Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Imagem: Reprodução

TST reconhece vínculo empregatício entre Uber e motoristas

Por Redação

16 de dezembro de 2021 : 10h41

A terceira turma do Tribunal Superior do Trabalho (TST) formou maioria para reconhecer o vínculo empregatício entre a Uber e os motoristas.

De acordo com os ministros, esses trabalhadores que prestam serviços para o app preenchem os requisitos necessários para serem classificados como funcionários da Uber. Mas apesar da formação de maioria, o julgamento foi suspenso por um pedido de vista do ministro Alexandre de Souza Agra Belmonte. 

A sessão que bateu o martelo sobre o assunto foi aberta pelo ministro Alberto Luiz Bresciani que deu o seu voto favorável e seguiu o entendimento do relator da ação, ministro Mauricio Godinho Delgado, que havia proferiu seu voto ainda em dezembro de 2020.

Vale lembrar que duas das oito turmas da Corte, a 4ª e a 5ª, já tinham deliberado sobre o assunto em outros quatro processos que resultaram favoráveis a Uber.

Com informações do Valor

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bruno

19 de dezembro de 2021 às 21h38

Eduardo Santana, e daí quem se ferra somos nós, que usamos do serviço. Jenial vc……

Responder

Eduardo Santana

17 de dezembro de 2021 às 19h47

“Se eu fosse o Uber, virava as costas e ia embora”. Demorou!!! Se precisar de “uma força” para ir embora, com passagem de ida (sem volta), conta comigo…

Responder

Bruno

16 de dezembro de 2021 às 15h29

Se eu fosse o Uber, virava as costas e ia embora.
Paísinho de merda……

Responder

Bandoleiro

16 de dezembro de 2021 às 11h46

Isso vai chegra no STF e o resultado ja se sabe…adeus Uber.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?