Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Estadão distorce depoimento de Lula

Por Redação

22 de janeiro de 2016 : 20h31

Até quando os jornalões vão continuar distorcendo e mentindo descaradamente? Por essas e outras que o jornalista Luís Nassif disse hoje em sua coluna que se continuar desse jeito, é melhor ler os Revoltados Online.

O que diferenciava os jornais de blogs ultrarradicais, tais como os Revoltados Online, era a seriedade e o discernimento na cobertura das notícias. Hoje em dia não mais.

***

Estadão distorce depoimento de Lula

do Instituto Lula

Em sua desesperada campanha para envolver o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em atos ilícitos que jamais foram cometidos, O Estado de S.Paulo voltou hoje (22) a manipular informações sobre a edição de medidas provisórias dirigidas ao desenvolvimento regional.

Lula jamais admitiu que tenha havido “compra de MPs” em seu governo ou que tenha tratado com lobistas sobre sua edição. O que ele chamou de “coisa de bandido” foi uma suposição levantada pelo delegado, que pediu a Lula para formular juízo sobre uma palavra “no sentido pejorativo”.

Isso fica bem claro na leitura do depoimento prestado por Lula ao delegado Marlon Cajado na condição de informante (nem como testemunha, nem como investigado) em 6 de janeiro deste ano, páginas 5 e 6:

(…) apresentado ao Documento 04, o qual trata de trecho encontrado em material computacional do escritório da Marcondes e Mautoni, que trata da MP 512/2010, afirmando que, “a MP foi combinada entre o pessoal da Fiat, o presidente Lula e o governador Eduardo Campos, e perguntado se a informação procede, o declarante [Lula] diz que “combinação”, nesse sentido pejorativo, é “coisa de bandido” e que não ocorreu, esclarecendo que se reuniu algumas vezes com o então governador do Estado de Pernambuco, Eduardo Campos, o qual levou Beline [Cledorvino Belini, presidente da Fiat América Latina e presidenta da Anfavea de 20 10 a 2013], não se recordando se ele estava na condição de representante da Fiat e/ou de presidente da Anfavea, e que foram esclarecidos os benefícios da construção da fábrica da Fiat em Pernambuco (…)

No mesmo depoimento, Lula esclareceu que as MPs 471/2009 e 512/2010 foram debatidas com governadores, líderes políticos, sindicais e empresariais dos Estados do Nordeste, Norte e Centro-Oeste, para prorrogar e estender a novos projetos os incentivos fiscais estabelecidos desde 1997 e 1999 às indústrias automotivas e de autopeças nestas regiões.

Desde 1o. de outubro de 2015, O Estado de S. Paulo vem tecendo uma rede de desinformação sobre estas MPs, sonegando ou falseando dados sistematicamente, em prejuízo de Lula, de seus familiares e dos leitores. A obsessão do jornal é vincular a edição das MPs (ou qualquer ato do ex-presidente Lula) a um suposto favorecimento a empresas e escritórios de lobby e consultoria.

Mesmo tendo sido informada que a empresa LFT, de Luiz Cláudio Lula da Silva, só foi contratada para prestar serviços à Marcondes e Mautoni em 2014, a reportagem do Estado omitiu deliberadamente este fato e associou o contrato à MP editada em 2009, cinco anos antes.

Exposta publicamente esta incongruência, o jornal tentou vincular o contrato à compra dos caças suecos Grippen, decidida pelo governo brasileiro em dezembro de 2013, quando Lula não era mais presidente da República.

As duas hipóteses foram negadas por Lula, por serem absurdas, como se pode conferir na íntegra do termo de depoimento do ex-presidente à Polícia Federal, que está ao final desse texto.

As notícias manipuladas do Estadão levaram o jornal a acreditar em seus próprios delírios, a ponto de afirmar que “o esquema (de compra de medidas provisórias), que resultou na Operação Zelotes, foi revelado numa série de reportagens do Estado em outubro”.

Só Que Não

A Operação Zelotes foi deflagrada em março de 2015, a partir de investigações iniciadas em 2013, que apontaram o favorecimento de grandes empresas (inclusive do setor de comunicação) em decisões do Conselho de Administração de Recursos Fiscais (Carf). Os desvios seriam da ordem de R$ 19 bilhões.

