Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Agressões de Bolsonaro ao TSE provocam forte reação na classe política

Por Redação

09 de julho de 2021 : 18h12

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), reagiu ao recente ataque de Jair Bolsonaro às instituições democráticas. De acordo com Ramos, “não é o presidente da República que define se haverá ou não eleições”.

Aos seus apoiadores, Bolsonaro também chamou o presidente do TSE, Luís Roberto Barroso, de “idiota”, “imbecil” e voltou a ameaçar às eleições de 2022 em prol do famigerado voto impresso.

“Não tenho medo de eleições, entrego a faixa a quem ganhar, no voto auditável e confiável. Dessa forma, corremos risco de não termos eleições ano que vem. Futuro de vocês que está em jogo”, ameaçou.

A afirmação de Bolsonaro causou reação imediata das lideranças políticas no Congresso Nacional.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuiz.

09 de julho de 2021 às 20h26

DENTRO bOLSONARO!
Dentro da cadeia.

Responder

Valeriana

09 de julho de 2021 às 19h06

Quem decide sao os brasileiros atraves o congresso e Barroso e Cia se adequam a isso.

Responder

Deixe um comentário