Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Presidente do Cidadania chama Bolsonaro de fascista ao criticar Forças Armadas

Por Redação

25 de abril de 2022 : 13h05

Nesta segunda-feira, 25, o presidente do Cidadania, Roberto Freire, não poupou críticas a Jair Bolsonaro (PL) e as Forças Armadas que endossam os arroubos autoritários do inquilino do Planalto.

“Algo que tínhamos nos livrado quando do fim da ditadura militar retornou com toda força e risco à nossa democracia com o governo do fascista Bolsonaro”, declarou nas redes sociais.

“Preocupa vermos as Forças Armadas participando ativamente do processo político e eleitoral, num claro e perigoso desvio de finalidade”, completou.

Freire se refere a crise envolvendo o ministro do STF, Luís Roberto Barroso, e militares aliados de Bolsonaro. Vale lembrar que o Palácio do Planalto tem dobrado a aposta contra o sistema eleitoral e usado os militares para tal empreitada.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

26 de abril de 2022 às 00h39

Ele tem razão, nessa. Mas parcialmente: acho que o oficialato mais profissional mantém um pé atrás com Bolsonaro…É só a curriola de pijama que tem se beneficiado do Poder que o defende e presta a vassalagem mais abjeta…

Responder

Tony

25 de abril de 2022 às 20h34

O sistema eleitoral brasileiro é ridículo, assim como o resto.

Responder

Sebastião

25 de abril de 2022 às 19h23

O pessoal da direita é responsav por Bolsonaro. Luciano Hulck, por ser opor a esquerda, chamou a ditadura, de: “regime militar”. No programa dele em um domingo recente.

Isso mostra que ele não mudou, e provavelmente entre Lula e Bolsonaro, ele deve votar em Bolsonaro.

Responder

carlos

25 de abril de 2022 às 17h47

As forças armadas do Brasil, é uma grande garantia de que pode tudo, inclusive se desviar do seu papel, atente-se pra uma coisa, os Estados Unidos todo poderoso , foram lá e derrubaram as Torres gêmeas e até hoje ninguém sabe ninguém viu esse posicionamento pode ser algo perigoso, eu sou isso eu sou aquilo , apoio a Rússia uma hora pode sobrar pra quem tem culpa, que é o povo que paga tudo e não tem se quer o direito de viver.

Responder

carlos

25 de abril de 2022 às 16h25

O Roberto Freire tem razão, quanto as forças, nesse momento atual, as forças armadas do Brasil são sucatas, em relação, as da Rússia, dos Estados Unidos e da koreia do Norte e China, lembrando o povo brasileiro não culpa de insulares essas potências, lembrando que as Torres nos estados unidos foram abaixo e até hoje ninguém sabe quem foi, outra coisa se posicionar é perigoso, porque eles tem arsenal, que são bombas hipersonicas, de longo alcance que não se consegue visualizar, além das hogivas nucleares que são armas químicas podem eliminar uma nação inteira. Vamos com calma porque pode sobrar para quem não tem culpa que é o povo simplesmente, é isso.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Maranhão O Xadrez para Governador do Rio Grande do Sul O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro