Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Ricardo Stuckert

Exame/Ideia: Lula se mantém firme na liderança e Bolsonaro oscila dentro da margem

Por Gabriel Barbosa

25 de agosto de 2022 : 09h06

A Exame/Ideia divulgou nesta quinta-feira, 25, a nova rodada de pesquisa eleitoral que mostra a liderança consolidada do ex-presidente Lula (PT) com 44% das intenções de voto. O líder progressista manteve no índice da pesquisa anterior.

Enquanto isso, Jair Bolsonaro (PL) oscilou três pontos e foi a 36% das menções. Na série histórica, é a menor margem de vantagem registrada por Lula na pesquisa. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) não emplaca e registra 9% e Simone Tebet (MDB), 4%. Branco/Nulo 2% e Indecisos, 3%.

Na espontânea, há um empate técnico entre Lula e Bolsonaro. Enquanto o líder progressista fica com 33%, Bolsonaro fecha nos 30% de preferência. Ciro e Tebet também estão empatados com 3% e 2%, respectivamente. Branco/Nulo 7% e Indecisos, 24%.

Segundo o fundador do Ideia, Maurício Moura, com a definição das candidaturas, há uma consolidação da polarização entre os dois principais candidatos. “Isso reflete o grau de consolidação de voto e uma grande definição neste momento da eleição”.

Na prática, a pesquisa confirma antecipação do 2° turno e a possibilidade do ex-presidente Lula (PT) ser beneficiado com o “voto útil” entre os eleitores de outras candidaturas, principalmente do ex-ministro Ciro Gomes (PDT), mais alinhado ao projeto político do petista.

A pesquisa ouviu (por telefone) 1.500 eleitores entre os dias 19 e 24 de agosto e com margem de erro de três pontos. O levantamento foi registrado no TSE com o número BR-02405/2022.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

6 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

D, R,

25 de agosto de 2022 às 15h25

Não vamos nos ILUDIR: Se Lula for para o 2º turno contra Bolsonaro, certamente, Bolsonaro será reeleito! Lula deveria ter escolhido o Haddad como candidato ou outro petista, como o Camilo Santana, com um passado mais limpo; pois, a eleição será um XERIFE contra um EX-PRESIDIÁRIO! Se Lula tiver um PINGO de amor ao Brasil e não quiser destruir sua biografia e sair como um FRACASSADO dessa eleição, deveria inventar alguma desculpa (talvez, uma doença) e desistir da candidatura; passando a bola para o Ciro. Pois, se Ciro vencer Bolsonaro, o Lula sairá como herói dessa história toda; e se Ciro perder, Lula manterá sua biografia e sairá por cima. QUEM VIVER, VERÁ…

Responder

EdsonLuíz.

25 de agosto de 2022 às 11h46

Ciro Gomes e Simone Tebet têm que disputar juntos.

-A campanha de Ciro é uma campanha solitária do PDT;

-A campanha de Simone Tebet é, na prática, uma campanha solitária do Cidadania23.

Unificar as campanhas e os programas de Ciro Gomes e Simone Tebet é importante! Ciro e Simone têm que unificar as campanhas! Precisamos derrotar jair bolsonaro e derrotar o prego enferrujado da política brasileira, o PT.

E, claro, temos que torcer para que os bons petistas recuperem o PT ao menos moralmente e assim afastem o PT das companhias com quem o PT anda: Gedel, Renan, Eunício…

Responder

Francisco*

25 de agosto de 2022 às 11h17

A praticamente 1 mês da eleição, as pesquisas da Veja, Paraná, Geniais e outras piores patrocinadas por bufunfeiros, notórios apoiadores das ‘políticas’ do posto Ipiranga a entregar o país, mostrando nessa altura do campeonato Lula à frente por 8 a 12 pontos à frente, pode cravar que a eleição não passa de 02 de outubro, pegando o ‘Cramulhão’ sem calça e coturno e ‘Cirão da Massa’ sem a menor chance de bisar Paris flanando à margem direita do Sena.

Depois das 21 horas e 10 minutos dessa quinta-feira, não restará nada mais que a mídia da classe dominante possa fazer e o desespero nas falanges do ódio, sem mais controle e berrante que os faça obedecerem os adestradores, fará com que os esperneios cheguem à beira do estouro da boiada tão bem descrita por Euclides da Cunha:

“Segue a boiada vagarosamente, à cadência daquele canto triste e preguiçoso. Escanchado, desgraciosamente, na sela, o vaqueiro, que a revê unida e acrescida de novas crias, rumina os lucros prováveis: o que toca ao patrão e o que lhe toca a ele, pelo trato feito (…)
E prosseguem, em ordem, lentos, ao toar merencório da cantiga, que parece acalentá-los, embalando-os com o refrão monótono… ecoando saudoso nos descampados mudos

De súbito, porém, ondula um frêmito sulcando, num estremeção repentino, aqueles centenares de dorsos luzidios. Há uma parada instantânea. Entrebatem-se, enredam-se, trançam-se e alteiam-se fisgando vivamente o espaço, e inclinam-se, e embaralham-se milhares de chifres. Vibra uma trepidação no solo; e a boiada estoura…

A boiada arranca.

Nada explica, às vezes, o acontecimento, aliás vulgar, que é o desespero dos campeiros.

(…) Uma rês se espanta e o contágio, uma descarga nervosa subitânea, transfunde o espanto sobre o rebanho inteiro. É um solavanco único, assombroso, atirando, de pancada, por diante, revoltos, misturando-se embolados, em vertiginosos disparos, aqueles maciços corpos tão normalmente tardos e morosos.

E lá se vão: não há mais contê-los ou alcançá-los.
(…) milhares de corpos que são um corpo único, monstruoso, informe, indescritível, de animal fantástico, precipitado na carreira doida. E sobre este tumulto, arrodeando-o, ou arremessando-se impetuoso na esteira dos destroços, que deixa após si aquela avalanche viva…, preso às crinas do cavalo — o vaqueiro!

Já se lhe têm associado, em caminho, os companheiros, que escutaram, de longe, o estouro da boiada. Renova-se a lida: novos esforços, novos arremessos, novas façanhas, novos riscos e novos perigos, a despender, a atravessar e a vencer, até que o boiadão, não já pelo trabalho dos que o encalçam pelos flancos, senão pelo cansaço, a pouco e pouco afrouxe e estaque, inteiramente abombado.

Reaviam-no à vereda da fazenda; e ressoam, de novo, pelos ermos, entristecedoramente, as notas melancólicas do aboiado.”

Responder

Bandoleiro

25 de agosto de 2022 às 10h11

O Larapio serà devolvido ao remetente (STF).

Responder

carlos

25 de agosto de 2022 às 10h08

O bozo parece está com os dias contados para prisão e esse puxa saco vai chorar ainda qdo ele for ver o sol nascer quadrado. E m nuremberg.

Responder

Partagas

25 de agosto de 2022 às 09h56

Traduzindo do esquerdes bananoide…Bolsonaro sobe 3 pontos e Lula nao sai do lugar até 2057…kkkkkkkkk

As pesquisas estao começando a se alinahr com os fatos, com a realidade…a utima como sempre serà a Folha, que encomenda pesquisas para o Datafolha (junto a Globo) e dizendo que Folha e Datafolha nao sao da Folha….kkkkkkkkkkk

Responder

Deixe um comentário