Live do Cafezinho: balanço dos partidos de esquerda

Russomano perde 5 pontos, Boulos e França avançam, revela Ibope

Por Redação

30 de outubro de 2020 : 19h57

Nesta sexta-feira, 30, o Ibope em parceria com a TV Globo divulgou sua segunda pesquisa para Prefeitura de São Paulo.

De acordo com o levantamento, o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) lidera com 26% das intenções de voto, seguido por Celso Russomano (Republicanos) com 20%, Guilherme Boulos (PSOL) com 13% e Márcio França (PSB) com 11%.

Na sequência, aparecem Jilmar Tatto (PT) com 6%, Arthur do Val – Mamãe Falei (Patriota) com 3%, Joice Hasselmann (PSL) com 2%, Andrea Matarazzo (PSD) com 1%, Levy Fidelix (PRTB) com 1% e Orlando Silva (PCdoB) com 1%. Branco e Nulo representa 10% e Não sabe, 5%.

Crescimento dos candidatos

Covas cresceu de 22% para 26%;

Russomanno caiu de 25% para 20%;

Boulos foi de 10% para 13%;

França saltou de 7% para 11%;

Jilmar Tatto foi de 4% para 6%;

Arthur do Val foi de 2% para 3%;

Joice Hasselmann foi de 1% para 2%;

Andrea Matarazzo se manteve com 1%;

Levy Fidelix se manteve com 1%;

Orlando Silva se manteve com 1%;

Vera Lúcia foi de 1% para 0%;

Marina Helou foi de 1% para 0%;

Antônio Carlos se manteve com 0%;

Os brancos e nulos foram de 17% para 10%;

Os indecisos foram de 7% para 5%.

Rejeição

Celso Russomanno: 38%

Joice Hasselmann: 26%

Bruno Covas: 20%

Levy Fidelix: 22%

Guilherme Boulos: 22%

Jilmar Tatto: 18%

Filipe Sabará [desistiu da candidatura]*: 16%

Arthur do Val: 15%

Orlando Silva: 14%

Vera Lúcia: 12%

Andrea Matarazzo: 12%

Marina Helou: 11%

Antonio Carlos Silva: 11%

Márcio França: 10%

Poderia votar em todos: 4%

Não sabe/não respondeu: 11%

Simulações de 2° turno

De acordo com o levantamento, Covas ganha em todos os cenários de segundo turno, mas com vantagem maior sobre Boulos, contra o qual tem 25 pontos de diferença.

Boulos perde em todos os cenários.

Marcio França ganha de Russomano e de Boulos, por larga vantagem, e perde de Covas por 11 pontos de diferença.

Num eventual confronto entre França e Boulos, o candidato do PSB ganharia com 22 pontos de diferença.

Confira os cenários:

Bruno Covas 51% X 26% Guilherme Boulos (branco/nulo: 20%; não sabe: 3%). Diferença de 25 pontos.

Bruno Covas 47% X 31% Celso Russomanno (branco/nulo: 20%; não sabe: 2%). Diferença de 20 pontos.

Bruno Covas 45% X 34% Márcio França (branco/nulo: 17%; não sabe: 4%). Diferença de 11 pontos.

Celso Russomanno 43% X 31% Guilherme Boulos (branco/nulo: 22%; não sabe: 4%). Diferença de 12 pontos.

Márcio França 43% X 34% Celso Russomanno (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%). Diferença de 9 pontos.

Márcio França 48% X 26% Guilherme Boulos (branco/nulo: 22%; não sabe: 5%). Diferença de 22 pontos.

O Ibope ouviu 1.204 eleitores de São Paulo entre os dias 28 a 30 de Outubro com margem de erro de três pontos porcentuais para mais ou para menos e nível de confiança de 95%.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Netho

31 de outubro de 2020 às 18h11

O processo da canibalização das candidaturas à esquerda mostra-se mais explícito em São Paulo. Haverá uma fragmentação na reta final que levará ao segundo turno a direita e a extrema-direita. O PT e Lula não aprenderam nada e não esqueceram nada. O PSOL experimentará a frustração em São Paulo de Boulos ter se comportado como títere de Lula e feito do Socialismo e Liberdade um ”puxadinho do PT”.

Responder

Alex

31 de outubro de 2020 às 00h08

Boulos perde de todo mundo no segundo turno. Votarei em Márcio França 40. Experiente, preparado e tem palavra.

Responder

Paulo

30 de outubro de 2020 às 22h33

Pesquisa alentadora para França. Vamos aguardar a próxima pra ver se podemos de fato ter esperanças de algo novo (não que Covas seja um desastre absoluto, embora eu desconfie, naturalmente, da sua propaganda política profissional no horário eleitoral, uma das melhores dos últimos tempos)…

Responder

Gilmar Tranquilão

30 de outubro de 2020 às 20h20

O apoio do capitão corona não tá servindo pra poha nenhuma então né? Entendi… kkkkkkk

Responder

Marcelo

30 de outubro de 2020 às 20h01

Achei muito pertinente revelar a simulação de segundo turno somente entre Boulos e Covas, indicando que o primeiro perde. Como se sairia Marcio França, candidato de Ciro?

Responder

    greg

    30 de outubro de 2020 às 23h40

    Bruno Covas 45% X 34% Márcio França (branco/nulo: 17%; não sabe: 4%). Diferença de 11 pontos.

    Responder

Deixe uma resposta