A partir da “série de reportagens” do Estadão, como num passe de mágica, a Operação Zelotes se transformou numa devassa em torno do contrato da LFT com a Marcondes e Mautoni, e o desvio de R$ 19 bilhões sumiu do noticiário. A manipulação de hoje no portal do Estadão é mais um nó nessa teia de intriga e desinformação.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

33 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luiz Eduardo Ferreira

24 de janeiro de 2016 às 00h22

Incrível!!!

Responder

Isabella Fernandes

23 de janeiro de 2016 às 18h55

Novidade!!

Responder

Cilene Pares

23 de janeiro de 2016 às 16h02

Em sua desesperada campanha para envolver o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em atos ilícitos que jamais foram cometidos, O Estado de S.Paulo voltou a manipular informações …

Responder

Jorge Costa

23 de janeiro de 2016 às 14h44

https://youtu.be/PSVwHWc1860

Responder

Thethê Passos

23 de janeiro de 2016 às 14h35

Até quando o Lula vai deixar de mentir.

Responder

Regina Araujo

23 de janeiro de 2016 às 13h24

É tantas mentiras contra o Lula, que se um dia eles falarem a verdade, não vou acreditar .

Responder

Paulo Ribeiro Jr.

23 de janeiro de 2016 às 12h31

Mais um pedido de desculpas Luis Gustavo Santos isso só fortalece, vem pra rua? Hoje não ! rssssss

Responder

Marcos Capanema

23 de janeiro de 2016 às 11h59

Todos são de esquerda , quando falam alguma coisa coisa contra a esquerda podre é por que a notícia já caducou . Qualquer coisa que disserem do lulalau é pouco .

Responder

    Zildo Noh

    23 de janeiro de 2016 às 18h01

    Fumou meu caro, ou e babaca mesmo??

    Responder

    Marcos Capanema

    23 de janeiro de 2016 às 19h54

    Zildo Noh quem defende o comunismo sou eu ou VC?

    Responder

    Marcos Capanema

    23 de janeiro de 2016 às 20h36

    Se FHC não tivesse privatizado a vale do rio doce seria mais uma pra ptralhada roubar , como fez na Petrobras , destruindo tudo ,pois é só o que sabem fazer e ficar cacarejando como galinhas.

    Responder

Graça Melo

23 de janeiro de 2016 às 11h23

A mídia golpista, já caiu no descrédito do povo que já considera lixo.

Responder

Elisiane Filipetto

23 de janeiro de 2016 às 10h40

Para variar.

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

23 de janeiro de 2016 às 10h31

ou Lula fique calado, não dë entrevista

Responder

Vera Lucia Alves Milanez

23 de janeiro de 2016 às 10h30

Lula não pode pedir direito de resposta?

Responder

Marta Fagundes Galvão

23 de janeiro de 2016 às 03h24

Vai ser sempre assim! Erros e mais erros, cachorrada.

Responder

Anderson Zamir De Moura Lima

23 de janeiro de 2016 às 03h00

por que o cafezinho defende tanto o LULA …….. :

Responder

    Vicente

    23 de janeiro de 2016 às 08h48

    Porque não é bobo de acreditar na rede globo igual a muitos….

    Responder

Marli Vania Ramos

23 de janeiro de 2016 às 02h19

Vamos aguardar para ver quem tem razão !!!

Responder

enganado

22 de janeiro de 2016 às 23h28

O Partido da Mídia = GAFE+rede bunderantes já foram comprados pela Imprensa Empresa Press_tituta Internacional Anglo-Sionista-Imperialista (AIPAC), há muito tempo, para derrubarem quaisquer governo que não obedeçam os caprichos dos Donos da Banca Internacional Anglo-Sionista-Imperialista (AIPAC). Representantes no P$BD/DEM (partidos políticos), governo (PF_DB/STF_DB/TCU_DB/Justiciário_DB), zé povinho=coxinhas, … . Então fica o alerta contra os APÁTRIDAS=FHC=çERRA=PÓECIO= … que podem até vencer! Mas que terão sempre resistências em favor da Pátria.

