Haddad no Ceará, ao vivo

Um golpe imperialista na Venezuela? Leia um pouco sobre quem é Juan Guaidó

Por Miguel do Rosário

04 de fevereiro de 2019 : 13h52

A invenção de Juan Guaidó: como o laboratório de mudança de regime dos EUA criou o líder do golpe de Estado na Venezuela

Juan Guaidó é o produto de um projeto de uma década supervisionado pelos instrutores de mudança de regime de elite de Washington; enquanto posava como um defensor da democracia, ele passou anos na vanguarda de uma violenta campanha de desestabilização

Continue a ler no Opera Mundi

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

16 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Nelson

07 de fevereiro de 2019 às 00h02

Imaginemos que o Vladimir Putin, o King Jong Un ou qualquer outro desses governantes que ousam não obedecer aos ditames dos EUA resolvessem chegar aqui na América Latina e, absurdamente, ordenassem que o presidente da Argentina não é mais o “Macri cagón”, mas um Paco não sei das quantas.

Será que os órgãos da mídia hegemônica e seus comentaristas – supostos especialistas em tudo – estariam reagindo com a cordialidade que têm apresentado para com o governo Trump? Será que eles estariam procurando naturalizar a ação dos desafetos dos EUA assim com fazem com ação do governo estadunidense?

Responder

Elio Rosas dos Santos

05 de fevereiro de 2019 às 19h13

Gostaria de saber se essas pessoas que estão dando suas opiniões leram no inicio da pagina, onde está escrito: Quem é Juan Guaidó.

Responder

Jorge

05 de fevereiro de 2019 às 05h38

Sim, é um golpe da salvacao e solidariedade para o povo Venezuelano. Dividindo as fortunas de Maduro com o povo da Venezuela, muitos poderao voltar a viver dignamente,sem a escravidao socialista. Finalmente o que o povo produz, voltará a ser do povo, nao do governo.

Responder

mojave

04 de fevereiro de 2019 às 21h16

Maduro provou que é incompetente tem que sair assim como dilma no brasil . por isso tem que sair. povo fugindo , inflaçao gigantesca , etc

Responder

    Nelson

    06 de fevereiro de 2019 às 23h53

    Quem tem o direito de dizer se o Maduro tem que sair é o povo venezuelano, meu caro. Se tu não sabes, deverias buscar as informações. Não faz um ano ainda, em maio passado, houve eleição presidencial na Venezuela.

    E, dos mais de 9 milhões que resolveram votar – no país vizinho o voto não é obrigatório – 67% escolheram o Maduro. Ou seja, se dois terços dos votantes optaram por ele, é Maduro o único presidente. Essa ronha de “presidente interino” não existe, é uma aberração. Não passa de um eufemismo; Guaidó tem é que ser chamado de golpista e, pior ainda, traidor da nação venezuelana.

    Para o caso em que tu estejas disposto a se informar melhor, sugiro a leitura de dois artigos.

    O primeiro é “Ilegítimo, por qué?”, da economista venezuelana, Pascualina Cursio, que pode ser lido em https://www.aporrea.org/actualidad/a275515.html.

    O segundo é “Entender a nova ofensiva contra a Venezuela”, do jornalista e investigador francês, Romain Migus, que vive na Venezuela desde 2004, e que pode ser lido em https://www.resistir.info/venezuela/nova_ofensiva.html.

    Responder

Valdeci Elias

04 de fevereiro de 2019 às 21h12

Juan Guaidó, não passa de uma união de Cunha com Temer. Se no Brasil Cunha desestabilizou pra Temer assumir o Poder, na Venezuela Juan Guaidó desestabiliza para ele mesmo assumir o Poder .

Responder

    Renato

    05 de fevereiro de 2019 às 11h53

    Só esqueceu de informar que Cunha e Temer foram escolhidos por Lula e pelo Petê como aliados . Guaidó , ao que me consta , nunca foi aliado de Maduro !

    Responder

      vicente

      06 de fevereiro de 2019 às 09h38

      Renato

      O PT escolheu o Temer como vice (decorativo nas palavras do proprio) e apenas como tal. Quem escolheu o Temer como presidente foi voces de amarelo que foram as ruas pedir para tirar a Dilma. Sera que voce ouviu alguem nas ruas pedir novas eleições? Se não pediu, até as pedra deste pais sabiam que o Temer ia entrar e pelo que parece, somente os patos desconheciam e que agora jogam a culpa nos outros.

      Responder

Alcantara

04 de fevereiro de 2019 às 18h25

A eleição no Brasil foi uma fraude pois foi realizada sob imensa propaganda para denegrir os partidos da esquerda. Antes, durante e depois das eleições.
Bolsonaro gastou R$ 1,2 milhão com campanha. Isso é ridículo e por si só aponta fraude no processo eleitoral. Maduro sofre demonização severa dos meios de comunicação. Do complexo midiático internacional e da direita venezuelana.

Responder

Paulo

04 de fevereiro de 2019 às 18h12

Não há saída a não ser convocar eleições supervisionadas. Maduro é ilegítimo. Se Maduro e Guaidó não são exemplos de democracia, que se pense em uma 3ª via! Que todos possam concorrer e que o povo venezuelano escolha. Fim de papo!

Responder

    Nelson

    06 de fevereiro de 2019 às 00h18

    A mídia hegemônica, sabuja do Sistema de Poder que domina os Estados Unidos, te disse que que “Maduro é ilegítimo” e você acreditou. Já passou da hora de você procurar fontes mais credíveis.

    Responder

Justiceiro

04 de fevereiro de 2019 às 18h10

Juan Guaidó quer apenas (e só terá apoio da comunidade internacional para isso)que se tenha novamente eleições livres e democráticas, observadas pela ONU.

Guaidó não vai tirar um ditador pra entrar no lugar dele.

Quem sabe até se maduro não ganhe? ele não teve 67% dos votos? Pode repetir.

Responder

    Nelson

    06 de fevereiro de 2019 às 00h20

    Se tu te dispusesses a ler o que dizem os dois jornalistas estadunidenses, nos pouparia dessa tua arenga sem sentido.

    Responder

Shchuka-B

04 de fevereiro de 2019 às 17h34

Estas tátcias do Otpor e Gene Sharp foram amplamentes utilizadas no Brasil. Um crime perpretado
com ajuda da mídia , redes sociais e grupo da direita como mbl, vem pra rua e tantos outros.
E como vemos o mesmo se repete na venezula. No Brasil a Abin e a SGI não detectaram nada.
Até integrantes da PF, do MP das forças armadas participaram. Um verdadeiro horror.

Responder

    Republiqueta Pretoriana das Goiabeirtas

    05 de fevereiro de 2019 às 11h29

    Então… Criaram até a farsa da FAKADA para ganhar as eleições. Tanto é que o cabra tá pra morrer e o generalato assumir… com PF com milicianos com tudo!

    Responder

    Renato

    05 de fevereiro de 2019 às 12h01

    Shchuka-B, é da boa essa maconha que você anda cafungando !

    Responder

Deixe uma resposta