Entrevista de Haddad ao SBT

Bolsonaro volta a crescer no 1º e no 2º turno

Por Miguel do Rosário

01 de outubro de 2018 : 21h28

O Ibope divulgado hoje mostra que Jair Bolsonaro que tinha apresentado estagnação no primeiro turno e queda no segundo, nas últimas semanas, voltou a se fortalecer em ambas as situações.

No primeiro turno, o deputado cresceu 4 pontos, enquanto Haddad ficou parado.

Ciro ficou na mesma, com 11 pontos, mas decididamente à frente de Geraldo Alckmin, que pontuou 8%, ao contrário do que vinham mostrando pesquisas por telefone.

Haddad agora voltou a empatar com Jair no segundo turno, em 42% X 42%; o petista ficou parado, enquanto Bolsonaro cresceu 4 pontos.

Apenas Ciro Gomes ganha com folga de Bolsonaro no 2º turno, por 45% X 39%, o que é facilmente explicável politicamente: Ciro consegue votos da esquerda e de parte dos eleitores críticos ao PT, mas que também não querem Bolsonaro, e que, por isso, tem facilidade para crescer no segundo turno.

Haddad recebe apenas votos da esquerda, mas tem dificuldade para se expandir seu eleitorado, por causa da alta rejeição ao PT, que já começa a ser transferida para seu nome.

 

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

230 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Cristiano

02 de outubro de 2018 às 22h05

Esmorecer jamais.

Responder

Brasileiro da Silva

02 de outubro de 2018 às 19h28

Datafolha acaba de confirmar o Ibope:
Bolsonaro 32 x 21 Haddad.
Rejeição de Haddad subiu 9 pontos e foi para 41

Responder

Régis

02 de outubro de 2018 às 17h51

na ideia de que todas as pesquisas merecem a nossa atenção, vejam o que diz o DataPoder sobre a quase unanimidade das pesquisas, e não a pesquisa Ibope enviesada de ontem:

https://www.poder360.com.br/opiniao/pesquisas/2018-e-a-eleicao-da-rejeicao-avalia-rodolfo-costa-pinto/

“Fazer previsões eleitorais é sempre empreitada arriscada. Todos os indicadores de todas as últimas pesquisas publicadas apontam para o mesmo quadro. Jair Bolsonaro estabilizado e Fernando Haddad em ascensão. Os demais candidatos em 1 patamar de intenção de voto bem abaixo dos líderes.”

estranho, não?

curioso que há vários especialistas alertando sobre incoerências na pesquisa de ontem, como, por exemplo, o gritante aumento de mulheres que votariam no coiso justamente com a fortíssima campanha do #elenão.

E a mudança na última pesquisa em relação às anteriores? Se for verdadeiro, é gravíssimo, pois pode ter sido arquitetada para direcionar a um resultado diferente dos anteriores, que privilegie tendências diferentes em relação às pesquisas anteriores do mesmo instituto.

https://twitter.com/albertocalmeida/status/1047105996013916160/photo/1

no mais é isso. O Ciro virou o mesmo de sempre, cirando cirandinho.

Responder

Francisco

02 de outubro de 2018 às 17h49

“Transcrevo tópicos do artigo de Rodolfo Costa Pinto, [de hoje,] diretor do Datapoder360, ligado ao site Poder360, do jornalista Fernando Rodrigues.” (FB/Tijolaço)

1. “Todos os indicadores de todas as últimas pesquisas publicadas apontam para o mesmo quadro. Jair Bolsonaro estabilizado e Fernando Haddad em ascensão. Os demais candidatos em 1 patamar de intenção de voto bem abaixo dos líderes”.

2. O capitão do Exército na reserva varia de 1/4 a 1/3 das intenções de voto. Haddad ocupa o espaço que estava guardado ao “candidato de Lula“. Os 2, inclusive, já podem estar empatados – como indicou a última pesquisa divulgada pelo DataPoder360.

3.Os números revelam que tanto os eleitores de Bolsonaro quanto os de Haddad já estão consolidados e não devem mudar de opinião.

4.Seja Haddad ou Bolsonaro que termine o 1o turno numericamente à frente, no 2oturno o nível de rejeição será decisivo. As campanhas terão tempo de televisão e rádio iguais. O clima de polarização política no país significa que qualquer erro pode ser fatal para cada 1 dos candidatos.

5.Os ataques vão se intensificar de ambos os lados. Ao mesmo tempo que tentarem desconstruir o adversário, os candidatos terão de saber construir pontes e selar alianças para vencer a eleição.

Responder

Cristiano

02 de outubro de 2018 às 17h35

Essa pesquisa foge muito o resultado de pesquisas anteriores.

Responder

Patrice L

02 de outubro de 2018 às 17h17

* ciristas

Responder

    Cristiano

    02 de outubro de 2018 às 17h38

    Na hora de votar muitos mudam, toda eleição acontece isso. As pesquisas vão se corrigindo para um valor mais real praticamente na hora do voto.

    Responder

Patrice L

02 de outubro de 2018 às 17h13

Tenho simpatia pelo voto ideológico, pelo partido e candidato(a) preferidos. E também por não ficar procurando culpados por isso ou aquilo.

Compreendo que fazer campanha é o tempo todo apontar-se a si mesmo(a) como melhor em relação a outras opções.

Mas vejo com extrema preocupação o que se diz, como se diz, quando se diz e para quem se diz alguma coisa que, para além de muito questionável, é de repercussão muito grave.

Neste sentido, o Ciro e muitos cristãs estão tirando nota zero. Infelizmente.

https://jornalggn.com.br/noticia/o-sistema-se-entrega-a-bolsonaro-por-luis-nassif

Responder

André Romero

02 de outubro de 2018 às 16h32

Há tempos vinha dizendo aqui nos comentários que o fato do PT ser grande não significa – e nem seria inteligente nas circunstâncias atuais – que ele tinha de obrigatoriamente disputar a cabeça da chapa.
É só ver a história do PMDB, que é muito maior do que o PT no país em termos de poder político: antes de se aventurar agora com Meirelles, sempre abdicou de lançar o cabeça e participou ativamente de TODOS os governos desde a Redemocratização para cá, inclusive esse atual.
O PT poderia ter apoiado Ciro lá atrás, cuja força seria esmagadora e participado de seu governo que, apesar dos falsos argumentos dos fanáticos, Ciro não poderia abrir mão da considerável força parlamentar do PT por trás ano que vem.
Mas para a cúpula do PT, nada importa a não ser “tomar o Poder”, como falou o escroque do Dirceu, num rasgo de sinceridade.
Agora estamos com o risco enorme de entregar o Poder para um psicopata, que pode muito bem abrir guerra declarada com metade da população ano que vem que não o apóia.
Parabéns, fanáticos. E ao menos uma vez na vida, tenham a decência e vergonha na cara de não culpar aqueles que vocês torpedearam lá atrás pelo fracasso de vocês, se esse se concretizar.

Responder

    Ricardo JC

    02 de outubro de 2018 às 18h46

    A verdade é que lá atrás, ninguém queria saber do PT. Toda a esquerda brasileira…eu digo toda, apostou que o PT estava morto e enterrado. O resultado das eleições de 2016, que foram péssimos para o partido, fez com que todos quisessem o PT longe. É só você analisar a quantidade de prefeitos que saiu do partido para concorrer em 2016. Vários deixaram o partido porque pensavam que osto seria prejudicial. Agora estão todos aqui, lamentando que o PT não quis apoiar ninguém e quis ir para o pleito com candidato próprio que, aliás, tem totais condições de vencer as eleições. Tenho simpatia pelas ideias do Ciro e votaria nele, com certeza, se fosse ao segundo turno com o “coiso”. Entretanto, a realidade é simplesmente cruel…ele não tem votos, aliás como nunca teve. A comparação com o PMDB é, no mínimo, infeliz. O PMDB, apesar de grande, com elevada capilaridade no país, nunca teve uma linha de atuaçao definida e jamais teve um nome que agregasse o povo ao seu redor. Depois da tentaiva com Ulisses, em que levou uma tremenda pancada, sempre preferiu ficar nas sombras. Aliás, sabemos bem o porque disso. Compará-lo com o PT é desonesto, até na questão eleitoral. Só lamento que os ciristas estejam acusando os petistas daquilo que eles mesmos estão fazendo, ou seja, sabotando uma candidatura de esquerda com este papo de é Ciro ou nulo. Quem será mesmo responsável pela vitória de Bolsonaro? (não acredito que vá ocorrer, mas certamente não serão os ciristas que nos levarão à vitória).

    Responder

      André Romero

      02 de outubro de 2018 às 21h34

      Infeliz por quê, caro Ricardo? Está me chamando de desonesto pela comparação? Eu não tracei um paralelo baseado em idoneidade dos dois partidos, até porque se tivesse de fazê-lo, tirando o discurso diferente, não veria absolutamente nenhuma diferença e podemos discutir esse ponto longamente. Nem a estrutura dos partidos tampouco suas motivações e objetivos importam: analisei a questão estritamente do ponto de vista de estratégia eleitoral.
      Meu caro, me perdoe mas o argumento desonesto é o seu, não o meu. Aliás, são dois argumentos desonestos, sem ofensa.
      O primeiro é dizer que os ‘ciristas’ estão sabotando alguém. Ora, quem sabotou foi o PT bem lá atrás, com seu projeto de poder pelo poder, quando fez o ultimato ao PSB para sabotar seu apoio e isolar Ciro e depois lançar um Haddad sem cacife político algum ou história, e que precisa colocar a máscara do Lula para crescer nas pesquisas, quando meio mundo dentro das próprias esquerdas alertou para a a enorme e persistente rejeição ao PT, os enormes ressentimentos que isso traria dentro das próprias esquerdas e os enormes riscos de entregar novamente o Poder para a Direita (a outra foi em 89), agora nas mãos de um verdadeiro terrorista e psicopata. Não foi por falta de aviso, cara.
      A segunda desonestidade argumentativa é pior: você diz que se Haddad e o PT ganharem, não serão os ‘ciristas’ quem farão a diferença, mas se o PT for derrotado a culpa serão dos adeptos de Ciro?
      Não tenho nem palavras para comentar isso, cara, na boa.
      Essa sua posição absurda é a síntese do modo petista de sempre lavar as mãos e culpar os outros pelos seus erros ou fracassos. E depois vocês ainda tentam nos convencer a votar no candidato de vocês.
      É provável que eu vote no Haddad para evitar um candidato pior, mas as pessoas tem sim todo o direito de anularem seus votos por não acreditarem no teu partido. Para essas pessoas sem esperança, notadamente os que votam com a esquerda, que o PT arque com as consequências de suas escolhas infelizes e manobras eleitorais, que coloca seus objetivos de poder acima do interesse maior da população que ele diz representar.
      E quem sou eu para não reconhecer o direito deles. E quem são vocês para criticá-los.

      Responder

Alan Cepile

02 de outubro de 2018 às 16h18

Esclarecedor! Chega de PT, nossa única chancce é Ciro 12:
https://www.facebook.com/CiraoGauderio/videos/1864298733654219/

Responder

    André Romero

    02 de outubro de 2018 às 16h40

    Alan, instigado por você, fui lá ver.
    Cara, não conhecia: esse vídeo é uma porrada na cara de todos os hipócritas daqui.

    Responder

      Francisco Vidal

      02 de outubro de 2018 às 17h36

      De modo geral, não é hipocrisia, meu caro. É paixão. Cega e doentia. Conheço pessoas que, trabalhando em governos estaduais, são sacaneadas por dirigentes petistas. Sabe qual é a reação dessas pessoas? Fé no partido… porque viram o partido nascer e crescer, porque se apegaram a ele. É irracional, meu caro. Eu já desisti de entender.

      Responder

        André Romero

        02 de outubro de 2018 às 19h33

        Sim, Francisco, também. Mas a hipocrisia é a arma deles para evocar uma falsa moralidade, justificar os descaminhos cometidos pelo partido e para apontar o dedo acusador para os outros por defeitos que eles cansaram de cometer.

        Responder

      Alan Cepile

      02 de outubro de 2018 às 18h34

      André, esse vídeo diz tudo, percorre toda a ENORME sequência de avisos que Ciro deu a Lula, é o vídeo que sintetiza a “esquerda que a direita adora” do pt, por isos, digo e repito, minha urna só tem o número 12, a “hegemonia” cavou a própria cova, então que se vire num provável 2º turno.

      Responder

    CezarR

    02 de outubro de 2018 às 17h39

    Esse vídeo foi postado ontem num comentário a um post do Gustavo Castanon e pelo jeito, viralizou hoje.

    Responder

Marcus Padilha

02 de outubro de 2018 às 15h28

O pior é o Miguel sequer se dar ao trabalho de analisar a “pesquisa”. Será que é porque a mesma corrobora a sua tese “Ciro salvador”???

Responder

Justiceiro

02 de outubro de 2018 às 15h05

Força, Miguel. Seu candidato ainda pode chegar (se a parada não for liquidada já dia 7). Basta roubar 6% dos votos do amarelão que ultrapassa a este.

pra cima do poste mijado, Cirão!!!!!!!

Responder

Foo

02 de outubro de 2018 às 15h01

A metodologia do Ibope mudou entre as pesquisas.

Não se pode dizer, portanto, que Bolsonaro subiu ou Haddad ficou parado.

Os resultados não são comparáveis.

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de outubro de 2018 às 16h31

    É mentira. O Ibope já desmentiu que tenha havido qualquer alteração na metodologia.

