Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Até as ovelhas protestam contra o PT

Por Miguel do Rosário

14 de agosto de 2015 : 15h23

Galera,

estou muito preocupado com um golpe.

Ainda mais agora que os coxinhas obtiveram apoio em massa das ovelhas.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

64 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Marcos José Zablonsky

16 de agosto de 2015 às 00h22

Wilson Esposito tem dois vídeos. Veja com mais atenção o segundo. O primeiro é manipulado mas divertido.

Responder

Eduardo Dias Lopes

15 de agosto de 2015 às 22h08

Apesar disso o Palmeiras continua sem mundial.

Responder

Alexandre Percegoni

15 de agosto de 2015 às 21h30

93% das ovelhas

Responder

Maura Lima

15 de agosto de 2015 às 17h29

# Não vai ter golpe Dilmafica Lula vem depois!!!!

Responder

Maura Lima

15 de agosto de 2015 às 17h29

# Não vai ter golpe Dilmafica Lula vem depois!!!!

Responder

Antonio Celso Salmaso

15 de agosto de 2015 às 14h46

Se pintasse de vermelho as ovelhinhas ficava parecendo o pessoal da CUT…..

Responder

Henrique Dasilva

15 de agosto de 2015 às 11h11

Resumindo, quem fez o vídeo chamou os anti-petistas de irracionais!

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

15 de agosto de 2015 às 13h31

CHEGA DE FALAR EM PROTESTO, QUANDO FIZEMOS A MARCHA DAS MARGARIDAS, VOCES VIRAM ELES FALAREM ALGO?

Responder

Juliana Fonseca

15 de agosto de 2015 às 13h26

Rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs agora estou preocupadíssima!!!! O movimento contra Dilma está muito bem articulado! Tem coreografia, ovelhas unidas, políticos nobres da honestidade trabalhando fidedignamente no movimento: Caiado, Cunha Lima, Aecio Menino Buchudo Neves… artistas: Lobão, Gentilli, globais bonitinhos… o líder religioso: Malafaia e líder militar: Bolsonaro!!!! Que evento!!!!!!

Responder

    Antonio Celso Salmaso

    15 de agosto de 2015 às 14h52

    Voce deve estar preocupada em perder a bolsa familia do PT ???

    Responder

    Juliana Fonseca

    15 de agosto de 2015 às 15h02

    Eu me preocupo sim!!! Não quero o fim do bolsa família. Por sinal esse projeto social tem recebido muitos prêmios e elogios! Que venham mais!!

    Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 18h34

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    A briga visceral do PT palaciano contra o deputado Eduardo Cunha é muito antiga. As assessorias de contraimagem da esquerdolandia outsider, custeada com dinheiro público, usam a militancia ginasiana prá enrolar os bastidores da realidade nua e crua decifrada pela Operação Lava Jato.

    Em julho de 2004, o dep. Eduardo Cunha eleito pelo PPB – Partido Progressista Brasileiro, solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O solicitação para ser atendida rodou e rodou por diversos setores, como: RH … Estratégia, Novos Negócios … Jurídico … Petros – o maior fundo de pensão do Brasil.

    Farta documentação demonstra a necessidade de dezenas de resolicitações ao Ministério das Minas e Energias, até que, finalmente, foi disponibilizada as informações em um disquete.

    Em 2006, o deputado Eduardo Cunha se filia ao PMDB e é reeleito. Em 2015 vence legitimamente a eleição para presidência da Camara Federal.

    Em 2014-2015, os abafados indícios de bilionários desvios nos contratos relativos à construção de plataformas, aquisições e aditivadas obras, estão sendo comprovados e dissecados pela Lava Jato aos eleitores, aos contribuintes, aos ministros do TCU, aos ministros do TSE e aos ministros do STF.

    Responder

    Juliana Fonseca

    15 de agosto de 2015 às 19h06

    Então O Grande Cunha pode ficar tranquilo! Se ele tem todo o esquema na mão, não deve se preocupar com a investigação. Seu nome foi citado na lava Jato, ao que indica, com provas robustas, mas ele não tem com o que se desesperar e gritar aos quatro ventos que “rompeu” com o governo. Bom garoto!

    Responder

    Antonio Celso Salmaso

    15 de agosto de 2015 às 19h36

    Juliana alem destes citados foram para as ruas mais de um milhão de brasileiros que não querem mais a Dilma e o PT no governo. E você apóia a Dilma porque???

