Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Brasília - Manifestantes se reúnem atrás do Congresso próximo ao STF para protestar contra o governo (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Sensacionalista: após áudios de Jucá, Google lança app que apaga fotos em atos pró-impeachment das redes sociais

Por Miguel do Rosário

24 de maio de 2016 : 14h28

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Do Sensacionalista

O ministro Romero Jucá foi flagrado em um áudio sugerindo que houve um pacto para frear a Lava Jato durante o processo de impeachment de Dilma. Jucá afirma que a Lava Jato deveria ser interrompida antes de avançar além do PT e aliados de Dilma.

Ao ver o arrependimento de vários brasileiros que apoiaram o impeachment, a empresa Google lançou um aplicativo que borra automaticamente o rosto do usuário em todas as fotos em manifestações pelo impeachment.

“Como toda empresa de tecnologia, temos que ter uma visão de mercado e buscar atender às novas demandas dos usuários. Além de borrar o rosto dos usuários em fotos, o aplicativo ‘Arrependo-Me’ também apagará posts no Facebook em que usuários depositaram esperanças no governo de Michel Temer”, disse Severino Page, diretor da empresa de tecnologia.

Na semana passada, a Google lançou uma nova rede social para quem votou na chapa de Dilma e Temer por causa de Temer, mas acabou sendo um fracasso por falta de usuários.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcio,São José dos Campos, SP

24 de maio de 2016 às 19h47

Está claro que deram um tiro no próprio pé.

Responder

Fabiana

24 de maio de 2016 às 18h44

Hoje mesmos vi uma “pró-impeachment”, criticando Aécio, falando na angústia da mãe nos tempos da ditadura…..incrível!!! Pensar que há 4 dias atrás estava defendendo Temer, elogiando sua inteligência e integridade….

A dúvida:

É para rir ou ter pena?
É um alívio ver que alguém despertou ou uma decepção com a cara de pau oportunista ?

Eta mundo…..

Responder

Daniel Silva

24 de maio de 2016 às 18h20

Seus futuros netos não precisarão saber de nada.
Os TROUXINHAS (antigos coxinhas) não precisam TEMER mais essa vergonha.

Responder

Daniel Silva

24 de maio de 2016 às 18h17

Esconda sua desavergonhada vergonha; seus futuros netos não precisam saber de nada. Os TROUXINHAS (antigos coxinhas) não precisam TEMER mais essa vergonha.

Responder

Jst

24 de maio de 2016 às 17h31

Penso que é um erro. O rosto dos otários deveria ser destacado para que todos vissem e tivessem a certeza de quem são.
Massa de manobra passaram atestado de burrice. deveria ficar pregado na testa para todo o sempre.
O que o google quer é livrar a cara dos otários. Por acaso a borrada é cobrada?

Responder

Sérgio Rodrigues

24 de maio de 2016 às 16h05

Quá, quá, quá, quá para os trouxinhas!…

Responder

Eros Alonso

24 de maio de 2016 às 15h51

Apagar os rostos? Vão apagar o rosto dos otários que iriam passar vergonha e ainda irão passar, como vão apagar o rosto de vários criminosos. Mas e a História a ser escrita será com rosto ou sem rosto?

Responder

Luna Araujo

24 de maio de 2016 às 15h12

As contradições dos trouxinhas: “somos todos Moro” e “somos todos Cunha”.
Isso é ser manipulado pela globo e por todos os golpistas.

Responder

Deixe um comentário