Live do Cafezino (20h): o novo surto de Bolsonaro! Convidado: Celso Rocha de Barros

IBGE: 14 milhões de brasileiros estão desempregados

Por Redação

17 de outubro de 2020 : 12h29

Nesta sexta-feira, 16, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatístico (IBGE) divulgou um levantamento do PNAD Covid que mensura o nível de ocupação dos brasileiros.

De acordo com o levantamento feito na quarta semana de Setembro, cerca de 14 milhões de pessoas estão desempregadas no Brasil, representando uma taxa de 14,4% de desocupação nacional, sem variação significativa frente à terceira semana de setembro (13,7%).

Fonte: IBGE

De acordo com a coordenadora do levantamento, Maria Lucia Vieira, com a flexibilização do isolamento social e a retomada da economia, as pessoas estão voltando a buscar emprego formal.

“Embora as informações sobre a desocupação tenham ficado estáveis na comparação semanal, elas sugerem que mais pessoas estejam pressionando o mercado em busca de trabalho, em meio à flexibilização das medidas de distanciamento social e à retomada das atividades econômicas”

Ainda de acordo com o IBGE, no intervalo de uma semana, cerca de 2,2 milhões de brasileiros deixaram o isolamento social radical. Sendo assim, houve um aumento no descuido das pessoas em relação a medidas de restrição para evitar a contaminação pelo coronavírus.

Esse contingente cresceu 937 mil em uma semana, chegando a 7,4 milhões.

