03.04 Coletiva do Ministro da Saúde

Datafolha, votos válidos: Bolsonaro, 59%; Haddad, 41%

Por Miguel do Rosário

18 de outubro de 2018 : 21h50

No G1

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (18) o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos.

Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 59%
Fernando Haddad (PT): 41%
No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 58% e Haddad, 42%.

Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Para vencer no primeiro turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.

Votos totais

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes:

Jair Bolsonaro (PSL): 50%
Fernando Haddad (PT): 35%
Em branco/nulo/nenhum: 10%
Não sabe: 5%

Rejeição

O Datafolha também levantou a rejeição dos candidatos. O instituto perguntou: “E entre estes candidatos a presidente, gostaria que você me dissesse se votaria com certeza, talvez votasse ou não votaria de jeito nenhum em”:

Os resultados foram:

Jair Bolsonaro

Votaria com certeza – 48%
Talvez votasse – 10%
Não votaria de jeito nenhum – 41%
Não sabe – 1%
Fernando Haddad

Votaria com certeza – 33%
Talvez votasse – 12%
Não votaria de jeito nenhum – 54%
Não sabe – 1%
Decisão do voto
A pesquisa também apontou qual o grau de decisão em relação ao voto:

Jair Bolsonaro

Está totalmente decidido a votar em… – 95%
Seu voto ainda pode mudar – 5%
Não sabe – 0%
Fernando Haddad

Está totalmente decidido a votar em… – 89%
Seu voto ainda pode mudar – 10%
Não sabe – 0%
Branco/nulo/nenhum

Está totalmente decidido a votar em… – 74%
Seu voto ainda pode mudar – 25%
Não sabe – 1%

Conhecimento do número do candidato

O Datafolha também perguntou: “Qual número você vai digitar na urna eletrônica para confirmar/ anular seu voto para presidente?”.

As respostas foram:

Jair Bolsonaro (PSL)

Menções corretas – 94%
Não sabe o número do candidato – 5%
Menções incorretas – 1%
Fernando Haddad (PT)

Menções corretas – 91%
Não sabe o número do candidato – 8%
Menções incorretas – 2%

Sobre a pesquisa
Margem de erro: 2 pontos percentuais para mais ou para menos
Entrevistados: 9.137 eleitores em 341 municípios
Quando a pesquisa foi feita: 17 e 18 de outubro
Registro no TSE: BR-07528/2018
Nível de confiança: 95%
Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Folha de S.Paulo”
O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

12 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Aristóteles Ferrão Neto

19 de outubro de 2018 às 17h55

que espetáculo, heim?! será que até o dia da votação fica 60% x 40% para o “defensor da democracia”.o Sr. haddad?

Responder

Paulo Galhardo

19 de outubro de 2018 às 13h25

Com 9.137 entrevistas, a margem de erro é de 1%, não 2. Que diabo acontece com a Datafolha, para insistir nisso?
O cientista social Alberto Carlos Almeida já chamara a atenção para essa falsificação em 2014:
https://www.horia.com.br/noticia/segundo-almeida-datafolha-alterou-margem-de-erro-para-sustentar-empate

Responder

Justiceiro

19 de outubro de 2018 às 08h21

O PT está fazendo o escarcéu com a notinha da Folha, que não apresenta nenhuma prova. Até prisão de Bolsonaro Addad pediu, baseado apenas em uma reportagem de um jornal e de uma tal revista Piauí(conhecem?).

Gostaria de saber dos petistas o seguinte: se vale reportagem para pedir prisão, não reclamem de Lula está preso. Também lembro que Addad foi acusado de receber caixa dois na campanha de 2012, Será que Addad vai se entregar à PF?

Agora, a melhor de todas: Palocci disse que as duas campanhas de Dilma custaram o total de 1,5 bilhão. Espero que os petistas, que acreditaram na Folha de ontem, peçam que Dilma seja presa.

Miguel, publica meu comentário.

Responder

    Fernando

    19 de outubro de 2018 às 12h48

    Mas receber doações de empresários está proibido nessa campanha de 2018. Bolsonaro está infligindo a atual lei eleitoral do país em 2018.
    E é uma matéria bem extensa da folha de SP inclusive com desdobramentos ao psdb e contra empresários financiadores da campanha Bolsolão cueca de ouro, quero dizer, couro.

    Responder

Ronaldoxxx

19 de outubro de 2018 às 07h45

Cara do facismo.. Haddad pede pra prender empresarios acusados de fraudes do watzap antes mesmo de processo legal!

Responder

antipaneleiro

18 de outubro de 2018 às 23h19

Dica para o Haddad: se realmente deseja ganhar, pare de elogiar o Moro e volte a abraçar o Lula.

Responder

    Brasileiro da Silva

    19 de outubro de 2018 às 00h20

    Desculpe discordar, mas abraçar corrupto preso não rende votos.

    Responder

Paulo

18 de outubro de 2018 às 23h05

Essa eleição está decidida. Não há mais pra onde correr. Meu conselho à esquerda, se é que conselho – e ainda mais meu – vale alguma coisa: aceitem que dói menos! 2022 é logo ali…

Responder

Brasileiro de Silva.

18 de outubro de 2018 às 22h20

E com toda a máquina, o Andrade esta conseguindo aumentar a rejeição.

Responder

Valdete Lima

18 de outubro de 2018 às 21h55

Adoro o Cafezinho e sempre acesso. Agora, estou precisando de ajuda. Não consigo acessar O Tijolaço. Desculpe mas, como somos todos iguais nesta luta, tive que optar por esse pedido de ajuda. Abraços

Responder

    Brasileiro da Silva

    18 de outubro de 2018 às 22h18

    Tente tijolaço.net. Mudaram o endereço

    Responder

      Brasileiro da Silva

      18 de outubro de 2018 às 22h25

      tijolaco.net

      Responder

Deixe uma resposta