeça de uma pessoa que pretendeu ser líder nacional. Com uma Esquerda dessas, quem precisa da direita ou do instrumento maior, Rede Globo? Mas agradeço a coragem em publicar as ideas de Luciana Genro, agora poderei zuar meu sobrinho e toda a mulecada cabaço que votou nela pra Presidente em 2014. Tadinho do PSOL, desse jeito jamais ocupará o vácuo de poder do PT. Enquanto isso, o Protofascismo avança.

Responder

Eliana Rolju

23 de abril de 2017 às 22h43

Essa ANTA disse que e a favor prisão do Lula. Na minha página ela não entra nem se tiver matéria dela pedindo desculpas

Responder

Carlinhos Lima

23 de abril de 2017 às 22h39

Essa é uma patricinha passando pra dondoca q vive do erário e doida pra ser uma Dilma na vida ! tá distante anos lúz.

Responder

    Daniel Magalhães

    23 de abril de 2017 às 23h03

    Ela já defendeu Freixo para pré candidato.

    Responder

    Carlinhos Lima

    23 de abril de 2017 às 23h09

    Pois sabe de ante mão q essa possibilidade ñ existe, seria gastar + dinheiro com essa jangada furada! nem o pai votaria nela. Rs

    Responder

    Daniel Magalhães

    23 de abril de 2017 às 23h10

    Diferente do PT, há a possibilidade de vários candidatos disputarem, como Plínio de Arruda Sampaio, Luciana Genro e Marcelo Freixo. Tem o Chico Alencar tbm.

    Mas é o PT? Por que não lança Haddad, um cara sério?

    Responder

      Iurutaí Bernasconi Nunes Avenia Puertas

      25 de abril de 2017 às 18h41

      Uma disputa interessantíssima: o candidato a prefeito que não vai à zona oeste por questões de segurança pessoal (o povo por lá começou a chamar de Marcelo Frouxo), a defensora da Lava-jato e o amigo do Noblat – aquele que beijou a mão do Aécio por “ironia”. Deixei de fora o Plínio, porque até agora, pelo menos que eu saiba, comporta-se como um ser humano reflexivo mas, andando com essas pessoas, sei não…

      Responder

marco

23 de abril de 2017 às 19h38

Eu já postai,às cansadas,que esta senhora,sofre da “SÍNDROME DO MAU HÁLITO”, e essa anomalia,não tem cura.Dai…

Responder

Kleber Garcia Teixeira

23 de abril de 2017 às 22h00

Foda-se a Luciana! Agora é GREVE GERAL

Responder

Paulo Henrique

23 de abril de 2017 às 21h54

Objetivo da ” esquerda burra” é defender a lava jato como única saída pra prejudicar o PT nas disputas de 2018!

Responder

Vagner Jean Ferreira Silva

23 de abril de 2017 às 21h53

Nunca mais ganha meu voto.

Responder

Elfa Cristina Mallmann de Barros

23 de abril de 2017 às 21h47

Essa daí se dis esquerda mas não passa de uma direita radical!

Responder

Andrea Prates

23 de abril de 2017 às 21h39

Tá dando uma de aécio. Jura que se derrubar o Lula, ela assume…

Responder

francisco c c pessoa

23 de abril de 2017 às 18h33

A dona genro tem mesmo é ódio do pt, talvez por ter sido expulsa.

Responder

Rodrigo Fisher Barbosa

23 de abril de 2017 às 21h28

POR QUE NÃO TEM RABO PREZO SÓ ISSO

Responder

Adalberto Afonso Ferreira

23 de abril de 2017 às 21h26

Nós tiramos de lá

Responder

Mordaz

23 de abril de 2017 às 18h26

Oportunista. Critica o sistema mas se lançou candidata dentro das regras do sistema.

Responder

Maurício Mendes

23 de abril de 2017 às 21h18

Vaca!

Responder

Átila De Almeida Ribeiro

23 de abril de 2017 às 21h09

Zzzzzzzzzzzzzz!

Responder

Sonia Souza

23 de abril de 2017 às 21h06

Doida!

Responder

Fernando Bentes Monteiro

23 de abril de 2017 às 20h57

É muita abstração. Kkkk

Responder

Adalberto Luiz da Silva

23 de abril de 2017 às 20h24

Cada vez mais o PSOL é a esquerda que a direita ama

Responder

Bernardo

23 de abril de 2017 às 17h20

A sra Luciana Genro externa opinioes que merecem reflexao, contudo escorrega em retaliacoes baratas quando chama Lula de traidor dos trabalhadores. Isso alem de irreal esconde alguma magoa ainda por sua saida do PT. Quanto ao contexto da lava jato ha um entendimento erroneo sobre o desempenho dos juizes e procuradores que nao querem combater a corrupcao mas sim destruir o PT e Lula aliados à midia, grupos financeiros e, pelo que se vê agora, tambem pelas liderancas do PSOL. Um equivoco, no minimo, ou má fé.

Responder

Carla P. Bergamo

23 de abril de 2017 às 20h20

porque quer que a direita governe para sempre este país?

Responder

Edi Passos

23 de abril de 2017 às 16h35

Observados com certa profundidade, os discursos da Luciana e do Bolsonaro são essencialmente parecidos, pois ambos são baseados no ódio, na inveja e no ressentimento com relação a Lula e ao PT. A diferença parece estar mais na dose, que no da primeira é maior de ressentimento e inveja, enquanto que no do segundo é de quase puro ódio.

Responder

Rejane Rivas

23 de abril de 2017 às 19h17

Judia fascista…Como conseguem?

Responder

Faraj

23 de abril de 2017 às 16h03

Quanto as migalhas concordo com ela , a ONG de sua propriedade adora migalhas da Oldebrecht.

Responder

Mineiro

23 de abril de 2017 às 15h41

Desde quando surgiu o mentirao do mensalão e agora o golpe a jato tá mais que provado que é golpe contra nos e pra acabar com o Pt e a esquerda mentirosa e covarde. O resto é conversa fiada só não vê quem não quer e essa imbecil é uma delas. Mas dizer do que de um partido em que deputado beija de corrupto.

Responder

Mineiro

23 de abril de 2017 às 15h33

Eu a elogiei pela postura na campanha pres. Como sendo uma das mais corajosas que teve. Enquanto o playboy que MG odeia o poste Roussef do Lula ta morta nos debates e não conta nem de falar. Agora defender o golpe a jato é não enxergar o que esse câncer esta fazendo de mal ao Brasil, é de uma imbecilidade tamanho do país. Isso também que ela é da esquerda caviar e também faz parte daquela esquerda que a direita gosta. Infelizmente vai ser o seu fim.

Responder

Rafael Dumangin

23 de abril de 2017 às 18h32

Conheci ela aqui na USP e que mulherzinha hipócrita. So defende interesses pessoais. Não representa a esquerda!

Responder

Irance Esteves

23 de abril de 2017 às 18h12

ME DIGAM: PORQUE PERDEM TEMPO FALANDO NESSA SENHORA? DE VEZ EM QUANDO ELA APAREhCE SÓ PRA NÃO SER ESQUECIDA. Temos coisas mais sérias com que nos preocupar…

Responder

Carlos Costa

23 de abril de 2017 às 18h11

Porque nem sabe o que é lava jato.

Responder

Laercio Ferreira

23 de abril de 2017 às 18h07

VEJA QUE O PAÍS TEM INTELIGÊNCIA , MAS SE DOBRA AO PODER DE ALGUNS PAUS MANDADO DO IMPERIALISMO , NORTE AMERICANO ,O DESTINO DO PAÍS, FOI SEMPRE FICAR DE QUATRO , SER NEO COLÔNIA , OS PARTIDOS DE ESQUERDAS , DIANTE DE TUDO QUE VEM SURGINDO NO CENÁRIO POLÍTICO , FICAM TRÁS DOS MONTES DE BOSTA DA DIREITA VOLVER?? RESPEITO , SOBERANIA , AUTONOMIA E INDEPENDÊNCIA?/

Responder

Lucas Rafael Chianello

23 de abril de 2017 às 14h58

E o que a Luciana Genro discorre sobre a cooperação da Lava Jato com o Departamento de Estado dos EUA?

Como que ela afirma que a Lava Jato chegou no Aécio enquanto ele sai numa foto ao lado do Moro, que diz não haver problemas pelo fato do ex-governador de Minas Gerais não estar submetido à jurisdição dele?

E quanto ao fato do Sérgio Moro participar de eventos promovidos pelo grupo Lide, do João Doria?

Depois o Lula que traiu a classe trabalhadora…

Responder

antonio

23 de abril de 2017 às 14h51

Ela só não falou do desmonte das empresas nacionais. Da entrega do petróleo às empresas estrangeiras. Da doação das terras. O resultado da lava jato levou a nata corrupção ao governo. Do surgimento do dória, ou seja outro color. Fim do desenvolvimento de tecnologias brasleiras como a nucleear, a base de alcantara. Retrocesso em todas as politicas sociais. etc. etc. Pergunto à Luciana. é para isso a LAJA-JATO?

Responder

Elsa Nascimento

23 de abril de 2017 às 17h41

Essa guria não cresce nunca

Responder

Lucia Lia

23 de abril de 2017 às 17h38

Ela é conivente, não quer concorrer com Lula o PT.
Por isso é a favor!

Responder

    Ronaldo Braga

    23 de abril de 2017 às 15h59

    Isso está mais do que claro.
    Todos tem pavor de concorrer contra o Lula.
    Inclusive esta esquerda caviar.

    Responder

luiz

23 de abril de 2017 às 14h37

Nesse sistema em que vivemos qualquer presidente precisa ser flexível e aceitar algumas propostas que não agradam ao seu governo, porque a elite é suja, pressiona violentamente, ameaça, manipula e é preciso primeiro arrancar o poder e a influência dela antes mesmo de chegar aos 3 poderes. É preciso tempo e persistência a favor de uma mudança no sistema econômico. Precisamos de algo como o Projeto Nação Brasil propõe.
Se Lula e Dilma em alguns pontos jogaram o jogo dos burgueses, a Luciana Genro ou jogaria o jogo ou não duraria 6 meses no governo.
É preciso antes arrancar o mal pela raiz. E vai levar tempo e paciência com esse pessoal gordo de ganância que domina o mundo.
É só ver nos EUA. Entra presidente e sai presidente continua a mesma coisa, porque não são os presidentes que tomam decisões, são a elite/corporações/banqueiros. Em praticamente todos os países do mundo é assim.
O que cabe a nós é sempre denunciar a roubalheira e propor a verdadeira democracia.

Responder

Nelton da Silva

23 de abril de 2017 às 17h29

Comparar a lucidez de um Jean Willys com as insanidades de Luciana Genro e as “inconveniências” do beija-mão nos faz pensar que há uma perversão grave na cadeia de comando do PSOL. A Luciana é uma senhora que não passou da adolescência. Por isso, sempre se auto denomina “nova esquerda”.

Responder

Boquiaberto

23 de abril de 2017 às 14h19

Especialista em Direito Penal e ainda apoia o partido da lava-jato? A operação pode ter denunciado os outros partidos além da esquerda, mas nunca investigou os ladrões da sua turma.
Não compreendo. Respeito a opinião dela mas não compreendo.
A esquerda faz um desserviço a si mesma quando não apoia seus representantes.
Nunca fui petista ou de qualquer outro partido e não sei nada de política, mas alguém da esquerda que sabe como funciona o sistema do poder, dizer que Lula não é perseguido é inacreditável.

Responder

Gidobaldo Silva Avelar Gil

23 de abril de 2017 às 17h09

A Luciana esta fazendo o que todos ex PT fizeram principalmente a ex senadora Heloisa Helena fundadora do PSOL e a Marta,são mulheres que atiram pra todo os lados pra que sobre alguma coisa pra elas!A Heloisa Helena foi eleita com dinheiro do Delubio mesmo assim condenou o coitado mas não renunciou o cargo e assim a Luciana e a Marta etc etc querem acabar com o passado para que renassam puras! A história é implacável isso não vai acontecer!

