Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

Partidos de esquerda se unem para apresentar novo pedido de impeachment contra Bolsonaro

Por Redação

15 de janeiro de 2021 : 20h41

Nesta sexta-feira, 17, o bloco de oposição formado por PT, PDT, PSB, PC do B e Rede se uniram para apresentar um pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro pelo caos na saúde em Manaus.

Na capital amazonense, os hospitais estão sem cilindros de oxigênio e pacientes com Covid-19 estão morrendo nos corredores.

A decisão dos partidos foi tomada após a afirmação do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sobre o impeachment de Bolsonaro.

“Eu acho que esse tema de forma inevitável será discutido pela Casa no futuro. Temos de focar no principal, que agora é salvar o maior número de vidas, mesmo sabendo que há uma desorganização e uma falta de comando por parte do ministério da Saúde”, disse Maia no Palácio dos Bandeirantes ao lado do governador João Doria (PSDB).

Leia a nota da oposição na íntegra!

Considerando a prática de crimes de responsabilidade em série, que resultaram na dor asfixiante do Amazonas e de milhares de famílias brasileiras, nossos partidos – Rede, PSB, PT, PCdoB e PDT – decidiram apresentar novo pedido de impeachment do Presidente Jair Bolsonaro.

O presidente da República deve ser política e criminalmente responsabilizado por deixar sem oxigênio o Amazonas, por sabotar pesquisas e campanhas de vacinação, por desincentivar o uso de máscaras e incentivar o uso de medicamentos ineficazes, por difundir desinformação, além de violar o pacto constitucional entre União, Estados e Municípios.

O Brasil está morrendo sufocado por este Presidente. Basta! Já passou da hora de o Congresso Nacional, representando a nação, reagir.

Defendemos, também, que o Congresso volte a funcionar imediatamente, para aprovar medidas que possam colaborar decisivamente para sanar os graves problemas que vitimam a população do Amazonas e de todo o Brasil.

Pedro Ivo Batista e Laís Garcia – Porta-vozes da Rede Sustentabilidade
Carlos Siqueira – Presidente do PSB
Gleisi Hoffman – Presidente do PT
Luciana Santos – Presidente do PCdoB
Carlos Lupi – Presidente do PDT
José Guimarães – Líder da Minoria na Câmara
Joenia Wapichana – Líder da Rede Sustentabilidade
Alessandro Molon – Líder do PSB
Enio Verri – Líder do PT
Perpétua Almeida – Líder do PCdoB
Wolney Queiroz – Líder do PDT
Carlos Zarattini – Líder da Minoria no Congresso Nacional

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

16 de janeiro de 2021 às 02h00

Estamos mais perdidos do que cego em tiroteio, a ponto de nos resignarmos quando Maia, no apagar das luzes da sua gestão, diz ser inexorável que a Câmara no porvir discuta o impeachment, o que ele se negou a fazer terminantemente durante o tempo em que ocupou a presidência. É o famoso faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço. Período eleitoral, sabe como é.

Para Botafogo, não por acaso rebaixado, grave são as pedaladas fiscais. Por outro lado, não vê o menor problema em se aliar à barbárie para retirar direitos sociais dos brasileiros. Maia, nós sabemos o que você fez no verão passado.

Responder

Deixe uma resposta