Live com Marcio França, pré-candidato a prefeitura de São Paulo

Entrevista de Moro ao Fantástico

Por Redação

25 de maio de 2020 : 01h42

Você pode assistir à entrevista de Moro ao Fantástico num dos players abaixo:

Para assistir no Globoplay, clique neste link.

Abaixo, no youtube:

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Lizi

26 de maio de 2020 às 11h49

Moro deveria se calar,imagens essa que ele fala que ele mesmo tá sujando…
Na realidade m9ra estava lá,era pra espionar o governo… assim ficava fácil pro tres poderes agirem como queriam.
Ñ se enganem,Moro e outros estão ou são espiões no Brasil,pra implantar em nosso país a China com seu comunismo.
Nem a repórter acredita no que ele falar,precisamos ler mais,investigar,temos maneiras pra isso,ñ vamos nos tornar boneco visuais… esse ministro ficar 1 ano e 4 meses,calado,sem agir contra os absurdos dos governadores,prefeitos,e juízes, em nem momento se dignou a defender o povo,que está sendo massacrado,aterrorizado por poderes inconstiicionais… agora vem de bonzinho… Quem será o canalha que vai,dar emprego a esse traíra?

Responder

Paulo

25 de maio de 2020 às 20h24

Moro agiu bem ao não estabelecer nenhum contraditório. Ali ele estava para falar, supostamente, sobre seus planos para o MJSP, não para se contrapor aos colegas (na verdade, o objetivo maior da reunião era calá-lo, intimidá-lo, impor-lhe goela abaixo o novo diretor-geral da PF e superintendente no RJ). Porém, diante da descompostura demonstrada por parte destes e pelo próprio Bolsonabo, deveria pedir afastamento do Governo no dia seguinte. Deve ter ponderado que, deixando o Capetão demitir o Valeixo, como ameaçou que o faria na reunião, jogaria a batata quente no colo do presidente. Depois daquele espetáculo deprimente, Moro sabia que seu destino estava contado…

Responder

Alexandre Neres

25 de maio de 2020 às 16h56

Milagre! Pela primeira vez a Globo apertou Moro um tiquinho.

É de dar dó. Entrou na reunião mudo e saiu calado. Que estadista! Disse que lá não era lugar para o contraditório, como se isso servisse de desculpa pela sua omissão. Calou-se diante das chicanas de Salles, dos arroubos retóricos do Weintraub querendo a prisão de ministros do STF, das absurdidades de Damares. Será que é este o papel de um ministro da Justiça? Noves fora, no outro dia assinou um decreto aumentando a quantidade de munição permitida ao cidadão, passando de 200 por ano para 550 por mês. Pra quê? Pras milícias se armarem pra implantar a ditadura, tão fácil no Brasil? Fazia qualquer negócio pra ir pro STF? Que falta de estatura!

Não sei por quê, lembrei-me do vice-presidente do Costa e Silva na ditadura, Pedro Aleixo, da UDN. Depois de se posicionar contra a decretação do AI-5, enquanto os baba-ovos de sempre estavam defendendo “às favas os escrúpulos de consciência”, quando indagado pelo general-presidente se não confiava nele, ele retorquiu que no senhor eu confio, o problema é o guardinha da esquina. Não se fazem mais conservadores como antigamente.

Responder

Alan C

25 de maio de 2020 às 12h41

A falta de desenvoltura, em todos os sentidos, é flagrante nesse marreco.

Responder

Deixe uma resposta