Boulos em Recife

Moro aceita convite para ser ministro da Justiça no governo Bolsonaro

Por Miguel do Rosário

01 de novembro de 2018 : 12h01

Na Agência Brasil

Por Luiza Damé – Repórter da Agência Brasil Brasília

O juiz federal Sergio Moro, que comanda as investigações da Operação Lava Jato, aceitou nesta quinta-feira (1º) o convite do presidente eleito Jair Bolsonaro e será o ministro da Justiça. O anúncio foi feito por Moro, em nota. “Após reunião pessoal, na qual foram discutidas políticas para a pasta, aceitei o honrado convite”,afirmou.

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou o nome de Moro no ministério. “Sua agenda anticorrupção, anticrime organizado, bem como o respeito à Constituição e às leis será o nosso norte”, escreveu o presidente eleito. Em suas redes sociais, Bolsonaro anunciou a fusão das pastas da Justiça e da Segurança Pública.

Sergio Moro ficou cerca de uma hora e meia com o presidente eleito. Ao sair da reunião, acenou para as pessoas que se aglomeravam em frente à casa, mas não deu entrevista.

O juiz lamentou abandonar 22 anos de magistratura. “No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Para ele, na prática o cargo significa “consolidar os avanços contra o crime e a corrupção e afastar riscos de retrocessos por um bem maior”.

Segundo Moro, a Operação Lava Jato continuará em Curitiba. “Para evitar controvérsias desnecessárias, devo, desde logo, afastar-me de novas audiências, acrescentou.

Natural de Maringá (PR), Sergio Fernando Moro, além de magistrado é escritor e professor universitário. Graduado em Direito pela Universidade Estadual de Maringá, tem mestrado e doutorado pela Universidade Federal do Paraná. É juiz federal desde 1996, com especialização em crimes financeiros.

No julgamento do mensalão, Moro auxiliou a ministra Rosa Weber, no Supremo Tribunal Federal (STF).

Veja a íntegra da nota divulgada por Sergio Moro:

“Fui convidado pelo Sr. presidente eleito para ser nomeado ministro da Justiça e da Segurança Pública na próxima gestão. Apos reunião pessoal, na qual foram discutidas politicas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar, pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito à Constituição, à lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguirá em Curitiba, com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes”.

Edição: Graça Adjuto

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

21 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

marco

04 de novembro de 2018 às 10h13

Quando o procurador Carlos Fernando se afastou da lava Jato já dava pra desconfiar mas, principalmente, o PT joga pra perder.

Responder

Eduardo Rezende

02 de novembro de 2018 às 19h57

Moro pode não ter vocação política mais sabe muito bem prejudicar políticos (Dilma e PT) sentiram na pele recentemente. Coitada da Dilma de líder na pesquisa para o senado terminar em quarto para o senado na delação do Palocci que havia deposto em abril e divulgaram na véspera do primeiro turno. Acreditam em um gol sem querer do Moro?

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de novembro de 2018 às 23h12

    Não acredito que o povo não é massa de manobra que aceita uma candidata que para se eleger, abandona seu estado e tenta ir para MG.

    Responder

Moises E.

02 de novembro de 2018 às 08h40

A república federativa do brasil é uma enorme fraude.

Responder

Paulo

01 de novembro de 2018 às 20h16

Fez bem o Moro em aceitar. Embora eu ache que ele não tem vocação pra política. Mas poderá, não fazendo nenhuma grande besteira, construir uma ponte para o STF…

Responder

Admar

01 de novembro de 2018 às 17h49

Nossa bandeira nunca será vermelha, mas sera branca com listras vermelhas e com algumas estrelinhas no canto superior…!

Responder

Benoit

01 de novembro de 2018 às 14h06

O que eu tinha escrito no comentário que (ainda) não apareceu é que o moro parece ser o homem perfeito para essa função. As suas qualidades pessoais parecem combinar com as do candidato eleito: ignorância, espírito intolerante, falta de sentido de justiça.

Mas a sua atuação passada também parece estar de acordo com o programa do eleito e poder dar uma contribuição a esse programa: desbaratamento do patrimônio nacional, submissão do país a interesses estranhos, promover a repressão e a perseguição aos inimigos políticos, protejer os poderosos de abusos que possam cometer, em qualquer área que possam vir a atuar (por exemplo na destruição da floresta amazônica).

É o homem perfeito para um governo que é considerado de extrema direita em boa parte do mundo, mesmo pela imprensa conservadora.

Responder

    O Pai

    01 de novembro de 2018 às 16h45

    Conversemos novamente sobre isso daqui um ano.

    Responder

Benoit

01 de novembro de 2018 às 14h00

De novo um comentário meu não aparece. Pode ser que apareça daqui a 2 minutos, ou daqui a duas horas, ou amanhã, ou não apareça. Essa imprevisibilidade é desagradável e desencoraja a escrever. Tenho a impressão que os comentários menores quase sempre aparecem e os maiores às vezes aparecem logo e às vezes não.

