Analista da Ideia fala sobre “voto útil” dos eleitores de Ciro a Lula no 1° turno

Imagem: Divulgação

Podemos diz que Moro saiu do partido sem falar com ninguém

Por Redação

01 de abril de 2022 : 10h18

Nesta quinta-feira, 31, a Executiva Nacional do Podemos divulgou uma nota oficial do partido sobre a decisão do ex-juiz parcial, Sérgio Moro, de trocar a legenda pelo União Brasil. Moro acabou aceitando o convite do presidente da sigla, Luciano Bivar (PE).

Na nota, o Podemos lembra que passou mais de um ano em diálogo com Moro para que ele pudesse se filiar ao partido e ser o candidato da chamada terceira via.

“O Podemos jamais mediu esforços para garantir ao presidenciável uma pré-campanha robusta, a começar por um grande evento de filiação e por toda retaguarda necessária para deslocamentos em segurança pelo País, com total garantia de recursos para sua futura campanha eleitoral” diz a nota.

Na sequência, a Executiva Nacional diz que foi pega de surpresa com a decisão do ex-juiz parcial. Tanto é que, segundo o Podemos, os deputados e senadores do partido ficaram sabendo pela imprensa, ou seja, Moro sequer telefonou para comunicar.

“Para a surpresa de todos, tanto a Executiva Nacional quanto os parlamentares souberam via imprensa da nova filiação de Moro, sem sequer uma comunicação interna do ex-presidenciável”, ressalta.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

7 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

EdsonLuíz.

02 de abril de 2022 às 01h08

Os lulistas e os bolsonaristas são bem irmanados em seu ridículo atraso.

Lulistas e bolsonaristas se irmanam para atingir a reputação de quem os desmascara, como o ex-juiz Sérgio Moro, que fez um excelente trabalho de combate à corrupção e colocou um monte de corruptos na cadeia depois de provar os crimes desses patifes, incluindo Lula, José Dirceu, Norberto Oderbrecht e Eduardo Cunha e, mesmo como Ministro da Justiça de jair bolsonaro, espremeu o presidente-miliciano até que bolsonaro e família caíssem no desespero e espumassem, como nós vimos bolsonaro espumando de raiva naquela reunião final que resultou na saída do ex-juiz do ministério da justiça.

Pena que o ex-juiz, por despreparo político ou pela segueira da ambição (ou pelas duas coisas), cometeu o erro de acreditar em bolsonaro.

Eu penso como o ex-ministro Joaquim Barbosa, que também fez um grande serviço de cpmbate à corrupção, assim como Sérgio Moro: o grande erro de Sérgio Moro foi o de confiar em jair bolsonaro.

Para ser juiz de direito Sérgio Moro mostrou ter preparo, dignidade, coragem e integridade ; já para ser presidente da república o Sérgio Moro não tem preparo, formação ou experiência. Se ele quiser mesmo seguir uma carreira política, melhor vai fazer se for humilde e começar como deputado para aprender.

Eu tenho minhas diferenças ideológicas com o ex-juiz e não votaria nele para nada. Mas eu sei que a democracia é feita de diversidade. Alguém com a ixeologia dele pide contribuir muito na Câmara ou no Senado. Na vida pública só não cabe — ou não deveria caber — gente CORRUPTA!

Os que xingam o ex-juiz por ele ter desmascarado corrupção — como no caso de Lula — ou sustentado investigação –como no caso da família bolsonaro –esses vomitam contra o ex-juiz o mesmo ódio que certamente o megatraficante e esquartejador Fernandinho Beira Mar e seus cúmplices vomitam contra o ex-juiz, por Sérgio Moro ter tido coragem de condenar o esquartejador e megatraficante internacional quando todos tremiam e não condenavam.

O ex-juiz, na ânsia de conseguir punir os corruptos e sabendo que corruptos no topo do poder econômico ou político são muito poderosos, acabou cometendo alguns erros rituais do processo, erros meramente processuais e que são facilmente corrigidos quando não se quer impunidade de delinquentes como Lula, bolsonaros ou Fernandinhos Beira Mar.

Tem os cúmplices desses que teimam em usar esses erros meramente rituais como se fossem erros maiores do que matar ou roubar dinheiro públuco que deveria servir para educação e saúde, por exemplo.

Mas essa gente é capaz até de debochar do esfolamento de crianças, de doentes, de velhos e de soldados que estavam em paz em casa, como na agressão da Rússia ao povo da Ucrânia e que nós vemos bolsonaro e bolsonaristas, Lula e lulistas debochando e não condenando Putin e a Rússia.