Responder

Marcos Marcos Marcos

23 de abril de 2017 às 17h00

É porque a injustiça ainda não chegou a ela… O Silas Maracutaia provou do próprio veneno.

Responder

Marcos Marcos Marcos

23 de abril de 2017 às 17h00

É porque a injustiça ainda não chegou a ela… O Silas Maracutaia provou do próprio veneno.

Responder

Edneia Castro

23 de abril de 2017 às 16h57

EU TAMBÉM DEFENDO A LAVA JATO.
DESDE QUE ELA SEJA PARA TODOS.
NÃO SÓ PRA UM PARTIDO.
SOU A FAVOR DA JUSTIÇA JUSTA.
NÃO DA PARTIDÁRIA, PODRE, CORROMPIDA, E COMPRADA.

Responder

Maristela Silva

23 de abril de 2017 às 16h56

Sinceramente, há muito tempo deixei de prestar atenção a essa pessoa, cada dia mais engolida pela mágoa e incapacidade de lidar com o contraditório, falha grave para quem se quer líder.

Responder

Maristela Silva

23 de abril de 2017 às 16h56

Sinceramente, há muito tempo deixei de prestar atenção a essa pessoa, cada dia mais engolida pela mágoa e incapacidade de lidar com o contraditório, falha grave para quem se quer líder.

Responder

Wilson Lima Junior Lima Junior

23 de abril de 2017 às 16h45

Pura ladainha de quem com oportunismo sonha com o poder e não quer admitir que errou sobre que lado ficou, que pena…

Responder

Wilson Lima Junior Lima Junior

23 de abril de 2017 às 16h45

Pura ladainha de quem com oportunismo sonha com o poder e não quer admitir que errou sobre que lado ficou, que pena…

Responder

Fernando Fidelis Vasconcelos

23 de abril de 2017 às 16h43

Não acredito na lavajato

Responder

Fernando Fidelis Vasconcelos

23 de abril de 2017 às 16h43

Não acredito na lavajato

Responder

    Clá

    23 de abril de 2017 às 14h06

    Pois acredite, Fernando Fidelis. Ela é fascista e perigosa.

    Responder

Sonia Cunha Gomes

23 de abril de 2017 às 16h41

Não terá meu apoio nunca mais! Depois das posições assumidas no episódio do golpe, e agora com apoio as práticas fascistas dá lava a jato… espero que o PSOL tenha outros candidatos. Tenho simpatias pelo partido, mas sem a Luciana.

Responder

Sonia Cunha Gomes

23 de abril de 2017 às 16h41

Não terá meu apoio nunca mais! Depois das posições assumidas no episódio do golpe, e agora com apoio as práticas fascistas dá lava a jato… espero que o PSOL tenha outros candidatos. Tenho simpatias pelo partido, mas sem a Luciana.

Responder

Nylson Coelho

23 de abril de 2017 às 16h40

Doidinha igual a Marina…A esquerda tem o Lula já…Pra que essa fantoche extremista de esquerda…

Responder

Nylson Coelho

23 de abril de 2017 às 16h40

Doidinha igual a Marina…A esquerda tem o Lula já…Pra que essa fantoche extremista de esquerda…

Responder

Jornac Jornac

23 de abril de 2017 às 16h34

…….pensei que isso prestava……me enganei….

Responder

Jornac Jornac

23 de abril de 2017 às 16h34

…….pensei que isso prestava……me enganei….

Responder

Henrique Jorge A. Amorim

23 de abril de 2017 às 16h31

#SomosTodosMoro #LulaNaCadeiaJá

Responder

    Clá

    23 de abril de 2017 às 14h07

    Henrique: você é milionário? Só os milionários se salvarão. Se você não for um deles, então você é BURRO MESMO!

    Responder

Henrique Jorge A. Amorim

23 de abril de 2017 às 16h31

#SomosTodosMoro #LulaNaCadeiaJá

Responder

Ezequiel Cardozo da Silva

23 de abril de 2017 às 16h29

PSOL: a esquerda que a direita gosta.

Responder

Ezequiel Cardozo da Silva

23 de abril de 2017 às 16h29

PSOL: a esquerda que a direita gosta.

Responder

Jaime Passos

23 de abril de 2017 às 16h29

As consequências da Lava-Jato estão aí para quem quiser ver: impeachment farsesco de Dilma Rousseff e governo Temer subtraindo direitos duramente conquistados. Além disso, membros do PT e do PSDB não são tratados da mesma forma pela Lava-Jato. Uma pena que ela não veja isso…

Responder

Jaime Passos

23 de abril de 2017 às 16h29

As consequências da Lava-Jato estão aí para quem quiser ver: impeachment farsesco de Dilma Rousseff e governo Temer subtraindo direitos duramente conquistados. Além disso, membros do PT e do PSDB não são tratados da mesma forma pela Lava-Jato. Uma pena que ela não veja isso…

Responder

    Andre Lima Carvalho

    23 de abril de 2017 às 23h30

    Pode ter certeza de que ela vê, tudo isso, sim. Só que é uma oportunista sonsa.

    Responder

Cesar Breitenbach

23 de abril de 2017 às 16h23

Por que quer ganhar votos ué

Responder

Cesar Breitenbach

23 de abril de 2017 às 16h23

Por que quer ganhar votos ué

Responder

Marival Leal

23 de abril de 2017 às 16h19

Kkkkkk depois de fuder o estado do RGSul com o pai agora tira onda de santa quer voltar ou se esconder farinha do mesmo saco!!!!!

Responder

Marival Leal

23 de abril de 2017 às 16h19

Kkkkkk depois de fuder o estado do RGSul com o pai agora tira onda de santa quer voltar ou se esconder farinha do mesmo saco!!!!!

Responder

    Flávio Paganin

    23 de abril de 2017 às 18h35

    Não fia…. O desastre deste estado se deu por conta do PMDB e PRBS… Justamente os únicos suspiros de recuperação que o RS deu nos últimos 30 anos se deram na administração do PT.

