O depoimento de Lula à juíza Gabriela Hardt

Wadih Damous: a contumácia delitiva de Sergio Moro

Por Miguel do Rosário

12 de julho de 2018 : 12h44

A contumácia delitiva de Sergio Moro: até quando?

por Wadih Damous

Em março de 2016 eu apresentei, junto com outros colegas parlamentares, reclamação disciplinar ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) contra o juiz Sergio Moro, em razão de uma série de infrações éticas e disciplinares e crimes cometidos na condução de processos da chamada operação lava jato.

Dentre as arbitrariedades praticadas pelo juiz apontei ao CNJ a usurpação da competência exclusiva do Supremo Tribunal Federal para determinar interceptação telefônica de Presidente da República, ministros de Estado e Senador da República; juntada aos autos de gravação telefônica realizada após despacho de sua própria autoria determinando a sua suspensão; divulgação pública deste conteúdo e violação da comunicação entre advogado e cliente.

Passados mais de dois anos do protocolo, o CNJ nada fez.

Protocolei outras representações denunciando a venda de palestras por procuradores membros da operação lava jato, já que é proibida essa atividade por lei. O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mandou arquivar.

Dei entrada, também no CNJ, em reclamação disciplinar contra Moro por ter participado de evento privado pago por advogado que atua em processo sob sua jurisdição, o que representa evidente conflito de interesses. O Corregedor Nacional mandou arquivar sumariamente, sem qualquer investigação.

Não faz muito tempo, Sergio Moro desrespeitou decisão da segunda Turma do STF para humilhar José Dirceu, querendo impor viagem até Curitiba para colocação de tornozeleiras eletrônicas. O ministro Toffoli, acertadamente, fez valer a autoridade da Corte Suprema afirmando que a decisão de Moro se tratava de “extravasamento de suas competências”.

No final de abril, o desembargador do TRF-1, Leão Aparecido Alves suspendeu processo de extradição de um empresário naturalizado português. Moro se recusou a retirar pedido de extradição argumentando que o Tribunal não teria jurisdição sobre o tema.

Em 2014, Moro desacatou decisão do Ministro Teori Zavascki que concedia liberdade a acusados e, ao invés de cumpri-la, pediu esclarecimentos a Teori que depois terminou por se dobrar a Moro. E, no último domingo, Moro desacatou decisão do desembargador do TRF-4, Rogério Favreto, cometendo claro crime de prevaricação para evitar a libertação do ex-presidente Lula do cárcere. O ato se soma a tantos outros e reforça ainda mais sua completa suspeição para julgar qualquer processo em seja parte o ex-presidente.

O desrespeito e quebra de hierarquias de Sérgio Moro desmoraliza os Tribunais, o STF e o Poder Judiciário como um todo. Até o presente momento, os órgãos de controle têm sido coniventes e acobertado todas essas ilegalidades dos lavajateiros.

Moro pensa estar investido em jurisdição e competência universal. No caso da gravação e divulgação dos áudios da presidenta da República, Moro apenas disse que poderia ter se equivocado, mesmo expediente usado agora para se justificar a Toffoli. E fica por isso mesmo. A pergunta é: até quando?

Miguel do Rosário

Miguel do Rosário é jornalista e editor do blog O Cafezinho. Nasceu em 1975, no Rio de Janeiro, onde vive e trabalha até hoje.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

13 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

J.J.

16 de julho de 2018 às 00h41

– Os vídeos, nos links abaixo, precisam viralizar nas mídias sociais e blogs, para que o mundo todo tome conhecimento da realidade e de tudo que está acontecendo no nosso podre, fétido, judiciário nacional;
BANDIDOS DE TOGAS: https://www.youtube.com/watch?v=wHKIErwmG-4
ELIANA CALMON E O JUDICIÁRIO: https://www.youtube.com/watch?v=l2QhigH5iUM
ELIANA CALMON E A LAVA JATO: https://youtu.be/Ya1VdnrqG8E
DEGRADAÇÃO DO JUDICIÁRIO: por Dalmo de A.Dallari: http://www1.folha.uol.com.br/fsp/opiniao/fz0805200209.htm
QUEM FOI PRESO NO MAIOR ESCANDALO DE LAVAGEM DE DINHEIRO NO BRASIL, O ESCANDALO DO BANESTADO, ONDE FORAM LAVADOS MAIS DE 120 BILHOES DE DOLARES ENVOLVENDO O DOLEIRO YOUSSEF E MORO COM SUA TRUPE COMO INVESTIGADORES? (BANESTADO)= https://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/04/124-bilhoes-de-dolares-e-uma-conta-chamada-tucano.html

Responder

Pedro Cândido Aguarrara

13 de julho de 2018 às 20h39

Vai se divertindo Dodge…

Logo, logo, a canoa vai virar….

