Genial/Quaest: Veja os números da corrida pelo governo da Bahia

PT entra com processo de cassação de deputado do MBL por apologia ao nazismo

Por Redação

09 de fevereiro de 2022 : 20h44

Nesta quarta-feira, 9, a bancada do PT na Câmara fez um pedido de cassação contra o deputado federal Kim Kataguiri (Podemos-SP) no Conselho de Ética por quebra do decoro parlamentar.

Vale lembrar que na última segunda, 7, o parlamentar declarou durante a participação no podcast Flow que a Alemanha errou ao criminalizar o nazismo. Ele disse após o podcaster Bruno Aiub, o Monark, ter defendido a existência de um partido nazista no Brasil.

Na visão do deputado, a melhor ideia de eliminar o discurso de ódio é liberando seus defensores a falarem sobre o nazismo para que possa ser “rechaçado” pela opinião pública. “Kim, você acha que é errado a Alemanha ter criminalizado o nazismo?”, perguntou a deputada Tabata Amaral (PSB-SP) durante a entrevista, e o parlamentar respondeu: “acho”.

No pedido, o PT afirma que o episódio “trata-se de escancarada apologia ao nazismo, que não encontra qualquer fundamento ou respaldo no direito de livre manifestação e expressão, na medida em que na ponderação de colisões entre direitos fundamentais, que não ostentam a condição de absolutos, a defesa da vida e da dignidade humana deve prevalecer sobre essas compreensões de ódio que ainda teimam em florescer em nossa sociedade”.

“A sociedade brasileira e a comunidade internacional ficaram perplexas e revoltadas, quando em determinado momento do programa, o Apresentador defendeu abertamente, de forma criminosa, a legalização de um partido nazista no Brasil”, completa.

Acesse o pedido do PT clicando aqui.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

4 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

carlos

10 de fevereiro de 2022 às 09h36

O bozo promete como sem falta e falta como sem dúvida.

Responder

dcruz

09 de fevereiro de 2022 às 21h35

Por que espernear agora? Nosso presidente sempre fez e faz (embora veladamente, já que parte das instituições não deixam ele se exceder) apologia ao nazismo e, pasmem, foi eleito. Pior, ainda continua em segundo nas pesquisas. E nem adianta a esfarrapada desculpa de que “não sabiam “, ele nunca negou sua ideologia. A conclusão trágica é que seus eleitores, um bom quinhão, são nazistas.

Responder

Saulo

09 de fevereiro de 2022 às 21h13

Kim Katarolinhas faz apologia ao nazismo…? Kkkkkk

Quem faz apologia ao nazismo é quem trancou milhões de pessoas em casa , é quem algemou mulheres por estarem na praça, é quem soldou portas de comércios, é quem censuras revistas, prende deputados e presidente de partidos, é quem manda a polícia Federal na casa de Sérgio Reis…isso tudo no silêncio dos auto proclamados democratas bam bam bam.

Responder

    Rafiusk

    10 de fevereiro de 2022 às 09h36

    Saulo, distanciamento social foi crucial no início quando nao tínhamos vacina e nem estrutura para lidar com o covid 19. Os países que fizeram isso direito tiveram poucas baixas. Já nosso falastrão aqui ajudou matar os 600.000 de covid das nossas estatísticas.
    Sergio reis praticou crime…tem que ir policia la mesmo

    Responder

Deixe um comentário

Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes Os Principais Eleitores de Bolsonaro Janela Partidária 2022: Quem ganhou, quem perdeu? Caro? Gasolina, Gás e Diesel: A atual política de preços da Petrobrás As Maiores Enchentes do Brasil