    Responder

Paulo Prado Queiroz Filho

23 de abril de 2017 às 16h15

A rainha da esquerda q a direita adora

Responder

Paulo Prado Queiroz Filho

23 de abril de 2017 às 16h15

A rainha da esquerda q a direita adora

Responder

Marcia Stephens

23 de abril de 2017 às 16h14

Explica mas não justifica. Traíraaaaaaaaaa!

Responder

Marcia Stephens

23 de abril de 2017 às 16h14

Explica mas não justifica. Traíraaaaaaaaaa!

Responder

Arnaldo Souza

23 de abril de 2017 às 16h13

Preguiça dessa Luciana Genro.

Responder

Arnaldo Souza

23 de abril de 2017 às 16h13

Preguiça dessa Luciana Genro.

Responder

Edemir T. Moreira

23 de abril de 2017 às 16h12

Ela só apoia ..pra ver se o Lula fique inelegível. …e pensa que vai ter alguma chance nas eleições. ….mas se o Lula não puder ser candidatar por causa desta farsa lava jato ….quem ele indicar… ganha…

Responder

Edemir T. Moreira

23 de abril de 2017 às 16h12

Ela só apoia ..pra ver se o Lula fique inelegível. …e pensa que vai ter alguma chance nas eleições. ….mas se o Lula não puder ser candidatar por causa desta farsa lava jato ….quem ele indicar… ganha…

Responder

Alice Sacramento

23 de abril de 2017 às 16h10

É não consigo entender a ideologia da Luciana. ..Mais as vezes é melhor dar uma de burro que aceitar certas posições….

Responder

Alice Sacramento

23 de abril de 2017 às 16h10

É não consigo entender a ideologia da Luciana. ..Mais as vezes é melhor dar uma de burro que aceitar certas posições….

Responder

Erik Ribamar Dos Santos

23 de abril de 2017 às 16h08

A prepotência dessa moça cansa.

Responder

Erik Ribamar Dos Santos

23 de abril de 2017 às 16h08

A prepotência dessa moça cansa.

Responder

Luiz Otávio Rosário

23 de abril de 2017 às 13h08

Doutora Luciana: seu texto é muito bom. Academicamente falando. Ótima manifestação que deixa clara a posição de seu partido. Então, podemos concluir, é isto o que pensa o PSOL (partido que, teoricamente, me fez feliz quando de sua fundação).

Do ponto de vista prático e institucional, defender a Lava Jato é defender o Direito Penal do Inimigo. Temos uma vara federal criada com superpoderes para investigar, julgar e punir a corrupção. Temos um Deus todo-poderoso no comando desta jurisdição que, cumulativamente, manda investigar, manda denunciar e profere as sentenças somente punitivas. Ah, e faz acordos fantásticos de delação.

O objetivo da lava jato, a doutora sabe bem qual é. Ocorre que a “Delação Odebrecht” não estava no “script” previamente delineado por esta mega justiça, cujo chefe supremo manda a polícia investigar e depois do resultado, manda o MPF denunciar e depois… bem todos sabemos.

Então não pode ser um partido a ser levado a sério que defende (ou não se opõe) ao Direito Penal do Inimigo.

A Lava Jato destrói os comezinhos conceitos de direito, a começar pela presunção de inocência até o trânsito em julgado. A lava jato é um tribunal de exceção que os mais brilhantes advogados penalistas não conseguem “ganhar uma” do juiz-comandante-em-chefe.

Muito me decepciona o PSOL. Muito me decepciona esta conterrânea que dava ares novidadeiros e sérios. Me decepciona mais, e profundamente, a advogada penalista, que se diz de esquerda, compactuar com o Direito Penal do Inimigo como a “purificação” e a “redenção” deste país.

Responder

LUCIO FLAVIO S NEVES

23 de abril de 2017 às 13h06

Me perdoem,
não consegui ler o artigo, já é ruim desde o começo. Com todo o respeito, retire este lixo do seu blog

Lúcio Flávio

Responder

    Clá

    23 de abril de 2017 às 14h04

    Lucio Flavio Neves: se você não conseguiu nem ler o artigo, por que fez comentário?

    Responder

Raimundo Melo

23 de abril de 2017 às 12h59

Ridícula!
Ela faz o jogo do inimigo!
Será que ela acha essa justiça Morina neutra, imparcial, não seletiva, golpista?
E os Dallagnois da vida, com seus Power points de convicções, sem nenhuma prova?
E as conduções coercitivas do Lula e Eduardo Guimarães? E as prisões preventivas com prazo determinados pela aceitação de delatar, e delatar o que os procuradores querem?
Em que mundo a Sra Luciana Genro você?

Responder

    Raimundo Melo

    23 de abril de 2017 às 13h10

    *prazos determinados
    *Em que mundo a Sra. Luciana Genro vive??

    Responder

Miguel F Gouveia

23 de abril de 2017 às 15h59

E alguém quer ouvir?

Responder

Luiz

23 de abril de 2017 às 12h55

Luciana se tornou uma oportunista barata do nível de Marina. Está jogando para a plateia. Só isso.

Responder

Dilciany de Oliviera

23 de abril de 2017 às 15h53

A lava jato acabou com as empresas? Sério? Acabou com o esquema corrupto que sustentava os partidos. Concordo que o trabalhador ficou prejudicado. Sem empresas , sem trabalho. Mas, vamos sobreviver, sem heróis sem PAI E MÃE do povo. O brasileiro acordou e vê que foi manipulado por um grupo que só pensava em manter o poder para que se perpetuasse a mamata. Não defendo o atual governo e seus aliados. Mas defendo a justiça que para muitos investigados se resume em “perseguição”. Chega de enganar e de manipular…não há como defender o indefensável. ..

