Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Justiça condena blogueiro a 10 meses de prisão por criticar Sergio Moro

Por Miguel do Rosário

28 de março de 2018 : 19h02

O estado de exceção se aprofunda muito rapidamente. Pode-se xingar Lula e qualquer liderança de esquerda à vontade. Sergio Moro, jamais! Ele é a vaca sagrada do golpe! Insinuar que Moro tem “ligações partidárias”, então, é crime punível com quase 1 ano de cadeia!

Apesar da pena falar em “regime aberto”, é uma espécie de prisão, pela humilhação e pela restrição dos direitos.

A grande mídia, com a cumplicidade dos próprios agentes públicos, publicam fake news diariamente, acusam sem provas, jogam o país no caos, e quem vai preso é um pequeno blogueiro de esquerda!

***

No Jornal GGN

Editor do blog Limpinho & Cheiroso é condenado a 10 meses por “calúnia” contra Moro

QUA, 28/03/2018 – 16:27
ATUALIZADO EM 28/03/2018 – 16:57
Foto: Lula Marques

Jornal GGN – Por ter associado o juiz Sergio Moro a um esquema de desvio de recursos públicos na Prefeitura de Maringá, o jornalista Miguel Baia Bargas, do blog Limpinho & Cheiroso, foi condenado pela 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) a 10 meses de prisão, em regime inicial aberto. O processo por calúnia e difamação foi iniciado em 2015.
Do Conjur

A 5ª Turma do Tribunal Regional Federal da 3ª Região condenou o jornalista Miguel Baia Bargas, do blog Limpinho & Cheiroso, por calúnia e difamação contra o juiz federal Sergio Moro, da Justiça Federal da 4ª Região. Em 2015, o blog publicou notícias envolvendo o magistrado, a quem imputava falsamente crimes, além de ofender sua reputação.

Em seu voto, o desembargador federal André Nekatschalow, relator do caso, destacou que o texto publicado no blog não retratou a realidade ao vincular o advogado Irivaldo Joaquim de Souza a crimes e a partido político, relacionando-o a Sergio Moro. Além disso, mencionou a existência de ligação entre o juiz federal e Alberto Youssef, réu em processo criminal no qual Moro atua.

“É manifesta a ofensa à honra do juiz federal Sergio Fernando Moro, a configurar a prática de crimes tanto pela referência direta quanto indireta ao magistrado”, escreveu o relator.

Para o desembargador federal, a confiança do cidadão no Poder Judiciário está vinculada à atuação do juiz, cuja conduta deve se pautar pela imparcialidade, independência, integridade pessoal e profissional, sendo absolutamente vedado o exercício de atividade político-partidária.

“A notícia que atribui ao magistrado a vinculação a partido político e a réu de processo criminal relativo à operação ‘lava jato’, em que exerce a jurisdição, claramente ofende sua reputação e, ao imputar-lhe falsamente crimes, patenteia o propósito de ofender sua honra, a caracterizar as práticas de difamação e calúnia”, completou Nekatschalow.

O relator destacou ainda que não há a mínima indicação de que o réu tenha atuado com o simples propósito de informar. “O réu foi jornalista por anos e, dado o conteúdo da notícia e sua perícia na área, acaso movido pelo desejo de informar, teria adotado cautela mínima de verificação de seu conteúdo, considerando, ademais, haver promovido alteração do título que, expressamente, atribuiu o desempenho de atividade político-partidária e o cometimento de delito a juiz federal”, disse o desembargador.

A 5ª Turma, por unanimidade, fixou a pena em 10 meses e 10 dias de detenção, em regime inicial aberto, e 15 dias-multa, substituída a pena privativa de liberdade por uma pena restritiva de direitos. Com informações da Assessoria de Imprensa do TRF-3.

