Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Dilma desmonta argumentos do golpista para separar a chapa

Por Miguel do Rosário

03 de abril de 2017 : 19h41

(Foto: Beto Barata / PR)

No site da Dilma

Temer usou ‘conta de passagem’, sustenta defesa de Dilma
3 DE ABRIL DE 2017

Advogados encaminham petição ao TSE em que detalham planilha da contabilidade da chapa vitoriosa em 2014, derrubando o argumento da separação de Dilma e Temer no processo movido pelo PSDB

A defesa de Dilma Rousseff entregou ao Tribunal Superior Eleitoral planilha detalhando a contabilidade da chapa eleita em 2014 nas eleições presidenciais. A petição foi encaminhada ao ministro Herman Benjamin, relator do processo que analisa no TSE o pedido de cassação da chapa Dilma-Temer apresentado pelo PSDB. O julgamento começa nesta terça-feira, 4.

Os advogados entregaram a prestação de contas, única, apresentada à Justiça Eleitoral pela campanha, assinada em conjunto por Dilma Rousseff, Michel Temer e Edinho Silva. A defesa insiste que não é possível separar as contas da campanha, como argumentam os advogados de Michel Temer. A tese da separação vem sendo usada pelo PMDB para pedir ao TSE que puna apenas Dilma, sem impôr punição a Temer, caso a chapa venha a ser cassada pela maioria da corte.

As planilhas entregues pelos advogados revelam que a campanha arrecadou R$ 350 milhões, sendo R$ 330 milhões nas contas em nome de Dilma Rousseff e R$ 20 milhões da conta em nome do então vice-presidente Michel Temer. Do total arrecadado por Temer, R$ 9,6 milhões vieram do PMDB e quase 17 milhões foram transferidos às candidaturas estaduais do partido. Ou seja, a conta de Temer foi usada como “conta de passagem” para os candidatos do PMDB.

Na petição, os advogados comprovam que outros R$ 3 milhões foram usados na campanha Dilma-Temer. Isso representa menos de 1% do total arrecadado, sendo que R$ 2 milhões tiveram como destino a contratação de um único fornecedor: a Gráfica Noschang, propriedade de um amigo de Eliseu Padilha, localizada em Tramandaí, no Rio Grande do Sul.

Os documentos comprovam ainda que a conta bancária utilizada por Temer, que integra a única prestação de contas da chapa, não teve relevância para a realização da campanha presidencial, sendo mera “conta de passagem ao PMDB”. Além do mais, fica claro que o candidato a vice foi diretamente beneficiado pela arrecadação das demais contas-correntes de campanha sob a titularidade da presidenta reeleita em 2014.

COMPROVANTES

A defesa de Dilma entregou, além da planilha, cópias de comprovantes, atestando que todos os gastos de campanha presidencial envolvendo Michel Temer foram suportados pela arrecadação proveniente das contas-correntes de Dilma. Todos os recibos eleitorais arrecadados em doações depositadas na conta de Temer foram assinados exclusivamente pelo tesoureiro da campanha da reeleição Edinho Silva.

Isso inclui despesas, por exemplo, de fretamento de avião particular, alimentação, hospedagem, locomoção, salários da chefe de gabinete, assessores de imprensa, advogado e todo o material gráfico, além de gastos com palanques, comícios e carreatas, bem como de todo material publicitário de TV e internet desenvolvido pela equipe de João Santana.

RELATÓRIO

Na última sexta-feira, 31 de março, a defesa de Dilma protocolou ainda outro pedido ao ministro Herman Benjamin, para que procedesse à retificação de seu relatório final e comunicasse aos demais integrantes da corte. Isso porque, de acordo com a defesa, o relatório contém dois erros na narrativa dos fatos, na página 75.

No relatório, Benjamin afirma que a defesa não se omitiu, como incorretamente apontou o relator. Os advogados haviam apresentado petição de nove páginas justificando razões para proceder a análise de 8 mil documentos, que acabou sendo indeferido pelo ministro. Portanto, não houve omissão, como indevidamente aponta Herman Benjamin. A petição foi negada, mas não se justifica a afirmação de que nada teria sido apresentado pela defesa de Dilma.