Responder

    Ermeneghildo Ghil

    23 de abril de 2017 às 16h09

    E não é perseguição (sem aspas)? É claro que é! Tantos delatados com provas robustas contra si e a grande mídia corrupta (sim, corrupta porque se vende para o governo para defender a reforma da previdência e a venda do Brasil) só batem em Lula, contra quem não há provas robustas, mas é a maior liderança popular da América Latina, quiçá do mundo. Isso dói muito no ego da golpista do psol que nunca vai ser a mesma coisa. Vão, golpistas de esquerda, vão em frente nessa louca cavalgada! A farsa a jato já deu o Brasil para um dos piores governos de direita da história e os próximos vão ser tão ruins ou piores quanto!

    Responder

    Ermeneghildo Ghil

    23 de abril de 2017 às 16h09

    E não é perseguição (sem aspas)? É claro que é! Tantos delatados com provas robustas contra si e a grande mídia corrupta (sim, corrupta porque se vende para o governo para defender a reforma da previdência e a venda do Brasil) só batem em Lula, contra quem não há provas robustas, mas é a maior liderança popular da América Latina, quiçá do mundo. Isso dói muito no ego da golpista do psol que nunca vai ser a mesma coisa. Vão, golpistas de esquerda, vão em frente nessa louca cavalgada! A farsa a jato já deu o Brasil para um dos piores governos de direita da história e os próximos vão ser tão ruins ou piores quanto!

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    23 de abril de 2017 às 16h20

    Incrível como ainda precisamos de herois e como esses “herois” conseguem habitar o imaginário de um povo carente de um grande pai para acalmar a angústia da sua desproteçao… Triste realidade! Mas entendo que é dificil desapegar dos nossos heróis que chegam para nos salvar… Mas somos mais do que pensamos ser. Precisamos olhar a situação como um todo. Não há inocentes nesta história. E quando digo isso estou me referindo a todos nós que permitimos nos fragilizar e a adorar Mitos.

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    23 de abril de 2017 às 16h20

    Incrível como ainda precisamos de herois e como esses “herois” conseguem habitar o imaginário de um povo carente de um grande pai para acalmar a angústia da sua desproteçao… Triste realidade! Mas entendo que é dificil desapegar dos nossos heróis que chegam para nos salvar… Mas somos mais do que pensamos ser. Precisamos olhar a situação como um todo. Não há inocentes nesta história. E quando digo isso estou me referindo a todos nós que permitimos nos fragilizar e a adorar Mitos.

    Responder

      Clá

      23 de abril de 2017 às 14h15

      Dilciany de Oliveira: não se trata de precisar ou não precisar de heróis. Você ainda não percebeu, mas estamos sendo atacados a partir de fora. Todo esse jogo político-econômico responde a interesses do sistema financeiro. Você sabe como funciona o sistema financeiro, Dilciany? Se não sabe, pesquise. Pouco importa que são os culpados disso ou daquilo, neste momento, minha querida. Importa apenas que NÓS (população que vive no andar de baixo) seremos TODOS (sem exceção) atingidos mortalmente pelas medidas legislativas. Estão jogando poker com as nossas vidas. Depois, o tempo dirá quem foi culpado de quê. Por enquanto, o que temos, Dilciany é a obrigação de tentar salvar nossas (da população como um todo) vidas. ACORDA DILCIANY!

      Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h35

    Não adoro ninguém!!! Mas ainda tenho certeza que melhor opção para presidente é o Lula!! Se a lava jato operação seletiva deixar!!

    Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h35

    Não adoro ninguém!!! Mas ainda tenho certeza que melhor opção para presidente é o Lula!! Se a lava jato operação seletiva deixar!!

    Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h36

    LULA santo!! Claro que não, melhor presidente do Brasil sim!!

    Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h36

    LULA santo!! Claro que não, melhor presidente do Brasil sim!!

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    23 de abril de 2017 às 16h55

    Há outras maneiras de fazer política. ..e que realmente promovam bem estar social. Mas infelizmente acabamos de acordar de um sonho, pois as conquistas não se sustentaram. Ele teve sua oportunidade de mostrar algo diferente e realmente trouxe alívio aos mais necessitados, mas o modelo não se sustentou e mostrou sua fragilidade quando os aliados cobraram a conta. Os fins não podem justificar os meios senão haverá sempre uma discrepância entre o justo e o legal. Quando não há justiça não haverá igualdade. O povo precusa entender que é capaz de raciocinar sem dogmas ideológicos saber a diferença entre promoção do ser através da educação e razão e da promoção através do grito. Ter direitos não implica em supremir deveres… Não há como sustentar tanta gente que aprendeu que promoção social é receber benefício. Promoção social é educação de qualidade é liberdade de escolha é racionalizar a situação sem ser enganado com “justiça” sem legalidade. Todos estamos submetidos as leis… Não dá agora dizer que o que foi feito foi um ato de amor a sociedade. Pois quem paga infelizmente é aquele que se deixou iludir mais. Primeiro porque ficou órfão do grande “Pai” e depois que não sabe sobreviver sem a mão dele. O Brasil vai sobreviver a esses mitos vamos acordar para os novo tempo. Não deixamos o ódio imperar nos nossos corações. ..somos um único povo que soberanamente é capaz de superar toda essa sujeira que assola nosso país. Abraços a todos.

    Responder

    Dilciany de Oliviera

    23 de abril de 2017 às 16h55

    Há outras maneiras de fazer política. ..e que realmente promovam bem estar social. Mas infelizmente acabamos de acordar de um sonho, pois as conquistas não se sustentaram. Ele teve sua oportunidade de mostrar algo diferente e realmente trouxe alívio aos mais necessitados, mas o modelo não se sustentou e mostrou sua fragilidade quando os aliados cobraram a conta. Os fins não podem justificar os meios senão haverá sempre uma discrepância entre o justo e o legal. Quando não há justiça não haverá igualdade. O povo precusa entender que é capaz de raciocinar sem dogmas ideológicos saber a diferença entre promoção do ser através da educação e razão e da promoção através do grito. Ter direitos não implica em supremir deveres… Não há como sustentar tanta gente que aprendeu que promoção social é receber benefício. Promoção social é educação de qualidade é liberdade de escolha é racionalizar a situação sem ser enganado com “justiça” sem legalidade. Todos estamos submetidos as leis… Não dá agora dizer que o que foi feito foi um ato de amor a sociedade. Pois quem paga infelizmente é aquele que se deixou iludir mais. Primeiro porque ficou órfão do grande “Pai” e depois que não sabe sobreviver sem a mão dele. O Brasil vai sobreviver a esses mitos vamos acordar para os novo tempo. Não deixamos o ódio imperar nos nossos corações. ..somos um único povo que soberanamente é capaz de superar toda essa sujeira que assola nosso país. Abraços a todos.