Apelação Criminal 0013800-35.2015.4.03.6181/SP

****

No blog Limpinho & Cheiroso

Nota de esclarecimento sobre a condenação do editor do blog Limpinho & Cheiroso

No último dia 23 de março, foi publicada decisão do Tribunal Regional Federal da 3ª Região – TRF3 – no processo movido pelo Ministério Público Federal contra o jornalista Miguel Baia Bargas, editor do blog Limpinho & Cheiroso, por supostas calúnia e difamação contra o juiz Sérgio Moro.

Alguns esclarecimentos se fazem necessários acerca do caso.

Miguel apenas reproduziu 01 (uma) matéria do portal I9 em seu blog com pequena modificação do título da matéria, que não lhe alterou a substância, principalmente, pelo fato do texto da matéria ter sido reproduzido fielmente.

O autor da matéria foi condenado, em primeira instância, à pena menor que a de Miguel, um dos motivos pelos quais estão sendo manejos os competentes recursos contra a decisão.

O TRF3, em verdade, deu parcial provimento ao recurso de apelação e reduziu a pena aplicada pela juíza de primeira instância de 2 anos, 5 meses e 16 dias para 10 meses e 10 dias, de modo que de forma alguma o jornalista será recolhido à prisão, pois é impositiva a substituição da pena por uma restritiva de direitos.

Entendemos que a diligência em checar as informações publicadas exigidas do blog Limpinho & Cheiroso, nos termos da decisão, desbordam do razoável, resvalando em afronta às garantias constitucionais.

Desta forma, Miguel Baia Bargas firme na defesa, não só da sua, mais na liberdade de expressão que deve proteger os jornalistas, recorrerá da decisão até a última instância.

São Paulo, 29 de março de 2018.

João Vicente Augusto Neves
Advogado

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

83 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

José Sangue no Zóio

16 de maio de 2018 às 07h27

Parabéns! Deveriam ter sido 10 anos. O Brasil precisa cortar pela raiz a indústria da mídia podre e do fake news! Deviam criar uma Lei da Fake News, com pena dura e multas elevadas a quem ficar divulgando notícias sem fundamento e com o único intuito de denegrir imagem alheia.

Responder

Carlos Roberto Honorio da Silva

05 de abril de 2018 às 16h12

O MORO é hoje um criminoso. Foi comprovado que tentou obstruir a justiça no caso Tacla Duran. Também ficou evidente que os procuradores da Lava Jato forjaram provas. Isso é comprovado pericialmente. É uma quadrilha que se utiliza da TOGA para instituir no Brasil uma ditadura fascista. A ditadura da Toga. Não se oferece denúncia contra membros do PSDB e agora também não contra membros do governo, mas busca-se condenar Lula por nada ter roubado, e alguns imbecis ainda não perceberam isso. Quando perceberem será tarde demais.

Responder

Antonio Carvalho

04 de abril de 2018 às 10h04

O Brasil e o mundo não tem a menor dúvida dos erros do MORO desde os esquemas da Prefeitura de Maringá. depois, vieram os esquemas do BANESTADO, todos sabem das relações dele com o doleiro Youssef, que agora reduziram a pena para 02 anos. Só no Banestado foram 60 BILHÕES !!!!
MORO NÃO É LIMPO. E tem os esquemas com o TIO SAM. Isto é Vero.

Responder

Paula Cunha

03 de abril de 2018 às 16h02

Excelente medida. Muito bom

Responder

Paula Cunha

03 de abril de 2018 às 16h02

Excelente isso! Tinha q pagar até Mais! Muito bom.

Responder

Glícia

31 de março de 2018 às 09h53

Cada vez mais enfiando esse juiz goela abaixo dos brasileiros…

Responder

JOHN JAHNES

30 de março de 2018 às 23h09

Bandidos de togas são muito unidos e corporativistas, um protege o outro e vice-versa. Eles são tão bons em suas profissões que fazem suas próprias leis para julgar seus desafetos, concedem seus proprios aumentos salariais com diárias e outros penduricalhos, e brigam pelas suas ilegais benesses que dobram ou triplicam seus salários de marajás brasileiros.
ELES ACHAM QUE SÃO DEUSES BRASILEIROS, MAS A CADEIA TEM LUGAR PARA ELES TAMBEM, QUANDO A DEMOCRACIA FOR RESTABELECIDA NO BRASIL.
UMA VERGONHA NACIONAL E INTERNACIONAL.

