Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

Flávio Bolsonaro decide faltar a acareação sobre vazamento da Operação Furna da Onça

Por Redação

21 de setembro de 2020 : 23h34

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) decidiu faltar a acareação agendada pelo Ministério Público Federal (MPF) com o suplente e empresário, Paulo Marinho, sobre o suposto vazamento de informações sigilosas sobre o então assessor Fabrício Queiroz, investigado pela Operação Furna da Onça em Outubro de 2018.

Para justificar a ausência, Flávio alegou ao MPF que precisou cumprir agenda em Manaus (AM). Juntamente com Eduardo Bolsonaro, o senador participou do programa ‘Alerta Amazonas’ (TV A Crítica) e dançou com o apresentador Sikera Júnior.

Responsável pela investigação, o procurador Eduardo Benones disse a Folha que não recebeu a petição da defesa e afirmou também que se não for apresentado uma justificativa condizente sobre a ausência, Flávio poderá responder pelo crime de desobediência. 

“Fora de uma justificativa médica ou uma ordem judicial, não vejo embasamento legal [para não comparecer]. Se isso de fato aconteceu, tenho por dever de ofício representar ao procurador-geral da República para que ele tome as providências”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Elano

22 de setembro de 2020 às 07h41

SOBRE O PAI BOLSONARO

Bolsonaro diz que novo ministro do STF vai ser alguém que “toma cerveja no fim de semana” com ele

​Publicado em 21 setembro, 2020 11:45 pm
Da Coluna da Mônica Begamo na Folha:

Bolsonaro quer ministro cervejeiro.

O gabinete de Jair Bolsonaro passou a receber uma romaria de juízes, parlamentares, religiosos e autoridades que pretendem indicar a ele o perfil de candidatos para a vaga de Celso de Mello no STF (Supremo Tribunal Federal) —o magistrado se aposenta compulsoriamente em novembro. O presidente já deixou claro: vai indicar uma pessoa de sua inteira confiança para a corte.

https://www.diariodocentrodomundo.com.br/essencial/bolsonaro-diz-que-novo-ministro-do-stf-vai-ser-alguem-que-toma-cerveja-no-fim-de-semana-com-ele/

Bolsonaro, indique um ou uma que esteja a sua disposição quando você tiver vontade de comer uma bundinha.

Responder

Camarada

22 de setembro de 2020 às 07h39

Bem feito deixa esse idiota falar sozinho.

Esse Marinho é o Doria do Rio de Janeiro, tentou se eleger usando o Bolsonaro mas viu que não teria jeito, os brasileiros estão aprendendo esses truques de quarta categoria que esses imbecis camuflados de políticos usam.

Responder

Deixe uma resposta