Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Divulgação

Janones manda recado a campanha de Lula após queda de vantagem em MG

Por Redação

12 de agosto de 2022 : 10h02

Nesta sexta-feira, 12, o deputado federal André Janones (Avante-MG) mandou um recado para a campanha do ex-presidente Lula (PT) após a pesquisa da Genial/Quaest mostrar a queda da vantagem do petista, de 18 para nove pontos, sobre Jair Bolsonaro.

Para Janones, a recuperação vertiginosa de Bolsonaro no estado é consequência do pagamento da primeira parcela do Auxílio Brasil de R$600.

“Pesquisa de hoje aqui em MG: diferença entre Lula e Bolsonaro cai de 18 pra 9, com apenas 2 dias de auxílio em R$600,00”, disse.

“Ou a esquerda senta no chão da fábrica pra conversar com os operários ou já era. Detalhe:o chão da fábrica atualmente, são as redes sociais, em especial o Face”, completa.

Vale lembrar que além do apoio a Lula, o parlamentar é um dos integrantes do grupo que administra as redes sociais do ex-presidente.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Luan

12 de agosto de 2022 às 17h08

Jaja começam a copiar os passeios de moto e o casal Larápios tirando fotos na missa…kkkkkk

A esquerda é morta, não tem nada, não tem assuntos de interesse dos brasileiros, sempre o mesmo discurso ideológico/troglodita de 30 anos atrás que não saí do eleitorado de sempre e da Globo mas isso não funciona mais.

A confirmação disso é ver um velhinho ranzinza pluricondenado reesumado fazer o papel de fantoche por falta de opções.

Responder

Gilson de Moura Modesto

12 de agosto de 2022 às 15h57

Concordo com o Janones, as redes sociais hoje em dia são decisivas, em um tempo em que as pessoas usam as redes sociais para interagir até mesmo com os da própria familia e isto diminuiu sensivelmente a influência dos comícios e passeatas. Mas nesta altura do campeonato pouco se pode fazer, pois a tomada das redes sociais é um projeto de médio, longo prazo no qual os formadores de opinião e militantes devem reaprender a linguagem a usar em discussão política fora dos seus círculos de amizade. Ou seja, a militância deveria ter sido chamada para participar há pelo menos uns dois anos

Responder

Bernardo

12 de agosto de 2022 às 11h56

Faz sentido. A campanha está muito ” academica” e é preciso desnudar o desgoverno atual com linguagem que o povo assimile, seja nas redes seja na midia tradicional. O horario gratuito somente não é suficiente. Os condutores da campanha precisam agir rapido com esse alerta.

Responder

Saulo

12 de agosto de 2022 às 11h50

Falta só o Dória agora para completar este receptáculo de tranqueiras….kkkkkkkkk

Responder

Kleiton

12 de agosto de 2022 às 11h33

Foi só este cretino chegar perto do Lula e a vantagem caiu….kkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário