Análise em vídeo das manifestações do 2 de outubro e as vaias a Ciro

Fundamentos da economia brasileira encerram 2015 ainda mais sólidos

Por Miguel do Rosário

26 de janeiro de 2016 : 12h57

O Banco Central acaba de divulgar a sua Nota para a Imprensa sobre o setor externo da economia brasileira.

Pausa para um longo suspiro de alívio.

A nota confirma que os fundamentos da economia brasileira encerraram o ano de 2015 com uma solidez invejável, por incrível que isso pareça para alguém acostumado a seguir o noticiário apocalíptico da nossa imprensa.

O primeiro parágrafo da nota resume bem:

As transações correntes apresentaram deficit de US$2,5 bilhões no mês. No ano, o resultado em conta corrente foi negativo em US$58,9 bilhões, equivalentes a 3,32% do PIB, comparativamente a deficit de US$104,2 bilhões, 4,31% do PIB, em 2014. Na conta financeira, as captações líquidas superaram as concessões líquidas em US$2,6 bilhões, com destaque para os ingressos líquidos de investimentos diretos no País (IDP), US$15,2 bilhões. No ano, a conta financeira acumulou captações líquidas de US$56,7 bilhões, destacando-se novamente os ingressos líquidos de IDP, US$75,1 bilhões.

Segundo a Reuters, é o menor déficit desde o início da série histórica, iniciada em 2010.

ScreenHunter_390 Jan. 26 12.11

O Valor concorda.

ScreenHunter_391 Jan. 26 12.59

Para 2016, o Banco Central espera nova redução do déficit em conta corrente.

Tentando traduzir o economês: a quantidade de dinheiro que, todos os anos, sai do Brasil, em todas as suas formas (remessa de lucros, viagens aos exterior, etc), caiu brutalmente na relação com o que entrou. E tudo foi largamente compensado pelos investimentos diretos, que são os melhores, porque são os voltados para a produção e emprego.

Os investimentos diretos no Brasil totalizaram US$ 75,1 bilhões, ou mais de R$ 300 bilhões. Este número consolida o Brasil como um dos principais destinos globais dos investimentos em negócios e produção, e desmente cabalmente todas as análises coxinhas sobre o “fim do Brasil”.

Podemos fazer a crítica que quisermos ao capitalismo, mas não podemos negar que ele não brinca em serviço. Se os capitalistas estão fazendo investimentos duradouros no país, é porque eles acreditam em nosso potencial econômico.

Durante os cinco anos do governo Dilma, a entrada de recursos na forma de investimentos estrangeiros diretos bateu, de longe, recordes anteriores.

O mundo nunca investiu tanto no Brasil, e falo de investimentos duradouros, destinados à produção, do que durante o governo Dilma.

Mas ninguém sabe disso porque o governo é completamente analfabeto e inerte em matéria de comunicação.

Se o governo soubesse ao menos fazer uns gráficos e mostrar isso à população brasileira…

Mas é demais pedir ao governo que faça um gráfico, quanto mais vídeos, aplicativos, hotsites, animações, memes, entrevistas, etc.

A dívida externa do setor público caiu de US$ 139 bilhões em 2014, para US$ 129,59 bilhões ao final de 2015.

No total (setor público e privado), a nossa dívida externa bruta caiu de US$ 352 bilhões em 2014, para US$ 337 bilhões em 2015.

Alguém poderá constestar: ah, mas o dólar aumentou muito! Sim, mas também temos reservas em dólar. Ou seja, ganhamos ainda mais com as reservas, do que perdemos com a dívida.

Nossas reservas seguem as maiores do mundo: US$ 369 bilhões, ou seja, temos quase 1 trilhão e meio de reais guardados na poupança, que podemos usar para nos defender de qualquer ataque especulativo, sem nos endividar.

Até o fim de 2016, o Banco Central estima que nossas reservas devem subir para US$ 371,53 bilhões.

Outras estimativas feitas pelo BC para 2016:

– os investimentos diretos deverão somar US$ 60 bilhões, menores que os US$ 75 bilhões deste ano, mas ainda assim no topo do ranking mundial (haverá queda no mundo inteiro).

– a balança comercial (exportação menos importação) deverá ser superavitária em US$ 30 bilhões, depois de amargar déficit de US$ 6,6 bilhões em 2014 e superávit de US$ 17,67 bilhões em 2015.

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

41 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Enio

30 de janeiro de 2016 às 14h07

A elite criminosa tem MEEEEDO do povo brasileiro com Lula 2018. #LulaEuConfio

Responder

Marcelo Varella

28 de janeiro de 2016 às 09h45

Hahahahaha
Vc é um sarrista!
Ou cego?
Ou lunatico?

Responder

Rogério Rodrigues

27 de janeiro de 2016 às 11h24

Depois que Lula disse ser um homem honesto. Cervero se diz o mais lindo.

Responder

Roberto Campos

26 de janeiro de 2016 às 23h04

Ahahahaha, essa piada foi demais! So falta elogiar s Dilma como gestora publica.

