Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

MST garante seis meses de cesta básica para senhora constrangida por bolsonarista

Por Redação

11 de setembro de 2022 : 14h16

Está circulando na internet um vídeo no qual uma senhora é humilhada por um bolsonarista ao declarar seu voto em Lula no momento de uma doação.

O vídeo viralizou e gerou uma onda de repúdio ao apoiador de Bolsonaro, que divulgou vídeo dizendo que não daria mais “marmita” por ela declarar voto em Lula.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, por meio das campanhas de solidariedade, o MST doou mais de 7 mil toneladas de alimentos e 2 milhões de marmitas para pessoas e famílias inteiras em situação de fome e insegurança alimentar em todas as grandes regiões do país.

O MST se solidarizou com Dona Ilza Ramos, de Itapeva, e preparou uma cesta de alimentos da reforma agrária, produzidos pelas famílias assentadas, que deve ser entregue neste domingo.

A regional de Itapeva do MST já localizou dona Ilza e manterá a entrega de cestas nos próximos seis meses para a sua família.

O homem que aparece nas imagens, gravando o vídeo e constrangendo a moradora, chama-se Cassio Joel Cenali. Ele é morador de Itapeva, empresário e atua no ramo agropecuário.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Paulo

12 de setembro de 2022 às 19h34

Almirante Nélson, pátria livre para quem? Para a classe dirigente? Para o politburo? E agora?

Responder

alteclinio martins

12 de setembro de 2022 às 19h24

Esse empresário sonegador não se arrependeu coisa nenhuma. Ele se arrependido de ter feito o vídeo e divulgado pois aí ficou a prova da sua canalhice.

Responder

Dudu

12 de setembro de 2022 às 17h42

400.000 títulos de propriedade entregues nós últimos 3 anos e meio a assentados que não são mais escravos e massa de votos nas mãos desses vermes em troca de eternas promessas.

A esquerda brasileria e latino americana em geral é lixo puro.

Responder

Nelson

12 de setembro de 2022 às 12h09

Os bolsonaristas, “liberais”, privatistas, entreguistas – dá tudo no mesmo – não vão gostar, nem um pouco, do que vou escrever. Mas, como é para “dar no meio” deles mesmo, lá vai.

A cada ano, em torno de 1.000 intelectuais de várias partes do planeta são chamados a elegerem qual o intelectual vivo mais influente. O linguista e filósofo estadunidense, Noam Chomsky, foi eleito o número um diversas vezes.

Pois, é simplesmente Noam Chomsky quem afirma que “O MST é o mais importante movimento social do planeta”.

Todo o apoio ao Movimento dos Trabalhadore(a)s Rurais Sem Terra. Vida longa ao MST. Orgulho de ter nascido aqui, bem pertinho, uns 50 km somente, daquele que é o principal berço de criação do MST, a Encruzilha Natalino.

Orgulho também de ter nascido aqui, bem pertinho, e também a apenas uns 50 km, de onde nasceu uma das maiores figuras da política brasileira, o nacionalista convicto, Leonel de Moura Brizola.

A quem conhece a trajetória de Leonel Brizola, é muito duro ver o governo federal e a grande maioria dos governantes dos Estados, e também os parlamentos, infestados de asquerosos e nojentos entreguistas.

Para terminar, e deixar ainda mais irritada a patota dos bolsonaristas, “liberais”, privatistas e entreguistas, reproduzo o brado, sempre repetido, dos valorosos e valorosas companheiros e companheiras do MST:
“Pátria Livre!
Venceremos!”

Responder

ALAGOANO DE VERDADE

12 de setembro de 2022 às 09h25

Partindo da colocação de vocês, apoiadores do inominável presidente, em relação ao MST, inominável presidente também se aproveita da situação de miserabilidade do povo pobreza; esse empresário sonegador também se aproveitando da situação de miséria. Vocês também se aproveitando da situação para criticar a quem dar comida a quem tem fome. Se Cristo voltar, vocês são capazes de crucificá- lo novamente.

Responder

Zulu

11 de setembro de 2022 às 22h01

Chumbo é o remédio para se livrar do MST.

Responder

Saulo

11 de setembro de 2022 às 22h00

O MST, e MTST, são facções criminosas camufladas que devem ser extirpadas da face da terra quanto mais cedo possível.

Responder

Stalingrado

11 de setembro de 2022 às 21h56

O MST é o contraponto ao agronegócio predatório e produz alimentos de qualidade. Precisamos de mais MSTs no Brasil.

Responder

Paulo

11 de setembro de 2022 às 21h12

Digo isso não para condenar um possível gesto de solidariedade. Mas é que no Brasil o oportunismo político grassa. E, no caso do MST, seja como for, não podemos referendar, pois bandido não se torna mocinho por distribuir alimentos nas comunidades…

Responder

Paulo

11 de setembro de 2022 às 21h08

Esse empresário já se arrependeu, e pediu desculpas, publicamente. Menos mal. Não que resolva…Agora, por outro lado, será que o MST não está se aproveitando politicamente da situação? Seria, de fato, produção deles ou compraram “a cesta da reforma agrária” no CEASA? MST – não que importe para essa senhora – é uma instituição criminosa…

Responder

Deixe um comentário