    Responder

      Jandui Tupinambás

      02 de outubro de 2018 às 17h03

      MENTIRA!!!

      Checamos várias vezes os questionários, utilizando o número do registro feito pelo Ibope no Tribunal Superior Eleitoral A pesquisa do dia 26/09 tem filtro diferente. A matéria agora à tarde recebeu, enfim, um esclarecimento do Ibope que pode ajudar a dirimir sua dúvida, visto que o Instituto confirma que usa outro filtro quando se trata de pesquisa contratada pela CNI. As demais pesquisas foram contratadas pelo Estadão/Globo.

      Responder

        Brasileiro da Silva

        02 de outubro de 2018 às 17h14

        Desculpe, não entendi sua resposta. O que o Ibope diz é nas pesquisas da CNI usa filtro diferentes. Mas se compararmos as 2 últimas, que não foram para a CMI, os filtros são os mesmos.

        Responder

Marcos Videira

02 de outubro de 2018 às 14h33

Ciro Gomes deve liderar, imediatamente, a formação de uma Frente Democrática para derrotar o fascismo e reconstruir o Estado Democrático de Direito.
Está mais do que evidente que o petismo alimenta o ódio, que é o combustível do fascismo.
O apelo dramático do empresário Ricardo Semler é um grito pela liberdade, racionalidade, civilidade.
Ciro: assuma seu papel de líder político e convoque à união os democratas !!!
(Miguel, faça esta minha mensagem chegar a Ciro Gomes, por favor).

Responder

    hocuspocus

    02 de outubro de 2018 às 14h58

    Vc é risível ,Ciro o pacifista !!!!!,aliás vc não é risível ,vc é patético

    Responder

      André Romero

      02 de outubro de 2018 às 18h25

      Patético é você, meu camarada, que depois de mostrar uma falsa capa de civilidade, chegando às vésperas das eleições e vendo que seu fantoche poderá perder como meio mundo previu, vem seguidamente mostrando sua verdadeira cara de petista fanático, agredindo pessoalmente os não-alinhados ao teu partido aqui no site.
      Deixe de ser deslumbrado, desce do teu pedestal e discuta com argumentos. Vá fazer propaganda e proselitismo lá nos teus sites satélites do PT, que expulsam quem discorda deles.

      Responder

    Alan Cepile

    02 de outubro de 2018 às 15h44

    Ciro é o ÚNICO que pode vencer o fascismo, não haverá outra saída, mas sabemos que isso não vai acontecer, então a esquerda não poderá chorar os 4 anos de perseguição que sofrerá com o bozo na presidência. Quanto ao PT, será apenas um partido que lá atrás um dia governou o Brasil e sumiu…

    Responder

Almir Bispo

02 de outubro de 2018 às 13h30

Só quero alertar aos militantes de esquerda que mesmo que Bolsonaro ganhe,para não se preocupar.Aqueles que escolherem Bolsonaro,futuramente vao se amargar disso.O povão vai sofrer,pastar e depois vão se lembrar do PT.A única coisa que os militantes podem ficar tranquilos é com relação a suas consciencia em saber que nós já avisamos sobre a possivel calamidade que Bolsonaro na presidencia causará.Quando aqueles amigos coxinhas estiverem mendigando nas esquinas,tente lembrar a ele.Quando aquele boyzinho que gritava “bandido bom é bandido morto” estiver sendo levado por PMs,para um becom escuro por ter sido confundido com comunista ,estiver esperneando,riem com vontade.Cada povo tem o governo que merece

Responder

    Cristiano

    02 de outubro de 2018 às 17h53

    E muitos que vão votar no 17 estão com a falsa percepção que ele vai corrigir o que é errado e transformar no que é certo. Aí que vem a grande questão muitos estão nesse grupo de errados e quando perceberem que terão que se enquadrar na “correção”, simplesmente não vão aceitar essa correção e serão os primeiros a questionarem o MITO. Ou seja a demagogia junto com a hipocrisia só aumenta. Vivemos numa democracia aparente e cheio de conveniências.

    Responder

João Ferreira Bastos

02 de outubro de 2018 às 12h51

Declaração de Alberto Carlos Almeida hoje:

O Ibope modificou o filtro da entrevista. Na pesquisa de ontem não foi entrevistado quem não votou nas últimas eleições. Por isso, a rigor os resultados não são comparáveis.

O Ibope modificou a posição no questionário da pergunta de rejeição dos candidatos. Na última pesquisa ela foi antecedida por uma pergunta sobre o apoio de Lula, na penúltima não foi assim.

Viés toda pesquisa tem, o importante é que seja constante. As modificações realizadas pelo Ibope entre as duas últimas pesquisas alteram a constância do viés.

Com isso o Ibope dá ao boçal, as condições para afirmar que houve fraude e outras cositas más.

Cabe ao PT e a todos os blogs de esquerda botarem a boca no trombone

Responder

    Foo

    02 de outubro de 2018 às 15h03

    Se o Miguel do Rosário tiver interesse na verdade, vai colocar uma baita ATUALIZAÇÃO nesta notícia.

    As pesquisas não são comparáveis, não se pode dizer que alguém subiu ou que o outro ficou estagnado.

    Responder

Damião Bonfim

02 de outubro de 2018 às 11h47

38% rejeição a Haddad (um ELE TAMBÉM NÃO! despontando contra o PT).

Responder

    hocuspocus

    02 de outubro de 2018 às 12h13

    Solução? ciro !!!!!…já era,aliás nunca foi

    Responder

NeoTupi

02 de outubro de 2018 às 11h38

Não brigo com pesquisas, nem as levo tão a sério, mas que tal tal cada um dizer como votará para o parlamento? Pois seja qual for o presidente eleito, dependerá do Congresso para conseguir fazer mais ou menos do programa de governo.
Meu voto:
Presidente: 13 Haddad LULA
Governadora: 13 Márcia LULA Tiburi
1o. Senador: 131 Lindbergh Lula
2o. Senador: 500 Chico Alencar Lula
Deputado Federal: 1322 Wadih LULA Damous
Deputada Estadual: 13021 Elika Takimoto

Responder

    Adam Smith Comuna

    02 de outubro de 2018 às 16h12

    Escrever Lula compondo o nome do Chico Alencar é uma blasfêmia ao deputado!

    Chico Alencar enquanto deputado do PT foi um grande crítico da continuidade da política macroeconômica do FHC por Lula! Em 2005 Chico saiu do PT e foi opositor de Lula e Dilma.

    Chico tem uma carreira política irrepreensível!

    Os deputados do PT no interior do Rio estão distribuindo santinhos pedindo voto para o golpista César Maia, junto com Lindemberg.

    Responder

      NeoTupi

      02 de outubro de 2018 às 18h57

      O voto é meu e eu declaro como eu quiser. Nesta eleição estou votando no 13 de cabo a rabo como desagravo à perseguição ao maior líder político mundial do ésculo XXI até agora. Como o 13 não tem 2 candidatos ao senado no RJ, eu voto no ideologicamente mais próximo disponível e não golpista, o Chico Alencar LULA, deixando claro a motivação de meu voto.
      Porque você não diz em quem vai votar para o parlamento e governador?

      Responder

        André Romero

        02 de outubro de 2018 às 21h45

        Meu amigo, se você abre mão do seu sigilo e vem aqui fazer proselitismo de seus candidatos, está botando a cara para ser criticado e com toda a razão.
        Assim sendo, eu te digo: Deus me livre de votar nesse Lindberg, cheio de denúncias de corrupção lá em Nova Iguaçu ou nessa triste e inexpressiva Tiburi, a do “c.ú precioso” e outras barbaridades.
        E o fato de você informar o seu voto não obriga ninguém a declarar também.

        Responder

          NeoTupi

          03 de outubro de 2018 às 00h49

          Romero, óbvio que ninguém é obrigado a nada. Óbvio que respeito o silêncio de quem deseja, mas não entendo essa vergonha de dizer em quem votará para deputado, senador e governador, se está aqui declarando abertamente o voto a presidente. Para mim é a mesma coisa. E o objetivo de declarar não é fazer campanha, mas compartilhar reflexão sobre a importância do voto para o parlamento, pois um Congresso adverso é um freio a presidentes progressistas.
          Quantos às denúncias contra a gestão de Lindbergh foram feitas pelos adversários políticos (grupo de Nelson Bornier, liderado por Eduardo Cunha e Picciani). Não tem fundamento.
          E qual a alternativa no RJ ao senado? O neoliberal Cesar Maia? Flávio Bolsonaro?

          Responder

            André Romero

            03 de outubro de 2018 às 11h03

            Tupi, não creio que seja vergonha, seja apenas dúvida, ou talvez a simples manutenção da privacidade nas redes.
            Quanto ao Lindbergh, sempre achei-o um oportunista e carreirista, desde seus tempos na UNE. Em se tratando de Baixada Fluminense, não duvido que ele tenha sofrido perseguição e uma ou outra denúncia seja falsa… mas todas elas? Basta checar na Internet para ver quantas são. Por essas e outras, não voto nesse cara nem a pau, nem como voto útil contra esses safados que estão aí. Prefiro o benefício da dúvida.
            Para mim, já passou da hora do PT assumir a conta pelas suas enormes cagadas, pelas péssimas alianças e manobras políticas que cometeu na sua história (Brizola, Ciro). A enorme crise econômica começou ainda no 1o mandato de Dilma, trouxe Temer e sua quadrilha para o núcleo de seu governo e depois diz que não tem nada a ver com a situação atual? E suas estratégias divisionistas nos levaram a Collor em 1989 e agora nos levarão ao Nazista.
            Para mim, Tupi, se o próprio não assume e faz uma autocrítica, que apenas lide com os resultados das suas próprias escolhas, como alertei quando manobraram para prejudicar Ciro, um cara que ganharia essas eleições no 2o turno com um pé nas costas. Quem sabe assim o partido não se reinventa, faz um expurgo nessa cúpula abjeta que só pensa no Poder e não no eleitorado que representa e volta a ser o partido quando de sua criação.

            Responder

Stalingrado Lula da Silva

02 de outubro de 2018 às 11h24

Sugiro que Ciro Jeirissati, num ato de grandeza, renuncie apoiando Haddad para acabarmos com o fascista no primeiro turno.
Chomsky, o maior pensador vivo declarou que Lula Magno é o preso político mais importante no mundo hoje.
#HaddadNoGovernoLulaNoPoder
#AbaixoOFascismo

Responder

    André Romero

    02 de outubro de 2018 às 21h51

    Sugiro que o amigo pare de manifestar a cara-de-pau que todos avisaram que os petistas assumiriam, depois de sabotar Ciro, dividir as esquerdas e lançarem um candidato sem lastro político nenhum e que precisa colar a máscara do Lula na cara para crescer eleitoralmente, apenas para botar panos quentes nas péssimas e anti éticas manobras que o partido fez lá atrás. Assumiram o risco, agora assumam o erro e não culpem os outros caso fracassem.

    Responder

Adam Smith Comuna

02 de outubro de 2018 às 11h14

Execução orçamentária, Lula e FHC:

Saúde:
FHC
2000- 6,43%
2001- 6,16%
2002- 5,79%
Lula
2003- 5,51%
2004- 6,06%
2005- 6,01%

Educação
FHC
2000- 3,37%
2001- 3,04%
2002- 3,01%
Lula
2003- 2,88%
2004- 2,67%
2005- 2,67%

Segurança Pública
FHC
2000- 0.69%
2001- 0.68%
2002- 0.50%
Lula
2003- 0.49%
2004- 0.51%
2005- 0,50%

Fonte: relatório da Unafisco, “Execução Orçamentária de FHC a Lula”.

Discurso do Lula: “Nunca, na história deste país, se investiu tanto em educação”

Realidade: nunca, na história deste país, viveu um cenário externo tão favorável. Nunca o governo federal arrecadou tanto. NUNCA A FATIA DESTINADA A EDUCAÇÃO FOI TÃO PEQUENA!

Responder

    Almir

    02 de outubro de 2018 às 12h58

    Você só esqueceu de informar que essa porcentagem é em relação ao PIB.Só que 1% do PIB do FHC é menor que 1% do PIBÂO do LULA

    Responder

      Adam Smith Comuna

      02 de outubro de 2018 às 13h04

      Amigo, baixe o gráfico, eu deixei o nome. Não é em relação ao PIB, é execução orçamentária federal, ou seja destinação de recursos da união, e eu deixei claro que a arrecadação foi superior a de FHC.

      Responder

        Renato

        02 de outubro de 2018 às 14h08

        E você espera que um adorador do Deus Lula entenda isso ? Acho que você está pedindo demais a alguém dotado com tão poucos neurônios !

        Responder

          hocuspocus

          02 de outubro de 2018 às 14h32

          Meu caro ,quando vc segue o Ciro ou o Bolsonaro não estaría cometendo um pecado de “adoração” ainda maior do que os pts???
          Vejamos, o cara já governou,foram por diversas razões os melhores anos que se viveram nas últimas décadas
          Dos outros dois ,nenhum governou,são promessas.
          Os pts têm uma estrutura partidária MUITO MAIOR do que os outros dois,portanto não é partido de um homem só.
          Trata-se do personalismo levado a política,o que eu vejo como absolutamente negativo,mas, a de se dar um desconto aos pts,eles já experimentaram bons temos com o Lula, e o fanatismo pelos outros dois ,como se explica ?????tem a resposta???

