Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Lewandowski sobre ataques de Bolsonaro às urnas eletrônicas: “os lobos não levarão a melhor”

Por Redação

24 de julho de 2022 : 10h22

Neste sábado, 23, o ministro do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, usou a fábula de Jean de La Foutaine, “O Lobo e o Cordeiro”, para responder aos ataques de Jair Bolsonaro e apoiadores contra as urnas eletrônicas.

No seu artigo publicado na Folha, o magistrado escreveu que “a velha fábula remete-nos à inusitada situação vivida atualmente no Brasil, na qual agentes governamentais, secundados por integrantes de estamentos armados —ao que se sabe, minoritários— colocam em dúvida, mediante alegações completamente infundadas, a segurança das urnas eletrônicas”.

Lewandowski contraria a fábula ao dizer “que os lobos não levarão a melhor, por mais que elaborem sofismas e exibam as presas, pois os hoje mais de 150 milhões de brasileiros aptos a votar —os quais de cordeiros não têm nada—, escaldados pelos incontáveis retrocessos institucionais que maculam a crônica política nacional, certamente haverão de fazer prevalecer a sua vontade soberana”.

Vale lembrar que na última segunda-feira, 18, Bolsonaro reuniu embaixadores no Palácio da Alvorada para divulgar fake news e atacar o sistema eleitoral brasileiro.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

10 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

William

24 de julho de 2022 às 17h25

Esse é um dos que descondenou o ex lavador de dinheiro público para fazer o papel de fantoche nessas próximas eleições ?

Responder

Carlos Bananaro

24 de julho de 2022 às 15h41

Se posicionando politicamente de novo essa turma ?

O assunto das urnas eletrônicas é coisa do congresso e ninguém mais…mas o Barrros foi interfir por lá também….

Vivem no exterior mas pelo jeito não aprendem nada por lá.

Responder

Jorge Fernandes

24 de julho de 2022 às 14h30

Miguel vais ter muito trabalho para desinfectar o sitio

Responder

Luan

24 de julho de 2022 às 13h40

“agentes governamentais, secundados por integrantes de estamentos armados —ao que se sabe, minoritário.”

Esse é o respeito que um Ministro de uma Corte Constitucional tem pela opinião dos Brasileiros.

O outro, Gilmar Mendes definiu dois representantes eleitos como “essas coisas aí”.

Essas “coisas aí” que estão no Supremo hoje se colocaram acima de tudo e de todos e não ao serviço dos brasileiros.

O nível rasteiro desses canalhas é vergonhoso…mas as pessoas estão vendo tudo muito bem.

Responder

Galinzé

24 de julho de 2022 às 11h21

Quem escreveu na Constituição que os nomes dos Ministros do STF são indicados exclusivamente pelo presidente da República provavelmente pensou que os brasileiros tivessem o mínimo de inteligência de refrescar o ambiente através da alternância no poder, que é o oxigênio de qualquer democracia saudável.

Infelizmente não contaram com a “genialidade” dos tupiniquins…

Hoje o STF é uma instituição completamente aparelhada, uma aberração ridícula que nada tem a ver com a constituição.

As nomeações exclusivamente políticas e “vitalícias” dos membros do STF é um câncer da democracia.

As democracias precisam de oxigênio, a Brasileira apodreceu.

Responder

Fanta

24 de julho de 2022 às 11h10

Lewandowski é cão de guarda fiel da quadrilha, não falha uma sequer vez.

Responder

Saulo

24 de julho de 2022 às 11h08

Continuam fazendo declarações políticas, não tem jeito, a presunção, a arrogância e incapacidade de ficar dentro do próprio quadrado não deixam.

Quando o mesmo assunto era debatido em 2014 pela esquerda não me lembro de todo esse estardalhaço…hoje quem tinha isso como bandeira se calou, sumiu por meros interesses pessoais e sem compromisso algum com os brasileiros.

A esquerda é uma coisa patética e por falta de capacidades hoje o STF assumiu o papel que deveria ser da mesma, fora e dentro o Congresso. Soltaram o larápio para concorrer as eleições e fazem oposição ao governo no lugar dos partidos de esquerda.

Fazer oposição se aprende estando no governo mas todo mundo sabemos como essa gente ficava no governo por tanto não aprenderam absolutamente nada. Roubando e pagando para votar a favor do governo não se aprende nada.

Isso não é uma democracia, é uma aberração.

Responder

EdsonLuíz.

24 de julho de 2022 às 11h04

Filosófico, o Lewiandoviski, falando de sofistas e de sofismas…

Eu estarei sofismando, Lewiandoviski, se disser que com Gilmar Mendes, com você e com Dias Toffoli como ministros do STF os cordeiros também não levarão a melhor?

Temos no STF o Luis Barroso, o Luis Fux, o Edson Fachin e o Alexandre Moraes para defenderem os cordeiros, mas eles sofrem ataques de jair bolsonaro todos os dias, e sofreram e sofrem muitos ataques de petistas sempre que seus votos contrariam os interesses de Lula e do PT.

Responder

EdsonLuíz.

24 de julho de 2022 às 11h01

Lewiandoviski falando de sofistas e de sofismas…

Eu estarei sofismando, Lewiandoviski, se disser que com Gilmar Mendes, com você e com Dias Toffoli como ministros do STF os cordeiros também não levarão a melhor?

Temos no STF o Luis Barroso, o Luis Fux, o Edson Fachin e o Alexandre Moraes para defenderem os cordeiros, mas eles sofrem ataques de jair bolsonaro todos os dias, e sofreram e sofrem muitos ataques de petistas sempre que seus votos contrariam os interesses de Lula e do PT.

Responder

Ronei

24 de julho de 2022 às 10h52

Esse é o que tornou a Dilma elegível mesmo a Constituição dizendo o exato oposto ?

In Lewantrotsky we Trust.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina