Coletiva de Rodrigo Maia (ao vivo) sobre medidas contra a crise

Julgamento no TSE é adiado para o “Dia de São Mendes”

Por Miguel do Rosário

04 de abril de 2017 : 17h34

(Fonte: Agência Brasil)

A paródia do Fernando Brito, do Tijolaço, é perfeita.

O temido julgamento da chapa Dilma/Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ficou para as calendas, ou seja, para o dia de São Nunca, ou melhor, para o “dia de São Mendes”.

O julgamento voltou à estaca zero.

Eu acho isso excelente, apesar de que seria ótimo ver Michel Temer ser deposto e os golpistas se engalfinharem pelo poder.

Será muito negativo, na minha opinião, que TSE inaugure mais essa jurisprudência antidemocrática, de cassar uma eleição com base num processo inteiramente manipulado, que chegava ao final contaminado por um monte de delações confusas, contraditórias e sem provas.

Eu só peço uma coisa aos deuses da democracia: que haja eleições em 2018 no Brasil, e que os derrotados, sejam nós, sejam eles, respeitem o resultado.

Somente o processo democrático, livre, transparente, sem interferências exageradas ou indevidas da justiça eleitoral, poderá pôr o Brasil novamente no caminho da democracia.

O entendimento das elites de que a impopularidade de Temer lhe dá direito de fazer reformas impopulares é absolutamente autoritário, antidemocrático e mesmo irracional.

Um governo precisa ser eleito pelo povo, ouvir o povo o tempo inteiro, discutir as propostas com o povo.

Um governo pode até tomar decisões impopulares, mas somente após um amplo processo de debate aberto e transparente.

O processo de cassação no TSE sempre foi um escárnio, baseado puramente no decisionismo partidário de Gilmar Mendes, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). E agora termina igualmente por uma manipulação costurada pelo mesmo personagem.

Julgamento de resultado eleitoral tem de ser rápido, transparente e justo. A eleição termina, o TSE analisa as contas em alguns dias e aprova. Ponto final! Prorrogar um julgamento eleitoral por todo o tempo de um mandato corresponde a politizar esse julgamento, além de impedir o governante de governar.

O TSE é uma instituição bilionária, que custa caríssimo ao contribuinte. Deve servir para agilizar a democracia, não para lhe criar obstáculos!

Gilmar Mendes passou os últimos dias dando entrevistas dizendo que o TSE levaria em consideração a “estabilidade” política do país. Foi secundado por Fernando Henrique Cardoso, que disse a mesma coisa. São uns palhaços! A estabilidade política brasileira foi deliberadamente atacada desde que Dilma venceu as eleições de 2014. O complô pró-golpe, do qual Gilmar Mendes é um dos líderes, trabalhou diuturnamente para desestabilizar o país, e o resultado está aí, na economia, para todo mundo ver.

A entrevista de Dilma Rousseff à Folha, hoje, acabou de desmoralizar politicamente esse julgamento no TSE. A delação de Marcelo Odebrecht foi a gota d´água de um processo medieval que envolveu tortura, destruição empresarial, excesso de prisões cautelares, publicidade opressiva, vazamentos seletivos, intermináveis leguleios, chicanas, ilegalidades.

A Lava Jato despejou, nas portas do TSE, um monte de delatores já devidamente “preparados” pelo Ministério Público Federal, que fizeram delações incrivelmente oportunas para os objetivos dos mesmos personagens que articularam o impeachment.

A mídia fez um carnaval com as delações. Mendes ainda fez um jogo dúbio, ao criticar o vazamento de delações sigilosas (sobretudo porque elas começaram a atingir alguns tucanos).

As delações continuaram a vazar do mesmo jeito.

Todo mundo parece, de qualquer forma, ter esquecido um detalhe: não bastam delações. É preciso provas. Manchetes de jornal com base em vazamentos seletivos, colhidos às pressas pouco antes do julgamento, jamais podem servir, obviamente, para anular uma das maiores eleições democráticas do planeta, em que mais de 140 milhões de brasileiros escolheram seu governante.

É uma situação cínica. Caso não tivesse havido o impeachment, haveria pressão inaudita para um julgamento a toque de caixa. Mas o impeachment já aconteceu, e o governo Temer está se esforçando duramente, ninguém pode negar, para cumprir as ordens das forças que o puseram lá: desmontar o tímido Estado de bem estar social construído às duras penas desde a década de 30.

Não é preciso, portanto, tirar Temer.

Esse adiamento confirma que a cassação eleitoral via TSE sempre foi o plano B dos golpistas, sem base em nenhuma prova. Um plano B que, com o impeachment, tornou-se motivo de constrangimento.

Outro fator que motivou esse adiamento foi a dificuldade de convencer os ministros do TSE a preservarem Temer.

Não houve tempo de costurar um acordo. Os ministros Herman Benjamin e Luciana Lóssio não acreditaram muito nas promessas vazias, via mídia, de conseguirem vagas no STF e STJ, respectivamente.

As forças do golpe perderam o interesse de levar adiante o processo de cassação.

Além disso, a postergação do processo permitirá a Michel Temer aparelhar o TSE com ministros indicados por ele mesmo, após o que será ainda mais estapafúrdio dar sequência ao julgamento. Em alguns meses, Temer poderá substituir ao menos dois dos sete ministros, e justamente aqueles que resistem à tese da separação das chapas.

Outra função do adiamento é manter o espetáculo em cartaz, vazando delações seletivamente, para desviar a atenção da população dos problemas reais do país. Enquanto o governo destrói direitos trabalhistas e previdenciários, e os ladravazes que ocuparam as estatais terminam de saqueá-las e entregá-las a interesses privados (ganhando gordas comissões, é claro), os holofotes da Globo permanecerão focados no próximo capítulo da novela do TSE.

Os golpistas morrem de medo de qualquer tipo de processo eleitoral, mesmo que sejam eleições indiretas na Câmara dos Deputados. Por uma razão simples: qualquer processo eleitoral precisará dar voz à oposição, mesmo que seja minoria. Os deputados da oposição teriam espaço nos telejornais para denunciarem as negociatas, roubalheiras e ilegalidades articuladas pelo governo usurpador.

Então não pode haver eleições, nem mesmo numa Câmara controlada pelos golpistas.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

15 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Gustavo Horta

05 de abril de 2017 às 11h39

BANDIDO TRAIDOR E CANALHA!
#FORATEMER

“APESAR DA INTENSA PERSEGUIÇÃO, LULA É O POLÍTICO MAIS APROVADO DO BRASIL”
>https://gustavohorta.wordpress.com/2017/04/04/apesar-da-intensa-perseguicao-lula-e-o-politico-mais-aprovado-do-brasil/

“…ALGUNS FICAM A DIZER QUE INFELIZMENTE NÃO PODEM FAZER ISTO OU AQUILO, INFELIZMENTE ISTO, INFELIZMENTE AQUILO, ETC. E TAL.
QUE COMECEM A PENSAR NO QUE PODEM FAZER AO INVÉS DE FICAREM SE LAMENTANDO PELO QUE NÃO PODEM.
PODEMOS MUITA COISA, SABIA?

Pode até BATER UMA PANELINHA AÍ NA SUA VARANDA GOURMET…”

“É SÓ UM ÁLBUM DE FIGURINHAS ALEATÓRIAS, EM NADA DESPRETENSIOSO… mais algumas figurinhas…ALGUM PUDOR AÍ?”
> https://gustavohorta.wordpress.com/2017/04/03/e-so-um-album-de-figurinhas-aleatorias-em-nada-despretensioso-mais-algumas-figurinhas-algum-pudor-ai/

Todos podemos reagir de algum modo. Minha condição não permite que eu tome atitudes mais drásticas, contudo posso escrever, posso publicar exaustivamente, posso me dedica à informar até a minha própria exaustão – que ocorre algumas vezes.
Posso também prover prejuízos em muitas oportunidades.
Só o que não poso fazer, e não me permito fazer, é ficar reclamando pelos cantos sobre o como somos infelizes e como os poderosos filasdaputa estão a nos f*der neste bacanal em que foi transformado o país Brasil, hoje mais conhecido internacionalmente como Bordel da Suruba Brazzzilll!

PODEMOS MUITA COISA, SABIA?

BANDIDO TRAIDOR E CANALHA!
#FORATEMER

Vermes quadrilheiros!
É bem o que a quadrilha do que assombra o país e ocupa o governo prega e ensina…
Mas você pode fazer alguma coisa contra, sabia?

Pode até BATER UMA PANELINHA AÍ NA SUA VARANDA GOURMET…

“PENSE: VOCÊ PODE MUITA COISA, SABIA?”
> https://gustavohorta.wordpress.com/2017/04/01/pense-voce-pode-muita-coisa-sabia/

“É SÓ UM ÁLBUM DE FIGURINHAS ALEATÓRIAS, MAS EM NADA DESPRETENSIOSO… QUER VER? ALGUM PUDOR AÍ?”
> https://gustavohorta.wordpress.com/2017/03/25/e-so-um-album-de-figurinhas-aleatorias-mas-em-nada-despretensioso-quer-ver-algum-pudor-ai/

É SÓ UM ÁLBUM DE FIGURINHAS ALEATÓRIAS, MAS EM NADA DESPRETENSIOSO…
QUER VER? ALGUM PUDOR AÍ?

E NÓS NOS F*DEMOS MAIS UMA VEZ…

Responder

Lili Brown

05 de abril de 2017 às 04h18

TSE RESPEITEM a justica, a democracia no Brasil, respeitem os brasileiros!