          Responder

            Adam Smith Comuna

            02 de outubro de 2018 às 15h06

            Não conheço ninguém que tenha uma adoração ao Ciro, todos os eleitores dele que conheço o escolheram pelo seu plano de governo, que é bem diverso ao do PT principalmente na economia.

            Sobre “os melhores tempos do Lula” toda a América latina experimentou crescimento no Brasil, sendo o Brasil um dos paises com menores índices de crescimento no período.

            Responder

            André Romero

            02 de outubro de 2018 às 18h48

            Cara, você representa a síntese da cara-de-pau e da hipocrisia do pensamento petista. O PT construiu sua história em cima de uma e apenas uma liderança política – o Lula – o Haddad hoje cola a máscara de Lula na cara para subir em seus votos e vem você falar aqui de culto à personalidade? Se tirar o fator Lula, o PT vira um partido de nicho como sempre foi. Essa é a verdade.
            Ciro jamais foi e não é visto como um ‘messias’ pelos seus simpatizantes, ao contrário de Lula: ele se impôs no cenário político para muito além domínio do discurso, pela clareza e franqueza de suas ideias, denúncia das mazelas de forma cirúrgica e exposição das suas soluções para o país sair dessa lama.
            E se tiver vontade, leia meu post acima sobre esse “tamanho” do PT e debata, se for capaz.

            Responder

        Francisco Vidal

        02 de outubro de 2018 às 14h47

        É porque era preciso destinar o grosso do orçamento federal para quem “mais precisa”, ou seja, o rentismo, nacional e internacional. Tal rentismo, aliás, constituiu-se na verdadeira superestrutura dos governos do Pê-Si-Dê-Bê e do Pê-Tê. Infelizmente, o governismo, doença infantil do petismo nesses últimos doze, treze anos, praticamente eliminou aquilo que sempre foi o elemento crucial do pensamento de esquerda e progressista: a arma da crítica (já que a direita pode recorrer à crítica das armas). Por ironia do destino, o personagem que avalizou essa supremacia do sistema financeiro nos governos petistas, Antonio Palocci, volta às manchetes dos jornais e da Internet. Antonio Palocci, triste figura que, para mim, desde 2003 não passava de um office-boy de luxo dos grandes bancos… Mas, para a militância do partido, Palocci é um pulha somente de dois anos para cá (ou mais ou menos isso).

        Foi com muita tristeza que vi, aqui mesmo em O Cafezinho, dias atrás, o Professor Wanderley Guilherme dos Santos, teórico maior da cidadania brasileira, sendo avacalhado por petistas exaltados e fanáticos (sei que há petistas que não são assim, mas, sinceramente, eu os procuro, mas não os encontro…).

        Responder

Jandui Tupinambás

02 de outubro de 2018 às 11h04

Algumas observações importantes:
1. Bolsonaro não volta a subir no 1º. e no 2º. Turno. Bolsonaro volta a subir no IBOPE
2. Ciro não ficou na mesma (NO IBOPE). Ciro desceu 1 ponto
3. Ciro ganhar de Bolsonaro (NO IBOPE) com folga é facilmente explicável. Com certeza. Mas não é facilmente explicável uma pesquisa com curvas invertidas em comparação a TODAS as demais pesquisas. E mais inexplicável o Cafezinho não acusar este crime eleitoral do IBOPE. E pior: fazer análise de mentiras óbvias se fingindo de ingênuo. O golpe vai atravessar de vez o Rubicão e o Cafezinho achando que o mundo é cor de rosa e Ciro azul piscina. Impressionante….

Por fim:

Não pensem que o segundo turno será esta maré quase mansa. Se estão achando que delação de Pallocci, censura prévia do STF e pesquisas grosseiramente manipuladas é jogo sujo, aguardem o segundo turno, companheiros de luta!!

Vou ser bem claro: ELES NÃO VÃO PERMITIR VITÓRIA DA ESQUERDA NO SEGUNDO TURNO!!

A única chance que temos é ganhar esta eleição agora e pegá-los de surpresa. Fora isto, bau-bau. Já entramos na barbárie.

O jogo menos baixo deles será:

Bolsonaro se pousando de bonzinho no horário eleitoral e Globo complementando no JN
Todo dia. Todo dia. Todo dia. Repetindo a mentira que nem Goebbels. Aí, a mentira vira verdade. E já que é verdade, melhor um bonzinho que o PT ou melhor um bonzinho que um Ciro raivoso.

O que mais???

A imaginação é o limite para essa turba que perdeu completamente o pudor.

Responder

    Alexandre Silva

    02 de outubro de 2018 às 11h24

    Ótima análise, também percebi que o site O Cafezinho embarcou na manchete de direita. Ingenuidade com certeza não é, pois eles são politizados. Para mim estão afinando o discurso com o Ciro (ex arena) para apresentá-lo como alternativa de vitória no segundo turno. E ao mesmo tempo embarcando no discurso da direita de que tudo é melhor do que o PT. Mas assim como a Fada da floresta, o juiz da cia(EUA), o ladrão de merenda, o PSDB e tantos outros oportunistas vaidosos, farinha do mesmo saco, vão para o lixo da história.
    Não tem conversa para votar a favor do povo é 13 de ponta a ponta.
    #LulaLivre

    Responder

    Serg1o Se7e

    02 de outubro de 2018 às 11h37

    “Bolsonaro se pousando de bonzinho no horário eleitoral e Globo complementando no JN
    Todo dia. Todo dia.”

    Ele não precisa posar de bonzinho.
    Se ele apenas ficar repetindo uma frase o tempo todo, uma frase que é verdade, já será o suficiente: “o candidato do pt recebe ordens da cadeia de um criminoso condenado a 12 anos por corrupção e é isso que você quer de um presidente da república, ser manipulado por um bandido corrupto preso?”.

    Nenhuma mentira, porque não afronta nenhum fato que a Justiça proferiu.

    Fim de campanha.

    Responder

      Almir Bispo

      02 de outubro de 2018 às 13h03

      Amiguinho.O Lula está preso por questão politica.O MUNDO TODO JA SABE! A casa do judiciário já caiu.A Lava jato é reconhecida internacionalmente como uma farsa

      Responder

        Serg1o Se7e

        03 de outubro de 2018 às 08h45

        Ok, mais de uma dúzia de magistrados sabem menos do que você, isso eu já entendi.

        Só não entendi o “internacionalmente”…. o processo foi submetido a um julgamento internacional, pelos judiciários de vários países? Explica isso melhor, por favor.

        Responder

André Romero

02 de outubro de 2018 às 10h37

Os três mandamentos que os petistas fanáticos não aprendem de jeito nenhum:

1) Lula e o PT são duas coisas distintas, na cabeça do eleitor. O voto a Lula não é, na sua imensa maioria, ideológico ou significa adesão ao partido;
2) O repúdio ao nazista não significa de jeito algum alinhamento automático ao PT;
3) A rejeição ao PT pela sociedade é tão grande quanto a pelo Nazista.

Os números apenas confirmam isso. Nos vemos em outubro.

Responder

    Francisco Vidal

    02 de outubro de 2018 às 15h02

    Há uma mística, adotada/cultivada por boa parte da militância do PT, de que Lula tudo sabe, tudo prevê, de que o PT, sobretudo na reta final, é imbatível.

    Não é assim. Lula perdeu a eleição de 1989. Contou com grande transferência de votos, sobretudo do velho Brizola, e alguma coisa do Mário Covas, do Ulisses etc.

    Perdeu as eleições de 1994 e 1998 para o FHC, em primeiro turno. Venceu as eleições de 2002 e 2006, sempre em segundo turno. Conseguiu fazer a Dilma sua sucessora em 2010, também no segundo turno. Em 2014, cortando um dobrado, Lula obteve uma Vitória de Pirro com a reeleição da Dilma. Deu no que deu. A vitória não foi nem comemorada, talvez porque já se antevia a situação explosiva.

    Sua análise me parece bastante precisa. Antipetismo é uma força viva, bastante atuante na sociedade. Por irracional que o consideremos (e é, mesmo), negar sua existência não nos ajuda em nada.

    Caminho natural seria a formação de uma ampla frente democrática, do centro à esquerda, à uruguaia. Mas aí o PT teria que abandonar suas pretensões de hegemonizar e tutelar o campo progressista. Alguém acredita?

    Responder

      André Romero

      02 de outubro de 2018 às 16h24

      Francisco, essa ampla frente democrática foi torpedeada e jogada na lata do lixo lá atrás pelo próprio PT, quando deu ultimato ao PSB apenas para sabotar Ciro. Fez isso a vida inteira.
      Na ocasião da manobra, eu e muita gente nas esquerdas manifestamos repúdio, prontamente rebatido pelos fanáticos do PT. A conta está chegando e pode ser pesada demais, como previ.
      A cúpula do PT eu já sei como age, mas me emputece demais o fanatismo dos petistas na rede, que aceitam isso tudo do partido de forma acrítica e acéfala, fazendo enormes malabarismos argumentativos e hipocrisias para justificar até o injustificável. Que me perdoe o Miguel por esse desabafo, mas para esse pessoal, se Lula mandar eles comerem merda, eles vão lá, comem e sequer contestam.
      Confesso que dá vontade de anular o voto, de tanta raiva dessa miopia, apenas para deixar esses caras se arrebentarem e pagarem por todas as pontes destruídas e pelos enormes erros que cometeram. Quem sabe assim eles se reinventam.

      Responder

André Romero

02 de outubro de 2018 às 10h27

Só aguardando o dia das eleições para saber se o cenário que descrevi há meses – e que foi torpedeado pelos fanáticos petistas desses espaço – irá se concretizar. Torço que não.
E o mais incrível é ver os panfletos digitais do PT na rede já começando botar as barbas de molho e a transferir a culpa para os outros, como sempre fizeram.
Esses caras jamais aprenderão.

Responder

André Romero

02 de outubro de 2018 às 10h13

A pesquisa IBOPE, se verdadeira, vai confirmando o cenário dantesco previsto por mim há meses atrás, quando critiquei o PT pelo maucaratismo de solapar o apoio a Ciro pelo PSB e provocar um racha nas esquerdas. Vai se repetindo o cenário de 1989, quando um PT tosco entrou para dividir o eleitorado de Brizola, que tinha uma eleição no bolso, apenas para entregar o poder para a Direita.
Nessa, cresceu Haddad com uma máscara de Lula na cara, esquecendo-se da enorme rejeição ao PT, pois Lula e o partido sempre foram, na cabeça dos eleitores, entidades diferentes.
O PT apostou no divisionismo e corre o enorme risco de repetir a história, como alertei. Isso sem contar que se passar, o fará por um punhado de votos o que tornará seu governo insustentável e sacramentará a divisão da sociedade brasileira.
Claro, sempre terão aqueles que virão com o papinho roto de que Ciro critica o PT e isso é um fato. Se fosse para concordar com o PT, como poderia justificar sua candidatura à sociedade? Se é para falar “amém”, o PT já conta com seus candidatos fantoches e satélites como Boulos ou Manuela. E essas críticas, além de totalmente verdadeiras, se intensificam com a aproximação do dia do voto por não restar ao candidato outra estratégia a não ser combater essa polarização estúpida e que nos desgraçará, qualquer que seja o eleito dos dois da frente.
Como falei há várias semanas aqui, aguardo o fim de outubro para discutir o resultado com os fanáticos que bateram boca aqui comigo. Se estiver errado, reconhecerei, sem nenhum problema. Quero ver se os petistas fanáticos desses espaço mostrarão caráter igual.

Responder

hocuspocus

02 de outubro de 2018 às 10h12

Posso falar tranquilo,sempre diz que suspeita carecem de precisão por porcentagem de amostra (isso é matemático) e fundamentalmente são feitas pelos eternos manipuladores criminosos.
Mais um osso que se joga para todo o mundo ficar brigando,gastando tempo em comentar a NADA.
O CRIMINOSO DE CURITIBA MAIS UMA VEZ FAZENDO POLÍTICA,COINCIDENTEMENTE COM A pesquisa ibope/globosta/estadão.
O SUJEITO ALÉM DE INCOMPETENTE,É IMORAL E ILEGAL ,CHEGARÁ TUA HORA SAVONAROLA,A JUSTIÇA TARDA MAIS CHEGA,AINDA TE VEJO SENDO ESCRACHADO E FUGINDO NO 1° AVIÃO PRA TERRA DO TEUS PATRÕES..
TEREMOS QUE LIMPAR A CORJA GOLPISTA DE TODAS AS INSTITUIÇÕES DO ESTADO,ESSE É SÓ UM.

Responder

    hocuspocus

    02 de outubro de 2018 às 10h13

    Correção———no 1° parágrafo ,em lugar de suspeita ,leia-se pesquisa——–

    Responder

    Serg1o Se7e

    02 de outubro de 2018 às 10h39

    Hopus, você soube que a retirada de sigilo deu-se por uma solicitação da defesa do presidiário Luis Inacio? Que essa solicitação obrigava a retirada do sigilo por conta das partes e da ampla defesa?

    É fácil ser um cego fanático como você, pois só há duas opções: aplausos quando convém, xingamentos quando convém. Mas analisar as coisas de todos os lados, isso você, cego, não faz.

    O que é lamentável.
    E é essa uma das críticas que Chomski fez ao pt: falta de autocrítica. NINGUÉM do pt fala em erro. Pelo contrário: o condenado Jose Dirceu está propagando ideias de autoritarismo totalitário e NINGUÉM da esquerda, mormente do pt, está comentando sobre isso.
    O que é lamentável.