E você vai ver quem vai se aposentar…

Vai ver quem será investigada…

O Fascismo está, a nível global, nos estertores finais. A Aliança Estratégica Rússia China e Iran vai varrer o fascismo angloamericano da face da Terra. Esse fascismo que Dodges e Moros e Dallagnois e Desembagrinhos e Redes Globos representam. Esse fascismo, esse totalitarismo fascista, chamado de liberalismo, criado na Inglaterra por grupos fascistas de judeus ashkenhazis, e depois exportado para os Estados Unidos durante a Secessão, está chegando ao seu fim. E com ele esse lixo fascista que está aí, disfarçado de democráticos e republicanos, mas que são apenas os conservadores ultra reacionários da ignorância popular, da imbecilidade crônica dos telespectadores de novelas, futebois e bbbs, que os sustentam e aos seus projetos de vulgarização do viver.

Agora falta pouco….

E, mesmo agora, gente como Dodges e Moros não saem nas ruas sem seguranças, não vão aos shoppings e frequentam as salas especiais blindadas contra inconvenientes nos aeroportos.

Mas, depois que a canoa virar, vão ter que ir embora daqui, levando os Três Porquinhos da Globo com eles.

Responder

Juca Cirandinha

13 de julho de 2018 às 07h05

Vc ainda esta preso nos anos 50, quando petróleo era sinonimo de riqueza. Hoje,70 anos depois, a maioria dos paises mais ricos em petróleo do mundo sao favelas de terceiro mundo. Quem investiu em technologia e liberdade economica hoje é quem manda no mundo, e continuará sendo. Siga o exemplo de Dubai, larga mao desse grude preto almadicoado poluidor do planeta e invista em infraestrutura, industria e tecnologia.
E se quiser voltar ao sistema de lastro a ouro, por favor, passe antes no banco e entregue sua casa, seu carro e qquer bem de alto valor, porque sem o sistema atual, a oferta de crédito bancario seria acessivel apenas a grandes milionarios.

Responder

    Benoit

    13 de julho de 2018 às 09h06

    É verdade que o petróleo não é a solução para tudo e que se tem que pensar em outras vias para o desenlvimento. Apesar disso voce deveria ver que os EUA são um grande produtor de combustíveis fósseis, que eles estão tentando tirar os russos do mercado europeou de energia e estão querendo tomar o lugar deles exportando gás para a Europa. Petróleo também ajudou a Inglaterra e pelo menos regionalmente (Escócia) fez uma diferença. O petróleo deveria ser usado como uma das alavancas para o desenvolvimento. Se o petróleo brasieliro é tão irrelevante, por que firmas estrangeiras estão interessadas nele? Quanto ao tema de moeda sem lastro, isso não precisa se referir necessariamente ao ouro. Um outro aspecto disso é o fato de eles poderem imprimir tantos dolares quanto quiserem porque o mundo aceita o papel impresso, o que não seria o caso com o real. A questão é se a esses dolares corresponde realmente uma contrapartida real. Há quem tenha as suas dúvidas.

    Responder

    Benoit

    13 de julho de 2018 às 09h17

    A menção de Dubai como exemplo de desenvolvimento também me parece duvidosa. Dubai é pouco mais do que uma cidade grande. O artigo sobre Dubai na wikipedia alemã nem tem uma parte sobre a economia do país. Em inglês consegue-se ver que as finanças e transação com ouro parecem ser os principais ramos da economia do país. Não me parece que isso seja um modelo viável para o Brasil.

    Responder

Ferreti

12 de julho de 2018 às 18h26

Se o Wadih Damous disser como soube que Lula seria libertado no domingo antes mesmo do Favreto expedir a ordem, juro que faço campanha por Lula livre.