Responder

helio

30 de março de 2018 às 11h32

Moro teria que ser preso por grampear um presidente da republica e vender as escutas pra globo…ja deveria ser preso desde que praticou esse crime …

Responder

    Alex

    30 de março de 2018 às 20h27

    Vc tá brincando, né?

    Só pode!

    Responder

    Tânia Maria Luvizao

    31 de março de 2018 às 09h23

    Concordo plenamente. Eu uma simples estudante que leu e estudou minimamente nossa CF, consigo visualizar só neste ato descrito sobre a invasão de privacidade de um Presidente e da exposição de sua pessoa e de seus diálogos jogados na mídia, como foi realizado por este que se diz juiz e seus aliados, deveria estar respondendo processo e por ação do MP ou OAB, mas a conivência ficou explícita. Tentam enganar a quem? Agora com a matéria deste jornalista o submetem a prisão para expor o PODER mais uma vez de um judiciário parcial. Qual TUCANO está sendo investigado? O MP sobre a matéria divulgada por este jornalista foi investigar os fatos?????

    Responder

    Adriano Figueiredo

    03 de abril de 2018 às 12h52

    Não acredito que existem pessoas a favor do Lula. Parecem que tem cegueira e não enchegam o quanto ele é corrupto. Já esqueceram do mensalão? Cadê a reforma agrária que tanto pregaram? Venham visitar as grandes fazendas da sua família aqui no PA. Falava dos outros mas quando assumiu o governo foi corrupto igual ou maior, afundando o Brasil. Falam em socialismo mas tudo fake só para enganar pessoas sem conhecimento e assim desvia dinheiro.

    Responder

O sabio

29 de março de 2018 às 21h20

Q lixo de site, q lixo de notícia, reportagem escrita feira por muleke ocioso

Responder

    helio

    30 de março de 2018 às 11h52

    Cala boca parasita

    Responder

Heitor

29 de março de 2018 às 20h13

A pena é descabida. Mas já pararam pra pensar na ação do blogueiro? Da mesma forma que outros blogs ou sites imputam ao presidente Lula os mais diversos tipos de crimes, não é correto ou justo fazer o mesmo com o outro. Isso é tão fake news como qualquer outra, uma acusação sem provas como qualquer outra. Espero que os recursos sejam acolhidos e o jornalista reverta a condenação, mas que a blogosfera progressista também reflita sobre esse tipo de atitude, que não é nada legal e não contribui em nada para a democracia.

Responder

    Miguel do Rosário

    29 de março de 2018 às 21h09

    10 meses de prisão por causa de um eventual notícia errada sobre uma figura pública? não é descabida, é irracional!

    Responder

      Eduardo Fabbri

      03 de abril de 2018 às 15h47

      Oi, Miguel Rosário,
      Você tem a matéria completa que o Miguel Baia reproduziu e causou esse “ataque de pelanca” no intocável Sérgio Moro? Gostaria de reproduzi-la também em minha página. Abço!

      Responder

Martins

29 de março de 2018 às 17h09

Pelo que fala, como haja com maior derespeito a Constituição, esse juiz de 5. Categoria já estaria a muito tempo respondendo processo, se isso acontecesse aqui na Alemanha. Mas, no Brasil do Golpe….

Responder

Axl

29 de março de 2018 às 14h49

O Moro é um já federal,uma autoridade! Já o corrupto condenado é um?!!! Pode é deve ser xingado e preso por tudo o que fez!!!!

