Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Agência Senado

Na CPI, Randolfe mostra indícios de boicote do Governo Bolsonaro na compra da vacina Pfizer

Por Redação

24 de junho de 2021 : 12h02

O vice-presidente da CPI da Pandemia, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), apresentou aos membros da comissão um documento que aponta modificação por parte de Jair Bolsonaro numa Medida Provisória que dava celeridade na compra de vacinas.

“Não sabíamos o que estava escrito neste documento. Embaixo tem uma anotação: sem cláusula de garantia/seguro a aquisição das vacinas da Janssen e da Pfizer ficam inviabilizadas”, revelou Randolfe.

“Dia 6 de janeiro saiu a Medida Provisória 1026 sem a cláusula de garantia de seguro e, com isso, não foi possível adquirir as vacinas da Pfizer e da Janssen em janeiro, que só vieram a ser adquiridas após projeto de lei do Congresso Nacional em março”.

Randolfe também lembrou que o representante da Covaxin estava na Índia em seis de janeiro.

“Uma das razões que ele alegou na Índia [para o desenvolvimento do imunizante], segundo descrição da embaixada brasileira no país, e que ele afirmou às autoridades, foi que nós queremos desenvolver a vacina da Bharat Biontech, através da Precisa, para inviabilizar, impedir, quebrar o monopólio da Pfizer”.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

1 comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Willy

24 de junho de 2021 às 12h21

Esse Circo, morreu antés de nascer, foi abortado…do jeito que a esquerda gosta.

Responder

Deixe um comentário