ASSESSORIA DE IMPRENSA
DILMA ROUSSEFF

Cópias dos recibos encaminhadas ao TSE (Arquivos em PDF).
Recibos Anexo 132
Recibos Anexo 133
Recibos Anexo 134
Recibos Anexo 135

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

24 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Ruan

05 de abril de 2017 às 14h03

esse Blog foi o que mais recebeu dinheiro do governo Dilma, por isso só fala merda esquerdista.

Responder

Almir Fabricio

04 de abril de 2017 às 19h12

Quem fugiu?

Responder

Almir Fabricio

04 de abril de 2017 às 19h12

Ô Cafezinho está chamada está dúbia…

Responder

Roberto Neiva

04 de abril de 2017 às 02h47

O cafezinho é o MBL vermelho…………….sem credibilidade.

Responder

    Carrapa-VK

    04 de abril de 2017 às 08h41

    O Cafezinho MOSTRA DOCUMENTOS OFICIAIS, o MBL fala se provas. Há muitas diferenças aí.

    Responder

    Andre Massao Noce

    05 de abril de 2017 às 19h48

    Kkkkkk… Golpista defendendo o seu governo golpista corrupto é hilário…

    Responder

Roberto Neiva

04 de abril de 2017 às 02h46

Dilma ?……..receberam quanto do governo Dilma ?

Responder

Julio Szalay Neto

04 de abril de 2017 às 01h00

Fato

Responder

Anônimo

03 de abril de 2017 às 20h26

todo mundo sabe que tudo isso é palhaçada, no fim o que vai valer é o que o gilmar e os marinhos decidirem

Responder

Maria Teresa Pontes

03 de abril de 2017 às 23h22

Foi o primeiro a inaugura-la.

Responder

Julio Cesar

03 de abril de 2017 às 23h21

Sabe o que aconteceu com quem inventou a “Guilhotina”?

Responder

João Cláudio Fontes

03 de abril de 2017 às 23h05

Fora Temer ! Indiretas já ! Brasil urgente , Lula presidente !

Responder

Nelson Cabral

03 de abril de 2017 às 23h02

Fora Temeroso.

Responder

Cândido Júnior

03 de abril de 2017 às 23h02

Salve o Michel Temer, e ao mar Dilma… Dirá o capitão do navio Gilmar Mendes! Podem apostar…

Responder

Samuel Da Silva Sousa

03 de abril de 2017 às 22h45

OS DOIS SERÃO ASSASSINADOS.

Responder

José Roberto Muniz

03 de abril de 2017 às 22h44

E, claro, vcs acreditaram, né? Seria mentira se fosse Michel Temer, né? Tá brabo para vcs!

Responder

    Marcos Silva

    04 de abril de 2017 às 14h34

    Sai desse Facebook e vai tomar o remedinho!

    Responder

    José Roberto Muniz

    04 de abril de 2017 às 14h41

    Marcos Silva miguxo, cuidado: vc está endo manipulado. Para de ficar lendo somente o face do Brasil 247, do O Cafezinho, do PT, de Janete e da Jararaca e seus livros. Estuda, migo, porque conhecimento liberta. Qualquer coisa eu posso te indicar algumas leituras libertadoras. Bjs, Guxo!

    Responder

    Marcos Silva

    04 de abril de 2017 às 15h01

    José Roberto Muniz, Sou doutor e falo três línguas. Obrigado pela conselho, preciso estudar mais.

    Responder

    José Roberto Muniz

    04 de abril de 2017 às 15h58

    Marcos Silva, miguxo, vc é doutor e fala três línguas e ainda continua manipulado e alienado??? Oxente! Guxo, nem tudo está perdido. Eu posso te ajudar. Bjs, miguxo!

    Responder

    Marcos Silva

    04 de abril de 2017 às 18h12

    José Roberto Muniz, Pode sim. Estou vendo a sua estatura intelectual. (Mas esse menino insiste em não tomar o remedinho.)

    Responder

    Maria Bonato

    04 de abril de 2017 às 20h20

    Marcos Silva…….

    Responder

Deixe um comentário