Jornal da Forum: Lula quer reindustrializar o Brasil!

Moro diz que Bolsonaro ‘comemorou’ soltura de Lula em 2019

Por Redação

02 de dezembro de 2021 : 11h48

O ex-juiz e pré-candidato a presidência pelo Podemos, Sérgio Moro, disse nesta quinta-feira, 2, em entrevista a Jovem Pan que Jair Bolsonaro comemorou a soltura do ex-presidente Lula em 2019, ainda no primeiro ano de governo.

“O presidente não fez nada [para reverter a decisão]. E, na verdade, o que a gente sabia é que o Planalto, o presidente comemorou quando o Lula foi solto em 2019 porque ele entendia que aquilo beneficiava ele literalmente. Então, ele não trabalhou para manter a execução em segunda instância”, disse Moro.

Na tanta de atrair os eleitores arrependidos que votaram em Bolsonaro, o ex-juiz voltou a dizer que era o chefe do Ministério da Justiça o inquilino do Planalto sabotou seu trabalho e o combate à corrupção.

“Ele não fez nada disso. Ao contrário, começou a sabotar o que eu fazia. Até que chegou em um momento que eu simplesmente saio [da pasta]”.

Assista a entrevista na íntegra!

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Alexandre Neres

04 de dezembro de 2021 às 01h23

Já disse mil vezes que um sapateiro não deve ir além das tamancas, mas esse asno não se emenda…

Não se pode esperar, por óbvio, que qualquer criminoso aja conforme a lei. No entanto, ao juiz que não é consagrado como suspeito e parcial, nulidade das mais gravosas, espera-se que siga os ditames legais. Pra qualquer cidadão liberal e cônscio do estado democrático de direito é assim, não estou nem falando do progressista. Todavia, é fácil entender o raciocínio lavajatista e tacanho do conservador. Ele acha que o juiz pode desrespeitar e descumprir a lei “se for para o bem”, nisso o juiz ladrão mostrou que era craque. Para ele, bandido bom é bandido morto! Para ficar mais clara a linha do comentarista EdsonLuiz, vou exemplificar e mostrar qual é a causa atávica da sua visão anuviada. Tal qual o juiz, que só deve agir em observância ao ordenamento legal, cabe ao policial militar proteger a integridade física e moral do cidadão, mas na prática sabemos que as coisas não funcionam assim por essas plagas. O tratamento que o policial dispensa ao cidadão, sobretudo se for negro e pobre, é o esculacho, igual aquele policial levando o jovem algemado na moto. A juíza disse não ter visto nada de mais naquilo. É a mesma linha seguida por nosso comentarista, que define de antemão que certos tipos físicos são característicos de bandidos, tais como negros, nordestinos, retirantes, operários, para os quais é justificável que o aparato policial e judicial extrapolem a conduta permitida em norma, afinal de contas estamos acostumados com isso desde que fomos moldados em um regime escravagista. Por fim, indo para a seara da economia e do liberalismo, cabe uma palavrinha sobre a corrupção cometida por dirigentes das empresas, aos quais diga-se de passagem nenhum cumpriu pena por causa da força-tarefa, só foram encarcerados durante um tempo para que fossem obrigados a bater com a língua nos dentes nas masmorras de Curitiba pelo Torquemada. Pergunto à topeira se por um acaso já leu o liberal Mandelville tratar dos “vícios privados, benefícios públicos”. Sinceramente, tenho preguiça desses moralistas sem moral, punitivistas toscos, discípulos de Simão Bacamarte. Aff! Tal qual Serjo Morto, EdsonLuiz é monotemático, parece que fica salivando quando aborda o tema corrupção, como se fosse a questão mais importante da República, antes da miséria, da desigualdade, da sonegação de impostos etc. etc. etc. O duro é acreditar que com essa visão de mundo tenha a pachorra de se autoproclamar progressista, não tendo aprendido até hoje a lição histórica recorrente em nosso país no sentido de que os conservadores utilizam-se do mote da corrupção para malferir a democracia. O caso é de ingenuidade ou de má-fé?

Responder

Edilson Boente

03 de dezembro de 2021 às 19h02

Se Moro está preocupando tanto a direita quanto a esquerda é sinal de que está no caminho certo. Moro 2022.