Responder

    Tânia Maria Luvizao

    31 de março de 2018 às 09h30

    Tipos como os seus, que não tem argumentos para respostas, só sabem falar mal de Lula, pois segue a doutrina da globosta e não consegue fazer uma reflexão diferente. Faz o discurso de ódio, só… vá se informar e pare de falar mal de uma pessoa q ate hoje nada provaram. Análise os teus atos ….

    Responder

Cormano Sunset Riders

29 de março de 2018 às 14h09

Se a justiça fosse séria no Brasil, Sérgio Moro estaria preso só por ter colocado escutas telefônicas em uma presidente. Mas…

Responder

    ANTONIO JULIANO

    29 de março de 2018 às 14h37

    Deveria ter sido preso, e teríamos evitado a destruição do País como vemos hoje.

    Responder

    Alex

    29 de março de 2018 às 16h40

    Sergio Moro NUNCA colocou escutas em um Presidente!

    Informe-se melhor.

    Responder

      Miguel do Rosário

      29 de março de 2018 às 17h08

      Colocou sim. Na Dilma. Vazou gravação em que ela parece conversando com Lula. À Globo.

      Responder

      Alex

      29 de março de 2018 às 20h10

      Cara

      Vc devia ser mais bem informado e mais responsável com as besteiras q escreve!

      A escuta NUNCA foi colocada na Presidente e sim em celulares usados por Lula!

      Qualquer pessoa q falasse com Lula numa das linhas grampeadas teria a sua conversa gravada como consequência do grampo DO LULA!!!

      Se vc e seus leitores não entendem essa diferença absurda, então precisam voltar pra escola… bem do comecinho!

      Responder

Dimas

29 de março de 2018 às 12h35

Também quero o depoimento do Tacla Duran. Depois conversaremos seriamente.

Responder

Deca

29 de março de 2018 às 11h51

Sinceramente, esse blog virou parque dos leitores do “antagonista”. Mude o programa de comentários e de livrem desses intrusos. Não vale a pena de ficar de ” mi, mi, mi” com essa gente. É perca de tempo.

Responder

    Alex

    29 de março de 2018 às 12h06

    Oxe

    Se quer ouvir “amém”, vai pra igreja!

    Qual o problema na diversidade de opiniões?

    PS: “perca” de tempo? Sério?

    Responder

      Deca

      29 de março de 2018 às 12h43

      Alex , eu apenas falei a verdade. É uma “perda de tempo”, conversar com um “midiota”. Vai procurar o quê fazer, ” professor “.

      Responder

EU PEPDRO AUGUSTO

29 de março de 2018 às 11h44

A QUADRILHA NÃO SE PERMITE SER CRITICADA.

Responder

    Ary

    30 de março de 2018 às 13h03

    Isso mesmo, agora do pessoal do PT eles fazem questão de mandar para a prisão.

    Responder

Gabrielle Corrêa

29 de março de 2018 às 11h12

A frente imcubida de caçar os jornalistas contrários ao golpe está a pleno vapor. Há, nitidamente, um avanço contra todas as vozes que ameaçam a escalada dos fascistas. A classe política de esquerda, os professores, os jornalistas da mídia alternativa estão sob ataque.

Responder

Fabio

29 de março de 2018 às 10h29

Chega, não da mais para discutir essas coisas a sério…
Vamos assistir o cordeiro ser sacrificado, fingindo coragem, e no intimo agradecendo aos ceus por não sermos nós “ainda”.

Pq esse jornalista deveria respeitar essa decisão?

Não há pacto social, não há regras, o que há de forma escancarada é burguesia e proletário, opressor e oprimido…

A Tuiuti abriu a boca, a arquibancada mostrava faixas, dizendo que a favela desceria o morro, botaram o exército na rua…

Estão jogando a classe média contra nós, o povo contra si mesmo, estão nos prendendo, estão dando tiros e estão matando. Em que ponto exatamente vamos entender que é sério, q é briga?