    Responder

    Juliana Fonseca

    15 de agosto de 2015 às 20h22

    Ela foi eleita democraticamente por 55 milhões. Este “1 milhão” está acompanhado de pessoas que discordo politicamente. E são minoria, frente ao resultado das urnas. Não há nada que indique o impeatchmen, então tirá-la do poder é golpe. Se é golpe é desrespeito à democracia. Se desrespeita à democracia, faz valer à força a vontade de alguns. Se é pela força, então é ditadura. Sou contra! Eleições só em 2018. Que a oposição se prepare e dispute. Se ganhar, estarão no governo. Enquanto isto, a presidenta é Dilma. Questionar o governo, se opor é legítimo. Mas derrubar, não! Por respeito à democracia, apoio a Dilma. E se a pergunta refere-se a minha escolha por ela como continuidade de governo, é exatamente por ser inegável os avanços sociais conquistados nos últimos anos. Além, de outros indicadores econômicos até o ano passado serem favoráveis à gestão dela. E vai aqui a minha crítica ao governo: discordo do Levy. Essa política de ajuste não convém à sociedade, somente a algum setor dela. Vivi esta política econômica nos governos FHC e não gostei.

    Responder

Acioly Sabino

15 de agosto de 2015 às 13h09

Por isso vocês não ganham uma…já levaram 4ferro 4 vezes e em 2018 levam mais uma ferroada … Aguarde , seo TROUXA !!!!!!!!

Responder

Acioly Sabino

15 de agosto de 2015 às 13h07

Márcio Nardy, deixa de ser homofóbico, as putas também são gente…

Responder

Lojeiro Memo

15 de agosto de 2015 às 12h47

NÃO EXISTE ANIMAL MAIS IMBECIL DO QUE A OVELHA

Responder

Maria Eliene Firmino

15 de agosto de 2015 às 07h55

ONDE ESTAR O IBAMA EM UMA HORA DESSAKKKK

Responder

Elo SN

15 de agosto de 2015 às 05h34

Ta igualzinho à turma do penicaço quando assiste a plim-plim! kkkk

Responder

Marco Sousa

15 de agosto de 2015 às 03h26

Pense, numa imbecilidade, o sujeito que “falava” para as ovelhas esqueceu de perguntar: SOU IMBECIL???; PSDB fora????; AÉCIO FORA???; COXINHAS NA ESCOLA???? e por aí vai…., essas perguntas estavam mais apropriadas para o falador com ovelhas e para os coxinhas (seus curtidores) e, para “O Cafezinho” também!.

Responder

Messias Franca de Macedo

15 de agosto de 2015 às 00h24

E o “ex-vereador do PT” deixou o partido há dez anos…

publicado em 14 de agosto de 2015 às 13:35

(…)

FONTE [LÍMPIDA]: http://www.viomundo.com.br/politica/e-o-ex-vereador-do-pt-deixou-o-partido-ha-dez-anos.html#comment-926291

LÁ VEM O MATUTO QUE SENTE CHEIRO DE GOLPE DESDE O DIA EM QUE NASCEU EM PINDORAMA!

… *O covarde e mentiroso pseudo-jornalista Alexandre Garcia das organizações criminosas Globo do FIFALÃO &$ da sonegação bilionária…
**O patife não perdeu “a levantada de bola vazada (sic)”!
Associou “o ex vereador do PT” ao PT [risos], à senadora Gleisi Hoffmann, ao Paulo Bernardo, ao Ministério do Planejamento, ao BNDES, ao “Petrolão”, à Lava Jato…
Até mesmo denunciou que o tal “ex vereador do PT” “é chegado a exibicionismos via redes sociais”…
*e [reles] ex porta-voz da ditadura militar
**edição de 14/08/2015 do programete panfletário-terrorista ‘MAU Dia Brasil’ do rádio

RESCALDO:
ah malandro contumaz – e irrecuperável!

NOTA FÚNEBRE: prevendo o fracasso das manifestações da ‘coxinhada’ programadas para o próximo dia 16, o Garcia “dos Marín(hos)” vomitou o ódio figadal:
“(…)
No desespero, os black blocs poderão participar dos protestos do dia 16 de agosto! E como se sabe, a classe média foge de movimentos que envolvam radicais – e truculentos.
(…)”

EM TEMPOS NAZIFASCIGOLPISTAS &$ TERRORISTAS:
aqui em Feira de Santana, Bahia, o programete fasciterrorista e antinacionalista ‘MAU Dia Brasil’ é retransmitido pela Rádio Princesa FM 96.9 e Rádio Sociedade AM 970.
Emissoras da Rede [de Frades] Capuchinhos de Comunicações.
Empresas católicas [do lucro!].
E agora também a serviço do ‘golpe jurídico-midiático ainda ora em curso desde o antanho do Mentirão’.

