Hangout com Miguel do Rosário: Bolsonaro nos EUA

O voto das LGBTs é pela própria sobrevivência

Por Pedro Breier

26 de outubro de 2018 : 16h03

No Datafolha divulgado ontem, Haddad tem 57% das intenções de voto entre LGBTs, enquanto Bolsonaro tem 29%.

Ainda é muito voto para Bolsonaro.

Após o resultado amplamente favorável ao ex-capitão no primeiro turno, a violência contra LGBTs explodiu. Eu mesmo presenciei diversos relatos.

Uma pessoa me contou que seus amigos foram ameaçados na Rua Augusta, em São Paulo – “Aproveitem, quando o Bolsonaro ganhar, vocês não vão poder mais andar assim”. Logo em seguida à ameaça, foram comprar roupas “com cara de hétero” para esconder sua própria personalidade, com medo do que vem por aí.

Outra pessoa me contou que uma amiga sofreu uma cusparada na cara ao andar pelas ruas com sua companheira.

Muitos transexuais foram assassinados após o primeiro turno. Alguns morreram ouvindo coisas como “Aqui é Bolsonaro, porra”.

Imaginem o número de casos como esses por todo o Brasil. Em pleno 2018, minha gente.

Não era difícil prever que esse tipo de coisa aconteceria. Afinal, Bolsonaro falou um sem número de atrocidades sobre a população LGBT. Vou citar apenas uma: “Prefiro filho morto em acidente a um homossexual”.

Esse tipo de frase é nada mais, nada menos do que assassina.

Legitima que o bando de descerebrados que não se conforma com o que outros fazem na sua intimidade – certamente para encobrir, para si mesmos, os próprios desejos – saia ameaçando, agredindo e até matando pessoas aleatoriamente por aí.

Votar em Haddad é não permitir que esses imbecis se sintam ainda mais à vontade para cometerem esse tipo de violência.

É um voto para que todos possam ter o direito mais básico de todos: existir como lhe aprouver.

Um voto pelo direito de viver em paz.

Pedro Breier

Pedro Breier é graduado em direito pela UFRGS e colunista do blog O Cafezinho.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

PETER PENDRAGON

27 de outubro de 2018 às 00h02

A esquerda e o marxismo cultural buscam castrar o homem branco ocidental!
Mas o o homem branco ocidental com a sabedoria de sua natureza racial descobriu os truques da igreja farsial!
A vingança é uma arma univrersal!

Responder

Eduardo

26 de outubro de 2018 às 19h51

No seu tempo de quartel gay deve ter passado o pão que o diabo amassou se fosse descoberto pois assim sem o poder já demonstra tanta arrogância imagine com o poder nas mãos. Como dizia o ex governador do Rio Leonel Brizola (odiado por bolsonaro) “quer conhecer o vilão dê a ele o bastão”.

Responder

Chauke Stephan Filho

26 de outubro de 2018 às 19h06

Ninguém manda o filho à escola para aprender a ser viado. Para com isso, Haddad !!

Responder

    Nostradamus ( consultoria psiquiátrica )

    26 de outubro de 2018 às 20h14

    Vai te tratar seu merda! Desta forma você pensa em ganhar votos para o teu Fürer ? Chegou a hora da virada seu doido varrido. Pode espumar…

    Responder

      Chauke Stephan Filho

      26 de outubro de 2018 às 23h59

      Sim, chegou a hora da virada. Será uma virada de 20% . Calma! Fica calmo! E aceita que dói menos.

      Responder

        Nostra

        27 de outubro de 2018 às 10h02

        Vocês são tão doentes que vivem de provocações. Sem esquecer que as personalidades com caráter destrutivo se apoiam num pano de fundo da verdade sacrificada. Através da mentira repetida vocês cansam os menos avisados, não os que conhecem as almas de vocês, sangrentos assassinos enrrustidos ou declarados. Para matar seu filho se o descobrir namorando outro garoto está a meio passo. O seu Fürer quer matar a toda a petralhada, na linguagem furiosa de corrupto impotente! Ele quer mais dinheiro, na linha da ideologia da prosperidade. Grita aleluia gloria a Deus e fornece sangue ao diabo.

        Responder

          Chauke Stephan Filho

          28 de outubro de 2018 às 01h45

          “Enrrustido” ?! Que erro escandaloso de português!

          Por que não aprende a escrever primeiro, antes de ensinar meninos a dar a bunda?

          Expressando-se direitinho, suas “lições” de Viadismo não colocariam sob suspeita a qualidade de sua formação magisterial.

          Você até poderia ser chamado para corrigir as redações do Enem, se Haddad ganhasse a eleição, claro.

          Você reprovaria tanta gente!

          Responder

Nostradamus

26 de outubro de 2018 às 18h32

Enquanto isso a Regina Duarte diz que a homofobia do Bolsonaro é da boca para fora… Infeliz! Fora do nosso mundo.

Responder

Deixe uma resposta