Bolsonaro e Haddad na Redenews

Clarissa Garotinho, filha do ex-governador Anthony Garotinho (Foto: Inácio Teixeira/

Juiz declara apoio a Witzel e, logo depois, aumenta pena de Garotinho

Por Miguel do Rosário

11 de outubro de 2018 : 12h23

Segundo o site Jota, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mandou apurar a conduta de um juiz que declarou apoio ao candidato ao governo do Rio de Janeiro, o juiz Wilson Witzel, e, dias depois, aumentou a pena imposta ao ex-candidato ao mesmo cargo, Anthony Garotinho.

Trecho da reportagem:

O corregedor-nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, deu 60 dias para o Tribunal Regional Federal da 2ª Região apurar a conduta do juiz de segunda instância Marcello Granado, que publicou conteúdo em apoio ao candidato a governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel nas redes sociais e, dias depois, votou para aumentar a pena de Anthony Garotinho, que também estava na disputa.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

2 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Jessé Oliveira Guimarães

11 de outubro de 2018 às 22h28

Não teremos a quem recorrer. Está tudo dominado.

Responder

Virgilio de Santa Cruz

11 de outubro de 2018 às 14h30

Esse é o judiciario de merdha que comanda o Brasil nos dias de hoje!

Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com