às 08:00 de domingo, Wadijh e Paulo Pimenta já estavam em Curitiba para buscar Lula. O H.C. só foi assinado uma hora e cinco minutos depois.

Os caras tem bola de cristal.

Responder

Jorge

12 de julho de 2018 às 16h22

Wadih, que trapalhada vcs fizeram hein??? Esta pajelança vai aumentar ainda mais o tempo de prisão do Lula.

Responder

    Benoit

    12 de julho de 2018 às 16h49

    Não sei de que trapalhada voce está falando, nem sei se isso significa alguma coisa. O que se tem verificado são tribunais agindo de modo completamente arbitrário, desrespeitando regras e leis. O conjunto das ações dos tribunais contra o Lula caracteriza já má-fé, e mesmo espírito criminoso. Por causa disso a justiça brasileira está perdendo a credibilidade, a dignidade. Já não há como respeitar uma justiça dessas. Não sei porque voce vê isso favoravelmente e porque voce se mostra contente contra as injustiças cometida pela injustiça brasileira contra o Lula. A justiça está em grande parte falida.

    Responder

      Marcelo

      12 de julho de 2018 às 17h09

      Quem desrespeitou regras e leis foi o desembargador sem autoridade. ( aquele que manda e ninguém obedece) , Rogério Favreto. Foi esculachado por todo o judiciário e pela PGR. Agora vai ter que andar de cabeça baixa pelos corredores do TRF-4 !

      Responder

      Brasileiro da Silva

      12 de julho de 2018 às 20h51

      Vc tem razão. O Favreto desrespeitou as regras e a lei.

      Responder

Régis

12 de julho de 2018 às 14h12

Tudo isso tem haver com a descoberta do Pré Sal. A oligarquia bancária privada anglo americana quer ter sob seu controle todas as riquezas reais do mundo. O projeto de Partilha mais a exigência de conteúdo local na exploração dessas riquíssimas jazidas recém descobertas faria do Brasil uma potência regional com direito até a entrar para a OPEP. Seria o começo de uma real soberania caso soubéssemos proteger e explorar com inteligência essa imensa riqueza em favor de nossa Nação.
Mas infelizmente os abutres estrangeiros com todo seu aparato de cooptação, infiltração, coerção, opressão e controle da informação, o próprio povo apoiou a rapina, a entrega escancarada da sua maior riqueza em prol dos interesses de fora do país.
Estamos entregando riquezas que deveriam ser da União, para o controle de pessoas que sempre permaneceram ocultas, que são os verdadeiros corruptos, que tem o controle da informação e manipula a opinião pública. Parabéns as famílias dos grandes banqueiros privados internacionais, vocês estão dominando o mundo e controlando a grande massa de ignorantes que não conhecem o sistema fraudulento da moeda reserva sem lastro que é o dólar, impressos por vocês. Com papel e tinta, mais o controle da informação, vocês estão se apoderando das riquezas reais do mundo.

Responder

    Ferreti

    12 de julho de 2018 às 18h23

    Rapaz! Não escreve bobagem.
    Se o pré-sal tivesse a ver com a prisão de Lula, por que os gringos permitiram que Dilma fosse eleita duas vezes? Não era melhor ter cortado o mal já em 2010?

    Como vocês são tontos.

    Responder

    Juca Cirandinha

    13 de julho de 2018 às 07h05

    Vc ainda esta preso nos anos 50, quando petróleo era sinonimo de riqueza. Hoje,70 anos depois, a maioria dos paises mais ricos em petróleo do mundo sao favelas de terceiro mundo. Quem investiu em technologia e liberdade economica hoje é quem manda no mundo, e continuará sendo. Siga o exemplo de Dubai, larga mao desse grude preto almadicoado poluidor do planeta e invista em infraestrutura, industria e tecnologia.
    E se quiser voltar ao sistema de lastro a ouro, por favor, passe antes no banco e entregue sua casa, seu carro e qquer bem de alto valor, porque sem o sistema atual, a oferta de crédito bancario seria acessivel apenas a grandes milionarios.

    Responder

Deixe uma resposta

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com