Mais de 70% dos eleitores já estão decididos sobre o voto presidencial, diz DataFolha

Foto: Fábio Lima

Ceará: Camilo e Izolda não querem ser coadjuvantes na costura do PDT

Por Gabriel Barbosa

01 de julho de 2022 : 09h02

Durante toda a quinta-feira, 30, os bastidores da política cearense foram de bastante movimentação entre lideranças políticas e seus interlocutores.

Já na manhã de ontem, a governadora Izolda Cela (PDT) defendeu publicamente a união dos partidos que compõem a base aliada e criticou a proposta do seu partido em definir a candidatura de sucessão baseado apenas em pesquisas internas.

Para um bom entendedor, a governadora cearense demonstrou, sempre nas entrelinhas, que não vai aceitar papel de coadjuvante imposta pela cúpula do seu próprio partido.

O movimento é seguido pelo ex-governador Camilo Santana (PT) que já classificou Izolda como a “mãe do Ceará”. Nos próximos dias, o petista vai intensificar suas movimentações, numa espécie de corrida contra o tempo, para tentar arrumar a casa entre as lideranças da base aliada.

Na noite de ontem, Camilo se reuniu com as duas principais lideranças do PT no Ceará, o deputado federal José Guimarães e o presidente estadual do partido, Antônio Filho, o Conin.

Segundo uma fonte, ficou decidido nesta reunião que o encontro estadual da sigla será adiado. O evento, que aconteceria neste sábado, 2, seria para bater o martelo sobre a posição definitiva do partido no Ceará. Ainda não há uma nova data.

Ainda de acordo com essa fonte, as próximas lideranças que serão convocadas, a pedido de Camilo, serão: o ex-senador e líder do MDB Ceará, Eunício Oliveira, o presidente estadual do Progressistas, Zezinho Albuquerque, e o dirigente estadual do PSD, Domingos Filho.

Vale lembrar que internamente, Izolda e Roberto Cláudio são protagonistas de uma polarização inédita na história do PDT cearense. O lado majoritário do partido prefere que Izolda seja candidata a reeleição, com a perspectiva de continuidade do trabalho iniciado pelos ex-governadores Cid Gomes e Camilo Santana.

Já o ex-prefeito Roberto Cláudio é apoiado por uma ala minoritária do PDT, mais alinhada ao ex-ministro Ciro Gomes no plano nacional. Outros partidos como o PSB, PSDB e o Cidadania também estão no movimento pró-RC no estado do Ceará.

Gabriel Barbosa

Jornalista com passagens pelo Grupo de Comunicação O POVO (Ceará), RedeTV! e Band News FM. Pós-graduando em Comunicação e Marketing Político.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »


Deixe um comentário

O Xadrez para Governador do Ceará Lula ou Bolsonaro podem vencer no 1º turno? O Xadrez para Governador de Santa Catarina