Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

As regras da CAPES e o desmonte das Humanidades

Por Redação

16 de junho de 2016 : 19h39

artigo enviado pelo leitor Luciano Mendes de Faria Filho, do Blog Pensar a Educação

Conforme adiantado neste espaço semana passada, as novas regras de financiamento dos programas de pós graduação em educação adotadas pela CAPES ferem de morte os principais programas de pós-graduação em educação. Nessa área, os programas, ao contrário de outras  em que a pós graduação se vincula a um departamento específico, os programas envolvem vários departamentos das Faculdades e Centros de Educação.

Conforme estudos que se encontram no site da ANPEd, na área de educação, entre os programas com nota 6 e 7,  apenas 11% deles não sofrerão drasticamente com a nova metodologia de cálculo dos valores a serem repassados pela CAPES. Nos demais programas, com notas 3, 4 e 5, o desastre também não será menor.

E quem acha que apenas a área de educação está em questão, basta ver uma cifra que se encontra entre os dados: “A definição de prioridades entre as áreas para distribuição de recursos significou uma diminuição da participação dos recursos da área de ciências humanas de 15% do total em 2015, para 5% do total de 2016.”

Ou seja, o que está em questão é a própria sobrevivência dos programas das humanidades. Será essa uma política dirigida da CAPES ou apenas mais um dos efeitos perversos das decisões  tomadas pelos nossos colegas que a dirigem?

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Aurélio José Dos Santos Prates

20 de junho de 2016 às 13h36

Esta notícia é só um sinal do que o PT fez com a EDUCAÇÃO no país. 13 anos no poder e sucateou de vez as Instituições Federais. Daí vem um blog MENTIROSO e coloca toda a culpa do que aconteceu em GOVERNO que está com um mês no PODER. Deixem de ser MENTIROSOS.

Responder

Jó Ge

18 de junho de 2016 às 05h02

No entendimento do governo ilegítimo Humanidades só serve para formar petistas e “comunistas”.

Responder

Marivane

16 de junho de 2016 às 22h53

fora TEMER

Responder

Deixe um comentário