Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Bolsonaro zomba da pandemia e ameaça implantar ditadura

Por Redação

19 de março de 2021 : 19h16

Em mais uma demonstração de completo desprezo pela cenário caótico imposto pela pandemia, o presidente Jair Bolsonaro, disse em tom irônico que a “fome vai voltar”.

“O povo não tem nem pé de galinha para comer mais. Agora, o que eu tenho falado, o caos vem aí. A fome vai tirar o pessoal de casa. Vamos ter problemas que nunca esperávamos ter problemas sociais gravíssimos”, disse para apoiadores.

Bolsonaro também ameaçou implantar uma ditadura caso a situação do país piore com o coronavírus.

“O terreno fértil para a ditadura é a miséria, a fome, a pobreza, onde o homem com necessidade perde a razão. Estão esperando o que? Vai chegar o momento? Gostaria que não chegasse, mas vai acabar chegando esse momento”

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

3 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

dcruz

21 de março de 2021 às 07h00

Nessas declarações, como sempre, está embutido, o “a culpa é sempre dos outros não minha”. Ele não explica que quem botou o povo nessa miséria foi ele e seu desastrado governo, pra pegar leve. Tirou o dele da reta como sempre e inverte a situação, a culpa é da pandemia, daqueles que querem cumpriu um protocolo, pelo menos um pouco mais rígido, para conter seu avanço. E, pior, o povo engole, já que há uma predisposição a cair na gandaia em nome da falsa noção de liberdade. O núcleo duro dos 30 por cento de bovinos não hesitará em levar pra sepultura os que não concordam com ele. Macabro.

Responder

Luiz

20 de março de 2021 às 17h11

Bolsonaro atua no vácuo liberal das epistemologias e no limbo intelectual da Ética premida entre as esquerdas. Exatamente um espaço ideológico erigido sob a lei do menor esforço, que tem feito as ciências políticas sucumbirem a algum tipo de filosofia existencialista. Trata-se de chantagem atuando sobre o limite inferior da inclusão ontológica (permeável, para quem não é inflexível e positivista),fronteira que se quer atue como um tecido permeável, dando promoção através de algo que se pretende conotar como osmose social. Cabe autocrítica antes de ressaltarmos os mártires entre os personagens “negacionistas” da história.

Responder

Alan C

19 de março de 2021 às 19h31

Ameaça coisa nenhuma, é um zé nada que anda e respira ao mesmo tempo, já muito pra esse tosco.

Ninguém tem medo de um ogro imbecilizado.

Responder

Deixe um comentário