Responder

    Hell Back

    31 de janeiro de 2016 às 18h03

    “publica”???? E só falta você fazer uma reciclagem para aprender acentuação básica. Todas as palavras PROPAROXÍTONAS são acentuadas. rs rs rs

    Responder

Kelly Naldo Pedro

26 de janeiro de 2016 às 22h42

Não era isso que a Dilma dizia que o Brasil não iria sofrer tanto na crise pois a economia estava fundamentada em bases solida.

Responder

Jaci Gouvea

26 de janeiro de 2016 às 22h33

Essa página mata de rir!!!

Responder

Romoaldo Faccin

26 de janeiro de 2016 às 22h22

Esta recebendo qto para postar bobagem sua anta vendido

Responder

Pedro Viscardi

26 de janeiro de 2016 às 21h22

Caro, adoro notícias boas, fui eleitor da Dilma, mas esse título é indenfensável. Infelizmente, nós estamos em um cenário ruim. Recessão, inflação alta, aumento do desemprego, etc. Um título justo e otimista seria: Brasil tem melhora na balança de pagamentos. O ajuste cambial é ótimo para o setor externo, sou muito a favor de uma moeda competitiva e também fico feliz com os últimos resultados, mas a forma como a notícia foi escrita me incomodou. Vejo coisas boas no seu blog e entendo que vc queira fazer um jornalismo otimista, diferente da mídia covencional. Mas melhor do que isso é ser realista. É por isso que gosto do Tijolaço, pois apesar de apoiar o governo, não faz matérias como esta. Sei que você critica o Planalto de vez em quando, principalmente na questão da Comunicação. Seria interessante ver essa seriedade na economia.

Responder

    Vitor

    26 de janeiro de 2016 às 20h49

    Pedro, meus parabéns pelo seu comentário.
    De longe o mais sensato do blog, incluindo o do autor.

    Responder

Vitor

26 de janeiro de 2016 às 17h54

Ás vezes é difícil dizer o que é pior, o pessimismo exagerado da grande mídia ou o otimismo exagerado do Cafezinho (e outros sites governistas)…
O irônico é que um desce a botuna no outro, mas no fundo são muito parecidos. Faces diferentes da mesma moeda…

Responder

Bruno Cordeiro

26 de janeiro de 2016 às 19h05

Não né, não vamo zuar

Responder

Jose Edvan Paz

26 de janeiro de 2016 às 18h36

Tanta coisa séria a ser tratada e vocês aí com piada besta…ah vão tomar c…afé.

Responder

Flávio Chaves

26 de janeiro de 2016 às 17h29

O que esperar de uma página patrocinado pelo PT né? Devem acreditar também em Lula como o homem mais santo do Brasil, pode ter até igual, mas, mais honesto que ele, não existe. Ô homem santo, tem que pedir a beatificação dele imediatamente, falta só morrer pra beatificar.

Responder

    Francisco Das Chagas Lemos

    26 de janeiro de 2016 às 18h19

    Flavio tas ganhando quanto do Aécio.

    Responder

    O Cafezinho

    26 de janeiro de 2016 às 18h21

    Francisco, porque tanto ódio? Só porque tem boa notícia? E onde você viu patrocínio do PT por aqui?

    Responder

    Guilherme Bride Fernandes

    26 de janeiro de 2016 às 18h31

    O Cafezinho, trocou os nomes.

    Responder

    Vicente

    26 de janeiro de 2016 às 16h38

    Bom mesmo é o Aécio tri-delatado. E o Fernando, aquele das privatizações e do pires ao FMI… esses são os caras.

    Responder

    O Cafezinho

    26 de janeiro de 2016 às 19h26

    Ops corrigi

    Responder

    Braulino Costa

    26 de janeiro de 2016 às 20h41

    Flávio Chaves meu belo, você se parece com um vizinho meu, que morre de inveja quando um outro tem grandes acerto!!!

    Responder

    Moacir Coelho da Gama

    26 de janeiro de 2016 às 21h23

    Realmente, meu caro Flavio, o Lula e tão honesto quanto o Cérebro e o homem mais bonito do Brasil.

    Responder

    Flávio Chaves

    26 de janeiro de 2016 às 21h54

    Tenho raiva sim, revolta, de bandidos, corruptos, sanguessugas, inclusive Aecio Francisco Das Chagas Lemos, que pra mim de oposição não tem nada, nem FHC que nunca foi de direita, não sei de onde tiraram essa ideia. Por mim o Brasil mudava de sistema de governo, reduziria a quantidade de “representantes”, do municipal ao federal, quanto mais políticos mais ladroes. Se muito 10% se salva.

    Responder

Flávio Chaves

26 de janeiro de 2016 às 17h25

Foi a piada mais engraçada que li esse ano. Forçação de barra. Não existem fundamentos sólidos. Simplesmente o real tá ferrado, brasileiro não importa é nem viaja, nossos produtos ficam baratos, mais dólares entram, legal e lógico isso. Por outro lado a indústria nacional se esfacela, milhares de empregos perdidos, comércio fechando as portas, poder de compra diminuindo apesar do aumento de salário, inflação corroendo nosso dinheiro, e por aí a fora. Sobre a destruição interna, faltaria fôlego para escrever aqui.