Fonte: IBGE

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sebastião Farias

18 de outubro de 2020 às 18h49

Essas Informações do IBGE, além de nos alertar para graves problemas econômicos, sociais, políticos, etc, que tendem a se agravar com o tempo.
Ao mesmo tempo, nos mostram a pouca Importância que nós, cidadãos brasileiros, encaramos e tratamos esses problemas, uma vez que sequer discutimos e debatemos nos mais variados campos da sociedade, para que, conhecendo-se suas causas, pudéssemos juntos, viabilizar soluções radicais e racionais, com foco em suas causa.
A justiça imparcial, é resultante da verdade, do direito e da misericórdia. A verdade, é pura luz ao passo que, a insinuação, a mentira, a injustiça e todo o mal, são trevas que não se sustentam na presença da luz, que é a verdade.
Nosso parabéns a iniciativa de todos os promotores, organizadores e presentes, etc, nos justificados eventos cívico/cidadão em defesa da educação e da soberania do povo, da democracia, do Estado Brasileiro e Soberano e de políticas públicas inclusivas justas e que levem em conta as peculiaridades cada região do país, todas, voltadas ao bem-estar sustentável de toda a nação brasileira.
Nossa contribuição aos eventos, com espelho histórico do Brasil, é essa, para que todos os cidadãos, por sua própria consciência e livre arbítrio, se assim interessar, conheçam um pouco e entendam, o porquê, do que acontece hoje com Brasil.
https://jornalggn.com.br/brasil/links-para-a-historia-do-brasil-de-1894-a-2018/.
É, triste, a história do povo brasileiro e do Brasil, que infelizmente, continuam sendo vítimas de injustiça e de maldades, vejam a história do Brasil e tirem suas conclusões, com a sua própria consciência.
As elites rurais e urbanas, os banqueiros e investidores improdutivos (rentistas), a empresas e imprensa conservadora alinhadas à causa histórica de prejudicar o povo e a nação, partidos políticos oportunistas, CN, governos, justiça e tudo, infiéis ao povo que neles confiou, aéticos e impatrióticos, etc, que se julgam donos do Brasil. Ainda bem que, a história e a Internet, são testemunhas vivas que estão aí, para comprovarem toda essa saga impatriotica. Viva a Constituição Federal da República Federativa do Brasil que em seu Parágrafo único (ainda) do Artigo 1º diz e atesta, aliados aos Artigos 2º, 3º, 4° dentre outros que dizem e mandam, para o bem da nação, o que segue:
Art. 1º A República Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos:
I – a soberania;
II – a cidadania;
III – a dignidade da pessoa humana;
IV – os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; (Vide Lei nº 13.874, de 2019)
V – o pluralismo político.
Parágrafo único. “Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.”
Art. 2º São Poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário.
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:
I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;
II – garantir o desenvolvimento nacional;
III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;
IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.
Art. 4º A República Federativa do Brasil rege-se nas suas relações internacionais pelos seguintes princípios:
I – independência nacional;
II – prevalência dos direitos humanos;
III – autodeterminação dos povos;
IV – não-intervenção;
V – igualdade entre os Estados;
VI – defesa da paz;
VII – solução pacífica dos conflitos;
VIII – repúdio ao terrorismo e ao racismo;
IX – cooperação entre os povos para o progresso da humanidade;
X – concessão de asilo político.
Parágrafo único. A República Federativa do Brasil buscará a integração econômica, política, social e cultural dos povos da América Latina, visando à formação de uma comunidade latino-americana de nações.
É osso, confiemos em Deus e, se tivermos interesse em nos instruirmos, lendo, consultando e praticando o diz e manda a nossa Constituição Federal, a Constituição de nosso Estado, a Lei Orgânica de nosso município, estaremos trilhando o caminho certo para a verdadeira cidadania.
E também se, proativamente, aprendermos a cobrar da imprensa, das mídias, dos formadores de opiniões e dos influenciadores digitais, etc, responsabilidade e compromissos com a informação verdadeira, com a justiça imparcial, com a cidadania e com a ética e, se lutarmos unidos e com justiça pelo que acreditarmos, como verdade constitucional, com certeza, venceremos a ignorância, o analfabetismo cidadão, o preconceito, a desigualdade, a pobreza,
a miséria, a desumanidade, a falta de fraternidade, a injustiça e a impunidade, que historicamente, nos envergonha como nação.
Que o povo, os estudantes, autoridades, os candidatos, eleitores e formadores de opinião lembrem-se e, sempre pensem nisso. O poder é do povo e, a democracia e o estado de direito existem Constitucionalmente , para viabilizarem por interesse desse povo, conforme dispõe o Parágrafo Único do Artigo 1º da Constituição Federal da República Federativa do Brasil, o seu bem-estar e a paz social com justiça imparcial para todos, igualitariamente.
Paz e bem.
Sebastião Farias
Um cidadão brasileiro nordestinamazônida

Responder

Germano

18 de outubro de 2020 às 00h01

….ou seguir a carreira de Boulos.

Boa…kkkkkk

Responder

Conde

17 de outubro de 2020 às 23h59

Fiquem em casa e possivelmente de baixo da cama que o vírus não vem…

Responder

Conde

17 de outubro de 2020 às 23h59

Fique em casa e possivelmente de baixo da cama que o vírus não vem…

Responder

Gilmar Tranquilão

17 de outubro de 2020 às 14h51

FORA DILMA!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Responder

    milhoman

    17 de outubro de 2020 às 20h52

    De certo q a dilma ia resolver alguma coisa……..

    Responder

Edibar

17 de outubro de 2020 às 14h45

E mais ou menos outros 9 milhões são desalentados, segundo Alexandre Schwartzmann, ontem no Jornal da Cultura.

Responder

Ronei

17 de outubro de 2020 às 12h54

Hà milhoes de vagas de trabalho tecnico qualificado mas nao hà pessoas capacitadas para os cargos.

De mao de obra barata, de analfabetos e semi-analfabetos, de “fugidos de casa”, de moleques que nunca foram para escola e se foram nao aprenderam nada por excesso de idiotice tem milhoes.

O Mundo do trabalho mudou completamente nos ultimos 15 anos e hoje sem um minimo de capacitaçào tecnica nao tem saida que nao seha vender balas na praça ou seguir a carreira de Boulos.

Responder

Deixe uma resposta