Comentários sobre o áudio vazado de André Esteves (BTG Pactual)

Aprovação de Bolsonaro supera rejeição, diz pesquisa

Por Redação

14 de dezembro de 2020 : 11h51

Neste domingo, 13, o Datafolha divulgou mais uma pesquisa de avaliação do presidente Jair Bolsonaro entre os eleitores e mostra que a aprovação supera a rejeição.

De acordo com o levantamento, Bolsonaro manteve seus 37% de ótimo/bom. Já os que avaliam como ruim/péssimo caiu de 34% para 32% e 29% como regular. Apesar de manter sua aprovação, Bolsonaro ainda é o presidente com pior avaliação desde 1985.

O Datafolha ouviu 2.016 pessoas entre os dias 8 e 10 de Dezembro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

15 de dezembro de 2020 às 08h30

Eu gostaria de fazer a pergunta que todos querem saber, esse presidente vai governar o tempo todo através de medida provisória? E o legislativo não serve mais pra nada? Em outras épocas o legislativo era pra elaborar leis, depois passou a ter dupla função, ou seja legislar e fiscalizar as ações do executivo, hoje não faz mais nada, pra que eu sei, além de contar piada serve para barganhar e tramar simples assim.

Responder

dcruz

15 de dezembro de 2020 às 07h17

Enquanto isso “as esquerdas” continuam se engalfinhando…

Responder

Fonzie

14 de dezembro de 2020 às 23h49

Lula saiu com 80% e bolsominion comemorando 30 rs

Responder

Paulo

14 de dezembro de 2020 às 21h55

Copo meio cheio, meio vazio. Por enquanto, de importância reduzida, essa pesquisa, como tantas outras. Muita água vai rolar debaixo da ponte, para um lado e outro…

Responder

Valdeci Elias

14 de dezembro de 2020 às 17h25

Eu não estranho , o grupo que Bolsonaro faz parte , não se incomodar com os mortos da Covid-19 . Uma pessoa, que ao mesmo tempo, reduz o salário e os benefícios do trabalhador, aumentando a despesa querendo que o trabalhador assuma os gasto com a saúde e educação de sua família ,não se importar com as pessoas que morrerem sem atendimento médico. Porque no seu governo, já está definido que gente vai morrer sem atendimento. No fundo a covid-19 é um tapa na cara de Guedes. Se Guedes usar os impostos, pra construir hospitais, contratar médicos e enfermeiros e comprar medicamentos, vai estar reconhecendo que tudo oque disse era errado. Que o Estado é importante para o pobre e a sociedade . A maior derrota da Esquerda, é não conseguir mostrar ao pobre que usa saúde pública, educação pública, que Bolsonaro vai deixar sua família sem médico, e seus filhos dem educação .

Responder

Kleiton

14 de dezembro de 2020 às 17h23

Nenhuma novidade.

Responder

Gilmar Tranquilão

14 de dezembro de 2020 às 14h37

mas é só mais uma fakeada kkkkkk

Responder

NeoTupi

14 de dezembro de 2020 às 13h44

Sarney teve aprovação estrondosa no Plano Cruzado. Durou um ano, o suficiente para ganhar tudo na eleição parlamentar e de governadores de 1986. Depois despencou a popularidade.
Bozo tá com aprovação meia-boca para quem pagou o auxílio emergencial e quase todo mundo que ele apoiou perdeu nas eleições municipais. E para quem é pobre e estava desempregado, o auxílio até melhorou a vida nestes meses. Quero ver as pesquisas depois que parar de pagar o auxílio.

Responder

Deixe um comentário

Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou? As Refinarias da Petrobras À Venda pelo Governo Bolsonaro O Brasileiro se acha Rico ou Pobre?