Bahia: Refinaria privatizada provoca desabastecimento de Gás de Cozinha

Foto: Ricardo Stuckert | REUTERS/Tom Brenner

Lula afirma que vai conversar com Biden para combater a extrema-direita

Por Redação

19 de janeiro de 2023 : 08h59

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta quarta-feira, 18, que vai conversar com o presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, para saber como enfrentar a extrema direita após os ataques dos terroristas bolsonaristas contra as sedes dos Três Poderes, em Brasília.

“A democracia é a única possibilidade de construirmos uma nação forte. Por isso vou conversar com o Biden, para ver como ele está lidando”, escreveu Lula no Twitter.

Vale lembrar que Biden convidou Lula para uma visita a Casa Branca “no início de feverereiro”. Isso porque os ataques de terroristas bolsonaristas tiveram grande semelhança com os ataques ao Capitólio americano, em 6 de janeiro de 2021, por fanáticos trumpistas.

“Eu vou lá e vou confirmar com Biden e quero saber como ele está lidando, porque pela imprensa que eu leio, me parece que o pessoal dos republicanos está ficando mais forte, parece que o discurso radical está ficando mais forte e me parece que os democratas estão tendo um pouco de dificuldade, e vão ter eleições em dois anos”, afirmou Lula a GloboNews.

Apoie O Cafezinho

Crowdfunding

Ajude o Cafezinho a continuar forte e independente, faça uma assinatura! Você pode contribuir mensalmente ou fazer uma doação de qualquer valor.

Veja como nos apoiar »

8 comentários

Os comentários aqui postados são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do site O CAFEZINHO. Todos as mensagens são moderadas. Não serão aceitos comentários com ofensas, com links externos ao site, e em letras maiúsculas. Em casos de ofensas pessoais, preconceituosas, ou que incitem o ódio e a violência, denuncie.

Escrever comentário »

Donizetti Pereira Bie

25 de janeiro de 2023 às 13h59

Lula no caminho certo e Deus no comando de tudo. Parabéns e força ao nosso Presidente. Esse tem o meu apoio sempre.

Responder

Alexandre Neres

20 de janeiro de 2023 às 01h19

Já que insiste, vamos lá. Uma frase lamentável do presidente argentino que ilustra bem a forma de pensar das elites sul-americanas, mesmo as pretensamente progressistas. Todos nós fomos forjados nesse caldeirão, julgamo-nos europeus e grande parte quer passar as férias em Miami. No fundo, os argentinos acreditam que são civilizados e que sua situação econômico-financeira é a mesma do início do século passado, que são europeus. Devem pensar que o branqueamento da raça de lá foi bem-sucedido, embora Maradona e Darín digam o contrário.

Nós, brasileiros, não somos muito diferentes disso.

Porém, independentemente desses equívocos, somos sul-americanos e a Argentina nos representou muito bem na Copa do Mundo. Vamos retomar a nossa posição de liderança regional e a Argentina como sempre será nosso maior parceiro. Temos muito que evoluir e nos livrar dessa mentalidade colonizada que nos foi imposta por anos a fio.

Nossa região vai voltar a ocupar posição de destaque em nível mundial. O mundo precisa que o Brasil exerça seu soft power!

Responder

Paulo

19 de janeiro de 2023 às 22h35

Alexandre Neres, por favor fale um pouco sobre o que o cucaracho marrentino disse a respeito dos brasileiros! Gostaria de ouvi-lo (e não se trata de provocação gratuita, nem paga)…Gostaria de ouvir o que tem a dizer a respeito um representante da esquerda latino-americana…

Responder

Alexandre Neres

19 de janeiro de 2023 às 22h12

Nada de novo no front.

Lula continua sendo preso por ter ou por não ter cão.

Se Lula não entabula diálogo com os EUA e Boden, é atacado por ser sectário e não querer estreitar laços com o mundo dito civilizado.

Se quer diálogo com Biden, é chamado de subserviente e capacho, a ponto de se exigir a presença do presidente dos EUA na passagem do ano em Brasília.

Entrementes, Lula que não é limitado como os seus críticos, vai costurando um movimento internacional para minar a extrema-direita fascista.

Responder

Ugo

19 de janeiro de 2023 às 20h32

Lula finge nao saber que la fora ha pessoas um pouco mais inteligentes que os brasileiros, que sabem reconheçer pilantras como ele de longe e sabem muito bem como funcionam as coisas na politica imunda da america latrina.

Nao ha um sequer pais serio onde o STF inventa que os CEP dos processos (casualmente os de quem os nomeou) foram enviados para o CEP errado.

Nao ha um sequer pais serio onde as pessoas pulam de baixo de um carro de som gritando é 13 e trocando socos.

Responder

F. Jefferson

19 de janeiro de 2023 às 17h56

O pai, filho e espirito santo do mensalao e do petrola falando de democracia é repugnante….o Brasil é repugnante.

Responder

Paulo

19 de janeiro de 2023 às 09h11

Notando que o cucaracho argentino que Lula vai visitar antes e que “veio de barco” pelo menos compareceu à posse nas selvas brasileiras…

Responder

Paulo

19 de janeiro de 2023 às 09h10

Lula obedeceu à ordem de Biden para ir a Washington? Sim, porque nem Biden nem Kamala Harris vieram a Brasília…

Responder

Deixe um comentário