Encaremos a realidade, a democracia caiu, esse arremedo que tentam passar por democracia não difere da mascara usada de 64 a 68… Ou alguem acha que Temer, com seus 4% de intenção de votos, planeja realmente concorrer a presidência… Claro que não, instala-se o caos nas ruas, e tem-se o discurso pronto para cancelar as eleições devido a instabilidade politica.

Ofender a honra de Moro é dificil… Ele faz isso por si, o jornalista no maximo aponta… é um vendido, um deslumbrado, nas entrevistas mais longas de Moro nota-se a limitação intelectual e o entorpecimento tipico da vaidade.

Responder

    Marcos Pinto Basto

    30 de março de 2018 às 04h12

    Fábio! APOIADO! Faço minhas suas palavras!

    Responder

    Roberto

    30 de março de 2018 às 06h08

    Falou tudo. É isso mesmo.

    Responder

Ademir

29 de março de 2018 às 09h25

Bom dia! Isso ai PARABÉNS que sirva de lição para aqueles que achão que é o país da impunidade, reflitam antes de acusar sem provas

Responder

    Antonio

    29 de março de 2018 às 12h17

    Se realmente vc pensa assim. Então deveria apoiar a prisão do moro.ou vc é tão IDIOTA para acreditar.que o triplex.é do lula.e ele mesmo O MORO liberou. para a OAS pagar uma divida.
    FICO FELIZ EM SABER QUE VC PENSA ASSIM. não deu pra entender nada ainda.ou ta chovendo algo na sua horta.

    Responder

      José Sangue no Zóio

      16 de maio de 2018 às 07h36

      Defender bandido deveria ser crime. O cara me apresenta recibo de aluguel de 31 de junho e ainda tem quem acredite nele. Bando de alienados!

      Responder

Jornalista CÉSAR Augusto

29 de março de 2018 às 08h30

Não foi crítica. O cara disse que Moro era bandido. Publicou e replicou um notícia falsa.

Responder

euclides de oliveira pinto neto

29 de março de 2018 às 08h16

Insinuar que ele é ligado a partido político não configura crime de calúnia. Como qualquer cidadão, ele pode fazer parte de um partido politico. Calunia é atribuir a alguém a prática de ato configurado como crime, sem comprovação.

Responder

    Max

    29 de março de 2018 às 08h55

    Ok.alguem da imprensa insinua que você leitor deste blog é bandido. O que você acha que deve acontecer a esse quem falou que você é bandido?

    Todos sabem que no jornalismo você tem o direito de proteger suas fontes, mas em um processo, caso haja, você precisa também provar que ouve fonte, mesmo omitindo o nome desta.caso contrário, seria um texto de criação e não uma matéria jornalística. E no caso de um texto de criação, insinuar que você é criminoso quem é criminoso. O insinuado ou o insinuante.

    Responder

    Selma

    29 de março de 2018 às 09h53

    Um blogueiro é preso por criticar uma autoridade e quando a autoridade vaza a conversa entre um Presidente e um ex Presidente, e essa própria autoridade reconhece que vazou como ficamos? Para um blogueiro pobre nada – nem o direito constitucional de manifestação, a Lei da mordaça impera; para uma autoridade que tem obrigação de cumprir a Lei tudo, inclusive agir contra o ordenamento jurídico posto. É urgente uma reflexão sobre que país queremos ter. Não há razoabilidade mínima que sustenta a perseguição a uns e a impunidade a outros em razão do poder que tem. A vontade de derrotar o inimigo usando os meios mais abomináveis possíveis aduba o ódio. Vamos defender que TODOS estejam submetidos à Lei Maior e em razão dessa submissão também sejam responsabilizados pelos seus atos.