    Responder

      Clá

      23 de abril de 2017 às 14h33

      Dilciany, você tem um pato de estimação? Ah, é? E como ele se chama? Pato Skaff? Ah, sugestivo…

      Responder

      Marcus Vinicius Machado Padilha

      24 de abril de 2017 às 13h54

      Excesso de ritalina. Só pode.

      Responder

    Adalberto Luiz da Silva

    23 de abril de 2017 às 20h33

    A lava jato não precisava quebrar empresa para combater corrupção, em nenhum lugar do mundo se fez isso, a Volkswagen foi pega fraudando consumidor e ninguém tentou fecha-las por isso causando desemprego de milhares de empregados

    Responder

    Daniel Magalhães

    23 de abril de 2017 às 23h01

    A VW não é estatal e a economia alemã é bem mais diversificada e bem menos dependente da montadora.

    Responder

      Murio Cico

      24 de abril de 2017 às 00h59

      O maior acionista dá VW é o governo dá baixa Saxônia (alemão)

      Responder

    Ibsen Marques

    24 de abril de 2017 às 00h08

    A Odebrecht e a Oas também não.

    Responder

    Daniel Magalhães

    24 de abril de 2017 às 00h29

    Ibsen Marques, mas a “paralisação” da economia deu-se em razão de contratos dessas construtoras com uma estatal e não de empreendimentos privados.

    Responder

    Gerson Pompeu

    24 de abril de 2017 às 04h05

    Haja globotomização…

    Responder

Leonidas Pereira

23 de abril de 2017 às 15h52

A Lava Jato deveria ser condutor de fazer a limpeza na política nacional nacional mas o que vemos é uma perseguição implacável a um partido político e seu principal representante simplesmente lamentavel

Responder

Marco Marangoni

23 de abril de 2017 às 12h41

Concordo com Luciana. No Estado de direito os 3 poderes devem ser respeitados e funcionar de maneira independente e harmônica. O Judiciário deve funcionar de forma independente e com responsabilidade, transparência e lisura. O Executivo deve agir com respeito a res publica (não roubar e não deixar roubar) e o Legislativo deve tratar de fazer as leis com total respeito aos interesses públicos. Não se deve criminalizar a Política mas sim reformar o Político através do voto.
A Globo partiu pra ofensiva como tática de defesa. O tudo ou nada. Aposta no quanto pior melhor. Existe pra confundir. Tem agido assim desde os anos 60. As investigações chegarão lá, mais cedo ou mais tarde.

Responder

    Edi Passos

    23 de abril de 2017 às 16h01

    “As investigações chegarão lá, mais cedo ou mais tarde.”

    Sinto imensamente por dizer isso, mas não, as investigações não chegarão lá, pois são comandadas pela própria Globo e seus parceiros menores da grande imprensa. O “juiz” Moro, os procuradores e delegados aecistas e o STF são apenas os vetores.

    Responder

Cláudio Xavier

23 de abril de 2017 às 15h41

Luciana, sim sim, não não.

Responder

Gilberto Moraes

23 de abril de 2017 às 15h38

Ela herdou as piores características do Tarso, a arrogância e o convencimento e não herdou a inteligência.

Responder

Miguel Candia

23 de abril de 2017 às 15h36

Lava jato é uma questão de marketing…se ela sair descendo a lenha vai arrumar confusão até na vizinhança dela.

Responder

Cezar Boaventura

23 de abril de 2017 às 15h29

MEU MUNDO CAIU…DELA “MAISA”

Responder

Lu Rodrigues

23 de abril de 2017 às 15h29

Porque é uma idiota

Responder

Acrônimo

23 de abril de 2017 às 12h28

Nem sei porque essa idéia me surgiu, mas há algo de estranho nos personagens da nossa republica. G.Mendes – ” adevo…gado ” , MT – ad vogue do, SMoro – advog a dor, E.Cunha – a de vou garfo , etc. L.Genro – também ? Que tristeza ! Conheço vários Advogados que fazem juz ao diploma e ao Juramento proferido na formatura, que mantém coerência de pensar e agir, que querem a Lei e o Direito para todos sem tratamento diferenciado, que querem Justiça de direito e de fato. Em todas profissões encontramos os bons e os maus ; mas algo se destaca na Advocacia. Considerando as criaturas personalidades e individualidades com critérios próprios os quais muitas vezes sobrepujam os interesses coletivos, fico a imaginar o que é a força que impulsiona algumas mentes a decidirem pelo lado contrário ao da maioria, em que as consequências de um problema comum a todos tragam prejuízos desastrosos à uma Nação. Ela não é criança, não é boba, não é despreparada no assunto, não está num Grupo Desrespeitado e Mal comprometido. O que será que lhe falta para ver com clareza tudo isto aí ?

Responder

Luciano Thomaz

23 de abril de 2017 às 15h20

palhaça

Responder

Clá

23 de abril de 2017 às 12h19

Luciana Genro, outra coisa ainda: acho que o PSOL, assim como a REDE, defendem a lava-jato porque uma expressiva maioria da população brasileira, infelizmente, ainda não compreendeu o que é a lava-jato. Por essa razão, vocês (PSOL e REDE) têm medo de se posicionar contra a lava-jato e perderem voto nas urnas.

Responder

Paula Pola

23 de abril de 2017 às 15h18

Porque ela é uma vendida igual a Blablarina

Responder

Roberto Moore

23 de abril de 2017 às 15h17

Miguel do Rosário pede respeito a Luciana, não precisa pedir, somos educados…mas no fundo no fundo ela não merece o menor respeito é uma patricinha atrás de holofotes e nem um momento ela falou sobre milhares e milhares de pais de família desempregados…Luciana vá procurar sua turma

Responder

Maria José Lisboa Rodrigues

23 de abril de 2017 às 15h15

ela justifica as ilegalidades da lava jato com ilegalidades do sistema prisional comum? Se há injustiça das pessoas mais pobres, negras, tudo bem ter essas daí?

Responder

    Veronica Dan

    23 de abril de 2017 às 15h55

    ao invés de querer corrigir as distorções, ela propõe ampliar. é de doer essa genro

    Responder

Renato Dos Anjos

23 de abril de 2017 às 15h15

Gi Martins

Responder

Rita Costa Milhomem

23 de abril de 2017 às 15h09

É difícil explicar o inexplicável

Responder

Wando Sueira de Almeida

23 de abril de 2017 às 15h03

Golpista!

Responder

Helio Siqueira

23 de abril de 2017 às 15h02

Sejamos práticos. Tem tucano preso? Não! Quando tiver tucano preso vamos questionar se essa operação ainda é seletiva. Bom domingo para todos e quem ainda acredita em Papai Noel é só buscar na NETFLIX que deve ter várias versões disponíveis!

Responder

Samuel Souza

23 de abril de 2017 às 12h02

Luciana só está jogando para a plateia e querendo conquistar alguns votos da direita. Sabe de nada. A direita a odeia e sera engolida por ela… Assim como a fadinha.. Aguardemos.

Responder

Germinal Poca

23 de abril de 2017 às 15h01

kkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Samuel

23 de abril de 2017 às 11h59

Luciana só está jogando para a plateia e querendo conquistar alguns votos da direita. Sabe de nada. A direita a odeia e sera engolida por ela… Assim como a fadinha.. Aguardemos.

Responder

Vanderley Menezes

23 de abril de 2017 às 14h58

Olha para esquerdistas ou comunistas Luciana Genro ficou louca.

Responder

Thiago Carcav

23 de abril de 2017 às 11h55

Parei de ler pela metade, por um simples motivo, é psicanalítico as análises do psol sobre a política, o fim sempre é o PT e Lula, os argumentos podem ser válidos, mesmo que ache superficiais pra uma mestre em filosofia, porém ela precisa entender que o PT é quem organiza a esquerda, mesmo com sua direção envolvida em corrupção, não por ser petista, mas por saber que o PT diferente do psol não nasceu de uma cisão institucional, ao contrário do psol, salve um ou dois Estados, o PT quem tem base social e voto, se errou pagará, como paga, reduzir sua crítica ao sistema político burguês a um erro do PT é jogar como as elites corruptas, posso está errado, mas o momento histórico que vivemos ainda estar em curso e muitas linhas ainda serão escritas.

Responder

    Clá

    23 de abril de 2017 às 12h11

    Thiago, não sei se você está errado, mas posso afirmar, com propriedade uma coisa a respeito do seu comentário: de psicanálise você não entende nada. Não há absolutamente nada de psicanalítico no discurso da Luciana Genro.

    Responder

Wilson Pagano

23 de abril de 2017 às 14h49

Minha Filha……! Não tem nova nem velha esquerda, você como advogada eu acho (não sei e nem quero saber onde estudou) deveria saber que ideologia não tem idade, você falando de esquerda velha só esta querendo promover o vosso partido certo.

Responder

    Roberto Moore

    23 de abril de 2017 às 15h08

    Muito Wilson. ..Nós somos assim, nascemos de esquerda, não é opção tá no nosso DNA o espírito coletivo querer da sociedade…Não somos velhos e nem jovens, somos de esquerda

    Responder

    Djalma Torres

    23 de abril de 2017 às 15h53

    Tenho 58 anos , e já criança er m cada e na escolha tinha lado o esquerdo ok , nada desta besteira de velha e nova , sou de esquerda sou lula sou pt , estes idiotas fazem o jogo da direita , dividir para enfraquecer …..

    Responder

    Pedro Fraga

    23 de abril de 2017 às 18h00

    Claro que existe, assim como o capitalismo também se modificou durante o passar dos anos e sempre se modificará.. nada é inerte, apenas o pensamento de uns bitolados

    Responder

    Rodrigo Fisher Barbosa

    23 de abril de 2017 às 21h28

    TEM A ETERNA E RETROGRADA ESQUERDA FALIDA

    Responder

    Wilson Pagano

    23 de abril de 2017 às 21h34

    Quanta besteira um fala que o capitalismo mudou ( se mudou a ideologia deixa de ser capitalista) ou outro fala em retrógrada ( com certeza não sabe o que quer.dizer a palavra ) Eta turminha sem escola….e agora ainda vai piorar.

    Responder

Simione Campelo

23 de abril de 2017 às 14h47

Uma ponta de inveja…

Responder

João Artur Nascimento

23 de abril de 2017 às 14h46

Por que ela é a eterna adolescente imbecil que ama holofotes. Deveria jogar a baleia azul.

Responder

Mônica Carvalho

23 de abril de 2017 às 14h44

Responder

Clá

23 de abril de 2017 às 11h42

Outra coisa Luciana Genro, que esqueci de dizer: ou você acha que tudo o que está acontecendo no país tem origens e motivos estritamente internos? Se você acredita nisso, deve acreditar, também, em papai noel, coelhinho da páscoa, Luciano Huck…entre outras fábulas…

Responder

Ademir Barros

23 de abril de 2017 às 14h41

Genro, blablarina e Eduardo Jorge só aparecem perto das eleições, são inúteis no resto do tempo.

Responder

Romulo Basilio

23 de abril de 2017 às 14h40

Lu Genro achando que se prenderem o Lula o povo vai votar nela? kkkk Vez em quando acho que o PSOL ajudou no golpe, por debaixo dos panos sabe…

Responder

Clá

23 de abril de 2017 às 11h38

Luciana Genro: apesar de eu ser contra a lava-jato, aceito seus argumentos. No entanto, devo lhe dizer que, se você inserir todos os seus argumentos – um por um – no contexto de um Golpe de Estado, promovido pelos idealizadores da Nova Ordem Mundial (Famílias Rockfeller, Ford e Soros, ou banca ou rentistas, como preferir chamá-los), que usa como estratégia a Guerra Híbrida, sinto dizer que nenhum dos seus argumentos pára em pé.

