Boulos no programa de Maurício Meirelles

O chavismo midiático de Jair Bolsonaro

Por Miguel do Rosário

11 de dezembro de 2018 : 15h23

A história é sempre irônica. Coube a Jair Bolsonaro, um presidente assumidamente de direita, ou mesmo de extrema-direita, fazer um discurso “revolucionário” e “chavista” no tocante à comunicação do “poder popular”, afirmando que as “novas tecnologias” permitem que este não precisa mais de “intermediação”.

Bolsonaro também afirmou que seu compromisso com a “soberania do voto popular” é “inquebrantável”, afastando o receio, tão comum na campanha nervosa do segundo turno, de que não haveria mais eleições em 2022.

Nosso videozinho diário de hoje teve apenas 2 minutos. Também comento rapidamente as alegações finais do MPF contra o ex-presidente Lula.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »
x
WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com