República Desses Bananas Fascinazistas, Terroristas, Antinacionalistas e [mega]Corruptos até a enésima geração
Bahia, Feira de Santana
Messias Franca de Macedo

Responder

Ernesto Puhl

15 de agosto de 2015 às 02h02

Estas mobilização organizadas revoltados oline, tem grande adesão dos animais.

Responder

Maria Regina Novaes

15 de agosto de 2015 às 01h31

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

Luciene Guarini

15 de agosto de 2015 às 01h12

kkkkk

Responder

Valdir Santos

15 de agosto de 2015 às 00h27

CÃES RAIVOSOS COM OVELHAS SERÁ QUE DA CERTO?

Responder

Marcio Luiz Curci Nardy

15 de agosto de 2015 às 00h25

temos as ovelhas do nosso lado, o PT tem as putas e os marginais kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Marciano Brito

14 de agosto de 2015 às 23h19

rindo por horas, kkkkkkkkkkkkkk

Responder

Marciano Brito

14 de agosto de 2015 às 23h19

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

eros alonso

14 de agosto de 2015 às 20h01

No interior teve panelada de macarrão com frango,arroz com franco, arroz com costelas, mas panela vazia ninguém bateu, só para derrubar os restos da comida antes de lavar. Rico batendo panela por que? Por que não imitam o pobre no salário? No nível de vida? Imitar nas panelas? Nem as panela são as mesmas, são panelas chiques. Mas que saia faísca das panelas dessa gente. Na cabeça os neurônios , o tico e o teco, é que soltam as faíscas, não as panelas.

Responder

Maria Das Dores Teixeira Teixeira

14 de agosto de 2015 às 23h00

KKKKKKKKKKKKKK

Responder

André Borges

14 de agosto de 2015 às 22h55

Esse vídeo é uma prova científica de que a atividade cerebral de um coxinha está no mesmo nível da de um ruminante. Aroldo Andrade Marcelo Oggioni

Responder

monica

14 de agosto de 2015 às 19h13

Es de dar mucho miedo jajajaja

Responder

Eva

14 de agosto de 2015 às 19h04

Confiando nos leitores acima, não vi.
Adorei a Dilma quase rindo. Ela merece.

Responder

Anderson Ricardo Mendes

14 de agosto de 2015 às 21h19

“Novas fitas do grampo do BNDES, ainda inéditas para o público, mostram que o presidente Fernando Henrique Cardoso não só sabia como também autorizou e participou de uma operação para favorecer empresas no leilão de privatização da Telebrás.” http://www1.folha.uol.com.br/folha/circulo/pre_sp_3.htm

Responder

Josias Vicente

14 de agosto de 2015 às 21h05

São essas inteligências que querem ocupar o lugar da Dilma….hahahahahah…Convocando as ovelhas para protesto…

Responder

Ricardo FMaia

14 de agosto de 2015 às 20h10

Ué! Os coxinhas já começaram a manifestação? Pena que não fizeram a dancinha!

Responder

Regina Nilson Filho

14 de agosto de 2015 às 19h56

Socorro, “chamem o ladrao”!

Responder

Laressa Costa

14 de agosto de 2015 às 19h45

Hahahahahahahha preocupante viu. #Medo

Responder

Christina Z Alkmim

14 de agosto de 2015 às 19h42

hahahaha Muito bom!

Responder

Hannah da Terra

14 de agosto de 2015 às 19h04

Principalmente as ovelhinhas, que só sabem fazer meeeee, meeee

Responder

Tiana Farias

14 de agosto de 2015 às 18h57

Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 02h53

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    Em julho de 2004, o PPB – Partido Progressista Brasileiro solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas que trabalhavam e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O pedido para ser atendido rodou por diversos setores, como: RH, Estratégia, Novos Negócios; Jurídico e pela Petros – o maior fundo de pensão do Brasil. Após um longo percurso lento e burocrático foi disponibilizada as informações em disquete.

    Em 2006, o então deputado do PPB – Partido Progressista Brasileiro, Eduardo Cunha, se filiou ao PMDB e é agora o Presidente da Camara Federal enquanto a ministra de Minas e Energias e pres. do conselho da Petrobrás é a presidente da Republica.