Responder

Josias Vicente

23 de janeiro de 2016 às 01h01

Depois que criaram o papel higiênico, esses jornais perderam toda sua finalidade…

Responder

Rafael Magrini Moreira

23 de janeiro de 2016 às 00h56

Esses jornalões, como Estadão e FSP, estão gradativamente perdendo toda confiabilidade. Ninguém que tenha discernimento se fia em suas notícias sobre política, a não ser um público dinossauro. E estes dinossauros não têm jeito mesmo, porque eles estão há tanto tempo tão condicionados por se balizar por essas leituras que continuarão assim até o final da era jurássica.

Responder

Flavio Gasparetto

23 de janeiro de 2016 às 00h36

A palavra ‘verdade’ simplesmente não existe para essa mídia LIBERTINA!

Responder

Silvio Guedes

22 de janeiro de 2016 às 22h18

A lava jato está a serviço da mídia lixo. A mídia está atirando a esmo por desespero. A mídia lixo desde quando existiu no Brasil, sempre teve lado, o lado dos escravocratas, dos banqueiros sem pátria, dos políticos corruptos comprados, da justiça praticada por juízes corrompidos, sempre do lado dos exploradores do povo dessa terra. Agora não tem como esconder o tempo todo da população brasileira, porque temos WEB, por fim a mídia lixo teve de assumir a própria existência que é covarde e traidora.
O plano A e B parece que está ficando distante.
Plano A do golpe do PSDB/mídia lixo, eliminar do governo a presidente Dilma e o vice Temer convocando novas eleições para evitar que as investigações os peguem, o plano B do golpe do PSDB/mídia lixo, colocar o Temer no lugar da presidente Dilma e aplicar a pauta “ponte para o inferno” de brutal retrocesso e evitar a justiça nos pés deles, plano C é sangrar o país com a ajuda da mídia lixo até as eleições de 2018, sem proposta para o país e agredindo a economia como um todo, esperando que essa mesma mídia lixo ao esconder os crimes deles os relance novamente ao poder, a mídia lixo quer ladrões no poder senão não sobrevive. Existe a visibilidade dentro do plano C do grupelho PSDB/mídia lixo também de destruir a reputação de qualquer político que possa ser presidenciável e que os contrarie nos seus planos de entrega de nosso país. O plano A e B parece que está ficando distante, mas fiquemos a postos porque ainda tem o TSE que ao que parece não está isento de interesses partidários, para acompanharmos de perto e não permitir injustiças que atentem contra a soberania do Brasil. Precisamos lutar contra o plano C, o povo brasileiro espera que a JUSTIÇA faça seu trabalho e encarcere também os tucanos corruptos junto com políticos mafiosos de outros partidos aliados deles, mais seus representantes da empresa mídia lixo que vem detonando o país em qualquer época.

Responder

Leo Sérgio Campos

22 de janeiro de 2016 às 23h56

Parece que a maioria da MIDIA, não se importa com a verdade, lasca qualquer manchete, distorce, e quer que o povo , leia, vejam o que acontece com a revista , VEJA, de tanto mentir, tá sem credibilidade e leitores,.

Responder

Rosa Nunes

22 de janeiro de 2016 às 23h56

E só nós aqui no face defendendo Luls

Responder

    Paulo Degering Rosa Junior

    23 de janeiro de 2016 às 01h15

    Não é questão defender o Lula. Não deve ser. É questão de defender a verdade, seria ela de onde for.

    Responder

    Rosa Nunes

    23 de janeiro de 2016 às 01h18

    Eu defendo Lula Cada um faz o que quiser

    Responder

Jandher Campana

22 de janeiro de 2016 às 23h12

Esses caras poderiam desentortar bananas.

Responder

Jose Silva

22 de janeiro de 2016 às 22h47

esse negócio d chamar blogueiros não d certo a mídia golpista lê vê fala opa achamos uma brecha da nisso

Responder

Fátima Diniz Ferreira

22 de janeiro de 2016 às 22h46

Só pra variar.

Responder

Deixe um comentário