Responder

Walter

03 de dezembro de 2021 às 07h39

1°: A prisão de Lula foi totalmente ilegal.
2° Quem tem a estupidez de acreditar nesse picaretão ,que acusa mas não
prova nada, ele ganha o Bolsonaro em mentir .

PS: Moro e Joaquim Barbosa os dois maiores picaretas da história da Justiça Brasileira.

Responder

EdsonLuiz.

02 de dezembro de 2021 às 22h37

Correção (ao comentärio abaixo):
Um juiz pode, eventualmente, agir ao arrepio do arcabouço legal. Se acontecer assim, corrija-se.

Responder

EdsonLuiz.

02 de dezembro de 2021 às 22h30

Um juiz pode, eventualmente, agir ao arrepio do arcabouço legal. Se acontece de um juiz agir assim, corrija-me; o arcabouço legal ė para ser cumprido. Afinal, o arcabouço legal existe para a blindagem da lei à possibilidade de não se realizar a justiça!

Agora: UM CORRUPTO SEMPRE AGE AO ARREPIO DA LEI!

SEMPRE!

Reclamar de descumprimentos acessórios da lei e exigir que o rito seja restabelecido é um direito de qualquer réu, mesmo que seja um corrupto; já se aproveitar do descumprimento de ritos da lei para, sem questionar as provas que dizem que o canalha ė corrupto, esse canalha (porque ė isso mesmo: todo corrupto é um canalha) se livrar de ser julgado, fugindo das provas, é injusto com a sociedade roubada pelo canalha corrupto!

Um corrupto age sempre ao arrepio da lei. E um corrupto age ao arrepio da lei quase sempre em conluio com outros corruptos políticos, que têm que ter seus mandatos e direitos políticos cassados, mas não no Brasil, que aqui parece que praticar crime não é crime.

Um corrupto age ao arrepio da lei quase sempre em conluio com outros empresários corruptos. Quando såo os empresärios e as empresas os corruptores de polįticos, fazer o quê? Deixar as empresas e os empresários corruptos continuarem agindo no mercado? Deixar essas empresas corrompendo outros polįticos e outras empresas? Deixar essas empresas corruptas prejudicarem os empresários e as empresas honestas. Empresas honestas não conseguem competir com o doping que significa a corrupção para a economia.

Eu pergunto muito a sério: vocē acha que empresas corruptas devem mesmo ser protegidas?

Outra pergunta: você acha que proteger empresas e empresários corruptos é o certo a fazer em favor da economia?

E as empresas honestas na economia devem fazer o quê? Fecharem as portas e demitirem funcionários para que o sistema econômico e empresarial corrupto domine? Porque isso, empresas e empresärios corruptos, é melhor para a economia?

Ou, para a economia, empresa e empresários corruptos devem ser retirados do mercado?

Responder

Paulo Silva

02 de dezembro de 2021 às 21h40

Materia mentirosa e questionável, moro não disse nada sobre Bolsonaro comemorar a soltura de lula no vídeo.

Responder

Kleiton

02 de dezembro de 2021 às 20h40

Que fim de carreira para esse Kim Kataguiri de meia idade…se perdeu completamente.

Responder

Tiago Silva

02 de dezembro de 2021 às 13h05

Tudo que esse “Juiz Ladrão” falar… Vai precisar de uma “Vaza-Jato” para confirmar, senão é mais uma dissimulação desse juiz politiqueiro que se acoberta da impunidade desde o Banestado.

Responder

Paulo

02 de dezembro de 2021 às 12h22

Eu acredito…Bolsonaro queria Lula de adversário, mas não contava com a volta de Moro.

Responder

Alexandre Neres

02 de dezembro de 2021 às 12h01

Talvez o marreco de Maringá ache normal o que ele fez ao impedir a soltura de Lula quando estava de férias em 2018, se articulando com a polícia federal para descumprir decisão judicial, mancomunando-se com a Liga da Justiça, em vez de revertê-la nas instâncias apropriadas. Despiciendo dizer que ao arrepio do arcabouço legal, como de costume.

Responder

Deixe um comentário

O 2021 de Ciro Gomes O 2021 de Lula Parlamentarismo x Semipresidencialismo: Qual a Diferença? Fernanda Montenegro e Gilberto Gil são Imortais na ABL: Diversidade Auxilio Brasil x Bolsa Família: O que mudou?