    Em 2015, os contratos relativos à construção das plataformas P-51 e P-52, dentre outros, tiveram seus pré-indícios de fraudes comprovados pela Operação Lava Jato.

    Os contabilistas do TSE e o STF emitem sinais de que “o nada” não é um “nada qualquer”, assim não há que se ter pressa “prá nada”.

    Esta história é aguardada por todos contribuintes.

    Responder

Flávio

14 de agosto de 2015 às 15h52

Não acredito que eu perdi tempo vendo isso. Fala sério, Cafezinho. Não dê audiência para esse tipo de coisa.

Responder

Lilian Lia Aveiro

14 de agosto de 2015 às 18h44

Responder

Lilian Lia Aveiro

14 de agosto de 2015 às 18h43

Responder

Tadeu Braga

14 de agosto de 2015 às 18h39

Miguel, enquanto estiveres postando matérias, assim, que podem estimular a cabeça de indecisos e/ou desinformados, podes estar contribuindo com o Golpe. Já vi matérias semelhantes, no 247 e no Carta Capital!

Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 02h53

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    Em julho de 2004, o PPB – Partido Progressista Brasileiro solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas que trabalhavam e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O pedido para ser atendido rodou por diversos setores, como: RH, Estratégia, Novos Negócios; Jurídico e pela Petros – o maior fundo de pensão do Brasil. Após um longo percurso lento e burocrático foi disponibilizada as informações em disquete.

    Em 2006, o então deputado do PPB – Partido Progressista Brasileiro, Eduardo Cunha, se filiou ao PMDB e é agora o Presidente da Camara Federal enquanto a ministra de Minas e Energias e pres. do conselho da Petrobrás é a presidente da Republica.

    Em 2015, os contratos relativos à construção das plataformas P-51 e P-52, dentre outros, tiveram seus pré-indícios de fraudes comprovados pela Operação Lava Jato.

    Os contabilistas do TSE e o STF emitem sinais de que “o nada” não é um “nada qualquer”, assim não há que se ter pressa “prá nada”.

    Esta história é aguardada por todos contribuintes.

    Responder

Ricardo Costa

14 de agosto de 2015 às 18h38

#Ai5daDilma. PL 2016/15

Responder

Adair Andre

14 de agosto de 2015 às 18h34

Pra você ver, se até as ovelhas estão protestando contra o PT , imagine os 99,9% da população!

Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 02h52

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    Em julho de 2004, o PPB – Partido Progressista Brasileiro solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas que trabalhavam e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O pedido para ser atendido rodou por diversos setores, como: RH, Estratégia, Novos Negócios; Jurídico e pela Petros – o maior fundo de pensão do Brasil. Após um longo percurso lento e burocrático foi disponibilizada as informações em disquete.

    Em 2006, o então deputado do PPB – Partido Progressista Brasileiro, Eduardo Cunha, se filiou ao PMDB e é agora o Presidente da Camara Federal enquanto a ministra de Minas e Energias e pres. do conselho da Petrobrás é a presidente da Republica.

    Em 2015, os contratos relativos à construção das plataformas P-51 e P-52, dentre outros, tiveram seus pré-indícios de fraudes comprovados pela Operação Lava Jato.

    Os contabilistas do TSE e o STF emitem sinais de que “o nada” não é um “nada qualquer”, assim não há que se ter pressa “prá nada”.

    Esta história é aguardada por todos contribuintes.

    Responder

    Claudio Coutinho

    15 de agosto de 2015 às 12h32

    Só gente boa.

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    15 de agosto de 2015 às 14h37

    Todos os que lideram os movimentos contra o governo são políticos ilibados,com uma extensa lista de prestação de serviços à população SQN..O Aécio então,é impressionante.Nem no Senado ele vai,mas fala,discursa,reclama,conclama e….convence os desavisados,ou os de má-fé,que do Brasil não entende nada nem das necessidades do povo.

    Responder

    Antonio Celso Salmaso

    15 de agosto de 2015 às 14h48

    Agora 99,99% da população não tem direito a querer um governo honesto???

    Responder

    Celia Franco

    15 de agosto de 2015 às 17h59

    99,9% da população? kkkkkkk Que coisa esdrúxula!!!!! Que coisa ridícula!!!!!

    Responder

    Celia Franco

    15 de agosto de 2015 às 17h59

    99,9% da população? kkkkkkk Que coisa esdrúxula!!!!! Que coisa ridícula!!!!!