    Responder

Mauro Garcia

29 de março de 2018 às 07h50

O dito cujo não apenas criticou. Ele imputou um crime que o juiz não cometeu. Ao contrário do Lula molusco que há abundantes provas do crime cometido “ocultação de patrimônio”. Tinha que ser um bloguinho de 5a para tentar inverte a situação.

Responder

    Nelson

    29 de março de 2018 às 08h57

    “Ao contrário do Lula molusco que há abundantes provas do crime cometido “ocultação de patrimônio”. Tinha que ser um bloguinho de 5a para tentar inverte a situação.”

    Se há “abundantes provas”, meu chapa, faça um favor para nós: as apresente. Os iluminados, Moro e seus procuradores que se dizem tementes a Deus, vasculharam a vida do “Barbudo”, dos pés à cabeça e da cabeça aos pés, durante três anos, e nada conseguiram.

    De mais a mais, meu chapa,o que é que tu vens fazer em um “bloguinho de 5ª? Teu lugar não é no ANTAgonista?

    Responder

      Marcus Padilha

      29 de março de 2018 às 11h51

      As provas das antas (incluso os TRF4 [oh deus, serei eu processado???]), fora um papel rasurado e umas fotografias do ex-presidente, se resumem a dizer que todos os “delatadores premiados” disseram que o tríplex estava reservado para Lula e eles não teriam como combinar essa versão pois estavam presos e as delações foram sigilosas e jamais vazaram para a imprensa ou advogados… agora você decide: ingenuidade, desonestidade intelectual, má-fé ou simplesmente burrice?

      Responder

    Antonio

    29 de março de 2018 às 13h36

    Mostre apenas uma prova, só uma

    Responder

    Adauto Santos

    24 de abril de 2018 às 22h03

    Mauro Garcia, ao contrário de você, eu não sou analfabeto, nem analfabeto político e nem analfabeto funcional, por sei claramente que Lula foi condenado sem crime. Aliás, todos os advogados e juízes sabem disso, bem como a maioria do povo brasileiro e o resto do mundo também sabe disso. Mas você um golpista fiel à quadrilha que ajudou a colocar no poder, prefere continuar vomitando asneiras. Vai em frente! Continue pagando o mico!

    Responder

Virgilio de Santa Cruz

29 de março de 2018 às 07h29

Patindo deste preceito, todos os merdhas que espalharam noticias falsas da vereadora Marielle Franco, devem ser encarcerados!

Principalmente os F.D.P’s vendidos do Movimento Bunda Livre!

Responder

Moacyr Medeiros Alves

29 de março de 2018 às 07h28

A pergunta que fica e não quer calar — não só aqui no Brasil mas, também, no resto do mundo civilizado, — é: como pode um sujeitinho desprovido de caráter como esse tal Moro ocupar cargo que lhe dá autoridade e poderes de perseguir, como feroz pit bull, réus sem provas; absolver réus comprovadamente culpados; recusar-se a ouvir testemunhas apresentadas pelos advogados de defesa, por saber, de antemão, terem provas contra si próprio, contra seus sócios e e contra seus apaniguados, tergiversando e descumprindo cinicamente a Constituição do país que paga seus polpudos vencimentos, sem que ninguém o impeça?

Responder

    euclides de oliveira pinto neto

    29 de março de 2018 às 17h53

    A lei não lhe dá poderes para perseguir. Nas suas atribuições, pode buscar qualquer tipo de documento ou testemunho, para que ele possa estabelecer um juizo de razão sobre a ocorrência ou não de delito que a lei configura como crime, com a prolatação da sentença, dentro dos parâmetros previstos no C.Penal. O juiz segue parâmetros definidos pelo C. Processo Penal, e é obrigado a seguir tais ditames, sob risco da sua sentença ser reformada em instância superior. Há que observar se tais preceitos foram seguidos.

    Responder

Francisco

29 de março de 2018 às 07h21

Por essas e por outras que cada vez acredito menos na justiça no Brasil. Essa condenação só prova que o objetivo do judiciário é proteger os bandidos que nos governam.

