Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Sindicatos e partidos se unem contra golpe judiciário

Por Miguel do Rosário

17 de dezembro de 2013 : 17h54

Surge o Movimento Solidariedade e Justiça

Por Bepe Damasco, em seu blog

Dez motivos para a criação do Movimento Solidariedade e Justiça:

1) Num julgamento nitidamente político e de exceção, é consumada a condenação dos réus da Ação Penal 470, sem provas e com base em ilações, deduções e na tal teoria do domínio do fato. Uma afronta à presunção da inocência, ao Código Penal, ao Código de Processo Penal e à Constituição do Brasil. O ministro Barbosa e a maioria dos ministros do Supremo simplesmente ignoraram provas abundantes que jogam por terra a tese do uso do dinheiro público, principal pilar de sustentação do ação. Todos os comprovantes dos gastos publicitários para a promoção da bandeira Visa no Brasil constam do processo. O direito à dupla jurisdição foi negado aos réus, ao contrário do que aconteceu com os acusados do mensalão tucano.

2) As prisões são decretadas mesmo sem o trânsito em julgado do processo, uma vez que os chamados embargos infringentes ainda não foram apreciados, em decisão sem paralelo no Judiciário brasileiro.

3) A execução das penas dos condenados é transformada primeiro num circo midiático, com os presos cruzando os céu do país em pleno feriado da Proclamação da República. Tudo feito de forma seletiva e discriminatória. Enquanto a prisão dos petistas é explorada a exaustão pela mídia, Roberto Jefferson segue sem ser incomodado, desfrutando de sua confortável casa na região serrana.

4) Outra vez dois pesos e duas medidas na questão dos condenados com problemas de saúde. Enquanto a cardiopatia grave de Genoino é deixada de lado na hora de prendê-lo, e o laudo médico do IML que dava conta da gravidade do seu estado, desprezado, Jefferson até hoje não foi para a cadeia. Conta inclusive com o empenho do presidente do STF para que cumpra pena no estado do Rio de Janeiro, conforme sua vontade.

5) Os presos petistas, embora condenados a cumprir penas no regime semiaberto, estão trancafiados na Papuda, em regime fechado, há mais de um mês, em clara violação da Lei de Execuções Penais e da própria decisão do STF.

6) Demonstrando que não há limites para a sua sanha vingativa, Barbosa afastou o juiz da Vara de Execuções Penais do DF, por considerá-lo “liberal” demais. No seu lugar, foi nomeado um tucano de carteirinha. É o vale-tudo para negar os direitos dos presos petistas.

7) Parece que deu certo. Até hoje não foi concedido aos presos um direito líquido e certo no regime semiaberto, o direito ao trabalho. Fazendo o jogo sujo costumeiro, a mídia torpedeou a proposta de emprego para José Dirceu num hotel de Brasília. A proposta da CUT de empregar Delúbio sequer foi analisada.

8) Desde o começo do mês de dezembro já se sabia que mais uma prerrogativa dos condenados no semiaberto não seria respeitada : o direito de visitarem seus familiares no Natal.

9) Agora chega a notícia de que a situação é muito mais grave. Não só passarão as festas de fim de ano encarcerados, como também todas as visitas foram suspensas até o primeiro dia útil de 2014. A decisão, de tão arbitrária, ilegal e desumana, só pode ter sido inspirada nas regras da prisão de Guantánamo.

10) Como a mídia golpista aplaude essa sucessão de violações, Barbosa se sente cada vez mais à vontade para transgredir a lei. O certo é que tudo que ele puder fazer para aumentar o suplício dos presos, ele fará. Só a mobilização do mundo jurídico, político e da sociedade poderá detê-lo.

atitude

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Maria De Fatima Cabral

18 de dezembro de 2013 às 15h02

Faz tempo que dizíamos, cuidado com a mídia golpista e o STF! Avante! Pra cima! Botar o STF no lugar dele, e Ley dos Medyos, Já!.

Responder

João Lima

17 de dezembro de 2013 às 22h26

Vamos cobrar a abertura da caixa-preta do judiciário, a começar pelos gastos com pessoal (penduricalhos?!), benesses, vantagens indevidas (que os funcionários do executivo não tem) e outros.

Responder

Danilo Rocha Furst

17 de dezembro de 2013 às 20h43

grande iniciativa

Responder

Pedro Sanches

17 de dezembro de 2013 às 18h24

VAMOS FAZER URGENTE ESTA REVOLUÇÃO POIS ISTO É GOLPE MESMO E DO JEITO QUE ESTÃO INDO AS COISAS PODEREMOS TER UM GOLPE DE ESTADO, COMO SEMPRE COM OS MESMOS ATORES, STF, MP E AS MÍDIAS GOLPISTAS CAPITANEADAS PELA GOLPISTA, SONEGADORA REDE GLOBO.

Responder

Marcia Maresti Lima

17 de dezembro de 2013 às 20h09

Apoiadíssimo.

Responder

Luís Xisto Dias

17 de dezembro de 2013 às 19h59

Que comece a nova revolução!!!

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?