    Responder

      hocuspocus

      02 de outubro de 2018 às 13h43

      Meu caro,o mundo binário da sua cabeça atrapalha o”seu raciocínio”.Nem todas as pessoas que detestam o ciro por CANALHA são petistas,nem todas as pessoas que tem a certeza da ação criminosa do Moro e sua quadrilha são petistas,nem todas as pessoas que acham Lula um condenado sem provas portanto um preso político,são petistas.
      Somos pessoas com quem com certeza vc não coincide,cegado pelo seu fanatismo por uma PESSOA,(acusam os pts de ir atrás de um líder)sem partido,sem história,sem ÉTICA .
      É difícil entender que outras pessoas tenham uma visão maior,mais abrangente,mais solidária com o próximo,menos emocional portanto mais racional que vc.
      Respeito as informações de pedido da defesa,ninguém até agora fez essa “defesa” do criminoso,fico com as palavras da defesa e o uso político dos curitibanos.
      MOLEQUE ,QUANDO VC ESTÁ INDO EU TÔ VOLTANDO,NÃO ENCHE.

      Responder

        Serg1o Se7e

        03 de outubro de 2018 às 08h49

        Sabe que eu gosto de você?!
        Você me diverte!!!

        Responder

    Terencio Fagundes

    02 de outubro de 2018 às 11h10

    A precisão é dada pela margem de erro, calculada por: 100/raiz(N), onde N é o número de pessoas entrevistadas.

    Responder

      hocuspocus

      02 de outubro de 2018 às 11h43

      Quanto maior a amostragem menor a margem de erro.
      N° de entrevistados 3,200
      N° de eleitores 147.000.000
      Mas,ainda fiz questão de aclarar,elas são feitas pelos mesmos manipuladores que “venderam” as justificativas de um GOLPE de Estado.
      Juntamos todo isso e temos que?
      um bando de malandros (institutos) que ganham dinheiro a rolete vendendo peixe podre, a quadrilha dos poderosos com uma ferramenta a mais para influenciar a votação ,e um monte de coitados ( a maioria) brigando e discutindo sobre isso (a NADA)
      Solução ??,bem simples,educação política desde cedo nas escolas,isso é infinitamente mais importante que matemáticas ,e QUESTINAMENTO,USO DA LÓGICA ,RACIOCÍNIO.
      Aí meu caro não existiram fórmulas matemáticas a te vender o NADA.,

      Responder

        hocuspocus

        02 de outubro de 2018 às 11h47

        Correção —em existiram ,leia-se existirão——

        Responder

        Terêncio Fagundes

        02 de outubro de 2018 às 12h16

        O tamanho da população de onde se extrai a amostra (147 milhões, no caso) é irrelevante a partir de 10 vezes do tamanho da amostra. Portanto, para uma amostra de 3000 entrevistados, tanto faz se a população é de 30 mil ou 30 milhões ou 150 milhões. É matemático. Posso indicar um link com a demonstração, se você quiser.
        Quanto à credibilidade dos institutos de pesquisa, são outros quinhentos. A fórmula só vale para pesquisas honestas…

        Responder

          hocuspocus

          02 de outubro de 2018 às 14h01

          Vc quer me dizer que uma fórmula matemática de proporcionalidade ou qual seja o nome dela,é infalível se aplicada as pesquisas ,portanto sem nenhuma outra variável (e não estou falando em manipulação) a ser considerada ?ou só estamos qualifcando como correta uma fórmula matemática?.
          Ela poderá ser infalível em termos matemáticos mas transladarla as pesquisa eleitorais sem admitir a influencia de outros fatores é delírio.
          Matematicamente não discutirei,mas ,seria bom vc oferecer essa solução nas industrias,eles fiscalizam/auditam todo o processo para reduzir o número de peças mal produzidas,que acontecem em qualquer processo ,já que na maioria dos casos é impossível fazer uma verificação de 100% delas .
          Venda essa solução,eles estão prontos para compra-la

          Responder

            Terêncio Fagundes

            02 de outubro de 2018 às 19h08

            Calma, rapaz; estamos do mesmo lado. Voto no Ciro no primeiro turno e, se ele não passar, no Haddad no segundo. Quanto à indústria, não se preocupe: ela já aplica essa fórmulas há uns 100 anos (é matéria padrão em cursos de engenharia). A fórmula exata é: ME= 200raiz{p(1-p)(M-n)/[(M-1)n]}, onde ME é a margem de erro (em pontos percentuais), M é o tamanho da população (147 milhões), n é o tamanho da amostra (3000) e p é a proporção, na população, dos que votam no candidato (se 30%, p=0,3). Para M muito maior do que n, o fator (M-n)/(M-1) tende a 1 (por exemplo, para M=30000 e n=3000, (M-n)/(M-1)=27000/29999=0,9) e a fórmula se reduz a ME= 200raiz{p(1-p)/n}. Para p próximo de 1/2 (50%), ela se reduz à que postei acima (verifique você mesmo). Entendeu?

            Responder

Fernando Carneiro

02 de outubro de 2018 às 09h56

Blogs alternativas não deveriam dar ibope para o globope.

Responder

    André Romero

    02 de outubro de 2018 às 10h16

    Tem que dar sim, pois eles são os primeiros a apontarem as pesquisas quando essas lhes são favoráveis. faz parte do jogo. Mas o que vale é o voto no dia da eleição. E o que eu estou vendo é uma divisão meio a meio da sociedade entre dois candidatos péssimos ao país.

    Responder

      Serg1o Se7e

      02 de outubro de 2018 às 10h42

      Concordo.

      Responder

      hocuspocus

      02 de outubro de 2018 às 11h49

      Isso é o bom da Democracia,eu estou vendo um monstruo e uma opção possível neste momento ,ainda que não seja a que eu gostaría (óbvio a minha opção NUNCA SERÍA O CIRO).

      Responder

        André Romero

        02 de outubro de 2018 às 20h25

        E eu estou vendo o mesmo monstro que você contra um candidato boa praça mas sustentado por trás por um partido que é igualmente monstro, por todas as práticas que cometeu quando teve a faca e o queijo na mão para fazer diferente dos outros.

        Responder

Alan Cepile

02 de outubro de 2018 às 09h41

Globo massacrando hoje a “delação” do palocci….

Responder

CezarR

02 de outubro de 2018 às 09h25

Não adianta festejar a pesquisa do R7, ela e o IBOPE estão rigorosamente iguais dentro da margem de erro, salvo em relação ao segundo turno, onde aponta uma ligeira vantagem de Hadadd. Isso significa que, se houver segundo turno, será mais uma batalha de petismo X antis e a eleição de 2014 nos dá uma pista de que a vitória será por pouca margem, por poucos votos. Nesse contexto, há uma delação e Pulhocci a ser destrinchada e há os títulos cancelados que tiram votos do PT e do progressismo em geral. A valsa a beira do abismo é cada vez mais perigosa.

Responder

Tamosai

02 de outubro de 2018 às 09h09

Como eu previa, a pesquisa do IBOPE é suspeita, mesmo. Pesquisa contratada pela TV Record, que é do Edir Macedo que apoia o Coiso publica dados contraditórios à suspeita pesquisa do Ibope veiculada pela rede Goebbels.

A pesquisa foi feita pela Real Time Big Data, com 3.200 entrevistas, e aponta uma diferença próxima à margem de erro: 29% para Jair Bolsonaro; 24% para Fernando Haddad. No gráfico, Haddad cresce mais rapidamente que o Coiso.
Obs: Ciro se mantém com 11%.

Responder

francisco janilson Morais da silva

02 de outubro de 2018 às 09h06

Só assistindo a irresponsabilidade petista em nome do poder…Pelo que temos visto,brincar com o Brasil e com o nosso patrimônio é o que o PT faz de melhor. Tão nem ai pra o conjunto da população.

Responder

    Almir Bispo

    02 de outubro de 2018 às 13h08

    Não,não.Se o eleitorado (50% + 1) escolher o Coiso,o PT não tem culpa nenhuma.O eleitor vai arcar com suas proprias escolhas (Neste caso,sabemos que vão sofrer e o PT tem nada haver com isso).

    Responder

      André Romero

      02 de outubro de 2018 às 20h35

      O PT não tem nada a ver com isso, nobre Almir?
      O PT tem tudo a ver com isso, cara, já passou da hora de vocês assumirem a responsabilidade do partido por tudo que estamos vivendo. Não sou daqueles que culpam o PT por tudo, Almir: tenho mais de 50 anos e sou testemunha da tremenda má vontade e boicote que o partido sofreu ao longo de sua história.
      Mas isso não o exime das enormes cagadas e as péssimas escolhas que fez quando teve a oportunidade de fazer diferente, desde as alianças com essa nata da escumalha política de direita, nas trapaças contra adversários do mesmo campo do eleitorado (Brizola, Ciro e outros), passando pela manutenção (e participação) nos velhos esquemas de corrupção de sempre até desaguar no desastre econômico de Dilma, que começou em seu 1o mandato, quando ainda tinha apoio político para governar. O PT assumiu o poder, cooptou além do que podia cooptar, não usou seu enorme capital político de 2003 para promover reformas profundas no Estado e na economia (não estou falando de reformas neoliberais) e desaguou em trazer para o núcleo de seu governo Temer e sua quadrilha, os ovos da serpente que o picou. Pense nisso sem idolatria, cara. Abraços.

      Responder

evlaldo ciríaco

02 de outubro de 2018 às 08h25

quando vocês dão crédito e destaque numa pesquisa flagrantemente mentirosa IBOPE/RedeEsgoto, coisa que nem a UOL o fez, vocês se igualam a eles. enho vergonha de vcs. Perderam um leitor.

Responder

    CezarR

    02 de outubro de 2018 às 09h11

    IBOPE é mentiroso, XP é, BTG é, 360 é, Datafolha é, só o Vox é confiável… Por favor, tenha paciência! É óbvio que toda pesquisa manobra dentro da tal margem de erro, mas o viés está aí, e é crescimento do Bolso e estagnação do Hadadd. Hoje,Haddad e Ciro tem um pouco a mais de votos que o Bolso, até Domingo pode ser diferente. O PT foi personalista e lançou o país ao facismo, cabe a vocês enxergarem isso!

    Responder

vicente

02 de outubro de 2018 às 08h23

O mais triste neste Brasil pós golpe é a inclinação da classe média para o mal caratismo. Publicar fake news, dizer que o coiso não disse coisas que ele disse em vídeos, entrevistas gravadas, mentir deslavadamente para promover o fascismo, pisotear valores humanos em nome de Jesus, toda essa podridão de servidores públicos usando o poder dos cargos para perseguir politicamente adversários das elites sem sequer serem repreendidos por instâncias superiores (pelo contrário, são incentivados), muito lamentável.
E o pior de tudo é que a classe média faz tudo isso e não ganha nada. Se alimenta do sonho de que um dia será rica (e nunca será) e pra isso trabalha em manter as desigualdades, protege bilionários e pisoteia pobres. Triste classe média sem moral e ignorante.

Responder

    hocuspocus

    02 de outubro de 2018 às 10h21

    Bela definição dos idiotas úteis (a classe mérdia).A maior parte deles se parar de trabalhar se ferra,todos os dias tem que estar tocando sua empresinha ,seu comércio,mas ,eles pensam pertencer aos abastados.
    O pobre sabe que é fodido mesmo,o rico(aquele que mais consciência de CLASSE tem) cuida de seus privilégios ,já essa massa intermediária é o escroto da sociedade.Em geral são maioritariamente os estados do sudeste e os sulistas os que albergam essa lacra analfabeta.

    Responder

    Serg1o Se7e

    02 de outubro de 2018 às 10h44

    Comportamento idêntico ao do presidiário Luis Inacio, que nada falava, nada fazia, nada sabia.
    Não entendo o espanto, já deveria estar acostumado com esse “modus operandi”.

    Responder

CezarR

02 de outubro de 2018 às 08h10

Hadadd é a cara de São Paulo, uspiano e insperano, moderninho com uma vice moderninha. E o povão? O povão é conservador! O povão gosta de quem fala sua língua. Tivessem trabalhado o Haddad desde o início do processo, estava ok, mas não, a estratégia de Lula era acertada. Tivesse o PT apoiado o Ciro… bem, basta ver o resultado da pesquisa de segundo turno e imaginar o que seria o Ciro com uma estrutura forte. Se não fossem apoiar, não precisavam ter sabotado. Essa derrota é culpa única e exclusiva do PT e seus xiitas, os militantes que não enxergam nada além do PT. O golpe ensinou ao PSDB que as vezes a paciência é a melhor virtude, parece que agora vai ensinar o PT da maneira mais dolorosa, porém, muito mais dolorosa para a população.

Responder

    Tamosai

    02 de outubro de 2018 às 08h16

    Estou tentando entender: o PT apoiar o Ciro? Mas mesmo tendo iniciado a campanha antes, o Ciro está 10 pontos atrás do Haddad. Isso que você disse faz sentido?

    Responder

      CezarR

      02 de outubro de 2018 às 09h05

      E onde estava o Hadadd antes de ter a identificação de candidato do Lula? Imagine se o Ciro fosse o “candidato do Lula”? E mesmo sem apoio, se o Ciro não tivesse sido sabotado, hoje podia ter uns pontinhos a mais. Não se faça de bobo.

      Responder

        Tamosai

        02 de outubro de 2018 às 09h12

        Esse é o ponto. O Ciro batia e está batendo continuamente no Lula. Como ele poderia ser candidato do Lula? Só se o Lula fosse masoquista e o PT fosse um partido ainda menor que o PDT. Capisce?