Responder

Vanda Nazareth

05 de abril de 2017 às 02h36

“Os golpistas morrem de medo de qualquer tipo de processo eleitoral, mesmo que sejam eleições indiretas na Câmara dos Deputados. Por uma razão simples: qualquer processo eleitoral precisará dar voz à oposição, mesmo que seja minoria. Os deputados da oposição teriam espaço nos telejornais para denunciarem as negociatas, roubalheiras e ilegalidades articuladas pelo governo usurpador.

Então não pode haver eleições, nem mesmo numa Câmara controlada pelos golpistas.”

Responder

luiz

04 de abril de 2017 às 22h31

Não vai demorar, o império globista está desmoronando pouco a pouco.
A relação emocional que as pessoas (todos nós tivemos em algum momento da vida) têm com a Globo é muito forte, por isso leva um tempo pra desfazer esse vínculo. Como o hábito de fumar, por exemplo. O fumante sabe que pode prejudicar sua saúde, mas ainda assim prefere continuar fumando. Muitos, e eu vejo na minha família, estão no ponto em que dizem “ah, não dá pra saber se foi golpe ou não foi, não sei mais em quem acreditar”. Ficam em cima do muro, numa situação que é confortável, porque se você não toma lado então provavelmente não sofrerá críticas de quem tem uma posição definida. Obviamente que estão confusos porque seguem a mídia convencional (quem não estaria?), já que a arte dela em confundir é excelente quando se trata de esconder as verdades da população.
O importante é que as manifestações estão trazendo uma maior consciência para todos, ajudando a esclarecer as verdades e mentiras junto com essa inacreditável tecnologia que é a internet. As informações estão cada vez mais acessíveis porque é um efeito da tomada de consciência sobre a real situação.
A minha certeza continua sendo essa: apesar das tristes consequências do golpe que ainda continuam se desenrolando, é uma fato que quanto mais continua essa farsa, mais ela vai caindo aos pedaços e mostrando sua face suja.

Responder

    luiz

    04 de abril de 2017 às 23h14

    Opa, perdão. Eu disse que o “fumante prefere continuar fumando”, mas a melhor maneira de dizer seria que ele não consegue parar de fumar. E aqui não há nenhuma crítica a quem fuma. Eu já fumei durante alguns anos.. e se sentir vontade fumarei, mas sem ser dominado pelo hábito de fumar.
    E isso também serve para fazer analogia com o que eu disse sobre a Globo. Agora que estou consciente não há mais o hábito nocivo de ser manipulado.

    Responder

Irion

04 de abril de 2017 às 20h47

Taí, nossa justiça “imparcial”!

Responder

Francisco

04 de abril de 2017 às 20h09

Em resumo: achacar virou esporte nacional – quem não fizer o que eu (que não tive votos) gostar, se não aumentar meu salário e vantagens ilegais, quem não me permitir ser mascate e juiz ao mesmo tempo, não fica no cargo.

Resumo do resumo: o Judiciário quer o quê e quanto?

Responder

Eduardo C. M.

04 de abril de 2017 às 19h18

ELEIÇÕES? ESQUECE, CARA-PÁLIDA. ESTAMOS NO MEIO DE UM GOLPE DE ESTADO. OS CARAS NÃO IRIAM SE ARRISCAR TANTO, TENTAR IMPLEMENTAR UM VERDADEIRO DESMONTE E DEPOIS ENTREGAR TUDO DE BANDEJA, E CORRER O RISCO DE SER TUDO REVERTIDO. ENTRAMOS NUM TÚNEL SEM BILHETE DE RETORNO. SÓ HAVERÁ MUDANÇA COM UMA AMPLA MOBILIZAÇÃO DAS MASSAS POPULARES.

Responder

Cida Matos

04 de abril de 2017 às 22h02

Dia d soa nunca ou 30 d fevereiro

Responder

Brito Francisco

04 de abril de 2017 às 21h45

julgamento adiado para dia de São nunca de meio dia a tarde

Responder

Paulomaia Maia

04 de abril de 2017 às 21h08

Pelo jeito, a festa da farra e da farsa do PSDB está adiada sine-die.

Responder

Paulo Deoclides Machado

04 de abril de 2017 às 20h56

Para o dia de de São. Mendestira.

Responder

Natália Ramalho Tri

04 de abril de 2017 às 20h54

É a cara do Brasil …

Responder

Tribo Do Crato Tribo

04 de abril de 2017 às 20h42

Será que é mesmo ? Ou talvez, no dia de São nunca a tarde.

Responder

Samuel Da Silva Sousa

04 de abril de 2017 às 20h40

SÃO MENDES NÃO MENTES AFF KKKKKKKK

Responder

Deixe uma resposta