Esperar o que dessa gente? Esperar que elas tivessem dignidade para reconhecer os seus erros? Esperar que elas assumissem seus crimes, em vez de tentar inverter as coisas e criminalizar quem teve coragem de desmascará-los?

Responder

Ronei

01 de abril de 2022 às 17h32

Moro é um metidinho insosso, sem caráter.

Quando começou a recitar a figura do político caiu no ridículo.

Vai passar 4 anos no Congresso para não perder visibilidade e em 2026 vai se apresentar para herdar os votos de Bolsonaro.

Responder

carlos

01 de abril de 2022 às 17h02

Qual a relação desses vagabundos com o povo de São Paulo, Sérgio Moro, Eduardo Bolsonaro, vulgo (bananinha) , Tarcísio de Freitas, Eduardo Cunha tem com São Paulo? Nenhuma todos moradores e do Rio é Paraná. Particularmente o Dudu bananinha, o que ele fez pelo povo paulistano?

Responder

Alexandre Neres

01 de abril de 2022 às 14h47

Quem não se lembra de Moro sendo recepcionado com pompa e circunstância pelo Podemos há poucos meses? Ontem foi recebido no UB por apenas um integrante, o ex-bolsonarista Júnior Bozzela. Um retrato simbólico de que se tornou mero coadjuvante!

Moro traiu: o Poder Judiciário, o estado democrático de direito, a Constituição Federal, a economia nacional, o povo brasileiro, Jair Messias, Carla Zambelli, o STF, Doria, Álvaro Dias e agora, por fim, o Podemos. Apesar de se manter fiel ao Tio Sam, Moro é acima de tudo um traíra!

Toda essa movimentação na surdina, a respeito da qual o Podemos ficou sabendo pelos jornais, foi feita com o objetivo primordial de garantir a Moro o foro especial por prerrogativa de função, segundo seus próprios aliados. Quando era juiz, Moro a tratava como “blindagem contra bandidos”. “Zero chance de desistência”, disse 3 semanas atrás o “russo” sobre a natimorta candidatura à presidência.

Como tantos incautos se deixaram enganar por personagem tão medíocre e irrelevante, que está caminhando a passos largos para a lata de lixo da História, se esta também não o recusar.

Responder

Francisco*

01 de abril de 2022 às 13h32

Tanto Marreco, quanto Cavalão, são provas atestáveis e absolutas da plena incapacidade política de um terço dos brasileiros, nesse tempo, em discernirem entre, o útil e o inútil, o capaz e o incapaz, o excepcional e o medíocre, o competente e o incompetente, o verdadeiro e o falso, o safo e o safado, o líder e o minto muito, o real e o paralelo, o futurista e o passadista, o vero e o fake, o respeitado e o isolado, o cosmopolita e o provinciano, o antenado e o xucro, o pragmático punido e o corrupto impune, o viável e o totalmente inviável, o tolerante e o intolerante, o da paz e o do ódio, os princípios e o ‘e daí?’, o agradável e o desagradável, o amistoso e o agressivo, o democrata e o ditador, o construtor e o destruidor, o ser presidente e o nada ser como presidente, o On e o Off, caso contrário, essa parelha de aberrações jamais teria sequer chance de sonhar um dia virem a ser presidente do país, mas como não o caso, permanecemos patinando na desinformação e na irresponsabilidade, que fazem com que continuemos atolados no brejo da Cruz Torta, desde o golpe de 2016.

Responder

Claudio Freire

01 de abril de 2022 às 11h44

Nenhuma surpresa.
Além de fascista, e entreguista, Moro é dissimulado, mau caráter e traidor contumaz.

Responder

Zulu

01 de abril de 2022 às 10h26

Moro nao tem nada a ver com a politica, tomou na fuça quando tentou chegar ao STF e depois se perdeu.

Responder

Deixe um comentário

O Xadrez para Governador da Bahia O Xadrez para Governador de Minas Gerais O Xadrez para Governador de São Paulo O Xadrez para Governador do Rio de Janeiro Novo Presidente da PETROBRAS defende preços altos Cadê o churrasco do povo, Bolsonaro? Preço explodiu! Conservadores? A atual juventude brasileira O Indulto sem Graça de Bolsonaro Os Principais Eleitores de Lula Os Principais Eleitores de Ciro Gomes