Boulos em Recife

Valter Campanato/Ag. Brasil

Como Onyx será salvo?

Por Tadeu Porto

09 de novembro de 2018 : 14h56

Do Facebook da Talita Gonçalves*

Segue o baile, no qual vc dança e eles não.

Atual PGR Raquel Dodge não é a mais votada da lista tríplice. Bolsonaro diz que não se compromete com a lista tríplice. PGR Brindeiro da Era FHC tb engavetava inquéritos. Aécio tem inquérito arquivado tb. Escandalo e corrupção só na Era PT minha gente, onde a lista tríplice era observada e o MP tinha mais autonomia. E aí vcs dizem que foi o maior esquema descoberto? Ledo engano. Divulgado e demonizado pela msm mídia que hj pra vcs não presta mais.

Folha de SP que o diga.

Continuem aí iludidos de q a corrupção nunca foi gigantesca no passado e não será no futuro, eqto o PGR for indicação política.

Raquel Dodge diz q falta provas contra Onyx (mas em outro caso ele Assumiu propina).

FUX arquiva inquérito que investigava Onyx.

É só confirmar o aumento de salário do STF q Temer se safa tb, pra ele a CF funciona.

“O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), acatou nesta quarta-feira (31) pedido feito há um mês pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, de suspender o inquérito que investiga suspeita de repasse de dinheiro da empreiteira Odebrecht”.

Bolsonaro não se compromete com a lista tríplice do Ministério Público.

PS: Não tenho partido, político, ministro, pgr e nem juiz de estimação.

That’s all folks!

PS2 [Tadeu Porto]: vem aí o Perdoador Geral da República


*Talita Camila Gonçalves Nunes é graduada em Direito pela Faculdade de Direito Milton Campos e mestra em Direito pela UFMG na linha Trabalho e Democracia. Membra do grupo GEDEL – Grupo de Pesquisa Justiça e Direito Eletrônicos da Escola Judicial do TRT da 3ª Região e Coordenadora Geral Discente do Programa de Apoio às Relações de Trabalho e à Administração da Justiça da UFMG (PRUNART-UFMG).  Autora do livro “A Precarização no Teletrabalho: escravidão tecnológica e impactos na saúde física e mental do trabalhador”.

Tadeu Porto

Colunista do Cafezinho e diretor da Federação Única dos Petroleiros e do Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

henrique de oliveira

12 de novembro de 2018 às 09h07

Mais claro impossível , em resumo , pau no lombo do PT mesmo sem provas e perdão aos corruptos de estimação , não se combate corrupção com juízes comprovadamente corruptos.

Responder

Cristiano

11 de novembro de 2018 às 20h21

Rapaz. Dá tempo de fazer outro texto.

Responder

Roque

10 de novembro de 2018 às 12h58

Miguel, na boa, mas que merda de texto é este???

Responder

Tercio Pingelli

10 de novembro de 2018 às 10h40

Jesus, como isso tá mal escrito! E me surpreendi ao ler seu mino currículo… Ainda estou me perguntando: o que fez esse texto “merecer” estar aqui?

Responder

JOSE BATISTA NETO

09 de novembro de 2018 às 18h28

Uma das características mais marcantes do colunismo mediano parece ser a capacidade de pintar o texto com cores de reprovação das seletividades, manipulações e distorções dos fatos praticadas pelas autoridades judiciárias, sempre em promíscua parceria com a mídia venal, ao mesmo tempo em que referenda o discurso mainstream da parceria criminosa, endossando a ideia de que a corrupção é sistêmica e atinge apenas e a todos os partidos políticos. Ou seja, uma mentira passa a ser verdade atestada pelos supostos críticos dos mentirosos. Então, prezado colunista, a corrupção denunciada, julgada e condenada, com severas penas de privação de liberdade, infesta só os partidos políticos e só o PT? Então, para afastar a aparente inverdade da afirmação, o nobre colunista poderia apontar, pelo menos UM, UM ÚNICO, ato criminoso de lavagem de dinheiro, peculato, corrupção passiva, ou qualquer outro crime previsto no código penal, em qualquer das condenações de membros do PT? Para facilitar a busca e a defesa da idoneidade do texto, poderá ser aceita, como prova da honestidade intelectual do artigo, UM, apenas UM crime que seja indicado, que teria sido praticado por membros do PT, condenados a prisão na AP 470, em 2012, cuja sentença tenha sido rigorosamente fundamentada nas regras do Direito Penal? A resposta é NÃO! Até que se prove o contrário. Então, não é honesto dizer que a corrupção ocorreu só no PT. A menos que se possa apontar UM, apenas UM, crime comprovado naquele farsesco e fraudulento julgamento.

Responder

    Padre Olegário

    09 de novembro de 2018 às 18h42

    Cidadão… você é a favor ou contra o que ou muito pelo contrário ? Não dá para entender. Escreve direito, seja claro.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com