Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

A íntegra do depoimento de Tacla Duran

Por Miguel do Rosário

07 de junho de 2018 : 10h42

Não podemos deixar que esse depoimento de Rodrigo Tacla Durán passe em branco. O silêncio da mídia em seu entorno mostra quanto é importante que tenhamos meios de comunicação “não alinhados” ao golpe.

Assistam com atenção, anotem, comentem.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alan Cepile

08 de junho de 2018 às 15h01

Pimenta e Damous foram à Espanha antes do Duplo Expresso dizer que tinha uma bomba que acabou falhando, depois se voltaram contra os deputados num erro surreal de análise dos fatos contaminados por um egocentrismo poucas vezes visto.

Responder

    Cilene

    09 de junho de 2018 às 23h59

    Essa bomba que vc diz “Acabou falhando” também foi confirmada pelo Taclan Duran quando confirmou que tinha ido a audiência em dezembro na Espanha, a pedido dos procuradores de Curitiba e que acabou não acontecendo porque os procuradores não compareceram à ela. Simples assim!

    Responder

Cilene

07 de junho de 2018 às 18h45

Caramba! Cada vez mais eu vejo que os meninos do DuploExpresso tem razão! Vcs viram a bomba que o Taclan Durán soltou sobre reunião no Panamá e o que o doleiro Messer sabe os podres do Moro no banestado? E ninguém da comissão quis se aprofundar no assunto! Absurdo!

Responder

Deixe um comentário