        Responder

          CezarR

          02 de outubro de 2018 às 09h30

          Ciro podia ter sido mais “político” em relação ao Lula? Podia! É um erro dele! Mas nem de longe ele “bate” como vocês dizem, aliás, ele tem criticas bem soft. O fato dele não tratar o Lula como uma divindade infalível não faz dele um crítico e um anti-petista. Tome por exemplo essa denúncia da Isto É repercutida pelo Álvaro Dias no debate da RECORD, é uma denúncia que traz o Ciro como vítima da “máquina do PT”, Ciro podia estar fazendo o maior carnaval sobre isso, mas está quieto, sem se utilizar do episódio. Isso traz a medida de como ele “bate” no Lula!

          Responder

          hocuspocus

          02 de outubro de 2018 às 10h27

          Ciro é um canalha,carece de ética pessoal,em nome de seu projeto individual ele atropela tudo.
          O marqueteiro dele deve sofrer pra caramba nas mãos do “bocón” ( gíria castelhana),quando ele é auténtico solta pérolas do tipo “Lula sabia de tudo” ,”entrevista do Lula é uma aberração”,” o pt gosta de passar por vítima”,alguma similitud com o que os fascistas batem nos pts??????
          É UM CANALHA ,SEM DÚVIDAS.

          Responder

            Alan Cepile

            02 de outubro de 2018 às 12h02

            Água e vinho, cada um votando no seu até O FINAL.

            Responder

            CezarR

            02 de outubro de 2018 às 13h35

            Alguém aqui está chamando teu candidato de canalha? Imagine se o Ciro tivesse se aproveitado da denúncia da ISTO É e do Álvaro Dias! Se a esquerda perder essa eleição, a mais ganha, canalha será um adjetivo generoso para os petistas!

            Responder

        Jandui Tupinambás

        02 de outubro de 2018 às 11h19

        Desculpe, Cezar. Não existe argumento para isto.

        O que temos hoje é o seguinte:

        Segundo turno será uma guerra sanguinária e injusta. Irão fazer de tudo que tiverem ao alcance para derrotar o PT.

        Querendo ou não, no futuro próximo quando olharmos para trás, seremos obrigados a concluir que o Ciro (querendo ou não) foi fundamental para a vitória da barbárie.

        A nossa chance é agora: precisamos pegar os fascistas de surpresa e tentar vencer no primeiro turno.

        Caso contrário….. o caldo vai desandar.

        Responder

          CézarR

          02 de outubro de 2018 às 11h24

          Em certo ponto da história ficará registrado. Havia o Ciro que ganhava do Bolsonaro no segundo turno, mas o Lula preferiu a hegemonia petista e lançou um ex-prefeito que perdeu a reeleição de sua cidade para um farsante de quinta categoria! Ponto!

          Responder

          Alan Cepile

          02 de outubro de 2018 às 12h09

          Impossível, a rasteira foi dada, Lula devia saber o que estava fazendo e deve ter um plano pra vencer a eleição, não precisa do Ciro.

          Responder

Adam Smith Comuna

02 de outubro de 2018 às 08h05

PT assume a estratégia terrorista, mentem com uma possibilidade inexistente de “vitória contra fascismo” no primeiro turno.

Em 2014 Dilma praticava o terrorismo da fome, “se não votar no PT vai faltar comida na mesa”. O povo votou no PT e em 2015 faltou comida e mesa para milhões.

Agora PT se coloca como a “alternativa democrata” contra o autoritarismo, porém já planejam um GOLPE na democracia com uma NOVA CONSTITUIÇÃO SEM LEGITIMIDADE! Nova constituição é para derrubar cláusulas pétreas, como direitos e garantias individuais.

Responder

    Tamosai

    02 de outubro de 2018 às 09h01

    Whoa! Acho que você está lendo demais o Estadão. Se tem um candidato pouco radical é o Haddad.

    Responder

      hocuspocus

      02 de outubro de 2018 às 10h28

      ELE É TROLL MEU CARO,NÃO LIGUE PRA ELE.

      Responder

        Adam Smith Comuna

        02 de outubro de 2018 às 11h04

        De novo com essa baixaria de tentar desqualificar meus argumentos me adjetivando? Troll, direita, paneleiro, garoto, pato e etc são seus únicos argumentos? Isso é falácia, desonestidade de quem não possui retórica e caráter.

        Explique, o que alguém pode querer com uma nova constituição se não derrubar cláusula pétrea?

        Responder

          hocuspocus

          02 de outubro de 2018 às 11h59

          TROLL,NÃO DISCUTO COM TROLL.VC COMO TODOS ELES É DESHONESTO,MOSTRA SÓ OS N° NEGATIVOS DOS PTS ( e ainda passíveis de discussão).
          A RESPEITO DOS “ELOGIOS” QUE FIZ PRA TI,MANTENHO TODOS.

          Responder

            André Romero

            02 de outubro de 2018 às 22h58

            Um cara fanático e desrespeitoso como você não tem a mínima autoridade moral para vir aqui bater boca e sustentar teus argumentos, quanto mais convencer alguém com seu discursinho falso, meu camarada.
            É por gente hipócrita como você, que faz questão de contradizer seu pseudodiscurso falso-moralista com sua prática flagrantemente antidemocrática, é que estamos na merda que nos encontramos.

            Responder

      Adam Smith Comuna

      02 de outubro de 2018 às 10h59

      Não leio Estadão, estou falando uma obviedade que qualquer um que entenda o básico da constituição ou direito constitucional sabe.

      Nem presidente e nem legislativo tem legitimidade para derrubar uma constituição, nem os militares tiveram essa audácia.

      Derrubar a nossa constituição é um GOLPE na democracia!

      Responder

Tamosai

02 de outubro de 2018 às 07h19

O Miguel cumpriu corretamente sua função de jornalista ao divulgar essa pesquisa altamente suspeita.
Por que é suspeita? Num momento em que a campanha #elenao cresce, os candidatos progressistas não cresceram. Num momento em que surgem denúncias sobre o Coiso, ele cresce. A pesquisa foi feita antes do vazamento do Moro/Palocci, e portanto não seria perceptível nas pesquisas.
O que é curioso foi a sincronização da divulgação da pesquisa com o vazamento do Moro/Palocci a 6 dias das eleições e a proibição da entrevista do Lula.
Para ter certeza é bom verificar os resultados de outros institutos de pesquisa. O IBOPE tem um histórico muito ruim.

Responder

Alan Cepile

02 de outubro de 2018 às 06h59

Sinceramente? Faltando 5 dias não tem mais pesquisa, agora é o resultado do primeiro turno.

Responder

    Tamosai

    02 de outubro de 2018 às 09h14

    Whoa! O IBOPE tem um histórico muito suspeito. Aguarde as pesquisas dos outros institutos.

    Responder

Mané

02 de outubro de 2018 às 06h58

Ibope,Globo,Judiciário , são uma feira livre de negociatas.Vejamos, foi uma semana de asneiras ,tiro no pé ,#elenão e ai o candidato sobe? O outro ,sem nenhum fato novo ,sem nenhum escorregão oscila e estaciona ? Sejamos razoáveis ,não podemos ser infantis e acreditar em disparates.A Record soltou a dela ,conincidindo em quase tudo ,mas com numeros contrariando o Globope.

Responder

Antonio Laurent

02 de outubro de 2018 às 05h37

Francamente Miguel, um cara inteligente como você, comentar um IBOPE manipulado como esse último como se informasse verdades, é no mínimo inocência de sua parte ou fazer o mesmo jogo deles.

Responder

    Alan Cepile

    02 de outubro de 2018 às 06h56

    O Cafezinho faz certo, publica todas as pesquisas, e a primeira análise deve ser do leitor, eventualmente o editor lança sua opinião.

    Responder

Tércio

02 de outubro de 2018 às 03h31

Record entra na briga das pesquisas e indica o contrário do Ibope
POR FERNANDO BRITO · 02/10/2018

Pesquisa contratada pela TV Record – não esquecer que Edir Macedo assumiu o apoio a Jair Bolsonaro – é mais uma a publicar dados contraditórios à suspeitosíssima pesquisa Ibope veiculada pela Globo.

Aplicada pela Real Time Big Data, com 3.200 entrevistas, ela aponta uma diferença próxima à margem de erro: 29% para Jair Bolsonaro; 24% para Fernando Haddad.

Todos os demais ficam em índices compatíveis com o Ibope, com um ponto, no máximo, de variação.

Dependendo do comportamento do Datafolha, talvez não seja possível dizer que é só o PSDB que está desaparecendo nestas eleições.

Mas não tenham ilusões: o “dono” de ambas é a Globo.

Responder

Tom

02 de outubro de 2018 às 01h32

O discurso mais visivel da esquerda, e aquilo que ela se resume hoje, ao menos nos canais de comunicacao, esta focado no apoio a minorias, lgbt, feminismo etc. Nossa classe media, nao se identifica com isso e ate mesmo boa parte dos pobres nao se identificam com esse discurso. Eu sempre disse que o peixe morre eh pela boca. Eu achava que isso serviria pra direita raivosa, mas estou cada vez mais convencido que nao. O PT realmente fudeu o Brasil.

Responder

Brasileiro da Silva

02 de outubro de 2018 às 01h14

Alex, vc deve ser membro do PT. Deve conhecer as verdades que o Palocci desconhece. Afinal, ele só esta lá desde a fundação. Ajuda nós e comprove que é tudo uma intriga contra o imaculado partido.

Responder

Alex

02 de outubro de 2018 às 01h07

Observando o que aconteceu na internet após o Ibope, já entendi que é novamente um movimento para ver se consegue tirar o PT do segundo turno. Aquele Datafolha lá não adiantou, então foi deflagrada a operação final. Tanto é que os bots do Ciro que estavam adormecidos foram todos ligados.

Responder

    Brasileiro da Silvacici

    02 de outubro de 2018 às 01h09

    Sim, é tudo uma conspiração. Mas me explica a justiça e o cofundador falam que o PT é corrupto. O que vc acha?

    Responder

      Jandui Tupinambás

      02 de outubro de 2018 às 11h34

      Senhor limitado perceba o seguinte:

      te acuso de pedófilo e você que se vire pra provar que não o é. Se não provar, eu estou certo, você é mesmo um pedófilo.

      É assim que você quer o direito no Brasil: que o ônus da prova caia sobre o acusado como na inquisição??

      Se acha isto, então você corre o risco de ser tachado de pedófilo pois vc não tem como provar o contrário. É quem o acusa que tem a obrigação de provar o que afirma. É muito simples o básico do direito para qualquer imbecil entender.

      Considerando que você tem capacidade intelectual suficiente para entender o elementar, conclui-se que você não passa de um cínico.

      Cresça.

      Responder

        Alan Cepile

        02 de outubro de 2018 às 12h11

        Convenhamos

        Responder

          Alan Cepile

          02 de outubro de 2018 às 12h13

          Convenhamos que isso aconteceu somente na questão do triplex, de resto os petistas estavam sim envolvidos no mensalão e petrolão, juntos com outros sim, mas estavam.

          Responder

            Almir Bispo

            02 de outubro de 2018 às 13h19

            Tente raciocinar comigo:
            Suponhamos que o PT seja realmente corrupto (só supondo).Então os juizes (supostamente honestos) estão condenando os politicos destes partidos.
            Não te causa nenhuma suspeita que estes juizes (supostamente honestos)não intimam o tucanos (com contas na suiça e Candidato a presidente)?
            Será que não seria possivel supor que o judiciário é uma máfia partidária que persegue o PT?
            Tente exercer esse raciocínio e vai perceber qque até os gringos já perceberam.

            Responder

              Alan Cepile

              02 de outubro de 2018 às 13h58

              E desde quando uma coisa tem relação com a outra???
              Há um golpe em curso no Brasil e o judiciário, que faz parte dele, não é honesto coisa nenhuma e todos sabem disso, mas vc tá tentando jogar toda a culpa no golpismo e não é bem assim, houve corrupção na BR ou não?? Houve mensalão ou não?? Ou vc tá falando que isso é uma inveção do golpe?? Algumas coisas são sim, sem dúvida, mas que o PT se envolveu em coisa errada disso tb não há dúvidas.

              Responder

    André Romero

    03 de outubro de 2018 às 01h08

    Alex, seria muito interessante ver você dar nomes de quem você acha que é “Bot” do Ciro. Tenho a convicção de que você é um analfabeto digital no assunto e desconhece completamente o que signifique e como se reconhece um Bot.
    Pelo que vejo aqui, todas as pessoas que são adeptas de Ciro – e que encontram refúgio no democrático site do Cafezinho, que definitivamente não é um panfleto pago pelo teu partido como vários outros por aí – comentam com a preocupação de fundamentar com argumentos suas posições e críticas ao PT.
    Se tem alguém aqui que se parece com um Bot são os fanáticos petistas que vem aqui escrever “gritando” palavras de ordem em caixa alta, muitas delas repetidas, no melhor estilo Cabo Daciolo.

    (brrrrr….piiiii… BOT 34345568689471…. programação EXEC efetuada, resposta à petista fanático concluída…. brrrrr…piiii…chhhhh…)

    Responder

Brasileiro da Silva

02 de outubro de 2018 às 00h54

Alex, me explica uma coisa: a justiça fala que o PT é corrupto, o cofundador do PT fala que o PT é corrupto. Por que eu devo acreditar em vc e não neles?