Responder

    Virgilio de Santa Cruz

    29 de março de 2018 às 07h25

    Moro junto com a GLOBOSTA, usou um grampo ilegal, para manipulação da opnião pública e de politicos, para acelerarem o golpe contra Dilma. É mentira?

    Responder

    Luiz Gonzaga

    29 de março de 2018 às 07h26

    Tao te pagando quanto , outrem?

    Responder

    Luiz Gonzaga

    29 de março de 2018 às 07h29

    Tao te pagando quanto, outren penetra?

    Responder

    André Rs T

    29 de março de 2018 às 07h43

    O roborzinho troll do Trump hoje se superou…kkk

    Responder

    Gilvan

    29 de março de 2018 às 08h25

    Que tipo de herói? que condena sem provas concretas e solta outras com provas e outras nem se quer é investigada ..tá mais pra ser perseguidor. até que prove ao contrário. ..

    Responder

a.ali

28 de março de 2018 às 22h46

porque será que se recusam a ouvira o tacla ?

Responder

SONIA PINTO CAMARGO

28 de março de 2018 às 22h26

Inacreditável! O jornalista foi condenado por não apresentar provas? Meu Deus, é tudo o que faz a lava jato, condenar sem provas. O juizeco age ao arrepio da lei e isso está dito por numerosos juristas no país e até fora do país. Condena inclusive quebrando garantias constitucionais fundamentais como a presunção de inocência. Ok, vai chegar o tempo em que tudo isso vai ser passado a limpo e o juizeco vai estar sentado no banco dos réus. #MoroExonerado

Responder

    Bernadete Knihs Silva

    29 de março de 2018 às 06h53

    Concordo plenamente! Na minha opinião esse juiz está blindado. Só pode. Veja : Aécio, Temer, Serra, Alckmin, Juca e muitos outros políticos corruptos, com provas documentadas, estão soltos e ainda permanecem no cargo ! Como não se decepcionar e ficar indignado com a justiça brasileira.

    Responder

Ricardo

28 de março de 2018 às 21h40

bem feito, acusar sem provas da nisso. Parabéns a justiça.

Responder

    Valdeci Elias

    28 de março de 2018 às 22h19

    No Brasil pode-se condenar sem provas,más nunca acusar sem provas.

    Responder

      Emílio

      29 de março de 2018 às 01h07

      Verdade; Sérgio Cabral, Eduardo Cunha, Geddel Vieira, Adriana Anselmo, Marcelo Odebrecht; todos condenados sem provas !

      Responder

      Mauro Garcia

      29 de março de 2018 às 07h55

      Se vc se refere ao Lula há provas em abundância. Ou para vc o ladrão que rouba teu mas não transferiu o documento não é ladrão?

      Responder

Marcelo

28 de março de 2018 às 21h33

Vai para a Venezuela inseto!!

Responder

    Robinson Barbosa Pimentel

    28 de março de 2018 às 22h02

    Vai para Honduras, verme!

    Responder

    Nelson

    29 de março de 2018 às 22h59

    Parabéns, meu caro. Tu já podes ir correndo buscar o soldo que recebes da CIA, NED, USAID, NSA ou o escambau, pois, tal qual um bom pau-mandado, fizeste o serviço, cumpriste a tarefa, que o Sistema de Poder que domina os Estados Unidos exigiu de ti. Detonar a Venezuela sempre rende uns trocados a mais.

    Responder

L'Amie

28 de março de 2018 às 21h27

Não é o primeiro caso. A tempos foram 4 ou 5 no Sul maravilha. Tinham de estar em varias audiências de lugares diversos. A GM que disse : O Sr.pensa que é rei e foi multada em 40 mil. São tantos casos que acabamos esquecendo o de ontem. Um dia essa raça vai ter o seu quinhão.