Responder

    Benoit

    01 de novembro de 2018 às 14h08

    O comentário mais sucinto e melhor formulado que escrevi para substituir o primeiro comentário que não apareceu também não apareceu!

    Responder

      Benoit

      01 de novembro de 2018 às 14h32

      (afinal todos os meus comentários apareceram, com algum atraso, mas apareceram).

      Responder

        Paulo

        01 de novembro de 2018 às 20h14

        Ufa!

        Responder

Benoit

01 de novembro de 2018 às 13h55

Parece ser a pessoa perfeita para o cargo. Ele tem todas as qualidades para desempenhar o novo cargo de acordo com o porograma do candidato eleito. Qual o programa do eleito? Mais repressão e intolerância, desbaratamento do patrimônio nacional, submissão do país a interesses alheios, proteção a abusos cometidos pelos poderosos (por exemplo o desmatamento da floresta amazônica). O candidato eleito fez declarações que deveriam ser discutidas quanto ao possível conteúdo criminoso delas. Ele é incompetente, praticamente um ignorante completo. O seu estilo é primitivo e brutal. No mundo ele é geralmente tido como de extrema direita, mesmo pela imprensa conservadora. Considerando tudo isso, o juiz eco moro deve ser o homem perfeito para o cargo. As suas qualidades pessoais parecem semelhantes às do candidato eleito, a sua atuação passada parece indicar o contributo substancial que ele poderá dar ao programa do governo futuro. É o homem perfeito para o cargo.

Responder

RODRIGOR

01 de novembro de 2018 às 13h51

Lala levou a lili ali.

Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

01 de novembro de 2018 às 13h16

Eis o começo do fim dos fdps !!!

Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

01 de novembro de 2018 às 13h15

O Miguel é muito bom. O Miguel escreve bem. A bandeira do Brasil é bonita. O céu é de brigadeiro.

Responder

Nostradamus ( banquinho & bacia )

01 de novembro de 2018 às 13h12

Eis que finalmente todos os patinhos paneleiros aves verde-amarelas, tucanos, crentes pentecostais da s correntes das prosperidades, ricos donos de televisões bispos macedônicos e que tais mais vão hoje ao clímax!… Aos orgasmos múltiplos!… Aos enlevos dos píncaros das alturas das iras contra ” o inimigo ” como eles citam nas suas orações! Se não estamos com a ditadura nas ruas pelo menos concordem que já foram implantadas as bases para um Estado Islâmico no Brasil. Estamos a beira de uma nova Noite de São Bartolomeu!
Queridos… Eu já escrevi aqui que o levante popular contra o Bolsonaro poderia ser antes do Natal, do Carnaval, da Páscoa ou não chegaria a terminar 2019. Hoje quatro dias passados das eleições vejo a cada dia antecipar-se o início da queda deste império de Bolsonaro. Nestes quatro dia já fizeram miséria. Na economia nada. Não se sabe nada. Creio seriamente que na semana que vem a grande mídia vai cair em cima! Meus prognósticos pendem para o natal… dependem só do temer segurar ou não o preço da gasolina. Bateu no seis reais insatisfação grande, bateu no sete povo nas ruas… Fora impostor!

Responder

    Rodrigo Cardoso Condeixa da Costa

    01 de novembro de 2018 às 15h12

    Fora, milicianos. TODOS. Incluindo o Judge Murrow.

    Responder

    O Pai

    01 de novembro de 2018 às 16h48

    Aff…
    qto esforço pra falar besteiras vc fez agora, eim Nostradamus…..

    Responder

      Nostra

      02 de novembro de 2018 às 08h09

      E tem mais senhor pai da mentira, vulgo capeta, o Moro foi muito burro em trocar o lado do estilingue para de vidraça. Pois é exatamente ao querer mostrar serviço com a concepção de (in)justiça que ele botou na cabeça que o Brasil e o Mundo vai ver quem realmente ele é. Os problemas na área são abissais e não é com falso discurso de corrupção engana bobo que ele vai resolver nada além de implementar um verdadeiro serviço SS no país. Sistema penitenciário ? MST ? Movimentos sociais ?
      Não chega ou Natal, Carnaval, Páscoa ou emplacar 2019. Finalmente afirmo que sem esforço algum… os próprios bolsoamarelos farão isso aos berros nas ruas quando aparecerem os casos de corrupção neste governo mais Temer que o vampiro paulista…

      Responder

    Justiceiro

    01 de novembro de 2018 às 18h53

    que tal o nostradamus petralha adivinhar quantos anos seu deus vai pegar da nova juíza que vai substituir o SuperMoro? ai já não poderão alegar perseguição do grande juiz, já que Lula será condenado por uma juíza.

    A situação do presidiário só se agrava. Daqui a 100 anos ele sai.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com