Responder

    MARCIO MARCONATO DE CARVALHO

    02 de outubro de 2018 às 10h14

    Acho que falar todo mundo pode: o Alex, o cofundador do partido, a Justiça… Mas, para acreditar em qualquer um deles necessita-se do primordial: provas. O próprio ministério público não aceitou a delação de Palocci por carecer de provas. Então, continuamos aguardando…

    Responder

Foo

02 de outubro de 2018 às 00h48

Talvez o IBOPE já esteja considerando os 3% de eleitores que terão seus títulos eleitorais cancelados?

Isso explicaria a estagnação de Haddad, mas não o crescimento de Bolsonaro…

Responder

Alex

02 de outubro de 2018 às 00h44

O correto será esperar o Datafolha para ver a realidade. Seja qual ela for. Pesquisa do BTGuedes apontou queda. Pesquisa do Edir Macedo apontou um cenário mais próximo ao CNT MDA e último Datafolha. Em 2014, me lembro quando Aécio virou o turno nas pesquisas na frente da Dilma para o segundo turno. Eleição no Brasil, tendo toda mídia e elite financeira contra.

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de outubro de 2018 às 00h47

    Qualquer coisa, menos o PT corrupto (segundo o cofundador)

    Responder

      Alex

      02 de outubro de 2018 às 00h55

      Amanhã sai o Datafolha. Se confirmar o Ibope pode comemorar a futura tragédia. Mas como o BTGuedes deu queda, Macedo confirmou a CNT MDA, melhor esperar para não comemorar cedo demais.

      Responder

        Brasileiro da Silva

        02 de outubro de 2018 às 01h01

        De novo, não sou bolsonaro. Sou anto PT corrupto ( segundo a justiça e o cofundador)

        Responder

          Brasileiro da Silva

          02 de outubro de 2018 às 01h07

          *anti

          Responder

          Alex

          02 de outubro de 2018 às 01h09

          Sim, você vota no Eymael, o democrata cristão kkkkkkkkk Sinais, fortes sinais Bozo.

          Responder

            Brasileiro da Silva

            02 de outubro de 2018 às 01h16

            Voto em qualquer um, desde que seja contra o partido corrupto que roubou o país em troca de um projeto de poder (palavras do cofundador do partido)

            Responder

              Serg1o Se7e

              02 de outubro de 2018 às 10h48

              Voto igual.
              Chega de condenados e investigados.

              Responder

              Almir Bispo

              02 de outubro de 2018 às 13h24

              Depende muito do quesignifica corrupção.
              O dinheiro que está na Suiça em nome de politicos são dos Tucanos (sim,mas você vota nos tucanos,ao invés dos petistas)

              Os 500 bilhoes desviados do banestado (e protegido pelo judiciário) foi feito pelos tucanos (sim,neles vc vota)

              Vou ser sincero.Você não odeia o PT por causa de corrupção.Seu problema é ideológico

              Responder

        Mané

        02 de outubro de 2018 às 08h12

        Não se esqueça,que o Ibope e o Data Folha são do mesmo dono; a Globo !!! Ou seja ,modificam aqui e ali ,mas no final sai o que o dono manda.

        Responder

Marcelo

02 de outubro de 2018 às 00h40

Olha… Tava vendo as pesquisas de 2014 e o Ibope tanto no primeiro turno como no segundo até inflou um pouco o percentual da Dilma. Na última pesquisa eles deram 54×46 pró Dilma. E no final deu 52×48..

Pra quem pedir a fonte: pesquisa do dia 23/outubro de 2014. A eleição foi 3 dias depois

http://g1.globo.com/politica/eleicoes/2014/noticia/2014/10/dilma-tem-54-e-aecio-46-dos-votos-validos-diz-pesquisa-ibope.html

Responder

    Alex

    02 de outubro de 2018 às 00h49

    Pesquisa presidencial, o único instituto que não erra muito na semana final é o Datafolha. Até pela amostra. Ibope entrevista 2mil a 3mil. Datafolha é 9 mil. Ibope erra demais, principalmente nos Estados. O Datafolha erra, mas mais eleições que o povo meio que vota desligado, que só se preocupa na última hora, caso de prefeito e senador, por isso é um cenário mais volátil. Datafolha pode até errar o percentual de governador, mas dificilmente erra as posições.

    Responder

    Adam Smith Comuna

    02 de outubro de 2018 às 00h55

    Também deram Haddad como certo no segundo turno em SP, o Ibope boca de urna dava 44% votos válidos para o Dória que terminou com 53% e 20% para Andrade que terminou com 16%. Mas os petistas tem a certeza de que os banqueiros contratantes, que deram mais dinheiro para candidaturas petistas que qualquer outra, os odeiam.

    Responder

Pablo Herrera

02 de outubro de 2018 às 00h22

Talvez a campanha #elenao tenha contado a favor do nazista. Afinal, dizem que não existe propaganda negativa (falem mal, mas falem de mim). O cara ficou na mídia por dias! Além disso, como não participou dos últimos debates, está quase virgem: o silêncio lhe dá a benefício da dúvida (quando abre a boca, só diz besteira). O povo é bobo:
– “Tão falando muito de um tal de Bolsonaro; o cara deve ser bom, p’ra falarem tanto assim dele; além disso, dizem que ele bota o Brasil acima de tudo e tem a proteção de Deus; acho que vou votar nele”.

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de outubro de 2018 às 00h24

    E nenhum empreiteiro reformou sítio para ele. Acho que vou votar 17

    Responder

      Serg1o Se7e

      02 de outubro de 2018 às 10h50

      E nem precisa do STF para dar entrevista….

      Responder

        Mané

        02 de outubro de 2018 às 12h45

        Melhor para voces né? podem estuprar e roubar cofres à vontade .

        Responder

          Serg1o Se7e

          02 de outubro de 2018 às 15h20

          1 – mostre quem estuprou quem que tenha relação com essa conversa.
          2 – você já viu e ouviu o vídeo recente (do dia seguinte ao da publicação da reportagem) da ex-esposa sobre o fato?

          Se você não tem respostas para 1 e 2, você é mais um integrante da récova que engole sem mastigar todo o lixo que seu partido oferece como se fosse ouro.

          Responder

luis castro

02 de outubro de 2018 às 00h22

Patético dizer que Ciro é o único que tem voto a esquerda e direita num momento de radicalismo por que passa a Nação. Se está havendo uma guinada do eleitorado para a direita só o pleito pode confirmar isso, se for assim nenhum candidato de esquerda terá chance nesta eleição. Então vejamos a situação, segundo as pesquisas, dos candidatos posicionados a esquerda: Boulos não passa de 1%, Marina que em duas eleições se destacou e chegou aos 20% hoje fica bem abaixo dos 10%, o abilolado Ciro continua no mesmo lugar das outras duas eleições que disputou em torno de 10 a 12 pontos, e, finalmente, o Haddad candidato mais forte em razão de ser do partido mais representativo da esquerda, o PT, que governou o Brasil por 12 anos, e que conta com o apoio do líder maior das esquerdas Lula é o único competitivo na disputa. Isso é fato, se outra liderança de esquerda tivesse que se destacar o momento era esse, ou seja, Marina ou Ciro ou Boulos já deveriam ter ultrapassado Haddad, assim como Lula ultrapassou Brizola. Para aqueles que dizem que o melhor seria que o PT e Lula não apresentasse candidato e apoiasse um outro de outro partido como o Ciro. A pergunta é a seguinte qualquer outro candidato que passasse a ter o apoio do PT e de Lula fatalmente não passaria a ter a mesma rejeição de Haddad? Se o problema é o antipetismo ele cola em qualquer um. Isso é lógico.

Responder

Alan Cepile

02 de outubro de 2018 às 00h12

Resultado bem estranho heim, não segue nenhuma tendência, sei lá, prefiro esperar.

Responder

claudio

02 de outubro de 2018 às 00h09

O Ciro está conseguindo transferir seu eleitorado, via debates na tv, ao candidato Bolsonaro.

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de outubro de 2018 às 00h14

    Ciro, Alckmin e outros. O PT vai fazer a 1ª coisa boa para o país: eleger o Bolsonaro

    Responder

Alex

02 de outubro de 2018 às 00h03

Bom, pesquisa Record, que todo mundo sabe agora é Bozo Macedo. Deu 29 x 24. Vamos ver o Datafolha de amanhã. Se eles confirmarem o Ibope, a República Federativa da Bozolândia está proclamada. Salve quem se puder. É bom aproveitar esse Natal, porque será o último com 13 terceiro kkkkkkkkkk

Responder

    Brasileiro da Silva

    02 de outubro de 2018 às 00h12

    Se o próximo governo roubar só 50% do que roubou o PT, vale a pena.

    Responder

      Serg1o Se7e

      02 de outubro de 2018 às 15h23

      Esse é o ponto.
      Ninguém aqui está defendendo o melhor. Não há melhor nessa eleição. Temos 13 porcarias disputando uma eleição para presidente, fora os milhares de postulantes aos outros cargos eletivos.

      A ideia não é defender nem eleger o melhor.
      A ideia é eleger dentre esse lixo todo o que menos fede, o que menos catinga, o que menos rebosteia e que evite que o pt volte ao poder, pois se em 16 anos deixaram o país como ele está, é hora de interromper ou diminuir essa escavação do dinheiro público, pelo menos por um tempo.

      Responder

Brasileiro da Silva

02 de outubro de 2018 às 00h02

O cofundador do PT diz que o Lula e o partido são corruptos, como eu vou discutir?

Responder

    Alex

    02 de outubro de 2018 às 00h05

    Então, tem ex-mulher de um certo candidato falando que ele roubou um cofre cheio, como eu vou discutir ? kkkkkkk

    Responder

      Brasileiro da Silva

      02 de outubro de 2018 às 00h10

      Pois é. Entre roubar um cofre da ex mulher e o país, quem vc prefere? Agora para empatar, só falta o Palocci desmentir, que nem fez a ex do Bolsonaro. Concorda?

      Responder

      Serg1o Se7e

      02 de outubro de 2018 às 10h52

      Você não deve ter visto que ela gravou vídeo comentando sobre esse processo de mais de 10 anos atrás e falando o contrário disso…. veja lá.

      Responder

Chap Col

01 de outubro de 2018 às 23h56

Quanto mais falarem mal e tentarem matá-lo. Quanto mais essa mídia corrupta, da esquerda à direita, deturpar e desinformar para ganhar o poder a qualquer custo. Mais eu tenho certeza que Bolsonaro 17 é o melhor para o país atualmente. E mais, será bom para essa esquerda brasileira, demagógica e hipócrita (com exceções), que pilhou o País durante todos esses anos volte a ser oposição.
Enquanto vocês forem arrogantes ao afirmar que o voto em Bolsonaro é de fascistas, continuarão tendo derrotas fragorosas. O voto nele é contra tudo que está aí. Tudo é farinha do mesmo saco. Do PT ao PSDB passando pelo MDB e todos os seus periféricos. Simples assim. O Miguel já detectou que o Bolsonaro está presente em todas as classes sociais. Por acaso serão todos fascistas?
Primeiramente não ia ter golpe. Teve.
Impitimameuzovo. Teve.
Lula não será preso. Foi.
Bolsonaro não será Presidente.
Aguardem…

P.S.: o PT nunca quis o povo pobre realmente livre e independente. Com capacidade de pensar de forma crítica. Senão perde votos. Olhem o nível socioeducacional do eleitorado do Andrade.

Agressões da patrulha petista em 3..2..1

Responder

Luis Campinas

01 de outubro de 2018 às 23h46

A linha natiral tava criando a tal “abertura da boca do jacaré”, aí Haddad estabiliza estranhamento e vê sua rejeição disparar com manifestações significativas por todo o Brasil das mulheres, justificadas por falas de Ciro e Alckmin. Preocupante essa análise. Pior e emblemático é ver esse manjado “Brasileiro da Silva” em plena desenvoltura por aqui. Estranho não são as pesquisas, mas o que está ocorrendo com o blog. Triste!

Responder

Alex

01 de outubro de 2018 às 22h57

O aumento da rejeição do Haddad era esperada. Mas foi acelerada por causa da campanha da mídia, Alckmin e Ciro de chamarem o PT de extremista. Enfim, paciência. Eu não tenho mulher, nem filhos. Estou tranquilo. Se der Bozo, será uma espécie de governo Collor com ares autoritários. Primeiro grande escândalo de corrupção que aparecer, PT, PSDB e PMDB derrubam ele. Pode ser que role uns tanques na rua para tentar salvar o Bozo, mas o povo cerca os tanques igual na Turquia recentemente e morreu o autogolpe. Enfim depois desse cenário de caos, o país voltará a ter paz política. Precisaremos ir ao extremo talvez, para enterrar esse militarismo que parte da nossa sociedade cultiva. Quando você vê pessoas simples de 50 a 60 anos de idade, falando que na ditadura era bom, que não tinha corrupção e no jornal tinha receita de bolo de tanto a paz reinar. É que você vê porque precisamos de um Bozo talvez. Será didático.

Responder

    Brasileiro da Silva

    01 de outubro de 2018 às 23h07

    Ou pode ser que o Bolsonaro, faça um governo menos corrupto e não quebre o país que nem os 16 anos de desgoverno PT e Pmdb

    Responder

      Alex

      01 de outubro de 2018 às 23h14

      Estamos vendo quase um replay do Collor. É tudo tão parecido, que é meio óbvio o final. Figura criada pela mídia, apoio total da classe média alta e ruralistas, partido nanico, cercado de políticos de baixo clero e empresários esquisitos. Até recriar o ministério da Economia. Só faltava a Zélia ser a ministra kkkkkk O final será o mesmo, mas como falei com uns tanques na rua para dar emoção, no autogolpe kkkkkkkkkk

      Responder

        Brasileiro da Silva

        01 de outubro de 2018 às 23h16

        Ou estamos vendo a revolta do povo por ter sido enganado pelo PT.

        Responder

          Alex

          01 de outubro de 2018 às 23h25

          Então, essa revolta vai acabar caindo sobre o próprio povo. Como falei, será didático um governo Bozo. O povo pegará tanto horror, que talvez será até proibido militar ser candidato a qualquer coisa depois. E o exército reduzido a mílicia.

          Responder

            Brasileiro da Silva

            01 de outubro de 2018 às 23h27

            Como foi didático um governo PT/PMDB: corrupção, corrupção e mais corrupção. E quem fala isso é o fundador do PT.

            Responder

              Alex

              01 de outubro de 2018 às 23h34

              Depois do governo Bozo, acho que o PT realmente não irá apenas voltar ao poder, tomará o poder, com apoio maciço popular. Veja que 2 anos de Temer, já tem gente com saudade kkkkkkk Mais um governo Bozo, vai ter gente implorando a nossa volta. Talvez até você hoje Bozete kkkkkkkkkk

              Responder

                Brasileiro da Silva

                01 de outubro de 2018 às 23h39

                Governo Temer? Mas o Temer foi eleito pelos petistas, dividiu os ministérios e a propina com o PT. Ou foi a CIA que colocou ele como vice?

                Responder

                Brasileiro da Silva

                01 de outubro de 2018 às 23h40

                Nunca se esqueça: foi o PT que escolheu o PMDB como parceiro. Não eu. E se vc votou no PT, vc apoiou a escolha.

                Responder

                  Alex

                  01 de outubro de 2018 às 23h52

                  Eu não me arrependo nenhum um pouco de votar no PT e apoio do PMDB. Uma coisa é corrupção. Outra coisa são valores civilizados, como apreço a vida, respeito as mulheres, respeito as minorias, aceitar que pobres tem direitos. Isso que todos vocês eleitores Bozistas odeiam. Bozistas entendam, depois dos governos de inclusão do PT, se vocês resolverem administrar o Brasil igual ao Temer ou tempos da Ditadura, ou seja só para elite. Pode ter certeza, esse governo não terá vida longa. O PT acostumou os mais pobres a ter o mínimo e não aceitar qualquer coisa. Essa semente plantada pelos governos do PT, onde pobres tiveram pela primeira vez na vida dignidade básica, não será mais enterrada. Como falei, façam exatamente os planos sórdidos que vocês defendem e pregam quando chegarem ao governo. Vamos ver se o povo aguenta essa política onde só especulador de bolsa, fazendeiro e classe média alta vive bem no país.

                  Responder

            paulo

            02 de outubro de 2018 às 10h03

            Não dêem ibope para o B…o da Siva.

            Responder

        CezarR

        01 de outubro de 2018 às 23h32

        Exato! Um repeteco com PT sacaneando o PDT e levando Collor à presidência.

        Responder

          Alex

          01 de outubro de 2018 às 23h42

          PT não sacaneou o PDT em 89. Aliás, o Brizola fez o mesmo que o Ciro agora. Demonizando o Sapo Barbudo. Depois foi abraçar, mas o Sapo já tava lá. Enfim, o brasileiro precisa de Collors e Bozos para aprender.

          Responder

            Brasileiro da Silva

            01 de outubro de 2018 às 23h47

            E de corruptos como o Lula. Ele e Dilma foram muito didáticos.

            Responder

              Alex

              01 de outubro de 2018 às 23h56

              Falou o eleitor do ladrão de cofre kkkkkkk

              Responder

            CezarR

            02 de outubro de 2018 às 08h00

            Brizola ganhava de Collor no segundo turno pelas pesquisas, Lula perdia, quem sacaneou quem?

            Responder

joao carlos

01 de outubro de 2018 às 22h56

estamos a beira do facismo levado pelo PT e suas mazelas, o ultimo gesto de nobreza era o PT retirar sua candidatura e deixar espaço livre para Ciro crescer. O efeito Palocci nem foi computada ainda nesta última pesquisa. Brasil perdido entre corrupção e fascismo, que triste escolha.

Responder

Aureliano

01 de outubro de 2018 às 22h45

O Ibope entrou na guerra das”fake news”
POR FERNANDO BRITO · 01/10/2018

Agora você já pode escolher: notícias fake, fotos fake e pesquisas…

Quais foram os fatos politicos novos da última semana?

Um, essencialmente: o estrondoso movimento de repúdio a Jair Bolsonaro, representado no “#EleNão”, que lotou as ruas de centenas de cidades brasileiras.

Será o primeiro caso de um candidato que,repudiado em praça pública, cresce quatro pontos percentuais em uma semana.

E que outro, que vinha subindo com força e constância, consegue agregar 11 pontos (!!!!) em sua rejeição em apenas seis dias, sem ter afogado gatinhos ou atropelado carrinhos de bebê.

Mais ainda: todas as pesquisas divulgadas entre a última edição do Ibope e esta os dados vieram ao contrário do que mostra esta versão do Ibope: em todas elas Bolsonaro fica estagnado ou oscila para baixo, dentro da margem de erro e Fernando Haddad sobe, em algumas delas chegando ao empate técnico.

O gráfico do post, retirado do próprio G1, mostra a tendência absolutamente inversa entre o Ibope e o Datafolha.

O Ibope foi, como dizia aquele auxiliar de Fernando Henrique Cardoso envolvido em negócios obscuros da privatização, ao “limite da responsabilidade”.

Na entrevista que deu domingo ao JB, diante de uma tendência clara de polarização, sua diretora disse que “nada estava decidido”. Hoje, mais cedo, seu dono, Carlos Augusto Montenegro, famoso por previsões que não se concretizam, deu entrevistas com um misterioso “não sei se o crescimento de Haddad se mantém, para ou retrocede”

O objetivo é claro: desmobilizar o que se viu mobilizado nas ruas, no sábado e mobilizar os fascistas que andavam desenxabidos.

E, secundariamente, levar a campanha de Haddad a uma agressividade que, a esta altura, o igualaria a Geraldo Alckmin ou a Ciro Gomes.

Resta saber se os demais institutos de pesquisas não aceitar o grito do “chefe”.

Eles, talvez. Nós, não.

Responder

    Adam Smith Comuna

    01 de outubro de 2018 às 23h49

    Fernando Brito é aquele cara que defende a “liberdade” na comunicação e remove qualquer comentário que não seja escrito por petista?

    Aquele que chama a Veja de panfleto do PSDB enquanto o seu site é um panfleto do PT, que ignora todos os outros candidatos?

    Fernando Brito não tem nenhuma legitimidade!

    Responder

      CezarR

      02 de outubro de 2018 às 13h31

      Exato!

      Responder

Henrique

01 de outubro de 2018 às 22h38

E daí Miguel, orgulhoso do seu serviço junto ao Ciro para aumentar a rejeição do Haddad? Continue assim que o Bolsonaro se elege. Os seguidores do fascista disfarçados de ciristas aqui nos comentários te agradecem.

Responder

    Brasileiro da Silva

    01 de outubro de 2018 às 22h42

    Se o preposto do corrupto presidiário perder, o Brasil agradece.

    Responder

    JC

    01 de outubro de 2018 às 22h57

    Claro, o blogue cafezinho, mantido por doações, composto por meia dúzia de colunistas colaboradores e um jornalista blogueiro levou a rejeição do Haddad pra patamares nunca antes vistos. Parabéns Miguel, você é uma máquina de destruição de reputações!!!

    HA HA HA

    Que planeta vocês vivem? A rejeição SEMPRE existiu. Só não existia na cabeça de quem vive numa bolha igual à dos eleitores do Bolsonaro…

    Se ganharmos essa eleição não vai ser pelo PT. Vai ser a eleição do bom senso contra os sem noção.
    Aí vem os petistas bater no peito e falar que são foda e que a máquina é indestrutível. Só porque manda no nordeste.

    Engraçado que pros petistas xiitas, o PT manda no nordeste e se alia com toda sorte de canalha e é democratão. O Ciro só porque vem de lá é coronel.

    Aprendam a respeitar o povo brasileiro e tratar não como gado de voto e sim como gente de bom senso e querendo um Brasil mais igual…

    Responder

    CezarR

    01 de outubro de 2018 às 23h35

    Você é que devia estar orgulhoso em apoiar um poste! Tivesse tido o Lula a grandeza que se esperava dele apoiando Ciro, levaríamos no primeiro turno. Você é burro ou canalha pra fazer um comentário desses.

    Responder

    JOÃO BATISTA

    02 de outubro de 2018 às 00h38

    Vocês petistas são totalmente demais!
    Narcisos, acham feio tudo o que não é espelho.
    Ciro avisou muito antes do início da campanha a temeridade da estratégia de lula, que equivalia a bailar à beira do precipício.
    Ainda não caímos, mas agora vocês petistas conseguem vê-lo.
    Alckmin usando os mais de 5 minutos para tentar desconstruir bolsonaro e haddad; haddad comportando-se como se fosse candidato a pastor; usando seu tempo de tv para fazer os convertidos chorarem; lula foi candidato até há duas semanas; e a culpa do mau trabalho do gênio lula e do pt é do Ciro?
    A barbie do paraná diz que Ciro nem com reza brava; pt compra o psb pra que Ciro não aumente seu tempo de tv; lula convence seus comparsas costa neto e nogueira a desistirem de coligação com o PDT; lula convence Josué Alencar a não ser vice de Ciro; entre outras, e o Ciro é que é o culpado?
    Onde está o gênio que iria levar à vitoria do pt no primeiro turno?
    Ciro está fazendo a campanha dele, comportando-se como candidato, apresentando ideias, propostas e compromissos à sociedade. E alertando para as limitações e fragilidades de seus concorrentes. E assim será até as 17h00 do dia 07/10/2018.
    É Ciro 12!

    Responder

    Nilson Messias

    02 de outubro de 2018 às 01h54

    Caro Henrique, estas pesquisas, a delação, que o ministério público, são tramas previstos pelo aparato golpista. Rosário, não tem força nenhuma para aumentar a rejeição de ninguém, nem mudar a configuração que se apresenta. Haddad e o coiso no segundo turno. Na segunda volta será a democracia e ditadura legitimada. Aí tenho dúvida qual será a posição do blog…se ficará com o coiso pelos seus olhos verdes, como foi o caso de Ciro…a cor do olhos pesou…

    Responder

asko

01 de outubro de 2018 às 22h38

Pesquisa feita ontem quando a maioria dos contra o fascismo estavam nas ruas protestando?

Responder

Alex

01 de outubro de 2018 às 22h29

Sobre o Ciro. Vamos supor que ele fosse o candidato junto ao PT, com Haddad vice. Certamente Ciro não teria feito campanha em paz como fez. Teria sido trazido a tona denúncias contra ele quando era ministro, denúncias sobre o irmão dele. Mesmo sendo mentiras, iam ser alardeadas igual é feito ao PT. Hoje por exemplo a delação do Palocci, mesmo que sem o mesmo potencial de destruição seria usada contra ele, já que o vice seria do PT. Aquela declaração dele sobre o papel da mulher na campanha em 2002 ia ser muito explorada, praticamente sendo um contra ponto eficiente ao ele não. Fora momentos que Ciro estoura e fala demais. Enfim, tenho certeza que Ciro não estaria vencendo Bolsonaro no segundo turno com a facilidade que mostram. Fazer campanha sem ser vidraça é muito fácil.

Responder

Thales

01 de outubro de 2018 às 22h28

Obrigado aos petistas e envolvidos!!! Tomara que o bozonazi fuzile todos vocês !!!

Responder

    Alex

    01 de outubro de 2018 às 23h05

    Convenhamos, viver no Brasil do Bozo, é melhor ser fuzilado mesmo kkkkkkkkkkkk

    Responder

      Thales

      01 de outubro de 2018 às 23h26

      Sem dúvida.

      Responder

Dario

01 de outubro de 2018 às 22h28

Os brasileiros já sabem bem o que iria acontecer se o POSTE fosse eleito ou seja CORRUPÇÃO
Então como não sobrou outra opção melhor para evitar que a OCRIM volte a assaltar os brasileiros vamos todos de BOLSONARO 17 17 17 17 17 17 17

Responder

    Antonio Passos

    01 de outubro de 2018 às 22h46

    A coisa mais corrompida que existe no Brasil é a cabeça de energúmenos como você. O segundo turno vai ser divertido. O mundo inteiro execrando o candidato mais boçal e imbecil da história do Brasil, e os mentecaptos como você latindo em defesa dele. Vai dar gosto de ver, não posso nem esperar. Kkkkk

    Responder

Alex

01 de outubro de 2018 às 22h18

Se Bozo ganhar não será por culpa do PT. Uma parte dos brasileiros, incluindo muitos pobres sempre gostou de militarismo. Vide o Malufismo no auge em São Paulo, que sempre teve uma votação muito similar ao Bozo vai ter no estado de SP. Brasileiro só vai dar valor a democracia se passar novamente por uma ditadura. E talvez nada melhor que uma ditadura desastre, que seria a capitaneada pelo Bozo. Talvez a grande pacificação política nacional só acontecerá com um governo do Bozo. Então esquerda e direita que não é doida vão se unir e derrubar o ditador.

