Paris Café Extra: Finanças Funcionais, uma revolução copernicaniana na economia

No bloco de Lira, PSL e PL travam guerra por cargos na Mesa Diretora da Câmara

Por Redação

26 de janeiro de 2021 : 16h23

Após o bloco do líder do Centrão, Arthur Lira (PP-AL), conquistar o apoio de 36 parlamentares do PSL, o partido presidido por Luciano Bivar deseja obter a primeira vice-presidência da Câmara, caso Lira seja eleito para comandar a Casa.

Porém, esse posto já foi prometido ao PL e isso fez com que ambos os partidos ficassem em pé de guerra nas negociações por cargos na Mesa Diretora. Ao todo, o bloco de Lira tem o apoio de 232 parlamentares.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

26 de janeiro de 2021 às 19h15

A dobradinha que se elegeu em Salvador continua de vento em popa e juntinha. Segundo o Valor Econômico, os deputados Arthur Maia, Elmar Nascimento, Paulo Azi, Leur Lomanto Jr. e Igor Kannário do DEM-BA, assim como o pastor evangélico e deputado Alex Santana (PDT-BA), estão com Arthur LIra e não abrem, posando pra fotinha e almoçando juntos. Paulo Azi é presidente regional do DEM e aliado de primeira hora de ACM Neto. Por isso o chororô de Rodrigo Maia, em cujo apartamento foi urdida a trama do impeachment de Dilma Roussef.

Responder

Alexandre Neres

26 de janeiro de 2021 às 17h23

Entramos de gaiato no bloco do Maia. Não exigimos contrapartida, nem levantamos nossas bandeiras, nos misturamos aos porcos golpistas e tudo indica que levaremos uma surra. PQP. O campo progressista está entregue ao deus-dará!

Responder

Deixe uma resposta