Responder

    Giusepe

    26 de janeiro de 2016 às 16h17

    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!

    Responder

    O Cafezinho

    26 de janeiro de 2016 às 18h22

    Exportações de manufaturados estão crescendo com dólar mais alto. Inflação controlada e caindo. Está tudo bem, meu caro.Pode dormir tranquilo.

    Responder

    Pedro Rodrigues

    26 de janeiro de 2016 às 19h20

    O Cafezinho, claro que inflação esta controlada. Ninguém tem dinheiro para comprar! ;)

    Responder

    Júlio César Fonseca de Souza

    26 de janeiro de 2016 às 21h23

    Inflação não é de demanda, mas sim devido ao aumento dos preços indexados ao dólar.

    Responder

    Júlio César Fonseca de Souza

    26 de janeiro de 2016 às 21h25

    E não é só o Real que está desvalorizado frente ao dolar.

    Responder

      Vitor

      26 de janeiro de 2016 às 20h51

      Que manipulação barata de escalas.
      Sim, praticamente todas as moedas perderam valor em relação ao dólar, mas pouquíssimas perderam tanto quanto o real. Basta ser honesto para ver…
      Você tá igual o Miguel, para contrabalancear as catástrofes que a mídia anuncia, age como se tivesse tudo normal por aqui. Menos, muito menos…

      Responder

    Milton Maldonado Jr.

    27 de janeiro de 2016 às 00h06

    Não acredito no cenário cor-de-rosa desse artigo, mas o dólar alto favorece a indústria. Num primeiro momento atrapalha por causa do encarecimento dos insumos importados, mas na hora de exportar (ou substituir importações) de manufaturados, o saldo final é positivo.

    Responder

Benito Quintanilha

26 de janeiro de 2016 às 16h19

O cafezinho, a página virou piada? Jura? Qual fundamento? A dívida pública está em mais de 2,5 trilhões. A Petrobras deve mais de 500 bilhões de reais, os juros são altíssimos, desemprego crescendo, inflação, entre outras coisas mais. Cadê os fundamentos sólidos?

Responder

    Vicente

    26 de janeiro de 2016 às 15h53

    Benito, se a situação do Brasil não é boa, também não é tão ruim.
    Veja a comparação com outros países:
    Dívida pública com relação ao PIB – taxa de desemprego:
    EUA: 102% – 5%
    Zona do Euro: 92% – 10,5%
    Índia: 66% – 4,9%
    Brasil: 58% – 7,5%
    China: 41% – 4%
    Se a Petrobras está endividada é porque houve uma desvalorização gigante do petróleo. Ou seja, todas as suas concorrentes também estão endividadas.
    É evidente que o baixo preço das commodities afeta muito o país. Mas leia o artigo do Miguel e veja também os dados que ele lista.

    Responder

      Vicente

      26 de janeiro de 2016 às 15h56

      * só uma correção, quis dizer: se a Petrobras está endividada é porque houve uma desvalorização gigante do real.
      A desvalorização do petroleo afeta os ganhos da empresa, o que dificulta um pouco também para pagar a dívida.

      Responder

    Giusepe

    26 de janeiro de 2016 às 16h21

    Petrobrás deve 500bi? Quem te informou isso? Foi o sanderberg , o merdal, ou a urubóloga? Desliga da globo que sua vida melhora como um passe de mágica.

    Responder

    Júlio César Fonseca de Souza

    26 de janeiro de 2016 às 21h27

    Responder

    Benito Quintanilha

    26 de janeiro de 2016 às 21h30

    Júlio César Fonseca de Souza, o déficit chegou a 2,7%, onde você pegou isso? É mentira,basta pegar no site do banco central.

    Responder

Nizaor Hoboe

26 de janeiro de 2016 às 16h12

Isso com certeza não será visto na mídia golpista.

Responder

    Marcelo Varella

    28 de janeiro de 2016 às 09h49

    Hahahahahaha
    Adoro esse “mídia golpista”!

    Os esquerdistas dizem que a Globo ataca e distorce as notícias do PT e Governo …. e os de direitas dizem que a Globo sempre da a notícia pela metade, ajudando a camuflar as verdades sobre o PT, Lula e Dilma …

    Vcs são demais!

    Responder

Edson Mário

26 de janeiro de 2016 às 16h01

Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios.
Salmos 90:12 … Com muita paciência
pode-se convencer a autoridade,
e a língua branda quebra até ossos.
Provérbios 25:15 PASSOS FIRME E FÉ PRESIDENTA !!! … VIVA O BRASIL !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! … “Levante-se, refulja!
Porque chegou a sua luz,
e a glória do Senhor raia sobre você.
Isaías 60:1
PT 13 RUMO AO PENTA !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Responder

Diego de Assis

26 de janeiro de 2016 às 15h50

Saite?!

Responder

Victor Cassoli

26 de janeiro de 2016 às 15h40

Isso a Globo não vai noticiar…Rsrsrsrs

Responder

Deixe um comentário