Fundador do Instituto Ideia vê chance de Lula vencer no 1° turno

Governo: IstoÉ mente mais uma vez!

Por Miguel do Rosário

22 de abril de 2016 : 09h55

Charge: Atroz

#GovInforma: a nova mentira da IstoÉ

Por Giles Azevedo, no Blog do Planalto

A reportagem de capa da revista IstoÉ desta semana é mentirosa. Reúne uma série de inverdades sem qualquer correspondência com a realidade. Afirma se basear em depoimento da proprietária da empresa Pepper, cujo conteúdo é desmentido publicamente pela própria depoente. Não me procurou para ouvir a minha versão, ferindo regras básicas de um jornalismo ético e imparcial. Não apresentou provas do conteúdo do depoimento, dos elementos da delação premiada e nem revelou suas fontes. Também não ouviu a própria depoente, ou mesmo, seu advogado.

Com esta reportagem, apenas a revista confirma seu claro alinhamento político com forças contrárias ao governo e reitera uma obsessão: a de atingir pessoalmente a honra da presidenta da República ou de pessoas que lhe são próximas.

Nunca orientei ninguém à prática de quaisquer irregularidades, nem participei de atividades de captação de recursos em campanhas eleitorais da presidenta da República. Minha única atividade foi a de organizar a agenda de viagens, participações em comícios, panfletagens e presença em palestras e debates.

A revista também falta com a verdade quando apresenta a criativa versão de que eu teria atuado como uma espécie de orientador da proprietária da Pepper. Nunca estive na sua casa, não participei de qualquer discussão sobre a atuação da empresa ou mesmo sobre a remuneração dos seus serviços por quem quer que seja. Sei apenas que todos serviços que prestou na campanha de 2010 foram contratados e pagos pelo PT de maneira legal, oficial e declarada à Justiça Eleitoral.

Tomarei de imediato todas as medidas judiciais, em âmbito civil e criminal, contra esta revista e os responsáveis por esta reportagem caluniosa, em defesa da minha imagem e da minha honra.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Eder Barbosa de Sousa

22 de abril de 2016 às 13h09

A DIREITA USA A TÁTICA FASCISTA DE ACUSAR SEMPRE, MESMO NÃO SENDO VERDADE. É COMO JOGAR PENAS DA TORRE, MESMO QUE SE CATE MUITAS, NEM TODAS SERÃO CATADAS. FICA A MALEDICÊNCIA E É ISSO QUE INTERESSA AOS GOLPISTAS, A MALEDICÊNCIA!. É ASSIM QUE AGE ESTA REVISTA, A GLOBO, A VEJA, A FOLHA, O ESTÃO E OS BLOGS DA DIREITA. TUDO É MOVIDO PELA MÁ-FÉ.

Responder

Manoel Teixeira

22 de abril de 2016 às 10h13

Seguindo a linha de raciocínio de Dilma quanto à rede Globo quando ele dizia que bastaria o espectador usar o controle remoto, basta não ler a IstoÉ.
Será que Dilma está entendendo que a imprensa faz parte ,desde o século passado, do PIG?
Estranho, pois a Presidente Dilma fez tudo para atrapalhar a regulamentação da mídia….
Como ficou, no final, a cobrança da sonegação da Globo? A PF e a Receita Federal não vão cobrar os Marinhos? E o sumiço do processo da sonegação da Globo na Receita Federal, que fim levou?
Chorar depois do leite derramado não resolve.
A luta é política e ideológica. Ser a Presidente de centro significa que não é a Presidente de ninguém. Tem que ter lado.

Responder

    Octavio Filho

    22 de abril de 2016 às 10h37

    Os documentos roubados SUMIRAM. Mas os advogados da globo, num gesto legalista, entregaram cópias do processo, que eles possuíam, a Receita Federal. A servidora da Receita Federal, que roubou o processo, foi julgada e condenada, mas não ficou presa. Não tenho certeza, mas eu acho que ela não conseguiu se aposentar. Apesar da pressa de sua chefia para que a mesma pudesse gozar de sua “merecida” aposentadoria. Porém, vive muito bem financeiramente. Mora em um condomínio de luxo. O processo conduzido pelo MP do RJ foi muito interessante. Diferentemente do que acontece se a pessoa tiver alguma ligação com o PT, durante as investigações não quebraram o seu sigilo bancário e nem telefônico. Apesar de terem descoberto que ela já tinha praticado anteriormente vários crimes para acobertar outras empresas, que tinham sido multadas. No caso da globo, parece-me que o MP verificou que ela não ganhou nada em troca. Talvez ela tenha praticado este crime por amor ao Faustão ou ao Luciano Huck ou talvez a algum outro grande ídolo da globo. Não haveria, realmente, por que do MP e do Judiciário carioca suspeitar que a globo tivesse alguma culpa no cartório. Afinal, crime é coisa de petralhas.

    Responder

    Octavio Filho

    22 de abril de 2016 às 10h39

    Esqueci de mencionar.
    ” A PF e a Receita Federal não vão cobrar os Marinhos?”
    Acredito que não só estas instituições devem ter cobrado. O MP e o Judiciário carioca também. E o valor não deve ter sido baixo.

    Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina