Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Câmara aprova Prêmio Paulo Gustavo de valorização do humor e da comédia

Por Redação

13 de outubro de 2021 : 08h16

A Câmara dos Deputados promulgou a resolução que institui o “Prêmio Paulo Gustavo de valorização do humor e da comédia”, a ser concedido a artistas, personalidades, grupos, organizações ou iniciativas que contribuem ou tenham contribuído de forma relevante para a cultura brasileira.

“O prêmio fará justa e oportuna homenagem a um dos maiores artistas do humor do País”, afirmaram na justificativa da proposta os autores, deputados Jandira Feghali (PCdoB-RJ) e Marcelo Ramos (PL-AM). O ator, diretor e produtor Paulo Gustavo morreu em maio último, aos 42 anos, em decorrência da Covid-19.

O Plenário aprovou substitutivo elaborado pela relatora, deputada Marília Arraes (PT-PE), com ajustes na proposta. “Num País que convive com tanta miséria e tristeza, levar alegria à população constitui verdadeiro sacerdócio”, afirmou.

As indicações poderão ser feitas por quaisquer deputados e deverão considerar ações nas áreas de humor e comédia, artes circenses e formas de comicidade popular. Entre outros, será vedada a indicação de servidores públicos e de pessoas e empresas proibidas de contratar com a administração pública.

O prêmio será concedido pela Comissão de Cultura e pela 2ª Secretaria da Câmara e consistirá em diploma de menção honrosa aos agraciados, que serão escolhidos por conselho julgador. A regulamentação caberá à Mesa Diretora.

Fonte: Agência Câmara de Notícias

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário