Live do Cafezinho (19h): que segurança pública que queremos?

Após sofrer uma parada cardíaca, Maradona morre aos 60 anos

Por Redação

25 de novembro de 2020 : 13h32

Nesta quarta-feira, 25, o ídolo do futebol argentino e campeão mundial, Diego Maradona, morreu após sofrer uma parada cardiorrespiratória na sua residência em Tigre.

De acordo com o jornal Clarin, o ex-jogador passou por uma cirurgia na cabeça para a retirada de um hematoma.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

11 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Bozo O Korno

26 de novembro de 2020 às 13h18

Até a Micheque ele pegou.

Responder

Efrem Ventura

26 de novembro de 2020 às 12h32

Morreu o Futebol !!

Responder

Garrincha

26 de novembro de 2020 às 10h05

Garrincha morreu miseravel, alcoolatra, abandonado, muita gente que havia prometido ajuda para a familia diante das cameras virou as costas e sumiu (Pelè). Nem o corpo dele està mais no tumulo (uma pedra de marmore qualquer no meio do barro do cimiterio de Magé).

A diferença do que fizeram os brasileiros com Garrincha, Maradona nao foi esquecido pelos argentinos apòs ele ter parado de jogar…os brasileiros sao muito estupidos, isso sim.

Responder

Andressa

25 de novembro de 2020 às 23h39

Genio!

Responder

Paulo

25 de novembro de 2020 às 18h55

É muito post para Maradona, Cafezinho! Só porque ele admirava “El Porco”, aquele sádico assassino?

Responder

    Valeriana

    26 de novembro de 2020 às 09h57

    Voce fala de El Chancho que nao gostava de tomar banho ou do outro que se gabava de ter tido mais de 1000 mulheres (escravas)…ou os dois ?

    Responder

      Paulo

      26 de novembro de 2020 às 16h44

      Falo do “Che”, Andressa, rsrs…

      Responder

Luan

25 de novembro de 2020 às 16h21

Droga e álcool não ajudam em nada quem joga futebol, só atrapalham…Maradona e Garrincha foram os maiores jogadores da história mesmo sendo um dependente químico e o outro alcoólatra.

Gênios sem regras, irracionais, inconteniveis dentro e fora do campo…inegualaveis.

Responder

    Efrem Ventura

    26 de novembro de 2020 às 12h36

    Hà algumas poucas pessoas na historia que elevam a nivél de arte o que fazem e que por isso ficam acima do bem e do mal…Maradona foi uma dessas.

    Responder

chichano goncalvez

25 de novembro de 2020 às 13h42

Coincidencia, morre no mesmo dia, da morte de outro gigante do mundo politico e humanista : : Fidel Castro Ruz, e dia da Independencia do nosso vizinho Suriname.; Esta frase não é de minha autoria, mas a estou usando, porque é uma verdade : : ” Não estou triste por ele ter morrido, agradeço por ele ter nascido um dia ” .

Responder

Alexandre Neres

25 de novembro de 2020 às 13h40

Um gigante sobe pro andar de cima. Descanse em paz, mestre!

Responder

Deixe uma resposta