Responder

Ana Maria Carlesso

23 de abril de 2017 às 14h38

Não tenho simpatia por ela, mas devo admitir que falou muita coisa certa. Coisas que os defensores do PT não admitem. Corruptos? Só os outros partidos, o PT jamais, nada que seja dito contra eles é verdade

Responder

    Clá

    23 de abril de 2017 às 12h14

    Ana Maria, você está quase lá: estamos com a corda no pescoço (TODOS, exceto milionários) e ficamos discutindo quem é mais podre: o PT ou os demais partidos. Se todos são corruptos, se todos foram delatados, por que as delações pesam apenas do lado do PT. Acho que deveriam pesar para o PT e para todos os demais partidos.

    Responder

    Ermeneghildo Ghil

    23 de abril de 2017 às 16h14

    Tem que ter prova, minha cara, e até agora e desde o mensação, NADA de concreto! E outra: grande mídia, que é uma força muito poderosa, SÓ bate em Lula e PT, fazendo dobradinha com a farsa a jato. Querem é só destruir o Brasil para TODOS, tornando só deles. Quem não vê isso ou é muito desinformado (ou burro) ou está de má-fé!

    Responder

    Ermeneghildo Ghil

    23 de abril de 2017 às 16h14

    Tem que ter prova, minha cara, e até agora e desde o mensação, NADA de concreto! E outra: grande mídia, que é uma força muito poderosa, SÓ bate em Lula e PT, fazendo dobradinha com a farsa a jato. Querem é só destruir o Brasil para TODOS, tornando só deles. Quem não vê isso ou é muito desinformado (ou burro) ou está de má-fé!

    Responder

    Ana Maria Carlesso

    23 de abril de 2017 às 17h07

    A falta de provas e por conta de vocês. Não defendo nenhum partido, todos que fizeram falcatruas, devem pagar. Agora quem ainda acredita na inocência do Lula, não é desinformado, é burro mesmo

    Responder

    Flávio Paganin

    23 de abril de 2017 às 18h31

    Liste a provas conseguidas até aqui, Dna. Ana. Os petistas não tem problema nenhum em condenar qualquer um do partido que tenha se corrompido quando são apresentadas provas tão robustas quanto as que se tem contra Temer, Aécio, Serra e quetais…. Só falatório de delator não tem esse poder.

    Responder

    Ana Maria Carlesso

    23 de abril de 2017 às 18h34

    O pior cego é aquele que não quer ver

    Responder

    Elizaldo Caetano Oliveira

    23 de abril de 2017 às 18h39

    Sim, mas apresente as provas. Se vc as têm não discuta, não chame ninguém de burro. Apresente- as e mostre que é inteligente e justa. Pronto. Ponto.

    Responder

    Gerson Pompeu

    24 de abril de 2017 às 04h11

    O pior globotomizado é o que não exerce a capacidade de raciocínio.

    Responder

Mario Lucio Silva

23 de abril de 2017 às 14h35

Blá blá bla

Responder

Marcus Vinicius

23 de abril de 2017 às 14h34

Ela defende porque é uma idiota! Simples!

Responder

Elmo Santana

23 de abril de 2017 às 14h33

Na minha opinião, ela está se colocando a disposição da direita como uma alternativa ao crescimento do Lula. Vide Marina Silva!

Responder

Ali Onaissi

23 de abril de 2017 às 14h33

REVOLTADA

Responder

Alberto Conceição Prazeres

23 de abril de 2017 às 14h31

Porque comeu merda quando era criança.

Responder

Joel Araujo

23 de abril de 2017 às 14h30

A volta das Marina dos pampas…

Responder

Alexandre Guimarães Andrade

23 de abril de 2017 às 14h29

Os petralhas estão batendo cabeça, sem rumo, atordoados, perdidos. Morro de tanto rir desses inbecis

Responder

Sidnei

23 de abril de 2017 às 11h17

Por que ela é uma golpista enrustida!!!

Responder

Patrício Sousa

23 de abril de 2017 às 14h15

Os Estados Unidos apresentaram a mãe de todas as bombas, a MOAB, a Rússia para não ficar por baixo, apresentou o SATAN 2, foguete poderosíssimo, segundo eles, muito mais letal que a MOAB, o Brasil lançou o 13, nas versões Lula e Dilma, pai e mãe de todas as bombas … Com essas “bombas” não tem pra ninguém!!

Responder

    João Artur Nascimento

    23 de abril de 2017 às 14h47

    Te puxou para escrever está m…não é.

    Responder

    Paula Pola

    23 de abril de 2017 às 15h19

    Mais um coxinha que tem mais massinha do que carne, ou seja, um pato do FIES

    Responder

    Luciano Thomaz

    23 de abril de 2017 às 15h22

    e então bocó perdeu alguma coisa tipo FIES ou outra coisa kkkkkkkkk

    Responder

    Patrício Sousa

    23 de abril de 2017 às 15h22

    Só ofensas?? Ninguém sabe defender um ponto de vista entre os esquerdopatas??

    Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h40

    Filho acho que você está engatinhando!!! Quem tem conta na suíça são seus corruptos de estimação:. Serra, Cunha, Aécio, etc

    Responder

    Neusa Erasmo Melo

    23 de abril de 2017 às 16h40

    Filho acho que você está engatinhando!!! Quem tem conta na suíça são seus corruptos de estimação:. Serra, Cunha, Aécio, etc

    Responder

Reginaldo Henrique Dos Santos

23 de abril de 2017 às 14h08

Porque inveja Lula!

Responder

Pedro Garcia

23 de abril de 2017 às 14h03

Oportunismo que decepciona

Responder

Sandro Valeriano

23 de abril de 2017 às 14h00

Porque é sem noção.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com