Responder

    Brasileiro da Silva

    01 de outubro de 2018 às 22h32

    A população se uniu para tirar o corrupto PT (segundo o próprio fundador) do poder.

    Responder

      Alex

      01 de outubro de 2018 às 22h46

      Bom vai ser quando direita normal e esquerda se unir para tirar o Bozo. Vai ser um espetáculo. Será que dura 6 meses ? kkkkkkkkk Vai ter autogolpe ? kkkkkkk

      Responder

      Antonio Passos

      01 de outubro de 2018 às 22h51

      Você ainda acredita nessa lorota ? Kkkkkkkkkk. Nos encontramos no segundo turno. A civilização contra a barbárie. Vai dar pena de vocês.

      Responder

      Rodolfo Matos

      02 de outubro de 2018 às 00h53

      Implicando que o PT é “corrupto”. Quem esconde o nome pra acusar o PT sem provas não tem moral pra falar de corrupção.

      Responder

Fábio Deji

01 de outubro de 2018 às 22h13

Toda propaganda, positiva ou negativa, é bem-vinda, dizia o Trump. Bolsonaro monopolizou a atenção do país na última semana e relegou os outros candidatos ao esquecimento. Só se falou de Bolsonaro, Bolsonaro, Bolsonaro… Chegaram ao absurdo de devassar processo de briga de casal em vara de família. A imprensa brasileira vai ajudar a eleger o Bolsonaro assim como a imprensa americana elegeu o Trump. Vocês não se tocaram ainda que essas campanhas idiotas de #EleNão ou de ficar acusando um conservador desbocado de fascista, nazista e outras babaquices, mesmo ele tendo um programa liberal, não só favorece ele?

Responder

    Thales

    01 de outubro de 2018 às 23h15

    Se bolsonazi se eleger vai ser por culpa do PT. Ponto.

    Responder

Brasileiro da Silva

01 de outubro de 2018 às 22h05

É o Ibope se ajustando a realidade.

Responder

    Junior

    01 de outubro de 2018 às 22h10

    Isso ocorre muito, manipulam os resultados durante a campanha para impactarem nas pesquisas e posteriormente ajustam para a realidade para não ficarem longe do resultado real.

    Responder

      Paulo

      01 de outubro de 2018 às 22h24

      Também creio nisso. Embora haja, a meu ver, um aspecto adicional: o denominado “voto envergonhado”, que nunca é suficientemente perscrutado nas pesquisas. Exemplo clássico é o voto em Jânio Quadros em 1985, quando FHC já se julgava eleito e tomou uma piaba, tendo que aguentar até o demagogo Jânio desinfetar sua cadeira de prefeito, antes da posse, rs…

      Responder

        Brasileiro da Silva

        01 de outubro de 2018 às 22h38

        Doria em SP em 2016

        Responder

Adam Smith Comuna

01 de outubro de 2018 às 22h05

Abre o olho Brasil, NOVA CONSTITUIÇÃO É GOLPE NA DEMOCRACIA!

Haddad e Bolsonaro querem uma nova constituição, SEM QUALQUER LEGITIMIDADE para propor isso. A constituição está lá para proteger o cidadão dos detentores do poder, se cada presidente pudesse fazer uma nova ela não teria razão de existir.

Nossa legislação prevê possibilidade de mudanças em quase tudo na constituição, exceto as cláusulas pétreas. SE ALGUÉM QUER NOVA CONSTITUIÇÃO É PARA DERRUBAR CLÁUSULA PÉTREA!

São consideradas cláusulas pétreas:
– A forma federativa de estado;
– O voto direto, secreto, periódico e universal;
– A separação dos poderes;
– Os direitos e garantias individuais.

NOVA CONSTITUIÇÃO É GOLPE NA DEMOCRACIA!

Responder

    Fábio Deji

    01 de outubro de 2018 às 22h21

    A constituição do Bolsonaro tem viés liberal, baseada na Carta Magna americana, escrita por notáveis como Luiz Philippe de Orléans e Bragança, conselheiro do candidato, e escolhida pelo povo em plebiscito. A do PT é bolivariana, escolhida por políticos comprados num mensalão.

    Responder

      Rodolfo Matos

      01 de outubro de 2018 às 23h10

      Pra falar em monarquia, só pode ser um dos cancerígenos dos chans. E obviamente vai ignorar que a monarquia foi rejeitada em plebiscito em 1993. Também vai ignorar que o Brasil pode mudar sua constituição, como mudou tantas vezes em sua história desde 1824.

      Responder

      Adam Smith Comuna

      01 de outubro de 2018 às 23h17

      Acho que você não entendeu amigão, presidente não tem legitimidade para propor nova constituição, isso é golpe, como foi na Venezuela. Já pensou o Brasil sofrendo sanções econômicas como eles?

      “Notáveis com Luiz Philippe de Orléans e Bragança”? É séria a sua afirmação? Amigo, para ser notável no meio acadêmico você precisa ter artigos e teses citados, esse cidadão não tem UMA citação acadêmica. Sem nenhuma citação acadêmica e nem formação e direito ele é notável em que?

      Responder

        Fabio

        01 de outubro de 2018 às 23h54

        Vocês tão desesperados à toa. Haddad foi massacrado a semana inteira pelo Ciro, Alckmin, Marina, Dias…Todos se juntaram pra bater nele e chamá-lo de extremista. Normal uma estagnação depois de um crescimento fulminante. Lembrem-se que a transferência total dos votos do Lula ainda não aconteceu. Ainda tem margem pra crescer.

        Responder

Alex

01 de outubro de 2018 às 22h02

Pode ser que realmente esse é o número. Só que hoje aconteceu uma coisa muito estranha, A Bolsa caiu, mesmo com a delação do Palocci. Todo mundo sabe que Ibope vaza para o mercado financeiro. Como é possível que num cenário onde Bolsonaro sobe 4 pontos, tem delação do Palocci e a Bolsa cai ? Era para Bolsa ter explodido hoje de alegria entre os especuladores.

Responder

    Brasileiro da Silva

    01 de outubro de 2018 às 22h07

    A bolsa caiu por fatores de mercado. Como vc mesmo falou, os investidores já conhecem os números reais e já se precificaram para Bolsonaro presidente.

    Responder

      Alex

      01 de outubro de 2018 às 22h13

      Até parece. Mercado financeiro ia ter explodido hoje com os números do Bozo. Essa turma que sonha em comprar tudo no bota fora do Bozo, a Bolsa ia ter tido um arranque. Já vi Bolsa subir com Paraná Pesquisa kkkkkk Imagina um Ibope e delação do Palocci junto. Eu já vi que tu é Bozista, então tá certo. Feliz ditadura.

      Responder

        Brasileiro da Silva

        01 de outubro de 2018 às 22h25

        O mercado já sabe que Bolsonaro será o novo presidente. Por isso esta calmo.

        Responder

          Alex

          01 de outubro de 2018 às 22h34

          Mercado calmo. Bolsa estava caindo quase 1,5% no começo da tarde. Veio a delação do Palocci e mesmo assim ficou perto de 1% de queda. Teve até especulador na internet chorando as pitangas. Em 2014, a Bolsa era a melhor forma de saber se a Dilma ou Aécio estavam bem.

          Responder

        Brasileiro da Silva

        01 de outubro de 2018 às 22h28

        Bozista não. Sou contra um partido em que o próprio fundador confirma que roubou o país.

        Responder

    Paulo

    01 de outubro de 2018 às 22h08

    Tanto Bolsonaro como Hadad causam incerteza na economia. PT causa mais incerteza, mas o Bolsonaro também. Tudo é levado em consideração, desde a possibilidade de instabilidade social (protestos) durante 4 anos, ingovernabilidade (não ter a maioria), dúvidas sobre postura política, privatizações e etc… O PT é o pior cenário para o mercado, mas o Bolsonaro também ocasiona dor de barriga no mercado. E incerteza causa instabilidade.

    Responder

Pedro

01 de outubro de 2018 às 21h59

PT irá eleger o Bolsonaro por egocentrismo partidário e tudo pelo poder. Ciro era e é a única opção, mas o egoismo do PTismo irá levar o estado ao autoritarismo.

Responder

    Thales

    01 de outubro de 2018 às 23h24

    Concordo. PT não é esquerda, é PT. Petista não é esquerda, é petista. O único ideal deles é sua sobrevivência política nem que, para isso, tenha que se juntar com o capeta. Não precisava nem de muito, apenas que o imbecil do presidiário soubesse escolher fantoches melhores. Tudo começou com a jumenta estocadora de vento agora esse ZERO chamado Haddad. O PT tanto fez que destruiu a Esquerda brasileira. O maior inimigo da esquerda brasileira não é o palhaço nazista, o PSDB, o MDB, etc, é o PT mesmo! Ou a Esquerda destrói o PT ou o PT destrói a Esquerda.

    Responder

Nilson Moura

01 de outubro de 2018 às 21h58

Dúvidas: O #EleNão, foi contra ou favor o coiso? Nem subiu Haddad, nem Ciro, nem Boulos…

Responder

gN

01 de outubro de 2018 às 21h55

Acharam Q a marcha das mulheres, a blitz de mentiras e a tentativa fracassada de ignorar as manifestações de domingo iriam derrubar o Bolsonaro e ele acabou crescendo…

Responder

Ronaldoxxx

01 de outubro de 2018 às 21h50

Acho que o apoio do edir macedo na sexta feira deve ter influenciado esse aumento, alem da grande exposicao que bolsonaro teve no sabado e no domingo com os movimentos contra e a favor de sua candidatura!!Quanto ao haddad ja era certo que sua rejeicao seria igualada a de bolsonaro quando os votos de marina e alckmin migrassem para outros candidatos!! Por isso o melhor da esquerda para enfrentar bolsonaro era o ciro gomes., que me desculpem os petistas mas e a pura verdade!!!

Responder

Rodolfo Matos

01 de outubro de 2018 às 21h48

O que pode justificar o crescimento da rejeição a Haddad por 11 pontos em 2 dias? Se fosse a rejeição natural ao PT, esta cresceria junto com Haddad desde o começo.

O que se vê agora é pesquisas com tendências diferentes: ou empate técnico ou reforço da vantagem de Bolsonaro. A ver qual dos lados está apostando na manipulação estatístca para induzir o eleitorado.

Responder

    Ronaldoxxx

    01 de outubro de 2018 às 21h53

    O aumento do bolsonaro ja faz a rejeicao a haddad aumentar imediatamente!!

    Responder

      Rodolfo Matos

      01 de outubro de 2018 às 22h01

      O aumento teria que ser de 11 pontos em dois dias então pra essa correlação ser coerente.

      Responder

Capanema

01 de outubro de 2018 às 21h48

A rejeição ao PT supera qualquer outra…

Responder

Wilton Santos

01 de outubro de 2018 às 21h40

Só um detalhe para os desavisados! Ibope é empresa vinculada à globo.
Precisa desenha?

Responder

    Capanema

    01 de outubro de 2018 às 21h47

    Enquanto dizia que o Haddad estava crescendo o IBOPE servia…

    Responder

      Wilton Santos

      01 de outubro de 2018 às 22h25

      Em 2012 o Ibope na véspera da eleição para a prefeitura de São Paulo dava empate entre Serra e Russomano no 1º turno, quem acabou indo para o 2º tuno foi o Haddad que venceu as eleições. Em 2014 o Ibope na véspera da eleição para governador da Bahia dava Rui Costa em 2º lugar, atrás de Paulo Souto do DEM, resultado Rui Costa do PT vence no 1] turno!

      Curioso que o Ibope sempre erra para prejudicar o PT na véspera das votações!

      Responder

    Fábio Deji

    01 de outubro de 2018 às 22h00

    Meu filho, a Globo detesta o Bolsonaro ainda mais que o PT, que já até salvou ela da falência. Já publicaram sem nenhuma vergonha de mentir que ele ia metralhar favela. Mídia regulada só favorece o monopólio das grandes corporações, como a própria Globo. O que a Globo mais gostaria é de ser o canal oficial da República Bolivariana do Brasil e ter exclusividade nas verbas da secom.

    Responder

      Wilton Santos

      01 de outubro de 2018 às 22h29

      Você não tem noção nenhuma do que está dizendo! Na véspera do registro da candidatura do Bolsonaro ele junto do Paulo Guedes se reuniu pessoalmente com João Roberto Marinho na sede das organizações globo.
      É impressionante o nível de desinformação de alguns leitores desse blogue!

      Responder

        Fábio Deji

        01 de outubro de 2018 às 22h37

        Mas isso eu sei. E não quer dizer nada, porque o jornalismo da Globo desceu o sarrafo nele antes e depois disso. Globo vai beijar a mão de quem tem chance de poder. O filho do Roberto Marinho já sondou Lula pra ser candidato em 2014 no lugar da Dilma. Quem conta é o próprio Haddad.

        Responder

Nilson Messias

01 de outubro de 2018 às 21h38

Requião, tem uma frase assertiva para o ibope: Se quer peixe vai a peixaria e compra. Se quer comprar pesquisa vai no ibope. Depois da maior manifestação de mulheres, o coiso sobe…a globo explica…

Responder

Raphael

01 de outubro de 2018 às 21h34

Números preocupantes. Me surpreende os últimos acontecimentos não terem abalado em nada a candidatura do coiso.

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com