Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Imagem: Reprodução

DataFolha/SP: Haddad mantém a liderança enquanto Tarcísio e Garcia disputam o 2° lugar

Por Redação

22 de setembro de 2022 : 21h09

O levantamento do DataFolha divulgado na noite desta quinta-feira, 22, mantém a liderança folgada do ex-prefeito Fernando Haddad (PT) na disputa pelo governo de São Paulo.

Nesta pesquisa, Haddad caiu de 36% do levantamento anterior para 34% das intenções de voto. O ex-ministro Tarcísio de Freitas (Republicanos) oscilou um ponto para cima e registra 23%.

Já o atual governador, Rodrigo Garcia (PSDB), se manteve com 19% das menções. Como a margem de erro é de dois pontos percentuais, Tarcísio e Garcia estão empatados tecnicamente.

Na disputa de segundo turno, o petista venceria o bolsonarista por 49% a 38%. Já na disputa contra Garcia, Haddad venceria o pleito com 46% a 41% do votos totais.

O DataFolha ouviu 2000 eleitores, de forma presencial, de 86 municípios do estado de São Paulo, entre os dias 20 e 22 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e a Folha.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

5 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Sá Pinho

23 de setembro de 2022 às 14h12

Barba, Lula no Planalto.

Cabelo, Haddad no Bandeirantes.

Bigode, Olívio Dutra no Senado.

Responder

Sergio Furtado Cabreira

23 de setembro de 2022 às 10h55

Interessante… tá sentindo o “laçinho no pescoçinho”?????
Que cousa, héin???
Melhor em levantar do vaso… kkkkkkk!

Responder

Paulo

22 de setembro de 2022 às 22h28

Eu tenho um palpite de que em São Paulo se trava a maior das disputas de 2022, na política brasileira, já que em nível nacional parece que o laço em nossos pescoços está se fechando. Eu acho quase impossível o Haddad ganhar. Aliás, por que razão não divulgaram o n° de votos nulos/brancos? A vantagem do petista é mais relativa que a teoria da relatividade…

Responder

    Paulo

    22 de setembro de 2022 às 22h42

    Vejo que o grande problema é os bolsonaristas insistirem com o Tarcísio. Isso pode nos levar à ruína, já que será imprescindível que haja uma oposição importante a um eventual governo Lula, em Brasília. E só SP pode fazer isto com eficiência e altivez. Se insistirem no Tarcísio – que é um alienígena – , Haddad ganha e seremos conduzidos ao ponto de adesismo incondicional à pauta petista, que não terá contraponto. Se o PT ganhar a presidência e o estado de SP, tudo estará perdido. Não haverá retorno possível, a não ser com um golpe, que é o que ninguém deseja…

    Responder

galinze@hotmail.com

22 de setembro de 2022 às 22h09

No segundo turno se juntam os votos do Tarcísio e desse Garcia e o Caggad leva uma surra como levou na reeleição a Prefeitura de SP.

Responder

Deixe um comentário