Responder

Jocilene

28 de março de 2018 às 20h37

Ele pode recorrer dessa m no STJ.
Lembrando que nesse crime (de calúnia) o MP pode propor o Sursis Processual. É direito do réu, sendo ele primário.

Responder

AÉCIO CHEIROSO

28 de março de 2018 às 20h30

Desculpe, mas como já conheço essa “prática” do judiciário limpinho, pois já fui vítima, penso que usaram uma desculpa. Se fizerem como eu, irão notar no blog, uma carga de críticas ao aécio – aquele intocável que persegue jornalistas em Minas e não só em Minas. Posso apostar que o verdadeiro motivo não é o alegado. Foi o mineirinho cheiroso que MANDOU e o Moro (com ele) atendeu. Pesquisem…

Responder

Juan

28 de março de 2018 às 20h27

Esse Moro é um contraventor safado. Não vale o que o gato enterra.

Responder

    Ricardo

    28 de março de 2018 às 21h39

    Prova… falar qualquer um fala. Quero ver vc provar

    Responder

      Robinson Barbosa Pimentel

      28 de março de 2018 às 22h05

      Tacla Duran prova!!!! Mas, quem disse que essa turma “cheirosa” quer ouví-lo?

      Responder

Lalau

28 de março de 2018 às 20h04

Esse superjuiz é um santo. Ele faz tudo isso por amor à patria amada Brasil e a sua profissao.
Nao tem juiz corrupto, isso sao ilaçoes do PT e da esquerda. Todo juiz é honesto e nunca faz nada de errado. O auxilio moradia é lei. Tá certo um juiz receber 2 auxilios moradia e o povo nem um mísero real. Foda-se se faltar gaze no hospital, seringa, agulha.

Responder

jose carlos lima

28 de março de 2018 às 19h59

A direita fascista pôs em operação a tática do silenciamento de lideranças e jornalistas
é o relho da casa grande

https://www.conversaafiada.com.br/politica/dilma-denuncia-os-fascistas-do-sul-e-chega-a-imprensa-mundial-200b

Responder

Mirko Kraguljac

28 de março de 2018 às 19h40

Judiciário fascista em ação! Infelizmente, o blogueiro tem que aguentar até vitoria do Lula e volta da democracia…

Responder

    Mauro Garcia

    29 de março de 2018 às 07h52

    Isso nunca irá acontecer

    Responder

      Nelson

      29 de março de 2018 às 23h10

      Confessa, meu chapa. Tu tá é te borrando de medo. Cada vez que sai uma pesquisa mostrando que o “Barbudo” só faz subir na preferência do povo brasileiro, você enche as cuecas.

      Três anos já, de massacre diário, incessante e insistente e os teus heróis não conseguiram destruir o “Barbudo”. Eu sei, para quem nutre diuturnamente um ódio irracional, ilógico, ao Lula, é de pirar assistir a isso.

      Aceite um conselho. Uma vez que teu cérebro, ao que parece, já não serve para muita coisa, está em frangalhos, pois tu não consegues transmitir uma ideia consequente, cuides do teu fígado. O ódio destrói as vísceras.

      Responder

ontreus

28 de março de 2018 às 19h30

FOI POUUUUUUUUUCO!

Responder

    evair

    28 de março de 2018 às 19h49

    Quando chamam de FDP,é a puta que devia processar!

    Responder

    leonardo-pe

    28 de março de 2018 às 20h05

    mais 1 PASSANDO RECIBO. sou amante da imprensa!

    Responder

Luiz Carlos P. Oliveira

28 de março de 2018 às 19h18

Vamos ouvir o Tacla Duran? Ou não vem ao caso?

Responder

jose carlos lima

28 de março de 2018 às 19h09

Como pode uma figura imunda como Moro, agente a serviço dos EUA, ter poder supremo, aliás, isso é possivel graças ao Império

Responder

Deixe um comentário

Viaje no Universo Profundo com o Telescópio James Webb O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno?