O Cafezinho

terça-feira

13

fevereiro 2018

7

COMENTÁRIOS

Tuiuti é grande vencedora do júri popular e jurado do jornal O DIA

Escrito por , Postado em Redação

No Dia

Paraíso do Tuiuti é a grande vencedora do Tamborim de Ouro de 2018

Escola sensação do desfile do Grupo Especial conquistou a maioria de votos dos leitores e dos jurados em três quesitos: Escola de Ouro, Comissão Sensação e Samba do Ano

Por ADRIANO ARAÚJO

13/02/2018 14h51 Atualizado às 13/02/2018 17h22

Rio – A Paraíso do Tuiuti é a grande vencedora do Tamborim de Ouro de 2018. A escola sensação dos desfiles do Grupo Especial conquistou a maioria de votos dos leitores e dos jurados do DIA em três quesitos: Escola de Ouro, Comissão Sensação e Samba do Ano.

A disputa foi acirrada e a Tuiuti ganhou no voto popular do Salgueiro na categoria Escola de Ouro. Na análise dos jurados Alberto João, Bárbara Pereira, Aydano André Motta, Fábio Fabato e Eugênio Leal, a escola de São Cristóvão conquistou a categoria por 3 votos a 2. Os especialistas foram unânimes ao escolherem a agremiação como a Comissão Sensação.

A Paraíso do Tuiuti contou a história da escravidão, desde a Antiguidade até os dias atuais com o enredo “Meu Deus! Meu Deus! Está extinta a escravidão?”. A escola mostrou as consequências sociais das práticas escravagistas, a existência do uso do trabalho escravo que persiste em alguns setores de produção econômica e a fragilidade das relações trabalhistas.

Um dos pontos altos do desfile foi a Comissão de Frente da escola. Com críticas às reforma Trabalhista e da Previdência, o presidente Michel Temer foi retratado em um dos carros alegóricos como um vampiro.

O desfile da escola teve bastante repercussão e chegou a ser um dos assuntos mais comentados no mundo através do Twitter. Na última segunda-feira, o deputado federal e presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, chegou a criticar o enredo da escola dizendo que houve “desinformação”.

PS Cafezinho: a matéria do Dia “esqueceu” de informar que a escola satirizou paneleiros, patos e coxinhas, o que foi uma crítica direita ao golpe e à manipulação midiática, tanto é que os coxinhas estão enfurecidos. Também não deixou claro que houve uma crítica dura e direta à reforma trabalhista. O editor-executivo da Record, Carlos Andreazza, “colunista do Globo”, está furioso nas redes.

terça-feira

13

fevereiro 2018

7

COMENTÁRIOS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 COMENTÁRIOS

  1. Trazibulo Zibim Meireles
  2. EDUARDO
  3. Lucy
  4. Sérgio Antonio Costa Jones
  5. André Rs T
  6. Eloiza Augusta
Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com