Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Reprodução/UOL

IPEC/SP: Haddad lidera, Tarcísio oscila e Rodrigo sobe quatro pontos

Por Redação

20 de setembro de 2022 : 21h33

A pesquisa IPEC divulgada nesta terça-feira, 20, entre os eleitores de São Paulo, mostra que o ex-prefeito Fernando Haddad (PT) continua a frente na disputa pelo Palácio dos Bandeirantes.

Segundo a pesquisa, o petista lidera com 34% das intenções de voto contra 22% de Tarcísio de Freitas (Republicanos) e 18% do governador Rodrigo Garcia (PSDB).

Na comparação com a última pesquisa, Haddad oscilou dois pontos para baixo e Tarcísio um ponto para cima. Mas desta vez, o destaque vai para Garcia, que subiu quatro pontos, bem acima da margem de erro.

A IPEC ouviu presencialmente 2000 pessoas, entre os dias 17 e 19 de setembro, em 84 municípios do estado de São Paulo. A margem de erro é de dois pontos percentuais e o nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob o código SP-05582/2022.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

20 de setembro de 2022 às 23h48

Parece que, quando convém, a alternância do poder é um valor sagrado. Vi baterem nessa tecla anos a fio ininterruptamente.

A mídia chamada profissional só se esquece disso, talvez por coincidência, quando se trata do Tucanistão.

Responder

Paulo

20 de setembro de 2022 às 22h34

Parece que os paulistas estão acordando para a realidade. Até bolsonaristas, possivelmente, estão desembarcando da candidatura alienígena do tal Tarcísio, que sequer paulista é, nem mora no
estado. Uma prova de que Bolsonaro não respeita nem mesmo o seu estado natal. Em outros tempos, seria um acinte ao estado de São Paulo, e a todos os paulistas, por “jus sanguinis” e por adoção. Hodiernamente, tenta-se normalizar tudo…Tempos difíceis e sem referenciais…

Responder

Deixe um comentário