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    15 de agosto de 2015 às 18h01

    Quem ,por exemplo,seria mais honesto do que Dilma?Vocês querem outro mas não defendem um nome.Para se eleger alguém é preciso um nome,programa de governo.Quem?????? E se Dilma cair,vc sabe quem assume? Se pensassem um pouquinho nisso,já seria o suficiente para rezar para que ela permaneça.É o Brasil e a democracia que estão em jogo.

    Responder

    Amarilia Teixeira Couto

    15 de agosto de 2015 às 18h01

    Quem ,por exemplo,seria mais honesto do que Dilma?Vocês querem outro mas não defendem um nome.Para se eleger alguém é preciso um nome,programa de governo.Quem?????? E se Dilma cair,vc sabe quem assume? Se pensassem um pouquinho nisso,já seria o suficiente para rezar para que ela permaneça.É o Brasil e a democracia que estão em jogo.

    Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 18h35

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    A briga visceral do PT palaciano contra o deputado Eduardo Cunha é muito antiga. As assessorias de contraimagem da esquerdolandia outsider, custeada com dinheiro público, usam a militancia ginasiana prá enrolar os bastidores da realidade nua e crua decifrada pela Operação Lava Jato.

    Em julho de 2004, o dep. Eduardo Cunha eleito pelo PPB – Partido Progressista Brasileiro, solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O solicitação para ser atendida rodou e rodou por diversos setores, como: RH … Estratégia, Novos Negócios … Jurídico … Petros – o maior fundo de pensão do Brasil.

    Farta documentação demonstra a necessidade de dezenas de resolicitações ao Ministério das Minas e Energias, até que, finalmente, foi disponibilizada as informações em um disquete.

    Em 2006, o deputado Eduardo Cunha se filia ao PMDB e é reeleito. Em 2015 vence legitimamente a eleição para presidência da Camara Federal.

    Em 2014-2015, os abafados indícios de bilionários desvios nos contratos relativos à construção de plataformas, aquisições e aditivadas obras, estão sendo comprovados e dissecados pela Lava Jato aos eleitores, aos contribuintes, aos ministros do TCU, aos ministros do TSE e aos ministros do STF.

    Responder

Paulo Pires de Avila

14 de agosto de 2015 às 18h27

Aí a patroa perguntou pra Maria (empregada). Como foi o panelaço na sua casa ontem? Responde a Maria. Não teve panelaço, teve sim panelada. feijoada de feijão branco, comemos até lambe os beiço!

Responder

    Mônica L. Dos Santos

    14 de agosto de 2015 às 19h01

    Hahahaha,vcs são ótimos!!! Esperar pra rir mais do tal protesto…

    Responder

    Paulo Pires de Avila

    14 de agosto de 2015 às 19h03

    Vou rir em casa comendo um belo dum churrasco, fui!

    Responder

    Marcelo Aranha De Sousa Pinto

    15 de agosto de 2015 às 02h52

    “A desinformação é industrial e a ignorância, um negócio muito rentável prá esquerdolandia”

    Em julho de 2004, o PPB – Partido Progressista Brasileiro solicitou ao Ministério de Minas e Energia cópia de contratos, autorizações de pagamentos a empresas prestadoras de serviços às ONGs que recebiam dinheiro da petrolífera. Nomes, endereços, CPF das pessoas que trabalhavam e pagamentos às empresas vinculadas ao ministério, como a Petrobrás.

    O pedido para ser atendido rodou por diversos setores, como: RH, Estratégia, Novos Negócios; Jurídico e pela Petros – o maior fundo de pensão do Brasil. Após um longo percurso lento e burocrático foi disponibilizada as informações em disquete.

    Em 2006, o então deputado do PPB – Partido Progressista Brasileiro, Eduardo Cunha, se filiou ao PMDB e é agora o Presidente da Camara Federal enquanto a ministra de Minas e Energias e pres. do conselho da Petrobrás é a presidente da Republica.

    Em 2015, os contratos relativos à construção das plataformas P-51 e P-52, dentre outros, tiveram seus pré-indícios de fraudes comprovados pela Operação Lava Jato.

    Os contabilistas do TSE e o STF emitem sinais de que “o nada” não é um “nada qualquer”, assim não há que se ter pressa “prá nada”.

    Esta história é aguardada por todos contribuintes.

    Responder

Dirck Stone

14 de agosto de 2015 às 18h27

Legítimo “protesto de rebanho”.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina